Archive for the ‘Negócios e serviços’ Category

Articles

O “aerotrem” da Bombardier

In Negócios e serviços,tecnologia on 26/09/2010 por E.M.Pinto

140.jpg

Sugestão: Lauro Freitas

Por Flávia Lima, de Berlim

Conhecida por seus aviões, a empresa canadense fecha contrato de R$ 2,1 bilhões com governo de SP e vai fabricar trens no Brasil

A canadense Bombardier reforçou sua artilharia terrestre, selando a paz – pelo menos em terra – com o Brasil. No ar, a maior rival da Embraer no mercado de jatos regionais, continua a irritar o governo brasileiro em brigas relativas a subsídios – a última delas iniciada no início do ano envolvendo a construção de uma nova família de jatos. Read More »

Articles

Iraque recebe oferta de novos caças F-16 com mísseis velhos

In Aérea,Aviões de Combate,concorrências,Defesa,Geopolítica,Mísseis,Negócios e serviços,Sistemas de Armas on 25/09/2010 por Carcará Marcado: , , , , , , ,

http://media.kfbb.com/images/MANG%20F-16%20above%20Iraq.JPG

Por Stephen Trimble

O Iraque pode receber 18 Lockheed Martin F-16s em valor de até US$ 4,2 bilhões e equipados com mísseis e radares de geração anterior, de acordo com o governo dos EUA.

A Defense Security Cooperation Agency definiu as configurações dos F-16IQ habilitados para exportação para o Iraque em um comunicado publicado em 24 de Setembro. Read More »

Articles

Para ‘Economist’, ambição global do Brasil ajuda a modernizar Exército

In Defesa,Geopolítica,Negócios e serviços on 24/09/2010 por E.M.Pinto

http://img365.imageshack.us/img365/8/dsc07084.jpg

Sugestão: Gérsio Mutti

A revista britânica The Economist traz uma reportagem na sua edição desta sexta-feira sobre como as aspirações do Brasil de crescer no cenário político mundial ajudaram o país a modernizar o seu Exército.

Segundo a revista, as missões de paz se tornaram um componente importante na política externa de Luiz Inácio Lula da Silva, como parte de uma estratégia para alavancar o status do país no cenário mundial. Read More »

Articles

Brasil larga na vanguarda do plástico verde

In Ciência,Negócios e serviços,tecnologia on 24/09/2010 por E.M.Pinto

Clique na imagem para acessar ao infográfico que demonstra a produção do plástico verde.

Gustavo Poloni, iG São Paulo

Braskem inaugura fábrica de R$ 500 milhões de resina obtida da cana-de-açúcar; infográfico mostra como funciona a produção.

Alguns anos atrás, o Brasil assumiu a liderança do mercado mundial de biocombustíveis com a cana-de-açúcar, matéria-prima mais eficiente e barata na produção de etanol. A tecnologia fez com que o modelo brasileiro fosse estudado em todo o mundo. A partir desta sexta-feira, a planta vai colocar o País mais uma vez em destaque, só que desta vez com um novo produto: o plástico verde. Read More »

Articles

Portugal formaliza ingresso no programa do KC-390

In Aérea,Aviões de Transporte,Negócios e serviços on 24/09/2010 por E.M.Pinto

http://pbrasil.files.wordpress.com/2010/08/kc390.jpg?w=556&h=411

O Governo formalizou hoje o seu interesse em se associar ao programa de desenvolvimento e produção do avião de transporte militar KC-390, da empresa aeronáutica brasileira Embraer.

“Através desta Resolução, o Governo declara, na sequência do convite formulado pelo Governo Brasileiro, o interesse de Portugal em participar no programa de desenvolvimento e produção da aeronave de transporte multiusos KC-390″, pode ler-se no comunicado final da reunião de hoje do Conselho de Ministros. Read More »

Articles

Saab terá centro de pesquisas no Brasil

In Defesa,Negócios e serviços on 24/09/2010 por E.M.Pinto

http://pbrasil.files.wordpress.com/2010/09/img_77_21015_45b15d.jpg?w=627&h=403

Virgínia Silveira

A companhia sueca Saab, que faturou US$ 3,6 bilhões em 2009, vai criar um centro de pesquisa e desenvolvimento de alta tecnologia no Brasil, que irá trabalhar em projetos para o mercado mundial, nos segmentos de segurança civil e militar, radares, sensores, Aeronáutica, desenvolvimento sustentável e tecnologia ambiental. Read More »

Articles

Crise com Irã aquece mercado de defesa no Golfo Pérsico

In Defesa,Negócios e serviços on 24/09/2010 por E.M.Pinto

http://pbrasil.files.wordpress.com/2010/09/1259170607_extras_fotos_24h_0.jpg?w=562&h=316

As nações do Golfo Pérsico sempre gastaram grandes somas de dinheiro na aquisição de armas, entretanto, o medo que se instalou na região por força das ambições militares iranianas, elevaram ainda mais os orçamentos destinados ao setor de Defesa desses países. Estima-se que nos próximos quatro anos os países árabes da região do Golfo comprarão cerca de US$ 123 bilhões em armas. Os Estados Unidos lideram o ranking dos fornecedores. Tanto as empresas estadunidenses quanto as europeias enxergam o mercado de armas da região como vital, principalmente porque a Grã-Bretanha pretende reduzir significativamente seus gastos militares nos próximos cinco anos. Read More »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 288 outros seguidores