Articles

Islamofobia Varre a Europa

In Conflitos, Geopolítica, Terrorismo on 24/07/2010 by E.M.Pinto Marcado: , ,

https://pbrasil.files.wordpress.com/2010/07/eurabia.jpg?w=235O continente que produziu imperialismo, escravatura e Hitler agora produz Geert Wilders. Bélgica e França proibiram a burqah, um deputado britânico afirmou que ele irá recusar-se a falar a eleitores que se recusam revelar a sua cara e Geert Wilders, o líder holandês do Partido de Liberdade nos Países Baixos declara seu objetivo de lançar o seu movimento Stop Islam (Parem o Islão) em cinco países. É a Europa, não os muçulmanos, que estão buscando um choque entre as culturas.

Europa nunca deixa de surpreender com a sua abjecta arrogância, imperialismo imperioso e sua demagogia nojenta. O continente que produziu imperialismo, escravatura e Hitler agora produz Geert Wilders. As vítimas desta vez não são os judeus, mas os muçulmanos e, como foi o caso com o horrível movimento nazista, racista e genocida de Hitler, não só era endêmica à Alemanha, mas teve as suas metástases por todo o continente em movimentos semelhantes.

Como Hitler, na sua repugnante, cruel e inaceitável campanha contra os judeus, Geert Wilders pretende internacionalizar seu movimento, chamado “Stop Islam – defender a liberdade”. “Liberdade” é uma daquelas palavras muito usadas e abusadas por aqueles que têm uma agenda, usada contra a União Soviética por aqueles cujas práticas estavam longe de ser pacíficas ou bem-intencionadas: “Liberdade” foi usada por aqueles que apoiaram a repressão de ditadores fascistas na África e na América Latina, “Liberdade” foi usada por aqueles que atacaram Fidel Castro e, em seguida, tentaram assassiná-lo 700 vezes.

Assim, não surpreendentemente, este odioso racismo de Wilders utiliza a mesma palavra, em vão, para justificar a sua “causa”. E precisamente o que é?
“Eu tenho um problema com a ideologia islâmica, a cultura islâmica, porque eu sinto que quanto mais islamismo temos nas nossas sociedades, menos liberdade temos” (Wilders, em Londres, 2009). Agora, para um homem que afirma que ele não é racista, com uma afirmação destas, é o quê? Fada-madrinha?

O que é alarmante é que Wilders montou passagens do Corão e mostrou-os em ataques terroristas islâmicos no filme “Fitna”, e o que é ainda mais alarmante é que ele ganhou apoio entre o eleitorado holandês; o PVV Partido pela Liberdade ganhou 24 lugares em Parlamento (de um total de 150), tornando-se o terceiro maior político, na eleição de junho.

Num futuro próximo, Wilders promete levar o seu movimento para os E.U.A., Canadá, França, Alemanha e Reino Unido, onde o membro conservador do Parlamento Europeu para Kettering, Philip Hollobone, declarou que irá recusar-se a falar com mulheres que se recusam a remover suas burqahs. O que estamos tratando aqui é pura ignorância numa atitude de cima-para-baixo, isto no continente que andou pelo mundo fora “civilizando” os povos com a Bíblia e a bala. Jesus Cristo não foi o único profeta, o cristianismo é uma das muitas religiões, um dos muitos caminhos para Deus. Ninguém tem o monopólio da verdade, não há uma palavra única.

E se os europeus andavam em torno do Oriente Médio, colonizando vastas áreas do território islâmico no passado, impondo a sua vontade desviando os recursos, roubando o património, com que direito vêm dizer aos muçulmanos hoje o que podem ou não vestir?

E se os europeus andavam em torno do Oriente Médio, colonizando vastas áreas do território islâmico no passado, impondo a sua vontade desviando os recursos, roubando o património, com que direito vêm dizer aos muçulmanos hoje o que podem ou não vestir?

Só porque uma mulher islâmica usa uma burqah não significa que ela está usando um cinto-bomba, também não significa que qualquer homem que está vestido como um bispo anglicano é gay ou que o padre católico é um pedófilo. São afirmações absurdas.

O Islã é uma religião de paz, o fundamentalismo islamista é algo completamente diferente e é importante separar as duas questões, respeitando o Islão e a sua maravilhosa cultura, suas leis, e tradições de modo a não fazer paralelos entre os dois extremos perigosos que não existem, pintando todos com o mesmo pincel e criando uma nova onda de racismo num continente cuja equação constituinte parece ter esse nojento preceito como um factor constante.

Se é agora um valor europeu para dizer às pessoas o que podem e o que não podem usar, então, diz tudo sobre um continente que impôs a UE sobre os seus cidadãos de uma forma tão antidemocrática; que ameaçador que uma criatura odiosa como Wilders possa estar seriamente contemplando o internacionalismo de sua ignorância racista em vez de estar onde ele pertence – longe da humanidade.

Fonte: PRAVDA via Geopolítica Brasil

Anúncios

27 Respostas to “Islamofobia Varre a Europa”

  1. Quando Arabes chegaram na Europa encontraram um continente dividido em feudos e todos lutando entre si.Toscas construções e o povo vivendo como escravo.Se colocassemos um Arabe da época ao lado de um Europeu,o Arabe pareceria um extra-terrestre tal o seu adiantamento economico e cultural em relação a eles.Desenvolveram a Europa e muito contribuiram para a formação daqueles paises.Infelizmente Europeus são altamente segregacionais.O protecionismo é ate compreensivel mas a segregação é o mais imundo estagio de um ser humano.

  2. Daqui há 30 ou 40 anos a maioria da população residente na Europa professará a Fé no Islam.. o Sr Geert Wilders atua como uma reação desesperada de uma certa “classe branca” que está em vias de extinção como força política dominante no mundo..

  3. Europeus e Arábes sempre viveram em Guerra e, a “culpa” (ou desculpa) é a religião, ou seja, aquela que, em tese e desde um primeiro momento, deveria mostrar o caminho a purificação do homem para que este alcançasse a liberação… enfim, não há “santos” nessa estória; porém, importante registrar que: 1. desde antes do advento de Cristo, os judeus nunca cessaram a guerra, sendo chamado desde a muito, pelos Essênios de “ímpios”; 2. desde o advento de Cristo, os judeus continuaram a fazer guerra e, vendo a fraqueza moral de Roma, foram se imiscuindo no meio da recente seita que foi nascendo (a dita “igreja católica de roma”); 3. passado um tempo, os barbaros europeus, movidos pela ignorância religiosa (sim, porque os europeus – fora os celtas – sempre foram barbaros e ignorantes) resolveram invadir a terra santa para eliminar os infiéis, surgindo, assim, as cruzadas; 4. de outro lado, quando Marco Polo chegou até a China, ele viu, na mais crua verdade, que os orientais eram os civilizados e os europeus é que eram os barbaros…
    Sabe… não dá pra negar a história !

  4. Quem são os intolerantes?

    “Cruz na camisa da seleção brasileira gera confusão entre líderes

    Imãs da Malásia consideraram nesta quarta-feira que os muçulmanos não deveriam vestir a camisa do Brasil, assim como as de outras seleções e clubes, porque nela é exibida a cruz cristã, algo contrário aos ensinamentos da religião islâmica.

    Segundo os religiosos, também deveriam ser proibidas as camisas de Portugal, Sérvia, Noruega e Barcelona pelo mesmo motivo”

    http://www.creio.com.br/2008/noticias01.asp?noticia=9621

    Ande com uma cruz em uma rua de um país muçulmano e espere pra ver a “religião de paz” agindo

  5. Falou tudo Marcos, a intolerância de que tanto se ressentem os mulçumanos na Europa, é prática comum em seus estados contra as outras religiões.

  6. Sou contra essas perseguições ,ainda q veladas;sempre tem desdobramentos desses preconceitos,se as mesmas ocorressem p esse continente, ou pais…o “Clamor” seria mundial…+ é na UE….então tá.

  7. Tomara que fasam isso mesmo afim de corrigir o erro que fieram quando deixaram o cristianismo pra se entregr a viadagem iluminista, que mandem esses maometenos la para a arabia saudita que é terra deles e esses Al que que tem por ai junto.

  8. E mais uma coisa pais que faz guerra pra roubar o que é do outro nao é CRISTAO ouviu TIO SAMUCA…ah mais não tem problema é um pais laico mesmo.

  9. No islam, maomé assassinou Allah Original(Deus) e deixou o allah islâmico(satan) em seu lugar.
    No islam, Deus não fala nem tem espírito.
    No islam, maomé deixou Deus quieto, mudo e caldo, pior que todo estragado.
    Pior
    No islam só satan fala aos maometanos.
    Procurem por maomé assassinou allah p saberem de mais verdades

  10. Este artigo parece mais o samba do crioulo doido.

    Companheiros, o Islamismo eh uma IDEOLOGIA POLITICA antagonica ao Socialismo. Eh imperialista, anti-gay, segregacionista (na base da religiao), considera a mulher como inferior. Vamos para com esta historia que eh a religiao da paz. Quem disse isso foi o Bush!

    Um bom livro sobre o Islam eh: Islamic Jihad, a legacy of forced conversion, imperialism and slavery (http://www.amazon.ca/Islamic-Jihad-Conversion-Imperialism-Slavery/dp/1440118469/ref=sr_1_1?ie=UTF8&s=books&qid=1279998957&sr=8-1).

    Quanto a Europa, a coisa esta ficando feia mesmo. Infelizmente, a esquerda ao se alinhar com o islamismo retrogrado da forca para a direita, ao mesmo tempo que desligitimiza o Islam mais moderado. Uma lastima. Espero que a gente nao cometa o mesmo erro no Brasil.

    Existem varios livros que tratam da islamizacao da europa. O link de dois deles seguem abaixo:

    Eurabia (http://www.amazon.ca/Eurabia-Euro-Arab-Axis-Yeor-Bat/dp/083864077X/ref=sr_1_1?ie=UTF8&s=books&qid=1279999266&sr=1-1)

    While Europe Slept: How Radical Islam is Destroying the West from Within (http://www.amazon.ca/While-Europe-Slept-Radical-Destroying/dp/0767920058/ref=sr_1_1?ie=UTF8&s=books&qid=1279999345&sr=1-1)

    Precisamos nos educar e discutir mais sobre o islamismo, e nao simplesmente fechar a porta como este artigo parece sugerir.

  11. ser politicamente correto vai acabar com ocidente

    isso de que Europa foi imperialista e escravocrata e uma tremenda asneira, todos os continentes desde o principio da historia da humanidade foram assim, para citar um exemplo me remonto a construção das piramides, tudo construido por escravos, na historia da humanidade em uma guerra o povo que perdia a batalha era escravizado.

    os mulsumanos poderiam ser adiantas na idade media porém agora eles são os que estão na idade media

    vivo na Europa e posso garantir que eles são um cancer para toda nossa cultura.

    são o pus na ferida.

    onde tem mulsumanos tem problemas, a India foi dividida e foi criada o paquistão por causa deles, na india tem 50 mil religioes e nenhuma chegou a gerar divisão territorial a esse pais, salvo esse cancer.

    Na China mais problemas com os mulsumanos que não vai a mais porque China usa mão de ferro.

    Aqui na Europa se vc e do islam o governo ate te da terreno pra vc construir sua mezquita, se vc se converte a mulsumano não passa nada.

    em alguns paises onde tem esse cancer, se um mulsumano se converte ao cristianismo, pode ir pra cadeia ou inclusive receber a pena de morte.

    no marrocos que não é dos mais radicais, mais de 100 cristianos foram expulsados do pais por fazer terrorismo religioso.
    que é divulgar uma religiao distinta a deles

    segundo o livro deles, so existem dois opções para as pessoas como a gente
    que somos infieis

    A CONVERSÃO OU O DEGOLAMENTO

    por tanto quem for a favor dessa lacra que ponha sua cabeça sobre uma mesa e peça a algum amigo pra cortala ou se converta logo.

    EU POSSO FALAR MAIS ALTO PORÉM NÃO MAIS CLARO.

    tudo que eu escrevo é resumido, se eu fosse fazer um post com fotos das barbaries que fazem essa gente mais que um ia vomitar.

    dizer que a Europa segrega e uma grande estupidez, so na Espanha tem quase 1 milhao de marroquies e eles recebem ajudas que nem o espanhol recebe.

    aqui a galera e muito boa, se fosse por mim, eu afundaria o barco deles no mediterraneo e expulsaria todos

    sei do que falo porque noto como eles sendo minoria querem impor aqui suas coisas quando ali na sua terra se dizemos um UI, nos ferram legal.

    não tenho mania no tema de raças, nunca tive problemas com nenhuma religião, nem tampouco com quem não tem nenhuma

    porém uma porcaria dessas que prega a morte de quem não é iqual a eles e um cancer que deve ser extirpado

    QUE DEUS ABENÇOE HOMENS COMO RICARDO CORAÇÃO DE LEÃO.

    as mulheres são peor que uma merda, obrigadas a tudo, prefiro ver minha filha morta antes de ver ela com um mulsumano.

    só espero que essa pagina não seja boba de censurar tudo o que eu disse, reflexo de uma verdade que quem tá no Brasil não conheçe.

    no Brasil fui admirador da colonia arabe que temos,que não é o mesmo que ser mulsumano.

    tanto da sua comida, como da sua literatura, porém aqui na Europa o buraco é mais embaixo.

    esse movimento é tudo que faltava, lastima que tem muita gente ingenua e demasiado tolerante com o lixo que temos por aqui.

    Não é a Europa que segrega, são eles os que não se amoldam ao pais em que vivem.

    e aviso que fui bastante educado nas minhas palavras, porque se fosse falar tudo que penso seguramente apagariam meu comentário.

    para saber o que eu digo tem que estar aqui, falar do tema sem conheçer e chover no molhado.

    se Europa cai pro ISLAM o proximo vai ser a AMERICA.

    ou seja podem começar a tratar vossas mulheres como lixo e aprender pra onde fica a MERD. (ops) MECA.

  12. curioso o pravda colocar isso quando eles tambem estão se ferrando com os mulsumanos no caucaso.

    já veremos como os russos atuam quando o rabo deles este ardendo.

    onde tem mulsumanos em quantidade tem merde seguro.

  13. Fica dificil usar tempos Biblicos pra se entender o Oriente Medio pois daqueles antigos povos restou somente Judeus.Arabes migraram pra região depois.Usar a intransigencia Islamica em relação ao Cristianismo é querer justificar erros deles com os nossos.Na verdade desde que Constantino se converteu ao Cristianismo e transformou Roma no centro da Igreja as perseguições se intensificaram.Perseguia-se a tudo e a todos que não professassem a fé Cristã.Depois vieram as Cruzadas.Em que mundo habitamos?Moderno ou Medieval?Liberdade é amar a Deus acima de tudo inclusive da intransigencia ortodoxa a mesma que matou a Jesus.O Islã é a religião que mais cresce no mundo moderno e sua forma entender a formação da vida é a que mais se aproxima da realidade cientifica.Na concepção deles Deus criou a vida apartir de um coagulo.E hoje sabemos que a vida realmente surgiu apartir de um unico organismo unicelular.Historias da Carochinha ate nossos dias são profetizadas que o homem foi moldado do barro e a mulher extraida da sua costela.E que Pedro esta enterrado em Roma e seus restos forão encontrado em Jerusalem.Ate quando vamos continuar acreditando nas mentiras Ocidentais e por elas ate dar-mos nossas vidas?Eu creio em um unico Deus que é amor.Religião não foi criada por Deus e sim pelo homem.Precisamos entender que eles os Arabes vivem a seculos oprimidos por nosso mundo Ocidental e que por mal gerencia politica e religiosa estão defasados em relação a nós.Eles tambem são seres humanos e merecem viver em liberdade e harmonia.

  14. Era para responder a este texto, mas depois de ver a autoria, vi que não é necessário. O actual Pravda pretende ser uma versão radical (mas privada) de uma corrente de pensamento que nunca deixou de ter um especial apreço pelos adjectivos extremos.

    Esses “senhores” (que infelizmente escrevem em língua portuguesa) não me mereciam grande respeito pelos tristes textos que produziam, e passaram a merecer menos quando num artigo citaram um site português de defesa que se dedica a extremar (ou estrumar como quiserem…) posições no espectro político oposto.

    Ou seja, o que o Pravda faz não é um trabalho sério, nem sequer jornalístico, limitam-se apenas a colar um velho título a uma tentativa desgarrada de atenção pelo radicalismo. Sem grande sentido.

    Não vejo com bons olhos a constituição de certos parlamentos nacionais europeus, mas longe de mim concordar com pontos de vista destes.

    Esclarecimentos:

    A escravatura já existia, sempre existiu desde os tempos mais primitivos. Eram tornados escravos os vencidos na guerras tribais.

    Ainda assim foram primeiro os portugueses quem a tornou altamente lucrativa (mais tarde os holandeses) quando começaram a explorar as costas africanas. Imaginem só quem eram os grandes comerciantes dos escravos negros de então…. pois é… Os Mouros… ou seja Àrabes Muçulmanos…

    Aproveito a deixa para responder ao 1maluquinho… É que parece existir uma grande confusão na sua cabeça.

    Quando os Árabes chegaram à Europa já o Velho Continente tinha vivido sobre a influência (política, económica, filosófica) de Gregos primeiro e Romanos depois, com toda a estrutura que deixaram desde a língua a estradas e outras infraestruturas como aquedutos ou pontes.

    Os Árabes entraram na Europa após o início do declínio do Império Romano, e enquanto eram as tribos visigodas e celtas e povoar a Europa.Mas o conhecimento, a base matriz, já estava lá. Até porque a tradição Árabe era, sempre foi, principalmente oral.

    É certo que o Árabes deram o seu contributo, mas está muito longe de ter sido o mais influente. E ainda bem.

    Quanto à Europa ser segregacionista, racista, etc… Pensem bem se há grupo de países no mundo que aceitem mais estrangeiros, de diversas nacionalidades, e os deixam usufruir dos seus sistemas de saúde e de ensino… onde estão eles na Ásia? Em África? na América do Sul?

    Quanto a segregacionismo. O fim das guerras coloniais em África ditou o regresso do homem branco à metrópole. Onde isso aconteceu mais? Isso para mim, foi o maior movimento segrecionista da História…

    E nem sequer defendo o colonialismo. Apenas acho que se expulsaram as pessoas unicamente tendo por base a cor da pele e não tendo em conta o que fizeram…
    (como conseguência deles próprios, os países africanos ficaram sem pernas para andar. No Congo Belga, após a expulsão dos brancos, existiam 24 licenciados para tomarem conta de todo o aparelho de Estado)

    O que seria se a Europa expulsasse todos os Muçulmanos… era o fim do mundo…

    Há muita história mal contada e muitos mitos.

  15. Tem certas coisas que não podem ser relativizadas, a verdade é uma delas. Jesus não era apenas um profeta. Ele foi morto pelos fariseus porque perdoava pecados e dizia que filho de Deus (portanto Deus) ele não pode ser comparado com Maomé,Buda ou confúcio.

    O Islã de hoje não é o mesmo de Al-khawarizmi.

  16. Amigo Afonso de Portugal…Sua escrita condiz com a sequencia da historia…Mas por ter tido contato com essa ou aquela civilização não representa progresso.Fora Gregos e Romanos os unicos Europeus naquelas épocas mais um pouquinho adiantados eram os Celtas>Os Otomanos conquistaram e revulucionaram a Europa e ate hoje isso é visto e sentido em muitas partes do seu continente.E foi a maior dominação que existiu.Maior que a Grega e a Romana e isso quem diz é a propria historia.Escravatura existe desde a pré-historia.Holandeses e Portugueses foram os escravistas mais recentes.Quanto a Pravda ou qualquer meio de informação eu não me preocupo pois sou Laico em religião e politica mas amo a Deus e acima de tudo a meu amado Brasil.

  17. Desculpem-me por mais este post mas negar que a Europa é altamente segregacional é o mesmo que afirmar que Hugo Chavez é democrata.

  18. <blockquoteQuanto a segregacionismo. O fim das guerras coloniais em África ditou o regresso do homem branco à metrópole. Onde isso aconteceu mais? Isso para mim, foi o maior movimento segrecionista da História…
    Convido o Amigo Afonso a vir conhecer o Brasil de hoje.Aqui chegam pessoas de todas etinias e nacionalidades e são bem recebidas e se estabelecem.Depois trazem toda a familia e com o passar do tempo sentem orgulho de se intitularem Brasileiros.Não perseguimos extrangeiros e nem religiões e sentimos orgulho de ter em nossa sociedade toas as nações e credos.

  19. Caros amigos, parece haver aqui um equívoco ainda não desmentido quando se diz que “Os Otomanos conquistaram e revulucionaram a Europa”. Na verdade tal nunca aconteceu limitando-se a sua presença a uma parcela da Península Ibéria, que, na altura, nem representava a Europa mais desenvolvida nem o seu coração nevrálgico.

    Nunca ocuparam Roma, nem a Flandres, nem o o reino Franco, nem a Grã-Bretanha. Nestes casos uma consulta ao mapa facilita o entendimento.

    A presença árabe foi residual e o seu falado desenvolvimento resultou sobretudo do apuramento de técnicas e filosofias de vida herdadas dos romanos. Esses sim (europeus) ocuparam durante séculos o norte de África por completo, deixando aí marcas visíveis até hoje.

  20. Tronis :
    Caros amigos, parece haver aqui um equívoco ainda não desmentido quando se diz que “Os Otomanos conquistaram e revulucionaram a Europa”. Na verdade tal nunca aconteceu limitando-se a sua presença a uma parcela da Península Ibéria, que, na altura, nem representava a Europa mais desenvolvida nem o seu coração nevrálgico.
    Nunca ocuparam Roma, nem a Flandres, nem o o reino Franco, nem a Grã-Bretanha. Nestes casos uma consulta ao mapa facilita o entendimento.
    A presença árabe foi residual e o seu falado desenvolvimento resultou sobretudo do apuramento de técnicas e filosofias de vida herdadas dos romanos. Esses sim (europeus) ocuparam durante séculos o norte de África por completo, deixando aí marcas visíveis até hoje.

    Sim em termos…Toledo foi fundada e construida por Otomanos e outras cidades.Quando Grecia e Roma cairam o que sobrou?A parte mais civilizada Europeia nessa época era a peninsula Iberica ou não?…Talvez pela ogeriza ocidental em relação a eles extinguiram de assimilar esta contribuição.O Oriente é o berço da cultura.Mesopotamia,escrita,matematica,tudo o mais veio depois.E a dominação Otomana foi sim a maior que ja houve na historia da humanidade gostando ou não gostando.

  21. 1maluquinho :

    Tronis :
    Caros amigos, parece haver aqui um equívoco ainda não desmentido quando se diz que “Os Otomanos conquistaram e revulucionaram a Europa”. Na verdade tal nunca aconteceu limitando-se a sua presença a uma parcela da Península Ibéria, que, na altura, nem representava a Europa mais desenvolvida nem o seu coração nevrálgico.
    Nunca ocuparam Roma, nem a Flandres, nem o o reino Franco, nem a Grã-Bretanha. Nestes casos uma consulta ao mapa facilita o entendimento.
    A presença árabe foi residual e o seu falado desenvolvimento resultou sobretudo do apuramento de técnicas e filosofias de vida herdadas dos romanos. Esses sim (europeus) ocuparam durante séculos o norte de África por completo, deixando aí marcas visíveis até hoje.

    Sim em termos…Toledo foi fundada e construida por Otomanos e outras cidades.Quando Grecia e Roma cairam o que sobrou?A parte mais civilizada Europeia nessa época era a peninsula Iberica ou não?…Talvez pela ogeriza ocidental em relação a eles extinguiram de assimilar esta contribuição.O Oriente é o berço da cultura.Mesopotamia,escrita,matematica,tudo o mais veio depois.E a dominação Otomana foi sim a maior que ja houve na historia da humanidade gostando ou não gostando.

    Caro amigo, a História baseia-se em documentos e factos. Pode interpretar-se mas primeiro tem que se conhecer. “Otomano” refere-se a Turco. Este, apesar de integrar o Islão nada tem a ver com árabes, ou “mouros”; os que ocuparam uma parcela da Península Ibérica durante alguns séculos. E os Otomanos que tentaram penetrar a Europa pelo oriente séculos mais tarde acabaram sendo derrotados na famosa batalha de Lepanto (Outubro de 1571).

    Entretanto noto existirem alguns comentários afirmando uma posição muito crítica relativamente à Europa. Os comentaristas parecem esquecer que a cultura europeia hoje em dia não é mais um fenómeno específico, tendo-se diluído num todo que integra o chamado “mundo ocidental” (maioritariamente cristão) e que incluí também as Américas do norte e sul, a Austrália, etc. Mais do que criticar os europeus é bom que se saiba e se tenha plena consciência que entre europeus e ibero-americanos (por exemplo) existem muitos mais fatores que nos aproximam do que aqueles que nos separam.

    Somos todos filhos da mesma matriz cultural, um fio condutor de civiliação que emana do oriente médio (conforme foi dito) mas que veio a consolidar-se depois na europa e em seguida fluiu para a América. A civilização e o progresso humano não são propriedade de ninguém especicamente. Nascem mais da partilha de influencias, da troca de conhecimentos do que dum povo apenas, região, ou cultura. Hoje, Europa, América (norte e sul com algumas exceções), significam desenvolvimento e respeito pelos direitos humanos (sempre com as inevitáveis exceções, infelizmente).

    Em contrapartida, culturas de “bomba” que usam Deus como alibi (como o Ocidente fez num passado já distante e amplamente condenado atualmente), representam um retrocesso civilizacional inquestionável. É bom que não esquecer também que os principais prejudicados deste “confronto” são os próprios habitantes inocentes desses países (onde a grande maioria apenas pretende educar seus filhos em paz, progredir socialmente e ser feliz). Quem alimenta a violência é uma pequena “casta” fanática e assassina que a todos manipula, controla e condena. É tempo de alguém dizer “basta” a indivíduos que obrigam as mulheres a ser escravas, e que propagam procedimentos cruéis e desumanos contra todos. Não se esqueçam: se eles pudessem e tivessem a força suficiente, também nós que aqui escrevemos estariamos sujeitos à sua vontade, pois mais do que buscar a concórdia e paz, estamos perante um poder expancionista e neo-coloniasta de base religiosa. São “eles” mesmo que o afirmam…

  22. (desculpem os erros ortográficos mas a escrita “rápida” tem destas coisas…)

  23. TRONIS obrigado por sua explanação historica….Mas venho discordar de todo aquele que venha interferir nos problemas dos outros ou sera que Deus constituiu algum humano juiz para discernir o que é bom e o que é ruim pra esse ou aquele povo???Como ser humano me doi tudo aquilo que priva a qualquer um da liberdade…Tudo o que vemos hoje é reflexo de seculos de transgressões e intransigencias de ambas as partes…Não vejo Mulçulmanos como Anti-Cristos e pra mim tem odor horrivel o extremismo deles e o radicalismo nosso.Deus fez homens e mulheres para serem UNOS em carne e espirito e não impediu que viessem a procriar e se desenvolverem e viverem em harmonia.Talvez eu tenha uma visão um pouco a parte de tudo isso por não ter religião nenhuma pois a meu ver ela torna o homem supersticioso,,ortodoxo e intrangigente.So encontraremos respostas se olharmos a tudo de uma forma neutra.Se temos tendencias o resultado sera tendencioso.

  24. O caro amigo 1maluquinho confunde os povos, mas o Tronis já explicou. Otomanos são Turcos e não passaram do Mediterrâneo Oriental, em Lepanto. Os árabes ou mouros são diferentes e muito anteriores. Século oitavo.

    Como tal posso-lhe afirmar que toda a matriz europeia é grega e romana.
    E não a Europa não é segregacionista. As minorias são até protegidas, mais até que a maiorias.

    Como um refugiado pobre se torna num revoltado de barriga cheia, aí já é outra questão.

    Contudo, se as pessoas emigram para os outros países, têm de se submeter às convenções sociais do país que os acolhe. Muitas vezes tal não acontece.
    Por ignorância.

  25. TRONIS E AFONSO…Voces me desculpem…Sou Brasileiro e vivo num pais que tem todas as raças e religiões…Se voces não aceitam vossa Europa decadente é opinião de voces e respeito.Mas achar que mulçumanos sejam inimigos da humanidade e buscar justificativa para puni-los ou persegui-los não é de minha formação.Toda a Europa pagara muito caro por estas coisas e eu não perco mais meu tempo em debater esse assunto que não chegara a resultado nenhum.Voces tem tendencias e quem tem tendencias so ve defeitos nos outros…Boa noit…E me desculpem.

  26. “eu não perco mais meu tempo em debater esse assunto que não chegara a resultado nenhum.Voces tem tendencias e quem tem tendencias so ve defeitos nos outros”

    “Se voces não aceitam vossa Europa decadente é opinião de voces”.

    E com esta pérola, não preciso de dizer mais nada.

  27. No islam, maomé assassionou Deus ao deixa-lo sem fale e sem espírito.
    Pior, no islam, maomé so deixou satan à solta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: