Articles

Suicídios no Exército dos EUA batem novo recorde

In Defesa on 20/07/2010 by konner7 Marcado:

https://i1.wp.com/www.geomundi.org/wp-content/uploads/2010/05/suicidio.gif

O número de suicídios no Exército americano já ultrapassou neste ano os níveis recorde de todo o ano passado. Segundo o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas esta é uma tendência “horrível”.

Segundo números proporcionados pelo Pentágono, desde janeiro deste ano, 140 soldados ativos se suicidaram, além de 71 da reserva e da Guarda Nacional. Nos doze meses do ano passado o número total de suicídios foi de 197 entre soldados ativos e reservistas.

O general Peter Chiarelli, chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, disse que “isto é horrível”.

– Não quero de nenhuma maneira diminuir importância a estes números.

O chefe do Estado-Maior acrescentou que embora os números parecem haver declinado nos últimos meses, o Exército está tentando determinar a razão dos suicídios.

– Ainda não encontramos vinculação com alguma causa que tenha importância estatística e que nos permita prever de maneira efetiva o comportamento humano. A realidade é que não há uma resposta simples para cada suicídio.

Segundo alguns especialistas em assuntos de Defesa, alguns suicídios militares se devem ao transtorno pós-traumático causado pelo desdobramento dos soldados em conflitos no exterior, como os do Iraque e Afeganistão. No entanto, Chiarelli manifestou que há novos números estatísticos que mostram um aumento dos suicídios entre soldados jovens que nunca participaram de uma missão de combate.

O alto comando militar assinalou que, além do aumento dos suicídios, se advertiu um aumento no número de soldados que consomem uma maior quantidade de fármacos e álcool após seu retorno das zonas de combate. No entanto, indicou sua esperança que se mantenha a tendência de baixa advertida nos últimos meses.

– Acho que finalmente vemos que se está progredindo. A tendência geral, com exceção de um par de meses, foi a diminuição.

O militar atribuiu essa redução às medidas tomadas pelas autoridades militares para educar aos oficiais e soldados sobre o problema.

Fonte: R7

Anúncios

6 Respostas to “Suicídios no Exército dos EUA batem novo recorde”

  1. Os seus inimigos só agradece…ainda temos limites em n consciências, e isso mt das x nos leva a ver o mal q praticamos contra o “OUTRO”,n irmão.

  2. Quando você luta sem um ideal,ou até mata sem um grande proposido,a primeira vítima sua é a sua consciência.
    Quantos civis;crianças e mulheres, são massacradas nessas guerras estúpida; que de justa não tem nada.
    A consciência vem e cobra,e as vezes é uma conta cara.
    E a tendência é piorar essa carnificina,pois as GUERRAS DO FUTURO SERÃO UM VÍDEO GAME.

  3. O Exército Americano é a força que deve possuir o maior contigente do mundo em situação de combate real e em guerras de baixa intensidade com grande desgaste emocional.. A meu ver isso não se deve a questões “imperialistas´”. É uma questão natural de gente que enfrenta a morte a cada segundo…Além disso, essa questão do suicídio e da morte assumem outra dimensão nos opositores das forças ocidentais, geralmente combatentes muçulmanos radicais, sunitas e chiitas. Não é chacota, mas um muçulmano dá um uso político muito claro ao sofrimento e ao martírio por uma causa religiosa e o direciona a favor dos objetivos do seu grupo..

  4. Excluindo os militares que se suicidam ainda na ativa, no EUA, ainda existem em média + ¹18 suicídios de veteranos de guerra(s) por dia !

    (1)
    http://www.mwglobal.org/ipsbrasil.net/nota.php?idnews=5487

    Fora isto, ²25% da população sem teto do EUA ( os moradores de rua) são veteranos de guerra.

    Ou seja, de cada 4 sem tetos, 1 é veterano de guerra.

    (2)observação: Dados de 2 anos atrás.

    Estes soldados não lutam por ideais, nem pelo povo norte-americano, lutam pelos lucros das mega corporações e pelos interesses daqueles que mandam de fato no EUA e OTAN.

    Embora doutrinados (os soldados) para crerem que lutam por liberdade ou democracia é impossível não se darem conta dos reais objetivos das guerras de conquista. E aí, o preço cobrado é alto… A própria sanidade mental !

  5. Qualquer soldado em combate, de qualquer governo ou regime, comete atrocidades…E muitos soldados em treinamento, devido a pressão exercida, também não suportam a cobrança..Numa guerra não é possível preservar vidas civis, inocentes e pessoas não ligadas aos conflitos..Alguns soldados se tornam frios, cumprem sua missão e conseguem fazer a transição para a vida civil. Outros em sua humanidade violentada se tornam problemáticos no front, não se adaptam a vida civil e são desprezados pela sociedade que defenderam..

    Gostaria de ter mais dados sobre suicídios em outras forças, em situações de paz e de guerra, para poder formar um juizo mais claro a respeito do tema..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: