Articles

Brasil, Turquia e Irã retomam hoje negociações sobre programa nuclear

In Geopolítica on 25/07/2010 by konner7 Marcado:

http://neccint.files.wordpress.com/2010/06/iran-un-chess1.jpgUm mês e meio depois que o Conselho de Segurança das Nações Unidas impôs uma série de sanções ao Irã, o Brasil e a Turquia voltam a discutir sobre o programa nuclear iraniano. Os ministros das Relações Exteriores iraniano, brasileiro e turco têm um almoço marcado para este domingo (25), em Istambul, na Turquia. Antes, os ministros brasileiro Celso Amorim e o turco, Ahmet Davutoglu, têm uma reunião separada.

Diplomatas brasileiros que acompanham o assunto afirmaram que o almoço entre os representantes dos três países é uma resposta a um pedido do ministro das Relações Exteriores do Irã, Manuchehr Mottaki. Ao final do encontro, os chanceleres deverão conceder uma entrevista coletiva.

A conversa ocorre no momento em que o Irã é alvo de uma série de medidas restritivas impostas não só pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas, como também pelos Estados Unidos, pelo Canadá e também pela União Europeia. As restrições atingem diretamente as áreas comercial e militar do Irã. A iniciativa é uma punição ao governo iraniano por suspeitar que há produção de armas atômicas.

Em 17 de maio, os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e o iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, além do primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, fecharam um acordo para tentar encerrar o impasse em torno do programa nuclear. Pelo acordo, o Irã envia 1,2 tonelada de urânio enriquecido a 3,5% para a Turquia. Em troca, no prazo de até um ano, receberá 120 quilos do produto enriquecido a 20%.

Porém, a maior parte da comunidade internacional rejeitou o acordo optando pela adoção de sanções ao Irã. Uma das justificativas é que no mesmo momento em que se negociava o acordo o Irã avisou que enriqueceria o urânio a 90%, o que teoricamente poderia ser aplicado na fabricação de armamentos.

No entanto, o governo Ahmadinejad nega todas as suspeitas. O presidente e assessores informam que o programa nuclear iraniano tem fins pacíficos. Há planos para a utilização de fabricação de medicamentos e geração de energia. Mas os Estados Unidos e parte da comunidade internacional não confiam nestas informações.

Com isso, em 9 de junho, o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas com o apoio da maioria dos integrantes aprovou as sanções ao Irã. Apenas o Brasil e a Turquia votaram contrariamente às medidas. O Líbano se absteve. O governo brasileiro lamentou a decisão informando que as restrições não colaboram para a construção do diálogo e só incentivam a tensão no cenário internacional.

Fonte:Folha via Uol

Anúncios

18 Respostas to “Brasil, Turquia e Irã retomam hoje negociações sobre programa nuclear”

  1. “Irã avisou que enriqueceria o urânio a 90%”

    O Irã nunca disse isso… Eles disseram que continuariam a enriquecer seu urânio a 20%, índie necessário para seu reator de pesquisas médicas.

    Espero que cumpram o acordo, e o Brasil e a Turquia mantenham sua posição.

  2. Reator de pesquisa médica suspeitíssimo por suas proporções. Pua perda de tempo, somente sançoes que atingam o setor de energia e petroleo poderiam paralisar o Irã e faze-los negociar de boa fé, o que nao parece ser o forte do regime tirânico iraniano. Nem Brasil e nem Turquia tem cacife para entabular negociações efetivas e que possam trazer resultados satisfatórios.

  3. A hora que a Rússia se perceber do jogo… Alguém vai acabar ganhando um sistema de defesa antimísseis ou algo mais… Os EUA o fizeram na Europa…

    Isto só vai trazer mais instabilidade no mundo. O maldito jogo reptiliano.

    Acredita mesmo que são somente para os Chineses?

    Como sempre digo: Converse olhando nos olhos…

    Pelo jeito vão escolher arriscar a civilização humana a aceitar a realocação de poderes.

  4. O Irã já avisou que vai montar um reator de fusão nuclear. Não existe aplicação que não seja militar para um reator deste tipo, sua função é criar a bomba H. Cada vez acho que o governo Lula fez burrada, o negócio agora é rezar para que quando a coisa feder não sobre para gente.

  5. Quando a verdade vir à tona, o Brasil tentará sair de fininho desta situação dando uma de Lula, ou seja, vai dizer para todos “eu não sabia…” e sair com o rabo entre as pernas …
    A diplomacia Brasileira merece mais do que isso ….

  6. “O Irã já avisou que vai montar um reator de fusão nuclear.”

    Seria um feito inédito, nenhum país jamais conseguiu dominar a fusão nuclear e muito menos “montar um reator de fusão nuclear”…

  7. WI,

    você está parcialmente certo,. Mas saiu em alguns jornais que o Irã já avisou a Brasil e Turquia que quer desenvolver esta tecnologia. O problema é que ate hoje a fusão nuclear somente foi utilizada para experiências sobre o funcionamento do Sol e para a bomba H, seu desenvolvimento para produzir eletricidade ainda está engatinhando (http://ciencia.hsw.uol.com.br/reator-fusao-nuclear.htm)e é comercialmente inviável, o que reforça a ideia de utilização militar da energia nuclear.

  8. Torcer contra o Irã, contra sua soberania, seu desenvolvimento tecnológico, o direito, inclusive, de ter armamentos atômicos, é TORCER CONTRA O BRASIL.

    Idiotas, colonizados, acham que a situação do nosso país é difente da posição do IRÃ frente ao sistema internacional.

    O mundo inteiro, inclusive o povo norte-americano, aplaudiu a iniciativa do Brasil e Turquia. Parabens ao Presidente Lula, que, neste caso, desenvovle uma política de estado; não de governo.

  9. A verdade é que o barbudo esta querendo jogar o Brasil na fossa, q/ M…

  10. Como colocou EduNicásio:
    “Irã avisou que enriqueceria o urânio a 90%”
    brincadeira. Pelamor di Deus! temos que parar de ler a Folha.

  11. Tremenda hipocrisia das potências que tem milhares de bombas atômicas e querem pisar no pescoço da humanidade…Quem é mais confiável : O Irã que não invadiu país nenhum ou os EUA e seus “paus mandados” que invadem quem querem quando querem, matam centenas de milhares de pessoas inocentes e ainda dizem que estão defendendo a liberdade destes povos..???

  12. Rick :
    O Irã já avisou que vai montar um reator de fusão nuclear. Não existe aplicação que não seja militar para um reator deste tipo, sua função é criar a bomba H. Cada vez acho que o governo Lula fez burrada, o negócio agora é rezar para que quando a coisa feder não sobre para gente.

    Muito pelo contrário reatores de fusão são a alternativa limpa aos reatores de fissão como mostra o link: http://ciencia.hsw.uol.com.br/reator-fusao-nuclear.htm e muitos outros basta pesquisar na rede.

  13. Barry :
    WI,
    você está parcialmente certo,. Mas saiu em alguns jornais que o Irã já avisou a Brasil e Turquia que quer desenvolver esta tecnologia. O problema é que ate hoje a fusão nuclear somente foi utilizada para experiências sobre o funcionamento do Sol e para a bomba H, seu desenvolvimento para produzir eletricidade ainda está engatinhando (http://ciencia.hsw.uol.com.br/reator-fusao-nuclear.htm)e é comercialmente inviável, o que reforça a ideia de utilização militar da energia nuclear.

    Barry,

    obrigado pelo link, muito interessante, esperemos que se realizem as promessas da fusão nuclear como uma fonte econômica e limpa de energia. Especialmente a fusão a frio…

  14. Edu Nicácio :
    “Irã avisou que enriqueceria o urânio a 90%”
    O Irã nunca disse isso… Eles disseram que continuariam a enriquecer seu urânio a 20%, índie necessário para seu reator de pesquisas médicas.
    Espero que cumpram o acordo, e o Brasil e a Turquia mantenham sua posição.

    E fato, essas foram as afirmativas do Persa, + o BRASIL deveria cair fora dessa esparrela, ñ deveria nem ter entrado…

  15. Que eles querem a bomba qualquer um pode perceber e não deixarão de querer.Mas pra que querem?Pra atacar Israel e a Europa?Ou para intimidarem estes?Qualquer um que vier a joga-la primeiro tera todo o repudio de todos os habitantes da Terra e sera o mundo contra quem jogar.Jogarão?Duvido que joguem.Nosso Vice tem razão ao afirmar que deveriamos ter com o proposito de dissuadir mas fazer isso seria ir contra nossa magna constituição e rasga-la se abreriam brechas para muitas outras coisas.Então o que fazer?Acho que primeiro deveriamos abandonar a NP e depois partir-mos para uma reformulação Constitucional.Sabem,acho que ja a temos a tempos.Em materia de defesa sempre tivemos o conseito do segredo absoluto e quando revelamos que estamos fazendo algo,ja possuimos.Determinadas armas e sistemas são segredos extrategicos.A um tempo quando afirmei que tinhamos F-16,36 baseados no RJ e mais não sei quantos em outras bases,me chamaram de louco.Quem me disse isso foi alguem ligado a chefia de controle aereo e não um reporter da ISTOÉ ou qualquer outro meio de informação.E os mesmos teriam sido adquiridos no gov. FHC assim como os primeiros Helis Black.Voces acham que um pais revela todo o poder que tem ou toda a tecnologia que domina?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: