Articles

Conferência aprova prazo até 2014 para que forças afegãs controlem o país

In Conflitos, Defesa, Geopolítica on 20/07/2010 by konner7 Marcado: , ,

https://i1.wp.com/www.cezarsaid.com.br/blog2/wp-content/uploads/2009/11/kar1.jpg

BBC – Brasil  –  Uma conferência internacional endossou nesta terça-feira um prazo defendido pelo presidente afegão, Hamid Karzai, que estabelece 2014 como limite para que as forças do país assumam o controle sobre a segurança em todo o Afeganistão.

“A comunidade internacional expressa seu apoio ao plano do presidente do Afeganistão de que as forças nacionais de segurança devam liderar e conduzir operações militares até o final de 2014”, diz o comunicado final da conferência sobre o Afeganistão, realizada na capital do país, Cabul.

A reunião, considerada uma das mais importantes desde o início da invasão do Afeganistão, em 2001, teve a presença de representantes de 70 países.

Participaram da conferência, entre outros, a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, o ministro das Relações Exteriores britânico, William Hague, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. Ajuda Uma comissão deve avaliar quais das 34 províncias estão prontas para que as forças afegãs assumam o controle da segurança já a partir do ano que vem.

Mas, segundo analistas, como os insurgentes ainda controlam várias áreas do Afeganistão, a meta de Karzai pode ser ambiciosa demais.

Os participantes da conferência também concordaram em aumentar o volume da ajuda internacional ao país entregue diretamente ao governo afegão de 20% para 50%, apesar de Karzai ter pedido uma porcentagem maior.

Falando aos delegados internacionais, Karzai admitiu que o Afeganistão ainda não chegou a um estágio de boa governança, acrescentando que seus aliados enfrentam “um inimigo comum cruel”.

Os Estados Unidos e seus aliados querem garantias de Karzai de que ele vai combater a corrupção e promover uma boa administração pública.

Talebã Falando depois do presidente afegão, Hillary Clinton afirmou que os Estados Unidos vão acelerar o processo de devolver o controle da segurança aos policiais e militares afegãos a partir de julho de 2011.

“A data de julho de 2011 captura tanto nosso senso de urgência como a firmeza de nossa decisão”, afirmou. “O processo de transição é muito importante para ser adiado indefinidamente (…) Mas esta data é o início de uma nova fase, não o fim de nosso envolvimento.” Segundo Hillary, ao compromisso militar americano no Afeganistão corresponderá o que ela chamou de um movimento civil sem precedentes para o desenvolvimento econômico.

Na segunda-feira, ela havia advertido Cabul contra tentativas de firmar um acordo de paz com o Talebã, a Al-Qaeda e outros grupos militantes que os Estados Unidos consideram irreconciliáveis.

O Talebã insiste que vai continuar lutando até que todas as forças estrangeiras deixem o país.

Nesta terça-feira, dois civis americanos que treinavam militares no Afeganistão foram mortos por um soldado afegão na cidade de Mazar-e-Sharif, no norte do país.

Fonte: Uol

Anúncios

11 Respostas to “Conferência aprova prazo até 2014 para que forças afegãs controlem o país”

  1. Sei que a históri não se repete, a não se enquanto farsa ou tragédia, mas eu já li coisa parecida em relação ao Vietnam em 1964..

  2. Isso se chama estou pedindo arrego, ñ temos o mesmo poder dos tempos do vietnam…mt deficits,e sem dinheiro ñ se compra e nada se faz…é o Ocaso de uma ex-potência.Já vai tarde.

  3. “Karzai admitiu que o Afeganistão ainda não chegou a um estágio de boa governança, acrescentando que seus aliados enfrentam “um inimigo comum cruel”.

    Boa governança, senhor Karzai? Vossa Excelência quer boa governança e menos corrupção, então não deixe mais um ex-executivo da Carlyle Group e íntimo de Bush, quando diretor presidente da corporação assumir a liderança de um povo já fragmentado. De acordo?

  4. O sorriso dele é significativo, destruimos outro império…somos terríveis…

  5. Esse senhor sim que ama a democracia, e a sua empresa a Unocal ama muito mai$$$.

    Perderam mais uma guerra senhores, pois não conseguiram vencer o inimigo Taliban, e agora chega a hora de ir embora, e tudo neste território voltara a ser como antes, se melhor ou pior não sei dizer, pois os povos e culturas humanos são muito diversos neste conceito, o que para nós crescidos e educados no Ocidente é bom, pra eles não é, e assim por diante, mas resta o fato que os Taliban continuarão lutando contra o governo central de Kabul até a vitória final… mesmo que passem séculos para isso, o tempo não tem a menor importância para eles, nem mesmo as próprias vitimas, somente a vitória conta!

    Mas a pergunta que não tem resposta por enquanto é: O Taliban ou qualquer outro povo que foi “libertado” pelos Yankees, levará um dia, novamente a guerra na casa destes libertadores??? Acho que sim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: