Articles

Helicópteros russos e americanos na final da concorrência organizada pela Força Aérea da Índia

In Aérea, concorrências, Defesa, Helicópteros, Negócios e serviços, Terrestre on 03/07/2010 by Comandante.Melk Marcado: , , , , ,

http://img472.imageshack.us/img472/7737/mi28n01305b15dkw4.jpg

Tradução: Comandante Melk

O helicóptero russo Mi-28N Night Hunter e o norte-americano AH-64D Apache Longbow são os únicos participantes que ficaram na competição para o fornecimento de 22 helicópteros para a Força Aérea da Índia, informou o Site Jane’s Defence Weekly.

Os Helicópteros tornaram-se finalistas na concorrência depois que os outros concorrentes, Eurocopter e a empresa AgustaWestland com suas aeronaves Tiger CE-665 e A129 Mangusta, respectivamente abandonaram por distintas razões a disputa.

http://www.flug-revue.rotor.com/frtypen/Fotos/boeingmi/AH-64DV.JPG

A Força Aérea indiana já convocou em duas ocasiões a mesma concorrência. A primeira vez em 2008, quando apresentaram pedidos de participação seis empresas. Mas algumas delas não conseguiram apresentar a tempo os documentos necessários e a concorrência foi suspensa.

Na segunda vez, foi convocada em 2009. Os helicópteros que a Índia comprar irá substituir os modelos já obsoletos, a maioria dos quais são de fabricação soviética.

Fonte: Ria Novosti

About these ads

27 Respostas to “Helicópteros russos e americanos na final da concorrência organizada pela Força Aérea da Índia”

  1. Eu acho q os Rússos vão ganhar essa concorrência…espeto mt estar enganado.

  2. Bem difícil dizer quem vai ganhar, até porque não conheço os detalhes da concorrência e tal. Não sei c preve tansfereência de tecnologia.
    Mas tratandos-e de aspectos tecnicos, creio que o apache tem avionica e armas superiores, contudo o preço do aparelho russo é significativamente masi baixo.
    Mas em beleza o Apache leva a melhor, o danado tem uma cara de mal. He he.

  3. Ocorre q os Hellis Rússos Mi’s são mt superiores aos dos ianks, em tudo..é os indianos já os cnhece…levam uma certa vantagem.

  4. aaa…ta bom…
    O Apache é considerado o melhor heli de ataque do mundo,se o MI-28 ganhar sera por pura politicagem!!

  5. Acho que se equivalem. O que interessa é a qualidade dos pilotos. Capacitação e treinamento.

  6. Vai se difícil acertar está. Mas em termos de tecnologia o Apache é considerado o melhor helicóptero de ataque do mundo. Várias guerras, mais de uma duzia de operadores, mais de 1200 construídos, melhoramento constante. Os russos politicamente levam vantagem por apoiarem a Índia na questão da Caxemira.

  7. Gosto é gosto, + o Apache é considerado o melhor helicóptero de ataque do mundo. O problema é que a ignorancia antiamericana fazem certas pessoas falarem besteiras, é americano não presta. Em matéria de tecnologia não tem comparação…

  8. Lukas :
    aaa…ta bom…
    O Apache é considerado o melhor heli de ataque do mundo,se o MI-28 ganhar sera por pura politicagem!!

    São considerados os melhores por quem?? pelos Yankees?? Pelos clientes que já o compraram, como Israel?? Certamente por estes sujeitos tem que ser considerado “o melhor do mundo”, mas no campo de batalha, tudo é relativo, e acho muito difícil os Apaches serem determinantes em um conflito onde o inimigo tem grande capacidade tecnológica e de armamentos anti aéreos adequados, mesmo que misseis “pad”, como seria o caso de combate contra os russos,Chinese,etc, ai sim seria um verdadeiro banco de provas para esta maquina tão “propagandada” quanto é o Apache… o que não se pode é acreditar que ter matado qualquer rebelde no Iraque, e qualquer Taliban no Afeganistão, sejam consideradas como prova para esta máquina militar.

    Quanto aos clientes, bem, eles devem justificar para o próprio povo a escolha “política” pelo Apache, e assim, dizem que compraram o melhor do mundo… sempre a mesma coisa, nada de novo no fronte ocidental…

    Valeu !!

  9. Francoorp,
    Por que um país imperialista que você odeia não consegue fazer um armamento que preste na sua opinião?
    O que tem a ver o fato de vocês, antiamericanos, acharem que os americanos além de imperialistas, não serem capazes de fazer nada direito?
    Qual helicóptero então na sua opinião é o melhor, já que o Apache é fruto da propaganda americana?
    Haja saco!

  10. Pessoal, essa discussão estilo “super trunfo” não leva a nada. Na minha opinião, o Tiger é o melhor. Quem está certo? Todos? Ou ninguém?

    O que temos que nos ater nessa questão é: e a FAB, está recebendo seus Mi em quantidade suficiente? Teremos novas encomendas? O EB receberá algumas unidades?

    Acho que a discussão tem que ser por aí…

  11. Calma Bosco.

    Quando a abordagem deixa de ser técnica e passa a ser preconceituosa é melhor ignorar e deixar a afirmação no vazio.

    Particularmente, no caso da Índia, que já utiliza helicópteros russos, a probabilidade maior é que mantenham a mesma linha.

    De qualquer forma, o Mi-28N Night Hunter e o AH-64D Apache Longbow são, sem dúvida dois incríveis helicópteros de ataque.
    Imagino que a capacidade de levar e disparar até 16 (dezesseis) mísseis anti-tanque, além do seu maior porte (talvez consequência disso), os coloca em uma classe diferente dos Tiger EC-665 e A129 Mangusta, que levam até 8 (oito) mísseis anti-tanque.

    O Apache tem a vantagem de maior experiência em combate, mas o Night Hunter, por ser russo, deve ter custo de aquisição menor.

    Quantos aos aviônicos e mísseis… bem, a torcida se divide… he he he… mas a pergunta principal não é qual o melhor, mas se ambos cumprem a missão e a que custo.

    Grande abraço,
    Ivan, o Antigo.

  12. “Apache – O MELHOR HELICÓPTERO DE ATAQUE DO MUNDO”

  13. Bosco :
    Francoorp,
    Por que um país imperialista que você odeia não consegue fazer um armamento que preste na sua opinião?
    O que tem a ver o fato de vocês, antiamericanos, acharem que os americanos além de imperialistas, não serem capazes de fazer nada direito?
    Qual helicóptero então na sua opinião é o melhor, já que o Apache é fruto da propaganda americana?
    Haja saco!

    HAHAHA, ai Bosco, grila não, eu tenho o direito constitucional de dizer o que penso, então aceite democraticamente o meu ponto de vista, mesmo que discorde… e sò acho que o Apache deve ser ainda muito testado em campos de batalhas reais, não Iraque e Afeganistão ou bombinhas lançadas em Hezbollah da vida… e campos de batalha assim ainda não nasceram depois da 2GM, todas as guerra que foram combatidas pelos Yankees de la pra cá foram contra países pouco industrializados e que somente recebiam ajuda militar de terceiros, ou seja, não desenvolviam as próprias armas e tecnologias… e mesmo assim não ganharam uma, todos os objetivos fixados pelos políticos foram lamentavelmente fracassados no campo de batalha por eles… quero ver contra uma Russia ou uma China da vida, o que estes Helis Apache seriam realmente capazes de fazer… quero ver no campo de batalha o que tem de café a mais no bule deles Apache em relação ao MI-28, ao KA-50, todos estes em mãos bem treinadas e com o que os países puderem por de tecnologia dentro… quero ver!

    Até la meu caro, pra mim, é sò mais uma propaganda das belezas tecnológicas dos Yankees pelo mundo, e os elementos da massa dominada gritam imediatamente em coro, que é sim o melhor do mundo… mas segundo quem?? Por isso que o Brasil não vai pra frente, prefere-se o que é feito la fora, o que é feito pelos “gringos”!!!

    Concordo com o Ivan quando diz que o importante é se o equipamento cumpre a missão ou não, isso é o que importa, mas esta coisa de “o melhor” e “o pior” é a base da manipulação da propaganda… isso é ensinado ainda no inicio do curso de marketing, o seu produto é sempre “O MELHOR” do mundo… não falei que é porcaria, e nunca disse que os Yankees fazem sò porcarias de armamentos, sò não acredito em propagandas deste tipo e basta!!

    E pra mim, o melhor helis do mundo é aquele que o Brasil fabrica, domina a tecnologia, e tem em seus arsenais… ou seja, nenhum !! Mas tenho grandes simpatias pelo Mangusta italiano… Creio que o Brasil poderia sim comprar o Projeto dos italianos, acho que cumpre a missão no nosso cenário, mas isso tudo se quiserem vender obviamente.

    Abraço Bosco… tu me piace, non sò perchè!!!

  14. Francoorp,

    Cada um tem direito de achar o que quiser.
    O Edu disse que acha o Tiger o melhor helicóptero de combate. A opinião dele é soberana e não se discute já que qualquer um tem o direito constitucional de pensar o que quiser e de se expressar.
    O Ivan também deu sua opinião sobre as características que considera serem negativas ou positivas de cada um.
    O Lukas também deu sua opinião.
    Mas seu comentário voltado ao comentário do Lukas foi completamente diferente. O seu é nitidamente preconceituoso e carregado de um viés político. Simplesmente pelo fato de odiar os americanos você não gosta do que eles fabricam, pelo menos em relação a equipamento de Defesa, diz que não gosta, já que como não te conheço pessoalemnte não posso jurar que não tenha um Ford na garagem ou que não use o Windows .rsrsrs
    O problema não é duvidar ou não do Apache, é duvidar de tudo sem nenhuma base lógica, técnica ou histórica, só porque é fabricado nos EUA.
    Se os Apaches foram, na sua opinião, pouco testados, quem dirá os outros que nunca foram testados. Nada! Nadica de nada!
    Na sua opinião, pra se ter idéia de qual é o melhor, só se forças de mesmo nível tecnológico se enfrentarem. Aí fica difícil. Como vamos escolher então o F-X2? Como vamos escolher nossos submarinos?
    Quer dizer que para os EUA provarem que possuem o melhor helicóptero de combate do mundo eles têm que entrar em guerra e superar o exército chinês ou o russo em combate? Até lá eles estão proibidos de venderem seu produto? Mas o que isso prova? Que eles são capazes ou não de penetrar a defesa dos sistema antiaéreos russos e chinese, e mais nada, já que os helicópteros russos, chineses e americanos não irão se enfrentar em combate corpo a corpo já que não foram feitos para isso. Se ocorrer é exceção à regra.
    E se os helicópteros russos penetrarem ou não as defesas americanas ou da OTAN, o que isso prova? Que são melhores ou piores que os Apache ou que são mais aptos a enfrentarem as defesas dos americanos?
    E mesmo que penetrem as defesas, pode ser devido a tática, doutrina e treinamento adequando e não necessariamente à qualidade do equipamento.
    E mesmo que os EUA enfrente a Rússia ou a China sempre haverá alguém pra dizer que não foi justo porque os EUA usaram por exemplo o F-22 contra os Su-30 ou Mig 29. Ou que não havia equiparação numérica, ou que os americanos foram covardes porque amaciaram antes o inimigo com Tomahawks degradando suas forças, etc.
    Ou seja, pra quem vê chifre em cabeça de cavalo nunca vai estar do jeito que ele gosta enquanto o resultado não for como ele quer.
    Como nós dois não somos ingênuos e sabemos que os chineses, russos e americanos nunca irão entrar em guerra o jeito é ver o que acontece quando outros países entram em guerra contra estes.
    Voltando aos Apaches, pelo menos estes foram usados contra as forças iraquianas armados com material russo que você, pra manter a coerência, não pode dizer que não presta, né?
    Vale lembrar que a propaganda americana nunca é direcionada especificamente contra o equipamento russo, já os russos, quando fazem suas propagandas invariavelmente colocam desse modo:
    O Pak-FA é superior ao F-22
    O TOPOL pode furar a defesa do Escudo Anti-Míssil
    O S-400 consegue derrubar caças F-22
    O SS-N-22 consegue furar as defesas AEGIS
    E por aí vai….
    De

    De resto peço desculpas se fui grosseiro. Tenho por você grande apreço, mesmo porque já discutimos faz tempo. rrsrsrs
    Mas não posso negar que embora seja um crítico da política externa americana e israelense como provam muitos de meus comentários, tenho ficado irritado com a quantidade de comentários sem nexo e fora de contexto carregados de preconceito que teima em surgir embassando assuntos técnicos. Eu, como entusiasta de assunto relacionados à Defesa, e principalmente em relação ao equipamento, tática, doutrina, etc, vejo cada vez que fico sem espaço no meio do ruído de fundo com viés político, pra não dizer, político partidário.

    De novo, um abraço.

  15. Animos exaltados…

    De fato cada um pode pensar o que quiser Francoorp, mas o que o Bosco citou é fato, um aspecto técnico não pode ou ao menos não deveria ser contaminado com viés político, ideológico ou estético, isso vem de encontro inclusive com decisões pelas quais o nosso próprio país passa no momento (momento off-topic).

    Sobre o Apache, acho que realmente vale ressaltar a enorme ficha operacional do “garoto”, que se iniciou ainda no final de década de 80 no Panama, operou no Iraque, Balcãs (Bosnia e Kosovo), Iraque novamente, Afeganistão e isso só nas mãos de Americanos, sem contar os Apache Israelenses em constante uso, os Britânicos com uso em sua Marinha, e os Holandeses até tomando parte também no Afeganistão.

    É um produto de sucesso e com o preço para quem puder comprar sua utilidade e capacidade operacional estão provadas por mais de duas décadas de atuação em linha de frente e sim vários já foram abatidos, o que é completamente normal dada a proximidade do perigo com o qual o Apache atua e também… “Só erra que trabalha” não é?

    Creio inclusive que o Apache seja um dos raríssimos casos de equipamento americano que preserva características de robustez, resistência e durabilidade que se assemelhariam aos moldes russos.

    Saudações,
    Carcará

  16. É Francoorp. Os comentários de Bosco e Carcará são indiscutíveis.
    Não tenho nada mais a acrescentar.
    Lamento por você.

  17. BOSCO:

    “Simplesmente pelo fato de odiar os americanos você não gosta do que eles fabricam,”

    Não odeio ninguém meu caro, isso é conclusão tua !
    —-
    “Se os Apaches foram, na sua opinião, pouco testados, quem dirá os outros que nunca foram testados. Nada! Nadica de nada!”

    Por isso não disse qual é o melhor… em momento algum, pois já o contexto em si é falso, como eu disse acima…
    —-
    “Na sua opinião, pra se ter idéia de qual é o melhor, só se forças de mesmo nível tecnológico se enfrentarem. Aí fica difícil.”

    Exato, não tem como se afirmar qual é o mais valido em campo, muito claro! Por isso que o FX2 é esta novela, pois temos este condicionamento de querer ter o melhor, sem saber o que é este melhor, pois não se enfrentaram de forma valida, então não é exato o critério de escolha.
    —-
    “Quer dizer que para os EUA provarem que possuem o melhor helicóptero de combate do mundo eles têm que entrar em guerra e superar o exército chinês ou o russo em combate? Até lá eles estão proibidos de venderem seu produto?”

    Não ponha palavras na minha boca, eles vendem pra quem quiserem, como sempre fizeram e fazem, principalmente para as ditaduras… e sim, pra mim é assim, tem que ser testado contra quem é capaz de responder de forma proporcional, se não, pra mim é tudo propaganda!!!
    —–

    “Que eles são capazes ou não de penetrar a defesa dos sistema antiaéreos russos e chinese, e mais nada, já que os helicópteros russos, chineses e americanos não irão se enfrentar em combate corpo a corpo já que não foram feitos para isso. Se ocorrer é exceção à regra.
    E se os helicópteros russos penetrarem ou não as defesas americanas ou da OTAN, o que isso prova? Que são melhores ou piores que os Apache ou que são mais aptos a enfrentarem as defesas dos americanos?”

    Virou confusão em, o que eu digo é que ninguém é realmente capaz de dizer se são ou não os melhores, pois não foi provado no campo contra inimigos VALIDOS, de igual para igual…
    —-

    “”E mesmo que os EUA enfrente a Rússia ou a China sempre haverá alguém pra dizer que não foi justo porque os EUA usaram por exemplo o F-22 contra os Su-30 ou Mig 29. Ou que não havia equiparação numérica, ou que os americanos foram covardes porque amaciaram antes o inimigo com Tomahawks degradando suas forças, etc.””

    Está divagando, pois Russia e China possuem sistema de mísseis anti tudo(aereo,misseis,carros,etc),além de possuírem mísseis de cruzeiro também e uma marinha para lança-los, assim os territórios dos USA podem também atacados por eles, isso deixa a luta igual, sem covardias, e a Russia em especial possui ótimo sistema anti-mísseis, e assim é possível que os Tomahawks nunca nem alcançassem o objetivo,fossem abatidos antes, ao contrario do Iraque e que os F-22 fossem abatidos pelas defesas anti aéreas ainda a longa distancia… essa é a diferença de se combater contra forças validas, entendeu o que digo??
    ——-

    “Ou seja, pra quem vê chifre em cabeça de cavalo nunca vai estar do jeito que ele gosta enquanto o resultado não for como ele quer.”

    Olha que eu sou muito educado com o senhor, e exijo o mesmo tratamento!O que eu quero é ver se é realmente o melhor mesmo, vai la, enfrenta alguém à sua altura!
    ——

    “Voltando aos Apaches, pelo menos estes foram usados contra as forças iraquianas armados com material russo que você, pra manter a coerência, não pode dizer que não presta, né?”

    Onde foi que eu disse que não presta???????????? Falei que duvido que seja o melhor como dizem, e exigir condições para provar este quesito de ser melhor, é ser muito coerente!!
    —–

    “Vale lembrar que a propaganda americana nunca é direcionada especificamente contra o equipamento russo, já os russos, quando fazem suas propagandas invariavelmente colocam desse modo:
    O Pak-FA é superior ao F-22
    O TOPOL pode furar a defesa do Escudo Anti-Míssil
    O S-400 consegue derrubar caças F-22
    O SS-N-22 consegue furar as defesas AEGIS
    E por aí vai….
    De”

    Cada um vende o peixe que tem…..

    —–

    “tenho ficado irritado com a quantidade de comentários sem nexo e fora de contexto carregados de preconceito que teima em surgir embassando assuntos técnicos.”

    Duvidar que seja realmente o melhor Helis do mundo é fora do contexto neste caso especifico??? Acho que não!!
    —–

    “Eu, como entusiasta de assunto relacionados à Defesa, e principalmente em relação ao equipamento, tática, doutrina, etc, vejo cada vez que fico sem espaço no meio do ruído de fundo com viés político, pra não dizer, político partidário.”

    Não sou filiado em nenhum partido político, nem nunca fui! E se um entusiasta não sabe distinguir o que uma pessoa diz, como por exemplo visto acima, onde afirmas que eu disse que o Apache não presta, onde sò duvidei de que seja o Melhor… isso sim é ver as coisas e afirmações contrarias com viés político, mesmo que não seja filiado em partido algum… digo que duvido que seja o melhor, não disse que não presta pra nada, e nem nunca disse isso dos outros equipamentos militares, somente ponho em duvida que seja o melhor… Duvidar disso não é dizer que não presta, viu o viés político teu???

    ABçs.
    ———————————————————————————–
    Carcarà:

    “mas o que o Bosco citou é fato, um aspecto técnico não pode ou ao menos não deveria ser contaminado com viés político, ideológico ou estético, isso vem de encontro inclusive com decisões pelas quais o nosso próprio país passa no momento ”

    E qual foi este aspecto técnico que eu não vi??
    —–

    “Sobre o Apache, acho que realmente vale ressaltar a enorme ficha operacional do “garoto”, que se iniciou ainda no final de década de 80 no Panama, operou no Iraque, Balcãs (Bosnia e Kosovo), Iraque novamente, Afeganistão e isso só nas mãos de Americanos, sem contar os Apache Israelenses em constante uso, os Britânicos com uso em sua Marinha, e os Holandeses até tomando parte também no Afeganistão.”

    Inimigos muito validos, muito em pé de igualdade, realmente foram provas validas, tens razào né… acho que não!
    —–

    “É um produto de sucesso e com o preço para quem puder comprar sua utilidade e capacidade operacional estão provadas por mais de duas décadas de atuação em linha de frente e sim vários já foram abatidos, o que é completamente normal dada a proximidade do perigo com o qual o Apache atua e também… “Só erra que trabalha” não é?”

    Pois é , o Gol também vende muito, mas isso não quer dizer que seja o melhor carro da categoria… sucesso de vendas não prova que seja o melhor do mundo como dizem!
    ——-

    “Creio inclusive que o Apache seja um dos raríssimos casos de equipamento americano que preserva características de robustez, resistência e durabilidade que se assemelhariam aos moldes russos.”

    Este sim é um fato, e somos completamente de acordo, o bicho é robusto, tem grande poder de fogo, e é tecnologico… mas isso nào prova que seja o melhor do mundo!!!

    ———————————————————————————-
    Paulo:

    “É Francoorp. Os comentários de Bosco e Carcará são indiscutíveis.
    Não tenho nada mais a acrescentar.
    Lamento por você.”

    Eu é que lamento por ti, concluiu sem esperar a contra parte, isso é pouco recomendável para se obter uma decisão definitiva, viu que eu bati em todos os pontos e não perdi o meu contexto… continuo com a minha posição de que não existem provas tangíveis de que esta máquina seja a melhor do mundo nesta classe que se encontra, de Helis de ataque, é bom, e tudo mais, mas pra mim esta papo de melhor do mundo continua sendo… Propaganda!

    Valeu !!!

  18. Só para esclarecer,
    O aspecto técnico são as capacidades do Helicópteros, ninguém citou isso, eu citei alguns (histórico, seja ele tão comprobatório ou não) e robustez, o Francoorp citou outros como o poder de fogo e tecnologia embarcada.

    Sobre os inimigos e o histórico ser válido ou não eu creio que quanto mais próximo “do chão” estão as coisas mais fácil fica de sobrepujar tecnologia com força bruta. Um helicóptero de ataque atua em uma região do combate onde sua exposição é alta e eu não julgaria a resistência sérvia como “pouco válida”, os outros casos podem ser questionáveis, mas o fato é que o Apache sentiu o gosto do combate que o Havoc (ou Night Hunter) não sentiu e se fosse sentir seria também com “cavalo manco” em teatros semelhantes.

    Quanto ao sucesso não significar ser o melhor do mundo ou não eu concordo e se olhar bem eu nem entrei nesse mérito pois para algo ser “melhor do mundo” é realmente uma afirmação complicadíssima portanto me limito a dizer que o Apache é como o F-15, o melhor que o ocidente já produziu, mas é opnião pessoal.
    Mas não duvido que se um produto vende bem é porque possuí lá suas qualidades que se não o coloca como o “melhor” sem dúvida o outorga a condição de um dos melhores, não se vive só de propaganda a qualidade do produto deve apoiar a propaganda, e foi por isso que o Gol perdeu por um tempo seu lugar de “queridinho” inconteste, pois caiu na mesmice e foi vítima de uma concorrência bem atenta e bem preparada para aproveitar os espaços.

    Novamente, é questão de opnião, e cada um tem a sua com direitos garantidos ou não, isso não muda :D

  19. Francoorp,
    Quer um aspecto técnico que diferencia o Apache D dos outros helicópteros de combate?
    Ele é o único que consegue detectar, acompanhar e classificar mais de 120 alvos no campo de batalha em um raio de 30 km e é capaz de lançar em rápida sucessão 16 mísseis Hellfire Longbow com mais de 8 km de alcance contra 16 alvos simultaneamente no modo atire e esqueça em qualquer condição meteorológica de dia ou de noite.
    E pode fazer tudo isso expondo apenas a antena do radar, ficando praticamente indetectável e extremamente difícil de ser abatido. Mesmo porque, após varrer uma área de mais de 3500 km quadrados com o radar situado no topo do eixo do rotor e classificar todos os alvos que por ventura existam em menos de 15 segundos, ele pode novamente se esconder abaixo do relevo ou mudar de posição e lançar seus mísseis dessa posição protegida, ficando completamente fora da linha de visão de qualquer sistema sup-ar que os russos possuam.
    Isso, nenhum outro helicóptero no ocidente ou na Rússia é capaz de fazer.
    Os helicópteros russos por exemplo só possuem mísseis guiados por linha de visão com link de radiofrequência ou laser, e não podem atacar mais que um alvo de cada vez.

    Quanto ao hipotética ataque americana ao solo mãe russo eu usei apenas para ilustrar minha linha de raciocínio. Sei que não seria tão fácil os porcos imperialistas atacarem a gloriosa mãe Russia com seus Tomahawks, embora não tenha dúvida do desfecho final se tal um dia ocorresse.
    Claro que não irá ocorrer porque o país em questão é detentor de força de dissuasão nuclear que impede que um dia vejamos os países citados se degladiarem no campo convencional, já que poderia forçar uma escalada imprevisível.

    Pra finalizar, quando me referi ao “fora de contexto” já tinha mudado de assunto e não me referia ao seu comentário direto sobre os helicópteros.

    Uma coisa devo confessar, você é mesmo muito educado. Agora, que você quando diz “duvidar que seja o melhor” no fundo você quer dizer “que não presta”, disso eu não tenho dúvidas e nem você. rsrsrsrs

    Um abraço.

  20. “Quanto ao sucesso não significar ser o melhor do mundo ou não eu concordo e se olhar bem eu nem entrei nesse mérito pois para algo ser “melhor do mundo” é realmente uma afirmação complicadíssima portanto me limito a dizer que o Apache é como o F-15, o melhor que o ocidente já produziu, mas é opnião pessoal.”

    OOOOOOOO Finalmente… se tivesse aqui eu te dava um abraço!! :mrgreen: é disso que eu estou falando, mas fui apedrejado por todos os lados em levantar este tema, o “Melhor” é relativo… mas concordo que é a melhor Helicóptero de ataque que o Ocidente tenha construído e projetado, não existem duvidas dado o poder de fogo, velocidade, autonomia, tecnologia embarcada, índice de sobrevivência, capacidade de adaptação em mudança de missão já em curso… nisso tudo é Pra mim também o melhor que o Ocidente já produziu, e estamos de acordo, mas não quer dizer que é o “MELHOR DO MUNDO” !!!

    Mesmo assim creio que não seria o melhor para o Brasil pois existe o risco de embargo dos Yankees, como sempre fazem, então fico com o Mangusta…existe também o risco, mas ai teremos que nos entender com os italianos, eles venderam, eles seguram o peixe se algo for embargado de tabela…

    Valeu, e viu que se pode chegar sempre em um final feliz entre pessoas que sabem discutir civilizadamente, sem fazer suposições ou colocando palavras na boca do outro…

    Mas eu gosto do Bosco, é um garoto bem informado, de bom coração, e acredita realmente no que crê.E essas minhas palavras contra o poder instituído dos caras devem ser duras pra ele, deve se sentir mal com a minha retórica… o que eu posso dizer, desculpa mas eu penso realmente assim como falo aqui e na internet toda, mas não é minha intenção ofender os colegas com a minha forma de pensar… eu penso assim, tem partido político fazendo minha cabeça não, nunca teve!!!

    Mas se tu faz assim Bosco velho, talvez seja porque desde pequeno foi educado a apreciar, admirar e acreditar nos “Yankees”, eu sei como é, pois eu também fui criado assim, era a ditadura militar, essa era a regra!

    Abraços para os colegas, e vendo que estou incomodando demais e gerando atritos inúteis, desta vez eu me retiro por um tempo, vou dar um tempo nas postagens por aqui, e nos outros fóruns abertos da net, valeu, e fiquem com Deus… sempre que exista um obviamente! HEHE :twisted:

  21. Sò agora vi teu post Bosco, e ai vai mais aspectos tecnicos, mas de outros Helis…

    KA-50 Russia…

    -Velocidade maior que a do Apache, 340Km/h e o vetor pode efetuar manobras de + 3,5 G, voar para trás e lateralmente a 100 km/h e mergulhar a 390 km/h….
    -Sistema de ejeção dos pilotos(as helices também obvio), são os unicos do mundo, e o assento é equipado com um kit de sobrevivência NAZ-7M, um bote salva-vidas e um sistema de paraquedas PS-37A.
    -A blindagem da cabine segura Projeteis de 23mm e as janelas a disparos de 12,7 mm.
    -Além de que tem os sistemas…O KA-50 também pode ser equipado com o novíssimo HMD de 3º geração HMTIS (Helmet Mounted Target and Indication System). A de se ressaltar que o KA-50 é juntamente com o Kamov KA-52 o único helicóptero em operação equipado com este sistema.
    -mísseis ar ar R-73 archer, com capacidade de lançamento fora do ângulo de visada do helicóptero,nenhum helicóptero, no mundo, hoje, é armado com um míssil com essa capacidade para combate ar ar.
    -míssil AT-16 Vihr, que além de ser um míssil supersônico, possui um excelente alcance de 8 a 10 Km,perfurante de blindagem com capacidade de penetrar 1000 mm de aço.
    -pode ser armado com até 24 mísseis antitanque guiados via radio como o 9K114 Shturm (AT-6 Spiral) em suas varias versões, incluindo a mais moderna 9M114M2 AT-6C com um alcance de 7 km ou o míssil 9M120 Ataka-V (AT-9 ‘Spiral-2′) que é uma versão modernizada, mais rápida e precisa do 9K114 Shturm (AT-6 spiral), podendo ser utilizada a versão mais moderna deste míssil a 9М120М com um alcance de 8 km. Este míssil possui uma probabilidade de acerto de 96% em intervalos de 3-6 km. O Ataka-V também pode ser utilizado para abater alvos aéreos de baixa velocidade como helicópteros. O KA-50 também pode ser equipado com até 16 mísseis 9A1472 Vikhr (AT-16 “Scallion”), que possui um alcance máximo de 8 km possuindo uma probabilidade de acerto de 0.95 contra alvos fixos a esta distancia, este míssil esta equipado com uma ogiva integrada a um fusível de proximidade (5 Metros), que possibilita ao AT-16 atacar alvos aéreos voando a até uma velocidade de 800 km/h. Outro armamento ar-superfície é o míssil Kh-25 (AS-10 “Karen”), que pode ser utilizado em todas as suas versões.
    O KA-50 ainda pode ser equipado com os mísseis ar-ar 9K38 IGLA-V com um alcance de 5.2 km ou o poderosíssimo míssil ar-ar Vympel R-73 (AA-11 Archer), incluindo sua versão mais moderna R-73 M. No que se diz a bombas o KA-50 pode ser equipado com até duas bombas de 500kg incluindo a bomba incendiaria “Naplm” ZB-500 ou 4 bombas de 250kg, além de dispensadores de submunições como KMGU-2 e um contêiner dispensador de submunições.
    -O canhão automático instalado é um potente canhão de 30 mm modelo 2A42, com 460 cartuchos,Uma característica negativa é que este canhão não é tão móvel quanto dos outros helicópteros de ataque, tendo sua mobilidade limitada em elevação de+10ºe45º
    -As turbinas tem uma vida útil de 30 minutos sem óleo e podem assegurar a possibilidade voo com apenas um propulsor.
    -equipado com um sistema de contramedidas eletrônicas e descartáveis, sendo composto por um sistema de alerta de radar RWR (Radar Warning Receiver) L150, sistema de alerta de laser LES (laser warning systen) L140 Otklik, alerta de lançamento de míssil MLWS (missile launch and warning systen) Mak-UFM , sistema de jammer IR L370-5 Vitebsk, um sistema de jammer EM e dispensadores de chaff e flare UV-26.

    FICHA TÉCNICA
    Velocidade máxima: 340 Km/h
    Velocidade de cruzeiro: 310 Km/h
    Raio de ação/Alcance máximo: 460 km /1160 km
    Taxa de subida:600 m/min.
    Fator de carga: +3.5 Gs
    Altitude máxima:5500 m
    Empuxo: 2 X Klimov VK-2500 com 2700 HP cada.
    Dimensões
    Comprimento:13.50 m
    Altura: 4.9 m (4 m trem de pouso recolhido)
    Diâmetro do rotor:14.50 m
    Peso vazio:7.800 kg
    Peso máximo de decolagem:10.800 kg

    ARMAMENTO
    Mísseis Ar-Ar: IGLA-V, R-73 M.
    Mísseis Ar-Superfície: AT-6 Spiral, AT-9 ‘Spiral-2′, AT-16 “Scallion”, AS-10 “Karen”, foguetes S-13 Rocket, S-8 Rocket.
    Bombas: ZB-500, dispensadores de submunições KMGU-2, contêiner (Casulo) de submunições.
    Interno: 1x Shipunov 2A42 30mm

    Colei tudo… é obvio!

    http://defesasaereas.blogspot.com/2010/06/kamov-ka-50-n-black-shark-o-destrocador.html

    http://aircombatcb.blogspot.com/2006/06/kamov-ka-50-ka-52-black-shark-o-tubaro.html

    Mas depois disso tudo, não quer dizer que seja o melhor do mundo…

  22. Agora o Mi-28:

    -O custo básico unitário do MI-28 N é de aproximadamente 20 milhões de dólares.
    -a blindagem é capaz de sustentar impactos de projéteis de calibre 12,7 mm (.50) e de granadas de 20 mm, especificamente na área da cabine, e as laminas dos rotores da versão MI-28 N podem suportar disparos de 30 mm antiaéreo.Todas as blindagens do vetor podem ser substituídas em caso de danos.
    -O Mi-28 é equipado com um radar de onda milimétrica montado sobre a hélice, exatamente como o radar Longbow do Apache.mas também possuía outras melhorias como nos sistemas ópticos que passou a contar com uma câmera de TV de baixa luminosidade e um sistema FLIR.
    -é capaz de atingi a velocidade máxima de 300 km/h, graças a seus dois motores Klimov TV-3-117KM com 2500 hp cada.Esses motores permitem, também, uma razão de subida na ordem de 820 m/min, o que pode ser considerado um excelente desempenho quando se compara com helicópteros da mesma classe. Essa razão de subida é o dobro do que consegue o seu similar norte americano AH-64 Apache Longbow.
    -O Mi-28 N esta equipado com o radar de onda milimétrica N-025 Almaz-280, esse radar possui um alcance máximo de detecção para alvos terrestres de 10 km e para alvos aéreos de 20 km.
    -O alcance máximo para designação de alvos terrestres é de 8 km.
    -O MI-28 N é capaz de efetuar vôos Nap-of-the-earth (NOE) com baixo perfil de vôo seguindo a baixa altura utilizando o mascaramento do terreno, se escondendo atrás das imperfeições do solo e das copas das arvores evitando a detecção pelos radares inimigos a uma altura de 5-15 metros.O MI-28 N é capaz de realizar tal perfil de vôo graças ao radar de ondas milimétricas e do sensor FLIR que gera informações cartográficas e imagens do solo em 3D, produzindo um mapa do terreno que é utilizado pelo sistema de navegação, que segue automaticamente na altura preestabelecida.
    -O peso em armamento pode exceder os 2300 kg. Pode ser transportada uma combinação de 16 mísseis antitanque que pode ser o AT-6 Spiral (9K114 Shturm) com alcance de 6 km e guiado por radio, ou o míssil AT-9 Spiral 2 (9M120 Ataka V) com 6 km de alcance e guiado por radio. A vantagem do AT-9 é ser mais preciso e destrutivo contra blindados. 2 casulos de foguetes de diversos calibres sendo os de 80 e 122 mm os mais comuns. O Mi-28 está armado com um canhão 2A42 de 30 mm com cadência de tiro controlada de 900 tiros por minuto e com um carregador de 300 cartuchos. A velocidade da granada na boca do cano deste canhão é de 1000 m/seg. Esse canhão é o mais poderoso já instalado em um helicóptero, podendo destruir blindados leves e médios e causar sérios estragos em um tanque MBT.

    -FICHA TÉCNICA
    Propulsão: 2 motores Klimov TV-3-117KM com 2500 hp
    Velocidade máxima: 334 Km/h.
    Velocidade de cruzeiro: 270 Km/h.
    Alcance: 435 km, 1100 Km com tanques externos.
    Razão de subida vertical: 820 m/min.
    Fator de carga: +3 gs
    Altitude maxima: 5800 m.
    Armamento: Um canhão 2A42 de 30 mm, 16 mísseis AT-6 Spiral ou AT-9 Spiral 2 (Ataka) antitanque, 2 casulos com 20 foguetes de 80 mm ou casulos de 5 foguetes de 122 mm, casulos lançadores de granadas, Dispensadores de submunições KMGU-2.

    Nem esse é o melhor do mundo, assim como não é o Apache…

  23. Assino embaixo sobre os Embargos Francoorp, acho que até já comentei que gostaria de ver o Rooivolk Sul Africano no Brasil, mas creio que seja quase impossível…

    Gostaria de lhe pedir para que não se retires de nada ou nenhuma discussão, opniões divergentes ocorrem e sempre vão ocorrer, é importante que existam até…

    Só acho que é importante sabermos lidar com críticas e acho que você já passou por coisas do gênero aqui…
    Veja o Lecen, até hoje coloca os dele, mesmo que seja malhado… Tenho certeza que você não “sofre” o “apedrejamento” que ele “sofre”, eu mesmo antes de virar Carcará já “tomei” na cabeça um bocado e ainda tomo vez por outra…

    Faz parte,

    Saludos e Bons ventos meu camarada, ou seria melhor um “comarade”?

  24. Francoorp,

    Eu particularmente acho o Apache D o mais letal helicóptero do mundo mas como não sei qual os parâmetros indianos não posso afirmar que ele leve a concorrência indiana.
    O que posso dizer com certeza é que 22 Apaches D são um baita fator de dissuasão de qualquer invasão por terra ou uma baita arma de ataque.
    Se além desses helicópteros os indianos conseguirem obter a superioridade aérea, já que o maior inimigo dos Apaches vem do alto, eles realmente seriam um osso duro de roer.
    Só pra você ter uma idéia, os Apaches foram isoladamente os maiores responsáveis pelos soviéticos/russos terem desenvolvido alguns de seus mais modernos sistemas antiaéreos, como por exemplo o Tunguska e o Pantsir.
    Também foi um dos grandes responsáveis pelo término da Guerra Fria já que colocou a superioridade numérica do Pacto de Varsóvia em cheque. E isso em relação ao Apache “A”.
    Outra vítima do Apache foi a Bomba de Nêutrons. O Apache foi considerado tão letal e capaz de deter uma avanço do Pacto de Varsóvia que a Bomba de Nêutrons, desenvolvida para a mesma finalidade, foi aposentada prematuramente. E tudo isso há mais de 20 anos.
    Embora a doutrina de utilização do Apache A o fizesse dependente de um helicóptero de reconhecimento (OH-58D), o Apache D não precisa desse recurso e é completamente independente
    Também a doutrina de utilização do Apache na época da Guerra Fria rezava que o mesmo iria à frente, destruindo primeiramente os sistemas antiaéreos dos soviéticos, deixando os tanques vulneráveis aos A-10.
    O Apache AH-64A podia detectar tanques de dia ou de noite a 10 km e identificá-los a pouco mais de 7 km, podendo atacar 2 ou 3 alvos por vez. Eventualmente mais se contasse com outra fonte de designação de alvos.
    O AH-64D mais moderno pode detectar tanque com seu radar de onda milimétrica a mais de 30 km, no limite do horizonte radar, inclusive com mal tempo, rastreando mais de 250 alvos e atacar 16 simultaneamente com um míssil que se guia de forma autônoma.
    Pode crer. Os russos possuem muitas coisa fantásticas, mas em matéria de helicóptero de ataque o Apache D está no topo da cadeia alimentar. rsrsrs

    Um abraço.

  25. Calma Francoorp,

    Não deixa de frequentar e comentar no blog não.
    Mudando de pato pra ganso, eu particularmente não endeuso os americanos não.
    (lá vamos nós de novo.rsrsr)
    Se fizer um retrospecto de meus comentários verá que a maioria é contrária aos americanos quando acho que o tema é pertinente, me mantendo dentro do contexto.
    Você está sendo injusto em afirmar que eu puxo o saco dos caras.
    Mas tudo bem. Você tem o direito de acreditar no que quiser e se eu passei essa impressão a culpa muito provavelmente é minha.
    Mas volto a insistir para que não deixe de comentar no blog não.
    Fui grosseiro com minha expressão “haja saco” e peço desculpas. Não tenho o direito de fazer isso, mesmo porque para mim isso aqui é pura diversão e não tenho nenhuma pretensão de mudar o mundo e na verdade nem acredito que valha a pena tentar.

    Um grande abraço.

  26. Não … tem nada a ver contigo não… é que cansei disso tudo, vou dar um tempo, em qualquer blog ou sitio que entro é a mesma coisa, todos contra o Francoorp, certo que se é assim é porque estou gerando polêmica demais com o meu “Estilo” e mentalidade, mas volto em breve, e ai discutiremos um pouco mais…se o assunto for os Yankees, ainda melhor a discussão(RSRS).

    Valeu abraço a todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 288 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: