Articles

Em crise, Reino Unido cortará gastos militares

In Conflitos, Defesa, Geopolítica on 24/07/2010 by E.M.Pinto Marcado: , ,

https://i0.wp.com/www.prospectmagazine.co.uk/wp-content/uploads/2010/02/government-spending-cuts.jpgFernando Duarte Correspondente

LONDRES. O ministro britânico da Defesa, Liam Fox, afirmou ontem que o estado delicado das finanças públicas do Reino Unido vai obrigar o Exército a se reorganizar — forçando a uma mudança radical do papel militar do país no mundo.

Em entrevista ao jornal “Daily Telegraph”, Fox admitiu que não será possível lutar contra todas as ameaças existentes. A ordem do dia, segundo ele, é preparar as Forças Armadas para ameaças realistas, reduzindo o número de navios, tanques e aviões e contar mais com o apoio de alianças militares, como a Otan, para intervenções mais significativas.

— Precisamos ser realistas e admitir que simplesmente não temos dinheiro para nos defendermos de todas as ameaças. Temos de prestar atenção nas verdadeiras ameaças. O Exército russo certamente não vai invadir o resto da Europa brevemente — ironizou Fox, numa alusão ao fato de o Reino Unido ainda manter práticas dos tempos da Guerra Fria, como 25 mil soldados em território alemão.

O efetivo, por sinal, promete estar na linha de frente dos sacrifícios orçamentários.

Fox acredita ser absurdo manter pessoal e equipamento no vizinho Europeu enquanto as Forças Armadas ainda estiverem envolvidas na complexa batalha por corações e mentes no Afeganistão.

Ao todo, o atual orçamento do ministério — de cerca de US$ 59,2 bilhões — deverá ser reduzido em pelo menos 20%.

Fonte: O Globo Via CCOMSEX

Anúncios

5 Respostas to “Em crise, Reino Unido cortará gastos militares”

  1. A muito vão mal das pernas e não sei nem se ainda operam NAEs pois cogitavam desativa-los.O que se produz na Inglaterra?Praticamente nada,so Wiskey na Escocia.Ate a agricultura de subsistencia é infima para eles.Em alguns seguimentos tem industria pesada conceituada mas no geral tudo o que dependem importam.Este é o retrato não so deles mas de toda a Europa que hoje sobrevive dos juros de seus papeis e investimentos.Aos Economistas de plantão:PAPEIS E MOEDAS TEM VALOR PERENE.Uma potencia se forma com industrias pesadas,pesquisas e investimentos.Almofadinhas não botam a mão na graxa.

  2. Agora é a vez da Coroa Real. Se a China começar a ficar ruim das pernas também, a crise não tarda a pegar o Brasil de vez!

    Agora vamos ver se a brisa vai bater de leve ou virar um furacão!

  3. Ainda com esta redução é uma grana considerável…

  4. Esse corte permitirá a eles a contínuarem a consumir, p voltarem a crescer…em questão do superfluo, armas….ótima notícia, mt bom.

  5. Uau! Um corte de quase US$ 12 bilhões/ano. Se tivéssemos um adicional desse em nossas FFAA, em 10 anos seriam praticamente R$ 200 bilhões em investimentos, ou, praticamente todo o plano de modenização das forças armadas previsto na END (FAB, MB e EB)…

    DEZ ANOS! Com apenas US$ 12 bilhões/ano!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: