Articles

Amorim diz que pediu moderação ao Irã em encontro na Turquia

In Conflitos, Defesa, Geopolítica on 26/07/2010 by konner7 Marcado: , ,

https://i0.wp.com/i0.ig.com/fw/8s/an/ez/8sanezehibg3bkbhwmz7vo5vg.jpg

O ministro brasileiro, Celso Amorim, o turco, Ahmet Davutoglu, e o iraniano, Manouchehr Mottaki

Foto: Reuters

BBC Brasil

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, disse ao chegar a Jerusalém neste domingo, que pediu ao chanceler iraniano, Manuchehr Mottaki, durante um encontro na Turquia, que o país aja com moderação para evitar novas sanções da Comunidade Europeia. Após chegar, Amorim conversou por uma hora e meia com o primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu.

Em entrevista a jornalistas brasileiros, o chanceler Amorim disse que informou o primeiro ministro israelense sobre as conversas que teve com os chanceleres turco e iraniano em Istambul, na Turquia, e sobre o diálogo que o Brasil tem mantido com o governo sírio e com a Autoridade Palestina.

De acordo com Amorim, a conversa com Netanyahu foi “proveitosa” e o premiê israelense demonstrou muito interesse nas informações, fazendo anotações e várias perguntas durante a reunião. Os encontros do chanceler brasileiro em Istambul e Jerusalem ocorrem um dia antes que a União Europeia deverá se reunir para discutir mais sanções contra o Irã, com o objetivo de impedir que o país siga adiante com seu projeto nuclear.

‘Reação firme’

O presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad afirmou neste domingo que seu país “reagirá com firmeza às sanções”. Amorim disse que “espera que a União Europeia não imponha novas sanções ao Irã, sanções não ajudam” e acrescentou ter pedido a Manuchehr Mottaki que o Irã “aja com moderação”. “Viemos reafirmar o nosso interesse em uma solução pacifica, diplomática e negociada para a questão nuclear iraniana, que também garanta que não haja mobilização militar do programa (nuclear) iraniano”, disse Amorim.

O ministro também disse que o Brasil recebeu “sinais ambíguos” sobre o interesse de vários países no acordo de troca de urânio com o Irã. “É preciso que os sinais sejam claros, o nosso único objetivo é ajudar na paz”, afirmou. Ceticismo Amorim disse ainda que se os 1,2 mil quilos de urânio (que deveriam ser retirados do Irã, segundo o acordo) já estivessem na Turquia, “o mundo estaria mais tranquilo”.

Em entrevista à BBC Brasil, a embaixadora Dorit Shavit, diretora do departamento de América Latina do ministério de Relações Exteriores de Israel, manifestou o ceticismo do governo israelense acerca do acordo de troca de urânio. “Lamentamos que um país como o Brasil se deixe enganar pelo Irã”, disse Shavit, “depois de tanto tempo utilizando todos os tipos de artimanhas para ocultar o seu programa nuclear, a comunidade internacional já se convenceu de que a verdadeira intenção do Irã é fabricar armas atômicas”.

“O Brasil é um país amigo de Israel, mas sobre as questões politicas ligadas à região (o Oriente Médio), nós discordamos e continuamos discutindo nossas divergências como amigos”, afirmou a embaixadora israelense. Nesta segunda-feira, o chanceler brasileiro deverá ir a Ramallah para se encontrar com o primeiro-ministro palestino, Salam Fayad, e com o ministro das Relações Exteriores, Riad Al-Malki. Na terça-feira, Amorim deverá almoçar com o chanceler israelense, Avigdor Lieberman, e depois parte para a Siria.

Fonte: BBC Brasil via Último segundo


Anúncios

13 Respostas to “Amorim diz que pediu moderação ao Irã em encontro na Turquia”

  1. […] Read the original: Amorim diz que pediu moderação ao Irã em encontro na Turquia … […]

  2. “De acordo com Amorim, a conversa com Netanyahu foi “proveitosa” e o premiê israelense demonstrou muito interesse nas informações, fazendo anotações e várias perguntas durante a reunião.”

    Resta saber, proveitosa para quem e o que…

    Será que este interesse e anotações de Netanyahu sobre as conversações, não é conhecer mais para poder sabotar melhor… as negociações?

    De toda maneira, Amorim está triangulando conversações (ou pelo menos informações) entre Israel e Iran.

  3. AMORIM AMORIM FAZ UM FAVORZIM PRA MIM….Vai pescar nas Bahamas

  4. Bela escolha de cor de gravata.

    Mostra neutralidade pela mistura, entre o ocidente (Azul) e oriente (Vermelho).

    A turquia possui o mesmo tom de relações. O terno tipicamente ocidental, porém com o vermelho do oriente enraizado no peito.

    O mesmo para a o representante do Irã.

    Parece que os bons tempos do direito internacional estão voltando, mesmo após inúmeros ataques e quase morte.

  5. Nem tenho idéia se esse novo encontro pode enfim gerar frutos.. Eu tenho a sensação, que vai ser mais uma conjunto de diálogos inúteis, que não farão o Irã sair da posição que está defendendo. Lamentável ver o Brasil servindo de massa de manobra do Irã.

  6. O BRASIL tem + e q sair de embloglio, estão perdendo o tempo deles , gastando os nossos míseros tostões nessa empreitada inútil, vão ser atacados …e favas contadas, estão dividindo entres eles o botim.

  7. Carlos,

    A questão não é se vai ou não haver guerra e posterior saque.

    A questão é quem vai sair com mais ou com menos CREDIBILIDADE. O mercado que o diga.

    Estamos defendendo normas do direito internacional contra ataque do próprio direito internacional em si. A ONU que o diga, principalmente o CS.

    Esta é a nossa tradição histórica de relações exteriores, mesmo, que por vezes, tenhamos que agir mais firme em relação aos grandes atores do cenário.

    Um grande abraço.

  8. carlos argus :
    O BRASIL tem + e q sair de embloglio, estão perdendo o tempo deles , gastando os nossos míseros tostões nessa empreitada inútil, vão ser atacados …e favas contadas, estão dividindo entres eles o botim.

    míseros tostões ??? em que pais você vive?
    empreitada inútil ??? como agir no cenário internacional pode ser inútil?

    moderação é mais que certo pois os governantes dos mundo ja mostraram que um acordo não é do interesse, devemos continuar atuando no cenário internacional de forma pesada, para que nos acostumemos e adquiramos mais experiência e respeito.

  9. Precisam aplicar mais e mais sançoes mais duras que atingam os setores de energia e petroleo. O Irã só quer ganhar tempo e o Brasil se deixa enganar nessas negociaçoes inócuas.

  10. EXDSombra :

    carlos argus :
    O BRASIL tem + e q sair de embloglio, estão perdendo o tempo deles , gastando os nossos míseros tostões nessa empreitada inútil, vão ser atacados …e favas contadas, estão dividindo entres eles o botim.

    míseros tostões ??? em que pais você vive?
    empreitada inútil ??? como agir no cenário internacional pode ser inútil?
    moderação é mais que certo pois os governantes dos mundo ja mostraram que um acordo não é do interesse, devemos continuar atuando no cenário internacional de forma pesada, para que nos acostumemos e adquiramos mais experiência e respeito.

    Esses míseros tostões meus + os seus tostões transformam-se em 700 trilhões de reais…e no sentido de q eles , os membros do CS, estão eperando os SsioniSStras se prepararem p serem os seus ponta de lança nesse ataque…esse dinheirop saí do erário público, q nós contribuimos…se podermos evitsr esse ataque , ótimo…+ td sabemos q ele vai ocorrer; vai levar o mundo a um inferno…espero estar mt, mt errado.

  11. Amorim
    Amorim
    faz um favorzim pra mim
    vai caçar prea em quixeramobim
    e tambem leva o Jobim

  12. Uma coisa que o governo de Israel entende muito bem é de artimanhas,mentiras,..etc.
    O seu obscuro programa nuclear diz tudo

  13. LUCENA…Foram eles que ensinaram os Americanos…São os grandes banqueiros e industriais Americanos…Sei que o povo deles não tem culpa e que sonham com a paz mas tem vezes que eu ate penso que Hitler tinha razão…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: