Articles

Israel veta entrada de chanceler Celso Amorim na faixa de Gaza

In Conflitos, Geopolítica on 29/07/2010 by E.M.Pinto Marcado: ,

https://i2.wp.com/www.loonwatch.com/wp-content/uploads/2009/04/avigdor_lieberman.jpg

Proibição já havia ocorrido com ministro alemão, há um mês

MARCELO NINIO

DE JERUSALÉM

O governo de Israel frustrou o plano do chanceler do Brasil, Celso Amorim, de entrar na faixa de Gaza na última terça, no último dia de visita ao país. A intenção era conhecer um hospital que deve ser reconstruído com financiamento conjunto de Brasil, Índia e África do Sul.

Mas o pedido foi negado por Israel, sob a alegação de que visitas de ministros e parlamentares estrangeiros a Gaza podem servir como propaganda e legitimação do movimento islâmico Hamas, que controla o território.

“Tentei ir a Gaza, mas encontrei resistência”, disse Amorim à Folha por telefone, de Damasco. Na capital síria, ele concluiu ontem sua viagem pelo Oriente Médio num encontro com o ditador sírio, Bashar Assad. Além de Israel e territórios palestinos, o giro incluiu Líbia e Turquia.

Israel justificou a rejeição como parte de uma política em prática desde que o Hamas assumiu o controle de Gaza, para não legitimar o movimento islâmico.

“A presença de personalidades estrangeiras é usada pelo Hamas como demonstração de reconhecimento internacional e não queremos fortalecer o grupo”, disse à Folha o porta-voz da Chancelaria, Yigal Palmor.

Amorim não é o primeiro ministro estrangeiro barrado em Gaza, que vive sob rígido bloqueio israelense desde 2007, quando o Hamas assumiu o controle do território.

Há pouco mais de um mês Israel negou a entrada do ministro do Desenvolvimento da Alemanha, Dirk Niebel.

Dos 11 encontros que teve, em menos de 48 horas, Amorim conversou com políticos e ativistas, deixando clara a inclinação da diplomacia brasileira pela causa palestina. Nove deles foram com pessoas identificadas com algum tipo de oposição ao governo de Israel: do premiê palestino, Salam Fayad, à própria líder da oposição israelense, Tzipi Livni, passando por pacifistas israelenses e políticos palestinos.

Também falou com os dois principais nomes do governo de Israel, o premiê Binyamin Netanyahu e o chanceler Avigdor Liberman.

Fonte: FSP CCOMSEX

Anúncios

22 Respostas to “Israel veta entrada de chanceler Celso Amorim na faixa de Gaza”

  1. Podemos compreender as razoes afirmadas por parte das autoridades de Israel, mas não concordar.

    Gestos de BOA VONTADE simplesmente INEXISTEM!

    So falta agora, os mesmos de sempre, por exemplo, acusar a propria TZIPI LIVNI de ANTI SEMITISMO, etc, etc….

    Bom, pesquisas ainda recentes, com menos de seis meses atraz, revelam que qualquer coisa por volta de 45% da POPULAÇÃO ISRAELENSE, anseia SINCERAMENTE por PAZ!

    Mais, a TURQUIA, solido e confiavel ALIADO de ISRAEL, (de bom tempo), hoje segue
    RUMOS mais “SOBRIOS”, sobre a “QUESTÃO PALESTINA”.

    Ainda temos as declaraçoes do Gal. STANLEY MACHRySTAL…..

    Se há algum verdadeiro INIMIGO de ISRAEL, neste contexto, não sera outro que o pro
    prio Sr “BIBI”, este sim, ISOLANDO a ISRAEL, este sim, limitando a ISRAEL, tao somente às ARMAS.

    Dois Povos, Dois Estados!

    Shalom!

  2. É inconsebivel essa atitude de Israel!… Eles tem vergonha de mostrar o que
    tem feito com o povo palestino.Como nos somos amantes da paz, não temos papa na
    lingua. Eles tem medo que Celso Amorim fale ou tome partido.

  3. Parabéns Antonio. Ótimo e lúcido comentário.

    A política suicida do cachorro louco utilizado pelo grupo, tem-se demonstrado extremamente prejudicial ao PRÓPRIO Estado de Israel.

    Abraços.

  4. VETADO…mt bom, confirma o q td nós dizemos sempre: Gaza e um grande campo de concentração… cópia de guantánamo, enclave dos ianks em terras Cubana,e sob a chancela dos mesmo; agr, ele pode dar a volta, e entrar pelo egito…Os SSioniSStras ficariam fulos, é + uma ” ortoridade” p denúnciar os crimes SSioniSStras.

  5. Com terroristas nao se pode baixar a guarda. Posisao certa, pois o governo petista do Brasil é leniente com o terrorismo palestino.

  6. Já é hora do gerno brasileiro cortar relações diplomáticas com o estado judeu.

  7. A verdade é que a tendência desse desgoverno petista, é apoiar tudo que não presta. Se é para apoiar Hugo Chaves, Lula esta de prontidão, ou Almadinejad, Kim Jong il, Fidel Castro, ou grupos como as Farc, Hamas, Talibã, aí tem o apoio dos três patetas, Lula,Amorim e o MAG. A imagem de nação sóbria e ordeira essa turma jogou na lama. E ainda ajuda financiar hospital no exterior, com tanta necessidade aqui no Brasil, onde pessoas morrem na porta de hospitais sem conseguir atendimento por falta de vaga. É hora Roberto, é dessa cambada de vigarista sumir.

  8. Lembrando Carlos Argus, acima, bem citando, a fronteira aberta entre o EGITO e GAZA, uma DERROTA POLITICA e DIPLOMATICA para ISRAEL.

    O EGITO do Sr. MUBARACK, sempre alinhado com WASHIGTON e TELAVIV, que agora, parece
    ensaiar novos passos. Curioso, intrigante, sem duvidas, um novo “LEQUE de FORÇAS”
    se constroe no ORIENTE MEDIO…..

    Votos de CONFIANÇA e CREDIBILIDADE ao ITAMARATY e seu ministro, Celso Amorim.

    BRASIL SEMPRE!

  9. Israel=Hamas=Fatah=Nazista=Al Qaeda, é tudo farinha do mesmo saco nenhum presta.

  10. Se o “governo petista do Brasil é leniente com o terrorismo palestino”…

    Pior , muito pior, afinal, o “governo petista do Brasil”, conversa também com os grandes mestres do terrorismo e golpismo mundial, os sionistas…

    E conversa mesmo sabendo da participação do sionismo (através de seu amplo domínio e influencia nos mídias nacionais) , na tentativa de golpe midiático/jurídico de 2005, o chamado mensalão.

    O qual foi desencadeado justamente após a organização por parte do governo brasileiro da Primeira Cúpula América do Sul – Países Árabes, no Centro de Convenções de Brasília em Maio de 2005. O que desagradou aos interesses sionistas…

    A partir do momento deste evento, da Cúpula AS-Países Árabes, foi desencadeada pela “brigada midiática estadunidense”, más comandada de fato, pelo sionismo, uma campanha midiática extremamente virulenta, concatenada em todas as mídias e muito persistente, verdadeiro bombardeio incessante, visando a derrubada do governo.

  11. Amorim deve se preocupar com os próprios problemas brasileiros para a nação crescer em tudo inclusive nos forças armadas e não querer aparecer para o mundo e o islâmismo com a nação potência, o problema lá é de longas datas e fica os ocidentais dificil de entender e neste caso acho certo Israel não deixar ele ou outro barganhar neste fato.

  12. Genivaldo, concordo com você que as autoridades tem cometido erros, mas o papel do Ministro das relações exteriores, é “exteriores”, os assuntos internos do país são delegados a outras autoridades.
    Sds
    E.M.Pinto

  13. E.M.Pinto :
    Genivaldo, concordo com você que as autoridades tem cometido erros, mas o papel do Ministro das relações exteriores, é “exteriores”, os assuntos internos do país são delegados a outras autoridades.
    Sds
    E.M.Pinto

    Sim voce esta certo caro amigo,são exteriores mas deverim priorizar nossos interesses ao invez de priorizar os dos outros.Temos amplos convenios com Israelenses e empresas Israelenses.Quero ver se esse intercambio e associação vierem a se desfazer por causa de intenções que se mascaram pois a real intenção é notoriedade e evidencia e um lugar ao sol no CS que duvido que venha.

  14. Jose Vanildes Luiz :
    Com terroristas nao se pode baixar a guarda. Posisao certa, pois o governo petista do Brasil é leniente com o terrorismo palestino.

    É os potências do CS são lenientes com o Estado terrorrista SSionSStra, vide o massacre onde foram aSSaSSinados os pacifistas Turcos; sem falar nos aSSaSSinatos dos Palestinos, mulheres e crianças…e tem mt + fatos piores q estes. Sds.

  15. A faixa de gaza,só perde para aos campos de concentração nazistas;alguns judeus aprenderam a mais nefasta lição dos endiabrados nazistas.
    É uma grande fronta a humanidade e aos mártires judeus que pereceram nesses campos.

  16. Já repararam que a miaoria que é favor da crueldade de Isarel nesse post são Judeus?

    Eles fecham os olhos pra o sofrimento dos Palestinos , criticam e ignoram os que tentam ajudar esses povos sofriidos.

    OS Judeus que moram no Brasil não são leais ao país. Eels acham que Brasil tem que seguir o pensamento dos EUA e a deles.

    Eles são infiéis ao país que moram.

  17. Ebenezes,

    isto é verdade para a parcela sionista(e infelizmente, a que detém mais riqueza e poder…) dos judeus brasileiros. Para estes é assim mesmo como você descreveu.

    Más existem judeus que desprezam o sionismo, claro que sempre terão um lugar no coração para Israel, más isto não os impede de amarem o Brasil também.

  18. A essencia da Demicracia e do Socialismo é o que tem de mais puro ao bem comum da humanidade.Mas Capitalismo e Comunismo são a mais cruel e covarde forma social.Conduzem a humanidade ao extremismo e ao radicalismo.Acho que nem Socrates e Platão conheceram a pura Democracia.Em meio aos Judeus tem alguns radicais mas a maior parte desse povo reconhece o perigo extremista,aceita o estado Palestino e anseia pela paz.Nossos comentarios apaixonados por este ou aquele motivo nos conduzem muitas vezes a generalizarEles,Presidentes,Primeiro Ministros,Ministros,Parlamentos e Congressos,representam Nações mas não são a voz da maioria quando se tratam de conflitos.O ser humano quer paz.

  19. A essencia da Democracia e do Socialismo é o que tem de mais puro ao bem comum da humanidade.Mas Capitalismo e Comunismo são a mais cruel e covarde forma social.Conduzem a humanidade ao extremismo e ao radicalismo.Acho que nem Socrates e Platão conheceram a pura Democracia.Em meio aos Judeus tem alguns radicais mas a maior parte desse povo reconhece o perigo extremista,aceita o estado Palestino e anseia pela paz.Nossos comentarios apaixonados por este ou aquele motivo nos conduzem muitas vezes a generalizar.Eles,Presidentes,Primeiro Ministros,Ministros,Parlamentos e Congressos,representam Nações mas não são a voz da maioria quando se trata de conflitos.O ser humano quer paz.

  20. Idas de políticos da comunidade internacional à Gaza nem são mais necessários para dar legitimidade ao Hamas.

    O que lhe dá legitimidade são os abusos dos falcões hebreus contra os palestinos – abusos que erodem a imagem de povo perseguido que os judeus tem explorado desde o Holocausto.

  21. Ebenezer :
    Já repararam que a miaoria que é favor da crueldade de Isarel nesse post são Judeus?
    Eles fecham os olhos pra o sofrimento dos Palestinos , criticam e ignoram os que tentam ajudar esses povos sofriidos.
    OS Judeus que moram no Brasil não são leais ao país. Eels acham que Brasil tem que seguir o pensamento dos EUA e a deles.
    Eles são infiéis ao país que moram.

    Amigo, tomando por base o comentário de um “BOCUDO”,eu quase q concordo com vc;eles são leais a sua bandeira,o país q nasceram e apenas trampolim p seus objetivos SSioniSStras. Sds.

  22. TENHO MINHAS DUVIDAS…SERA QUE O CEREBRO DO AMORIM É DO TAMANHO DE UMA NÓZ SEM A CASCA?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: