Articles

PF investiga existência de milícia indígena no Alto Solimões

In Conflitos, Geopolítica, Terrorismo on 23/07/2010 by E.M.Pinto Marcado: , ,

https://i1.wp.com/portalamazonia.globo.com/img/upload/noticias/miliciaindigena265x220.jpgFonte: Florêncio Mesquita – Portal Amazônia


MANAUS – A Polícia Federal (PF/AM) investiga possíveis abusos de violência, invasão à residências, prisões ilegais, tortura e até homicídio praticados pela milícia indígena autointitulada ‘Polícia Indígena do Alto Solimões (Piasol)’. Os crimes estariam sendo praticados nas aldeias de Umariaçu e Filadélfia da etnia Ticuna, na fronteira entre Brasil e Peru. A PF também investiga uma suposta ligação dos indígenas com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

De acordo com o superintendente da PF, delegado Sérgio Fontes, a Piasol rejeita o rótulo de “milícia”, mas segundo ele, não há outra denominação para eles. O delegado explica ainda que Piasol é uma organização paramilitar formada por ex-integrantes do Exército Brasileiro. Os reservistas indígenas estariam usando o treinamento adquirido nos quartéis para se impor como autoridade policial.

“A Policia Federal não aceita essa organização que no nosso ponto de vista é paramilitar. Eles criaram o Estatuto Único da Polícia Indígena do Alto Solimões que é basicamente a cópia de um estatuto militar. Esse documento descreve as denominações das patentes, promoções e crimes dos indígenas militares. Eles têm coronel, soldado, sargento, deserção e tropa, todos itens e nomenclaturas do Exército. Como dizer que essa organização não é paramilitar?” questionou o delegado.

Material que seria utilizado pela Piasol. Foto: Polícia Federal

Funai não aprova milícia

A Fundação Nacional do Índio (FUNAI) também considera a Piasol uma organização ilegal. Segundo o coordenador regional do órgão no Amazonas, Odinei Rodrigues Haldin, a Funai não concorda com existência da milícia, bem como, com qualquer postura violenta adotada pela organização.

Segundo Odinei, os indígenas criaram a milícia em 2008 e até hoje a Funai não foi comunicada formalmente sobre a organização. Ele explicou que órgão tomou conhecimento da existência da Piasol por meio da imprensa, que destacou a suspeita de abuso da organização. Segundo o coordenador, a Funai não tem como controlar a ação da Piasol apesar de defender os interesses das terras, costumes e culturas indígenas.

Apreensão e prisões

Segundo o delegado da Polícia Fderal, os índios alegam que a Piasol foi criada para combater o consumo de álcool e o tráfico de drogas nas aldeias, mas o material apreendido, assim como as pessoas presas pela milícia, nunca foram apresentados à PF.

Perigo e descontrole

Fontes teme que a organização tente se opor contra o Estado, caso não seja fiscalizada com mais rigor. “A Piasol é uma organização sem controle. Só quem faz o uso legítimo da força em uma democracia é o Estado. Como vamos permitir que uma entidade sem nenhum amparo legal possa também fazer uso da força e forma de descontrolada?. Ele acrescenta que o Estado não tem como saber quantos dias os indígenas deixam as pessoas presas sem julgamento ou quantos lares eles invadem sem autorização”, disse.

Uniformizados e com armas não letais

O superintendente informou que os indígenas da Piasol andam uniformizados com calças do Exército e camisas da cor preta. O uniforme possui o símbolo da organização. Fontes acrescenta que ao invés de armas de fogo, os indígenas usam facão e tonfa (tipo de bastão semelhante ao cacetete usado pela Polícia). Com alguns, segundo Fontes, foram identificadas armas de choque.

Nota do Editor

Pouca gente sabe, admite ou quer que seja pronunciado, mas a guerra da Yugoslavia que culminou na fatiação do país balcânico em mil pedaços a gosto do fregês, começou da seguinte forma:

Um grupo separatista com estatus de guerrilha implantado na Bósnia, apoiado pelos Estados Unidos e pela maioria dos países europeus (exeto França e Alemanha) incitava ataques de guerrilha espalhando terror nas Bush Ville Sérvias, Estupros assassinatos , sequestors roubos e atentados ao Deus dará.

Aa resposta do governo central de Milosevic foi desproporsional , desumana e criminosa tal qual os atos da guerrilha em questão, (tal como a da Rússia da Geórgia e dos EUA na segunda Guerra do Golfo) a escalada de violência arquitetada por este grupo  e seus finaciadores, culminou numa guerra sangrenta e uma deslocação em massa de refugiados principalmente para a Itália.

Por não suportar a onda de imigração e o peso político de impedir a entrada de centenas de milhares de famintos e fragelados refugiados, o governo Italiano forçou ações da OTAN de forma a conter o conflito.

Muitos já esperavam por este chamado, e quando a trombeta tocou as tropas se reuniram, para mais uma vez  levar a justiça e a liberdade a povos que até então não se sabia existir.

O importante é que tomaram partido de um lado sem recriminar as ações terroristas do tal grupo separatista, que convenientemente ou não intencionalmente? faria no futuro  a base do governo hoje pró OTAN-EUA.

Isto para dizer, ABRE O OLHO BRASIL, quando so Índios loiros forem mortos a Amazônia vira Kosovo, Sérvia, Bósnia, e outras raposas de sois, tudo em nome da liberdade e defesa das minorias massacradas e desprevalecidas.

O que os Romanos sabiamente chamavam de “jus ad bellumGuerra Justa”

Quem escreveu isto foi E.M.Pinto Editor e criador do Blog Plano Brasil.


Fonte:Amazônia via CCOMSEX

Anúncios

22 Respostas to “PF investiga existência de milícia indígena no Alto Solimões”

  1. É isso aí Pinto, certamente tem mãos alienigenas comandando este grupo. O governo federal precisa urgente colocar ordem nas coisas, mas certamente vão esperar passar as eleições. Não da para brincar em serviço, é preciso colocar varios pelotões na Amazonia e comprar mais helicópteros pra guarnecer estes mesmos, o exercito precisa de muito apoio para cuidar daquela região que ainda esta muito abandonada e a merce de alienígenas notadamente europeus e americanos, esta é a tatica deles, começam desta maneira e depois vão tomando conta aos poucos. Ta na hora de sair do Haiti e cuidar da própria casa, a Amazônia é gigante e vamos precisar de muitos soldados preparados.

  2. Nosso país precisa somente de uma fagulha, um único fato do governo federal contra os grupos indígenas, não importa sua dimensão – isso a imprensa cuida – e essas dezenas de ONG’s – sabidamente financiadas por GOVERNOS estrangeiros e a serviço deles – pedirão intervenção internacional em prol dos “grupos indígenas oprimidos da Amazônia” pelo governo brasileiro. Lembram da história que gerou a Reserva Ianomâmi? Pois é… Será muito difícil evitar essa estratégia e após isso justificar a unidade de um país como o Brasil, de duvidosa unidade, senão o acobertamento dos corruptos pelos corruptos.

  3. Voces estao errados em dizer : apoiado pelos Estados Unidos e pela maioria dos países europeus (exeto França e Alemanha.
    O BND , servicio de inteligencia Alema , foi que mais ajoudo a organizaçao terrorista UCK no Kossovo . No museu militar de Belgrade tem provas disso .
    A resposta do exercito Servio nao foi foi desproporsional pois a tactica das guerrilas era de provocar esas respostas ao tarverso de seus atos criminais e de se esconder no meio dos civis .
    Cordialmente
    Daniel BESSON

  4. Daniel, a informação que dispunha é de que a ALemanha agiu na tentativa d eevitar o conflito, sendo por exemplo junto da França o País que pressionou a Rússi a invadir e tomar o Kosovo evitando o prolongamento da guerra.
    Esta informação que me das e nova, e me surpreende.
    Não sabia deste envolvimento.

  5. marcello :
    Nosso país precisa somente de uma fagulha, um único fato do governo federal contra os grupos indígenas, não importa sua dimensão – isso a imprensa cuida – e essas dezenas de ONG’s – sabidamente financiadas por GOVERNOS estrangeiros e a serviço deles – pedirão intervenção internacional em prol dos “grupos indígenas oprimidos da Amazônia” pelo governo brasileiro. Lembram da história que gerou a Reserva Ianomâmi? Pois é… Será muito difícil evitar essa estratégia e após isso justificar a unidade de um país como o Brasil, de duvidosa unidade, senão o acobertamento dos corruptos pelos corruptos.

    E o momento exato p a entrada das FAS nossas nas Reservas indígenas, e logo, expulsar essa Tal de WWf e suas associadas, tem dedo de estranhos nisso…é q isso seja o + rápido possível, p ontem , srs ; a coisa agr e com a gente.

  6. Não tenho informações exatas, mas creio que esta PIASOL foi decorrência de índios que serviram ao Exército e que, sem o amparo do estado em relação a sua segurança, resolveram tomar uma atitude em prol da própria segurança.

    O que é necessário é a entrada da cidadania nestas paragens e não apenas a polícia federal. Escolas, postos de sáude, oportunidades de trabalho, Bolsa Família, PAC, Minha Casa Minha vida, e etc.

    Em São Paulo, dado o descaso do estado com os mais pobres, a reação foi a criação do PCC, uma organização criminosa que domina todas as perfierias do estado, TODAS, mas que, se tiverem um lustro de teoria política mais evoluído podem muito bem se tornar um partido político e chegar ao poder por vias democráticas…

    É engraçado como as coisas se ligam. A militância verde foi contra de todas as formas a construção da usina hidroelétrica de Belo Monte, que propiciaria energia para movimentar indústrias da região e garantir empregos para esse pessoal que hoje, dado o descaso do estado, está organizando suas próprias milícias, pois afinal, ninguém os defende hoje. As coisas se conectam ? Creio que sim.

    O caso dos indígenas deve ser tratado com todo o cuidado e SEM REPRESSÃO AOS ÍNDIOS.. É NECESSÁRIO O DIÁLOGO, pois não custaria nada, nada para o Tio Sam estimular um conflito destes e criar um enclave seu dentro da Amazonia. Seria a salvação para Obama na arena internacional. Uma Guerra a la AVATAR facinho de ganhar…

  7. A PF tem q investigar se há algum partido político vermelho envolvido com essa turma.

  8. Concordo Eduardo, mais ainda se há algum partido ou ideologia seja ela quem for.
    Sds
    E.M.Pinto

  9. Olha, não concordo. O conflito na Iugoslávia tem muito pouco a ver com o texto acima. Para começar, você nem citou os componentes étnico e religioso daquele conflito. Seu comentário, na minha opinão, é uma visão bastante simplista e destoa da realidade.

    Creio que você tem outra concepção dos problemas nas áreas indígena e de fronteira na Amazônia, apenas não conseguiu expressá-la adequadamente.

  10. Pedro, obrigado pelo comentário.
    Minha percepção sobre o que ocorre na Amazônia é de que está se criando no Brasil ( o que não existia) a componente etnica, com a defesa de certos direitos que tem segregado os demais Brasileiros (quilombolas são um exemplo), o que muito em breve pode gerar é o declarar de independências de “nações” Indígenas financiadas e fomentadas por grupos e governos interessados no Nióbio, ferro, manganêz, Ouro e muito mais.
    Não temos como na Yugoslávia a componente religião, mas temos a nova religião, a defesa e proteção do ambiente e para isto as legiões de Mujihdin verdes, se enfilerarão na “Defesa” da amazônia, patrimônio mundial (segundo eles).
    Isto já vimos acontecer, na Yuguslávia, Geórgia, Iraq entre outros, os métodos são diferentes mas o objetivo é o mesmo.
    Não cheguei a esta conclusão sozinho, tenho ouvido muitos relatos de militares que servem lá, policiais federais entre outros, engana-se quem pensa que o mundo não quer a Amazônia, engan-se quem pensa que não farão o possível para ter o que querem nem que seja o desencadear de um conflito localizado.
    Será que o Brasil se dará conta disso?
    Sds e um grande abraço
    E.M.Pinto

  11. Aí tem coisa com certeza, só vejo incoerência em vincular tal grupo as Farcs quando ao mesmo tempo se vê ou se cogita a ligação deste mesmo grupo a interesses de outros países. Afinal as Farcs são inimigas e combatem aos USA na colômbia.
    Grupos como esses assim como algumas ONGs são diretamente financiados por outros países (notadamente europeus e USA) e recursos para isso saem ou do tesouro desses países ou de operações ilegais (CIA sempre uso tal expediente) como tráfico de drogas. No caso de uma intervenção (internacional) nessa área o mais provável que venhamos a ter a ajuda das Farcs para combater esse pessoal.

  12. O fantasma “vermelho” é uma cilada fácil neste contexto. Todos os partidos da esquerda brasileira, incluindo-se aí os realmente vermelhos (Psol, Pstu, PCO), tem uma postura muito cristalina quanto a indivisibilidade do território brasileiro e da necessidade de integração das minorias dentro do processo de inclusão social..A questão, a meu ver, é mais de falta de opções de cidadania do que da agitação de um ente “comunista”.. Quem quer tomar a Amazonia não tem nada de comunista. A bandeira deles é exatamente oposta..

  13. São partidos,Ideologias,Religiões,ONGs e a cobiça…Sem falar que muitas Nações Idigenas tem dupla-nacionalidade…O Exercito Brasileiro defende e protege o povo Indigena a muito tempo.Não somos como Americanos em que seu proprio exercito desimou sues nativos…A area é grande e muito complexa.È preciso uma conscientização Nacional e apoio de toda a nossa sociedade.Nossas unidades estão sendo remanejadas para aquela regão ja com o proposito de melhor gerenciamento regional…Por 3 decadas escurraçamos nossos militares que hoje tem uma consciencia realista.Soldado é povo.Incentivemos a eles e os reaparelhemos condizentemente…Americanos e Europeus tem pavor de nossa criminalidade e sabem que somos guerreiros sanguinarios quando em conflito.Terão coragem de encarar?A imfluencia extrangeira a Nativos tambem se dá fora da area Amazonica ( ALCANTARA -MA )…Eu se fosse Presidente ja teria expulsado da Amazonia tudo aquilo que não seja do sistema.

  14. A referida “milícia/piasol”já foi objeto de reportagem pela TV,não me lembro qual a emissora. A conclusão a que chegamos é que ninguém, nenhuma autoridade com responsabilidade toma qualquer providência. Mas o pior mesmo não é a Piasol, se considerarmos as ONGS,a maioria delas a soldo de potências militares, reconhecidamente contestadoras da posse pelos brasileiros da Amazônia, que manobram como querem em nossa região norte. Antigamente, no tempo do Império, quando essas ameaças reconhecidamente perigosas e atentatórias à soberania afloravam, entrava em cena um tal de “Poder Moderador”, cujo braço armado era nada mais nada menos do que o Exército Imperial. Havia um sentimento de que a nação em perigo preteria inclusive a observância das normas constitucionais. Mas isto é passado. quem tinha que pressionar e impedir, se fosse o caso, para que não fosse assinado o TNP se omitiu. Por isso mesmo, agora, teremos que lutar para garantir o pré-sal e a Amazônia. Só um “chega p´ra lá” bastaria para que não ficássemos preocupados com a defesa de nossos cobiçados recursos naturais. Não tiveram peito para colocar o BRASIL ACIMA DE TUDO!

  15. OK E.M., agora concordamos. São questões realmente complexas. Abraço.

  16. Pedro :
    OK E.M., agora concordamos. São questões realmente complexas. Abraço.

    E logo a seguir vem o embloglio da colômbia x Venezuela…querem transformar o lugar em um caldeirão do inferno…temos de ser bem + rápidos, e acabar com o futuro levante, engajar os treinados na “Policia” , oficial,p acabar com alegação de falta de segurança e fazer deles olhos e ouvidos de Brasília, do BRASIL, p ontem.

  17. Nao há nenhuma suposta ligação dos indígenas com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).Nao o conhecemos O que é a Farc simplesmente o povo Tikuna esta se organizando para futuramente tenhámos um espaço um objetivo de conquistar um futuro melhor para nova geraçao que esta vindo e apesar de defender os interesses das terras, costumes e culturas indígenas.
    Sabemos que o povo tikuna é um dos povos que cresceu ultimamente, e essas novas tecnologia que esta cadavez mais se avançando colocando em risco cada jovem ficar cada vez mais desempregado. E hoje pela primeira vez na nossa historia tentamos ter um espaço de ter uma patrimonio propria de colocar um jovem Indígena em buscar e seu objetivo de criar uma uma Organizaçao e os Autoridades competentes nos chama de milcia que estamos envolvidos com a Farc que nao conhecemo o que isso. mais temos que nos organizar para um futuro brilhante que esta de vim que Deus olhara e ajudara…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: