Articles

Chega a Rio Grande novo lote de carros de combate

In Carros de combate, Defesa, Terrestre on 07/09/2010 by E.M.Pinto Marcado: , ,

http://multimidia.correiodopovo.com.br/thumb.aspx?Caminho=multimidia/2010/09/07/107022.JPG&Tamanho=480&HW=1Sugestão Lauro Freitas

Vinte oito carros de combate Leopard, duas viaturas blindadas de Engenharia Escola de Motorista, além de dispositivos de simulação de engajamento tático, foram desembarcados ontem no Porto Novo, em Rio Grande. O terceiro lote de uma importação feita pelo Exército Brasileiro, por meio do Projeto Leopard, foi embarcado no navio República Argentina em Hamburgo, na Alemanha. A embarcação atracou no cais do Porto Novo ao meio-dia de domingo, mas o desembarque ocorreu na manhã de ontem. A operação foi acompanhada por integrantes de diversas organizações militares, todas pertencentes ao Comando Militar do Sul.

Veja os vídeos da chegada

Vídeo I

Video II

Os tanques de guerra, blindados e demais equipamentos serão levados em carretas do Exército para a Guarnição Militar Federal de Santa Maria, sede da 3 Divisão de Exército – Divisão Encouraçada. Conforme o tenente-coronel Walterney Paulino da Silva, do 6 Batalhão de Infantaria Blindado, sete carretas farão o transporte dos tanques, cada uma com capacidade para levar um carro de combate por vez, e outra carregará um contêiner com material de manutenção e outros itens.

O deslocamento dos primeiros tanques de guerra começará hoje, às 7h. Por questão de segurança, considerando o peso da carga – cada unidade tem em torno de 40 toneladas -, as carretas trafegarão com velocidade entre 30 e 40 quilômetros por hora. A viagem deve durar aproximadamente oito horas. Para levar todos os carros de combate até Santa Maria serão necessárias cinco viagens. A projeção é transportar todo o material em dez dias. Em Santa Maria, haverá o recebimento técnico e os testes. Depois, os tanques de guerra vão ser distribuídos a diversos quartéis do Rio Grande do Sul.

O Projeto Leopard é um contrato de compra e apoio estabelecido pelo governo brasileiro com o da Alemanha. A iniciativa, desenvolvida por intermédio do Ministério da Defesa, objetiva reaparelhar e modernizar as Unidades Blindadas do Exército brasileiro. Os atuais carros de combate são do modelo Leopard 1A1, considerados inferiores aos importados, do tipo Leopard 1A5. Os tanques de guerra foram adquiridos do Exército alemão e, antes de chegar ao Brasil, passaram por manutenção da empresa Rheinmetall Land System.

O Projeto Leopard é executado desde 2007 e prevê o desembarque de 11 lotes no país, até o final de 2011. A primeira e a segunda remessas chegaram ao porto rio-grandino, respectivamente, em dezembro de 2009 e em maio de 2010. Em junho deste ano, o Brasil recebeu os equipamentos para o Polígono de Tiro de Alvos Móveis, em construção na cidade de Rosário do Sul, no Campo de Instrução Barão de São Borja. Essa instalação se destina à preparação de guarnições de viaturas blindadas para situações de combate. No total, o projeto viabilizou a aquisição de 220 n carros de combate Leopard 1A5, além de várias outras unidades. Também estão incluídos diversos equipamentos de simulação, treinamento de recursos humanos e suporte logístico.

Tanques adquiridos na Alemanha serão transportados por sete carretas até Santa Maria, onde está sediada a 3 Divisão de Exército
Crédito: Deyver Dias / Especial / cp

Tanques adquiridos na Alemanha serão transportados por sete carretas até Santa Maria, onde está sediada a 3 Divisão de Exército
Crédito: Deyver Dias / Especial / cp

Fonte: Correio do Povo

About these ads

27 Respostas to “Chega a Rio Grande novo lote de carros de combate”

  1. Haaaaaaa Osório… que baita chance perdida…
    Quem sabe hoje estariamos na terceira ou quarta geração deste tanque fantástico. Quando não existe apoio do Governo ou das Forças Armadas nesse tipo de empreitada, raramente se obtem sucesso. Parece que nossos governantes abriram os olhos para isso (vide KC-390)!

  2. Como está o projeto nacional de carros sobre lagartas?
    Alguém sabe.

  3. daniel rosa :
    Haaaaaaa Osório… que baita chance perdida…
    Quem sabe hoje estariamos na terceira ou quarta geração deste tanque fantástico. Quando não existe apoio do Governo ou das Forças Armadas nesse tipo de empreitada, raramente se obtem sucesso. Parece que nossos governantes abriram os olhos para isso (vide KC-390)!

    lucena :
    Como está o projeto nacional de carros sobre lagartas?
    Alguém sabe.

    Estão começando a abrir os olhos,e sobre o projeto do veículo sobre lagartas parece-me q está parado mesmo. Sds.

  4. lucena :
    Como está o projeto nacional de carros sobre lagartas?
    Alguém sabe.

    Tem algum projeto em andamento? To por fora.
    Sei somente das 2.000 viaturas blindadas de transporte pessoal-média de rodas (VBTP-MR), encomendadas à Iveco por R$ 6 bilhões, com o foco de fazer o Brasil voltar ao topo da tecnologia alcançada nos anos 1980 coma Engesa, que exportou o tanque Urutu para diversos países.

  5. O exército vai manter essa pintura do padrão alemão??

  6. Rod RRT :
    O exército vai manter essa pintura do padrão alemão??

    Tá parecendo, + eles são tanto qto aos Leopards A2 dos Chilenos?ou ficam a desejar? Quem sabe?

  7. Gostaria de saber quanto tempo nós poderemos usar esses tanque. (vida útil)
    e tampbem fica a pergunta no ar.. foi um bom negócio?
    abraços.

  8. Afs.. um monte de sucate isso sim, Brasil está de brincadeira com esse monte de ferro velho.

  9. daniel rosa :Haaaaaaa Osório… que baita chance perdida…Quem sabe hoje estariamos na terceira ou quarta geração deste tanque fantástico. Quando não existe apoio do Governo ou das Forças Armadas nesse tipo de empreitada, raramente se obtem sucesso. Parece que nossos governantes abriram os olhos para isso (vide KC-390)!

    Realmente… quem sabe com os KC-390, o governo possa retomar o projeto Osório e investir muito em empresas como Avibrás ou Mectron para que possam equipar ainda melhor o nosso exército.

  10. Juca :Gostaria de saber quanto tempo nós poderemos usar esses tanque. (vida útil)e tampbem fica a pergunta no ar.. foi um bom negócio?abraços.

    São de 2a mão, logo, não espere muita coisa deles. São de segunda geração, logo são obsoletos. Incrivel o descaso do Ministério da Defesa no Brasil.

  11. Como que pode transportar esse blindados pela rodovia sendo que vai demorar oito horas para chegar ao quartel sera que não tem nenhuma ferrovia para que se possa levar todos de uma vez para o quartel se numa situção de guerra forem levar uma de cada vez quando terminar de levar ja acabou, e despesas com esse tranporte deve ser uma fortuna de combustivel, enta falta de planejamento

  12. A infraestrutra ferroviaria no Brasil é muito pobre.
    Como várias outras.

  13. Vão ficar todos no RS?

  14. Eu até que gosto dele, acho que o Brasil deveria era comprar o projeto inteiro deste carro e começar a produzir aqui… e ainda bem que o navio argentino não levou embora pra eles, e nos entregaram. HEHEHE

  15. Fabio ASC :
    Vão ficar todos no RS?

    Pouco sairá do eixo sul-sudeste. Apesar da redistribuição das forças armadas no território nacional, ficaram restritos em áreas propícias a esse tipo de unidade, justamente o sul-sudeste. As demais regiões possuem outras realidades operacionais, daí outras necessidades.

  16. HR :

    daniel rosa :Haaaaaaa Osório… que baita chance perdida…Quem sabe hoje estariamos na terceira ou quarta geração deste tanque fantástico. Quando não existe apoio do Governo ou das Forças Armadas nesse tipo de empreitada, raramente se obtem sucesso. Parece que nossos governantes abriram os olhos para isso (vide KC-390)!

    Realmente… quem sabe com os KC-390, o governo possa retomar o projeto Osório e investir muito em empresas como Avibrás ou Mectron para que possam equipar ainda melhor o nosso exército.

    Bem HR, eu acharia fantástico se isso acontecesse! Já pensou? Canhão 120mm, blindagem reativa, peso na casa das 45ton (ainda assim mais leve que o Merkava com 65ton, o próprio Leopard 2A6 que gira na casa das 60ton), totalmente redesenhado, com torre rebaixada, perfil mais limpo e motor na casa dos 1500hp… e de preferência como nosso Exercito adquirindo mais de 500 unidades! E imagine uma “familia” desenvolvida sobre o mesmo chassi… versão AA com canhões, versão AA com misseis, e por ai afora! Putz… deixa eu acordar hahahahah! Mas que seria fantástico, sem sombra de duvidas…. seria! Um abraço e boa semana.

  17. Eu acho que nao este sonho pode se tornar realidade pois ouvi falar da nova empresa belica que o governo ta investindo e que se chama Engesaer, talves possa aparecer daqui uns 7 ou 8 anos o EET-2 OSOIRIO, EE-9 CASCAVEL II e por ai vai.

    O governo esta inventindo na Avibras com o novo projeto do Astros III cerca e 1,6 bi foram investidos, as 2 mil viaturas blindadas da iveco, o KC-390 da embraer, a compra da tecnologia de submarinos nucleares e a criaçao de novas fabricas navais, o veiculo lançador de satelites (VLC) o Aviao Hiper-Sonico(capaz de alcançar 11 mil KMH) que sera testato em meados de 2011 e por ultimo o FX-2 na compra de tecnologia de avioes de caça de 5 geraçao.

  18. Pois é, após o Ministro Jobin desencadear as mudanças estruturais na organização do Ministério da Defesa e Estado Maior das Forças Armadas, vi uma chuva de críticas de gente acostumado ao comodismo das coisas sem refletir se elas são corretas ou eficientes do modo como existem. Agora, vejam o caso das compras desses tanques, diga-se de passagem, que muitos aqui consideram sucatas e foi adquiridos antes da atual refoma. O que se espera é que daqui pra frente, as compras e aquisições se baseiem a planejamento conjunto das reais necessidades da defesa nacional, acabando com o desperdício e a ineficiência militar.

  19. afinal esses tanques são bons ou o q?

  20. NOSSO EXÉRCITO NÃO TEM PRIRIDADE,, ESTÉ CARRO ,SE FOR ATINGIDO POR UM MISSIL
    JAVELIN , NÃO SOBRA NADA,, PARA O GOVERNO A PRIORIDADE E O PRE SAL , LÁ E TUDO
    NOVO ,ESCOLTA OCEÂNICA FEMM, ETC ,SUBMARINO NOVOS,ETC EMQUANTO ATÉ NO JAPÃO TEM UM CARRO DE COMBATE TK-X TYPE 10, SUPERIOR AO LEOPARD , O BRASIL FICA COM AS SUCATAS …..

  21. Essa é a política disseminada pelo presidente Lula. Soluções meia-boca para os problemas, e o pior é que muita gente se satisfaz. É como querer colocar enfermeiros (nada contra!! mas cada um no seu trabalho) para atender em postos de saúde, como já foi tentando implementar.

  22. diegocabrejos :
    Essa é a política disseminada pelo presidente Lula. Soluções meia-boca para os problemas, e o pior é que muita gente se satisfaz. É como querer colocar enfermeiros (nada contra!! mas cada um no seu trabalho) para atender em postos de saúde, como já foi tentando implementar.

    Isso não foi política de Lula, animal! Esses tanques foram comprados pelo Exército antes da atual política de defesa e a END entrar em vigor!

    Vá se informar primeiro!

  23. Ricardo :Eu acho que nao este sonho pode se tornar realidade pois ouvi falar da nova empresa belica que o governo ta investindo e que se chama Engesaer, talves possa aparecer daqui uns 7 ou 8 anos o EET-2 OSOIRIO, EE-9 CASCAVEL II e por ai vai.
    O governo esta inventindo na Avibras com o novo projeto do Astros III cerca e 1,6 bi foram investidos, as 2 mil viaturas blindadas da iveco, o KC-390 da embraer, a compra da tecnologia de submarinos nucleares e a criaçao de novas fabricas navais, o veiculo lançador de satelites (VLC) o Aviao Hiper-Sonico(capaz de alcançar 11 mil KMH) que sera testato em meados de 2011 e por ultimo o FX-2 na compra de tecnologia de avioes de caça de 5 geraçao.

    Também lí sobre isso Ricardo. Vamos esperar para ver. A verdade é que desaprendemos como se projeta e constrói veículos blindados. Tão somente por isso termos “contratado” um projeto da Iveco…
    O conhecimento adquirido, se não praticado, torna-se perdido. Espero realmente que a tal empresa seja aberta, e que de suas linhas de montagem saiam os veículos que nosso exercito tanto necessita. Quanto ao investimento no projeto da Avibras, nosso Exercito necessita atualizar seus sistemas. Sendo a Avibras altamente dependente de nossas encomendas internas, se não houver apoio do governo ela fecha suas portas. A “burrocracia” na expostação de nossos sistemas tem deixado a Avibras em situação delicada… Vamos esperar alguns anos para ver. Espero que tudo saia como planejado e nossa indústria resurja forte, extremamente competitiva e lucrativa!
    Um abração e boa quinta feira.

  24. Daniel :

    Ricardo :Eu acho que nao este sonho pode se tornar realidade pois ouvi falar da nova empresa belica que o governo ta investindo e que se chama Engesaer, talves possa aparecer daqui uns 7 ou 8 anos o EET-2 OSOIRIO, EE-9 CASCAVEL II e por ai vai.
    O governo esta inventindo na Avibras com o novo projeto do Astros III cerca e 1,6 bi foram investidos, as 2 mil viaturas blindadas da iveco, o KC-390 da embraer, a compra da tecnologia de submarinos nucleares e a criaçao de novas fabricas navais, o veiculo lançador de satelites (VLC) o Aviao Hiper-Sonico(capaz de alcançar 11 mil KMH) que sera testato em meados de 2011 e por ultimo o FX-2 na compra de tecnologia de avioes de caça de 5 geraçao.

    Também lí sobre isso Ricardo. Vamos esperar para ver. A verdade é que desaprendemos como se projeta e constrói veículos blindados. Tão somente por isso termos “contratado” um projeto da Iveco…
    O conhecimento adquirido, se não praticado, torna-se perdido. Espero realmente que a tal empresa seja aberta, e que de suas linhas de montagem saiam os veículos que nosso exercito tanto necessita. Quanto ao investimento no projeto da Avibras, nosso Exercito necessita atualizar seus sistemas. Sendo a Avibras altamente dependente de nossas encomendas internas, se não houver apoio do governo ela fecha suas portas. A “burrocracia” na expostação de nossos sistemas tem deixado a Avibras em situação delicada… Vamos esperar alguns anos para ver. Espero que tudo saia como planejado e nossa indústria resurja forte, extremamente competitiva e lucrativa!
    Um abração e boa quinta feira.

    Espero q se torne realidade, e q outro presidente imbecil, ñ a deixe morrer .Sds.

  25. Olá Carlos Argus… sou ateu, mas que Deus te ouça!
    Um abraço.

  26. Os Leopard 1A5 são ótimos blindados. Antes de serem embarcados pra terras tupiniquins, passaram por um processo de modernização e creio que devem vir num estado em que o nosso Exército atingirá um outro patamar bastante elevado. O resto é
    quais quais quais de gente que só sabe reclamar e emitir ruídos que não tem o poder de acrescentar nada à nossa defesa. Essa gente fala mal até de Deus… Imagina o resto

  27. POOOORRAAAAAAAA!!!!parem de falar deste maldito Osório!!! esta merda morreu há anos!!!!! toda vez é isso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 288 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: