Articles

Forças Armadas têm vulnerabilidades operacionais, diz ministro

In Defesa on 27/07/2010 by E.M.Pinto Marcado:

https://i2.wp.com/humor.bicodocorvo.com.br/blog/wp-content/uploads/2009/08/foto-humor-militar.jpgSugestão: Justin Case

Vitor Abdala

Repórter da Agência Brasil

Edição: João Carlos Rodrigues

Rio de Janeiro – O ministro da Defesa, Nelson Jobim, disse hoje (26) que há grandes vulnerabilidades nas operações de defesa das Forças Armadas brasileiras. A constatação foi feita durante acompanhamento dos exercícios militares da Operação Atlântico 2, que reúne Marinha, Exército e Aeronáutica desde o último dia 19 na costa brasileira.

O ministro pediu aos comandantes do exercício que preparem um relatório completo sobre as principais deficiências dos militares. “Nossas vulnerabilidades são grandes. Nós não podemos ter operações noturnas, por exemplo. Não temos mísseis antisubmarinos que possam ser lançados de aviões. Há uma série de coisas”, disse o ministro, no Rio de Janeiro.

A Atlântico 2, que reúne 10 mil militares e se encerra no próximo dia 30, é uma das operações conjuntas rotineiras que as Forças Armadas fazem para preparar o emprego do Exército, da Marinha e Aeronáutica em caso de ameaças externas. Entre os exercícios realizados está a defesa de instalações estratégicas, como o Complexo Nuclear de Angra dos Reis.

Ainda durante a visita ao Rio de Janeiro, o ministro disse que conversará nesta semana com o presidente Luiz Inácio Lula da Lula silva sobre o programa de renovação da frota de caças da Força Aérea Brasileira (FAB), o chamado F-X2. Três tipos de aviões disputam a concorrência da FAB: o francês Rafale, o sueco Gripen NG e o americano F-18 Hornet.

Até o momento, o governo não anunciou o resultado da disputa. A Aeronáutica acredita que o anúncio da escolha só será feito depois das eleições de outubro.

Fonte: Agência Brasil


Anúncios

40 Respostas to “Forças Armadas têm vulnerabilidades operacionais, diz ministro”

  1. Isso não é nenhuma novidade. Acho que nossas forças armadas ainda se mantem heroicamente com o pouco que tem, face ao sucateamento ao qual foram submetidas.

  2. Essa foto tá muito boa.

    de todas formas a cupula da FAB gosta de avião yanke, que sigam voando com os poderosos (sic) F-5.

  3. As vulnerabilidades militares brasileiras vêm de longos anos de descaso com as FFAA. Reverter esse quadro exigirá uma sifra milionária e ainda, pelo menos, vários anos para que estejamos em condições de rechaçar qualquer ameaça à nossa soberania que, com certeza, só poderá partir de potências superiores a nós.

  4. Não é de agora que vem o problema segurança,ainda mais em casa,o Brasil não vai atacar ninguém nunca, não é besta.Desde a bomba de Hidrogênio no Japão tudo mudou ,Vcs notaram que nunca mais usaram bombas nucleares? sabe porque ?É inòcuo não aconteceu nada. A maior besteira hoje é gastar dinheiro com Forças aéreas,só se for para ajuda humanitária,aí o Ministro Jobin parou com o STRESS dos jactos Franceses,pois estão superados .As defesas hoje estão no Espaço,quem chegar primeiro,ainda bem que os Americanos são uns Burros.Da para o Brasil chegar primeiro. Veja em quem Vcs vão votar ,cuidado para não sermos mais um serviçal de Americanos Judeus.

  5. Que bom que perceberam isso!!!

    E a falta de atitude pra resolver a novela do FX2 continua a mesma… E quando as Italianas vao sair da carta de intencoes e entrar nas Bases brasileiras???

    Maravilha… Indecisao de um lado.. Intencoes de outro… De bem intencionado o Inferno ta cheio!

    Saudacoes

    Gustavo Krepke

  6. Essa foto tá muito boa, precisava ter um F18 da foto para cada oficial da FAB, afinal de conta eles gostam de caça americano.

  7. Que bom que começaram a abrir os olhos. Espero que façam algo, e depressa, e não fique só nas palavras ou papéis.

  8. E o Sr. Jobim diz isso no último ano como ministro de defesa?

  9. Os nossos lançadores de satélites ( foguetes)são os melhores e mais baratos do mundo ,tanto que a Suécia comprou aqui seus lançadors,se quisermos faremos mais ainda.Tecnologia já temos.

  10. A única novidade da matéria acima é que o senhor presidente Luiz Inácio Lula da Silva virou “presidente Luiz Inácio Lula da Lula”!

  11. Eu espero que seja analogia de toda a cúpula porque se for politicagem, não creiem que os articuladores disto se safarão. Infelizmente dependem de muitos fatores para poderem decidir isto. Se estão atrasando, é porque a situação está complicada. ( acredito ainda nestas instituições pelo bem do Brasil..)

  12. Acredito que o problema não está só na defasagem operacional, mas nas perigosas ausências de determinados artefatos para o nosso sistema de armas.

    Como por exemplo, uma rede interligada de comunicações, com plataformas ISR (inteligência, vigilância e reconhecimento) tanto aéreas, quanto terrestres e navais capazes de prover maior consciência situacional dos possíveis teatros de operações que se tenham no momento ou q se espera para um futuro.

    Então, começa a adiar a formação de doutrina de emprego, pois não dispõe desses tipos de materiais e tudo passa a se tornar mais complicado quando da necessidade do reaparelhamento, a parafernalha chega com a força tendo que queimar etapas algumas vezes sem explorar o envelope total de combate daquela arma. E isso já aconteceu muito na aviação de caça mundial, especialmente no oriente médio.

    Integração, logística coordenada e consciência situacional para a correta tomada de decisões são problemas inclusive civis, enfrentados pela economia e infra-estrutura nacionais.

    Agora, falaram que força aerea não servia pra nada, eu te pergunto apenas o que foi a Guerra do Golfo e Allied Forces. Só a força aerea não vence uma guerra, mas sua superioridade deixa a vida do adversário um inferno.

  13. É importante a participação de nossas forças armadas em operações de defesa mundo afora e também das que acorrem aqui.
    Notadamente sabemos que temos deficiência, mas, não tinhamos visão (determinação) para mantermos as nossas forças aparelhadas, hoje o discurso tem mudado e as autoridades consegue enxergar o prejuiso que nos trouxe o boicote (sucateamento) de nossa indústria de defesa por nossos próprios governantes.
    A diferença é que hoje (apesar de todos seus defeitos/deficiências) temos um ministro muito mais participativo do que todos os anteriores, que tem autonomia para falar abertamente dos problemas (deficiências) de nossas FAs.

  14. Engraçado precisar haver uma operação do porte da Atlântico II pro Ministro da Defesa chegar a conlusão d q O Brasil não dispõe de equipamentos para operação noturna ou mísseis antisubmarinos q pudessem ser lançados de avião. E isso após vários anos de seu mandato. Eu mesmo tive a ousadia de fazer sugestões ao MD, dentre elas a aquisição de misséis hipersônicos Moskit e torpedos VA-111 Shkval, como elementos de dissuasão naval.

    Apesar de tudo, vamos considerar q esse Ministro da Defesa civil está sendo o melhor e o o mais capaz que o MD já teve.

    Se ele continuar a ser Ministro da Defesa no próximo governo, o país deverá ter um ganho considerável com o seu trabalho.

  15. Copmo profissional respeitável, como bom patrióta, o nobre chefe do MD vai , lógico, corrigir essa deficiência …no menor espaço de tempo…afinal a segurança do país q está em jogo. O BRASIL agradece.

  16. “falta de atitude”…”Indecisao” huummm
    acho que os projetos do governo vão pra frente; as vezes param por obstáculos postos por ongs extrangeiras, ditas ambientalistas, mas os projetos avançam empurrados pelo próprio crecimento do país.
    Então, o caso do FX-2 na avaliação que eu posso fazer deste governo que eu não votei, é uma excepção.
    Tem aí uma demora provocada pela FAB, e agora parece vai ter mais uma demora, o cujo motivo desconheço, desta vez no MD.
    Mas segue sendo uma excepção dentre os projetos encarados pelo governo.
    Como falou o Pinto, por enquanto vamos ter de esperar o desfecho para avaliar a conduta de uns e outros. Eu estaria contente se já no ano 2011 o Brasil estivesse montando algum caça, mas ficaria ainda mais contente se o GF refizera o FX2 dando participação ao Buda como parceiro e incluindo na shortlist os SU. sds

  17. Fique tranquilo, Ministro Jobim, pois, “misseis anti-submarinos disparados de aviões”, acho que só os “Marcianos” devem ter!
    É o que acontece quando se botam paisanos em área militar…

    Brincadeiras a parte, só viram que estamos malpreparados agora??? E o que esteve fazendo todo esse tempo de seu mandato Ministro???

    Parece que a única lei que é cumprida a risca nesse País é que é “Terminantemente proibido ser Otimista”… :(

  18. Ainda bem que estes últimos 8 anos de governo tem havido vontade política de melhorar nossa força militar, que é muito importante para manter-mos nossa dignidade nacional. Eu só não entendi a piada com o nome do presidente, não teve graça.

  19. Barbaridade. Ouvir este comentário do chefe das Forças Armadas é o mesmo que um pai dizer que a filha virou prostituta (nada contra elas), mas que no final ela irá ser uma extraordinária filha, mãe e esposa, e profissionalmente bem suscedida. O que um ministro das Forças Armadas deve fazer? Falar ou agir? O exemplo da demora em investimento em tecnologia e a eterna dependência ja diz tudo. Alguém pode dizer que de fato, alguma coisa mudou?

  20. Ja tava na hora de ver que as necessidades são reais, não um faz de contas como vivemos a anos, nossas forças armadas são bravas, mas com estilingue não dá.

  21. Estas deficiências são históricas e os próprios oficias comandantes das 3 forças, tem grande parcela de responsabilidade nisto, até mesmo no período da ditadura militar estas deficiências estavam presentes.

    Verba, recursos, são fundamentais,más por mais abundante que possam vir a se se tornar, não serão suficientes enquanto não houver uma reformulação de velhos paradigmas e se priorizar a formação/profissionalização (podendo conviver com o serviço militar obrigatório), de grupos de elite especializados nas diferentes operações, das 3 forças, reduzida, porém bem treinada, muito bem equipada e plenamente operacional a qualquer instante. Proporcionando capacidade de reação e pronta resposta em quaisquer circunstancias de tempo e lugar.

  22. Oh que milagre acontreceu em Pindorama heim!!!!Jobim descobriu vulnerabilidades,incrivel né…E ai meu caro Jobim e a solução a curto prazo se possivel pois a espera ja é longa e de papinho ja estamos cansados.Te defendia com unhas e dentes ate que percebi que voce não é diferente dos demais como eu pensava e revelou-se apenas mais um ator nessa Opera sem fim e os que não foram embora,dormiram nas poltronas.To cansado de esplanações e suposições.Temos um continental pais a defender e riquesas a preservar e queremos resultados pra ontem.Dinheiro não falta e se demorar um kadinhu e pode sumir heim…

  23. Agora que estão descobrindo as nossas falhas?

  24. Genivaldo, sinto um irônico Meaculpa…
    Acho que o Jobim fez um brilhante trabalho, mas falta muito, e neste contexto, espero que o próximo ministro da defesa seja alguém mais ligado a defesa e não político, nada contra ele, pois como disse, fez muito, mas acho que o assunto não pode ser tratado no restaurante da câmara e sim em centros de estudos estratégicos que envolvam pessoas masi bem preparadas para esta função.
    O primeiro passo foi dado, ams faltam 5700 m para chegarmos ao todo do Himalaia,
    sds
    E.M.Pinto

  25. Fala E.M Pinto
    Só q a Comissão de RE e defesa da Cãmara mais o próprio Ministério da Defesa deveriam ser por excelência, um elo de integração e comunicação direta do poder civil com os centros de estudos estratégicos militares, na busca de harmonização para os programas de cunho tecnológico-militar.

    Ter o assunto tratado como esse na Cãmara, significa maior exposição ou preocupação com os assuntos de estado no longo-prazo, pois leva ao alinhamento na esfera política que é necessário, para que hajam incentivos oficiais, verbas e inclusive prioridade na agenda nacional de desenvolvimento.

    Não quero aqui defender os nossos controversos e até interesseiros congressistas, mas se a END e todas as diretrizes objetivadas pelo plano executivo não se cristalizarem através do legislativo, ficamos com o país entregue literalmente. Por isso, acho necessário que os próximos governos tenham habilidade para fazer o jogo de cintura político com seus principais representantes no Congresso Nacional, atraindo a atenção deles para o tema defesa, mesmo que seja numa conversa de restaurante.

    Abraços

  26. E.M.Pinto :
    Genivaldo, sinto um irônico Meaculpa…
    Acho que o Jobim fez um brilhante trabalho, mas falta muito, e neste contexto, espero que o próximo ministro da defesa seja alguém mais ligado a defesa e não político, nada contra ele, pois como disse, fez muito, mas acho que o assunto não pode ser tratado no restaurante da câmara e sim em centros de estudos estratégicos que envolvam pessoas masi bem preparadas para esta função.
    O primeiro passo foi dado, ams faltam 5700 m para chegarmos ao todo do Himalaia,
    sds
    E.M.Pinto

    Concordo plenamente amigo.E com Dilma ou Serra ele sera o Ministro isso ja foi acertado pra dar continuidade,quer apostar comigo?So que necessitamos urgentemente de resultados e o tempo é curto.Pra mim palavras so tem o dom da ilusão ou é anestesico para ansiedade.

  27. Foi mal, a CRE é do Senado.

  28. O problema pra mim E.M.Pinto é que o topo do Himalaia sequer é meta.
    Desculpe-me por colocar link de outro blog mas pra explicar o que disse, vocë também deve ter visto esta matéria: http://www.aereo.jor.br/2010/07/18/meta-e-acoes-da-sae-para-o-poder-aereo-brasileiro-ate-2022/.
    Acho que ninguém tá descobrindo nada agora, já sabemos há muito tempo da precariedade na capacidade de defesa do país. Além deste cenário não mudar há anos, ainda não temos aspirações para uma estrutura de defesa nacional comparada ao tamanho do país.

  29. Intruder :
    Fique tranquilo, Ministro Jobim, pois, “misseis anti-submarinos disparados de aviões”, acho que só os “Marcianos” devem ter!
    É o que acontece quando se botam paisanos em área militar…
    Brincadeiras a parte, só viram que estamos malpreparados agora??? E o que esteve fazendo todo esse tempo de seu mandato Ministro???
    Parece que a única lei que é cumprida a risca nesse País é que é “Terminantemente proibido ser Otimista”…

    Concordo Vader, essa tecnologia não chegou no nosso planeta ainda …rsrs

  30. Corrigindo, Leia-se Intruder onde está escrito Vader :)

  31. E.M.Pinto :Genivaldo, sinto um irônico Meaculpa…Acho que o Jobim fez um brilhante trabalho, mas falta muito, e neste contexto, espero que o próximo ministro da defesa seja alguém mais ligado a defesa e não político, nada contra ele, pois como disse, fez muito, mas acho que o assunto não pode ser tratado no restaurante da câmara e sim em centros de estudos estratégicos que envolvam pessoas masi bem preparadas para esta função.O primeiro passo foi dado, ams faltam 5700 m para chegarmos ao todo do Himalaia,sdsE.M.Pinto

    Concordo plenamente com o senhor E.M.Pinto!
    O senhor JOBIM fez um trabalho brilhante, mais falta muito ainda!

    Na minha opinião a partir do próximo governo o cargo de ministro da defesa só deveria ser assumido por OFICIAIS GENERAIS!

    Concorda comigo E.M.Pinto?

  32. Rodrigo, não necessáriamente um genneral, pode ser um civil preparado e antenado com os centros de estudos estratégicos, tal como a escola superior de guerra.
    Sds
    E.M.Pinto

  33. RODRIGO :

    E.M.Pinto :Genivaldo, sinto um irônico Meaculpa…Acho que o Jobim fez um brilhante trabalho, mas falta muito, e neste contexto, espero que o próximo ministro da defesa seja alguém mais ligado a defesa e não político, nada contra ele, pois como disse, fez muito, mas acho que o assunto não pode ser tratado no restaurante da câmara e sim em centros de estudos estratégicos que envolvam pessoas masi bem preparadas para esta função.O primeiro passo foi dado, ams faltam 5700 m para chegarmos ao todo do Himalaia,sdsE.M.Pinto

    Concordo plenamente com o senhor E.M.Pinto!
    O senhor JOBIM fez um trabalho brilhante, mais falta muito ainda!
    Na minha opinião a partir do próximo governo o cargo de ministro da defesa só deveria ser assumido por OFICIAIS GENERAIS!

    Não necessariamente pois ao se unificar os antigos ministérios das três forças o cargo sempre foi ocupado por civis pois haveria um problema de prestígio entre as forças. Por exemplo, ao se nomear um general, os brigadeiros e almirantes se sentiriam preteridos assim como se nomeasse um brigadeiro ou um almirante. Teria que se instituir um rodízio entre os ministros para prestigiar igualmente as três forças. Mas como a indicação de um ministro é prerrogativa do presidente, não se garantiria que todos eles obedeceriam a tal rodízio. Isso acabou colocando sempre civis no cargo.

    Se o ocupante do cargo estiver preparado, não vejo problemas em ele ser um civil. O Jobim é bem intencionado, mas não pode fazer tudo o que quer bem como os outros ministros. É uma questão de política. Por exemplo, ele pode estar morto de vontade de resolver a parada do FX2, mas não o fará por política. Infelizmente, na mentalidade da população geral do Brasil, a compra dos caças seria munição para a oposição que acusaria o governo de comprar aviões enquanto o povo morre de fome, etc etc. Isso em campanha eleitoral.

  34. Acredito que a intençaõ do Jobim quando comenta (pois a vulnerabilidade é conhecida há tempos)é levar ao conhecimento da opinião pública (nação/sociedade civil)) que o reaparelhamento das FAs é um tema tão imprescindível para o país quanto educação, saúde, etc.

  35. Os amigos E.M.Pinto e FERNANDO VIEIRA estão corretos, o cargo de ministro da defesa deve ser assumido por um civil que tem pleno conhecimento em assuntos estratégicos, porque se for assumido por militares provavelmente teriamos problemas entre as três forças, valeu!

  36. Caro Maluquinho, Serra quando seja presidente(!), vai manter o Jobim, vai manter a Dilma comandando os PAC 2 y 3, a Celso no Itamaraty e vai manter o Lula como asessor, kkkkkkkk.

  37. Ah! E não vamos esquecer da vulnerabilidade da cobertura dos radares de Defesa Aérea.

    Existem algumas “áreas de sombra” nas quais nenhum avião chega a ser detectado.

    Essa é uma falha em q os militares nunca admitiram existir.

  38. FERNANDO VIEIRA…Gostei da tua explanação amigo clareou meu intendimento……Milton Bras Cabral que me desculpem os demais””” VAI DANÇAR O VIRA E FRITAR BOLINHO DE BACALHAU EM AGUA FRIA…

  39. Enquanto muitos de voces acham linda a foto da materia eu como Brasileiro sinto vergonha de ver nossos pilotos em aeronaves de papel marche…Eduardo Wanderley sua colocação na deficiencia defensiva anti-aerea é real mas jamais nossas Forças deixaram de admiti-la.Tão importante como modernos caças,belonaves e submarinos talvez seja a defesa anti-aerea tão ou mais importante.Ela bem extruturada e mantida pode causar grandes perdas ao superior agressor.Curto e medio alcance a quantidade maxima que podemos vir a ter.Longo alcance que podemos fazer e temos capacidade para tal.

  40. Além das deficiências encontradas nesta ação conjunta, vemos a grande morosidade no acerto para aquisição “correta” dos equipamentos para as Forças.
    Temos uma Indústria brasileira que fabrica um dos melhores veículos blindados para lançamento de foguetes existentes no mundo, com as melhores viaturas blindadas de apoio, que é a AVIBRAS, porém, não vemos nada acontecer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: