Articles

China supera Japão e já é 2ª maior economia mundial, só atrás dos EUA

In Geopolítica on 31/07/2010 by E.M.Pinto Marcado:

https://i1.wp.com/www.proactiveinvestors.com.au/genera/img/companies/news/china_ball350_4ba28caab5239.jpgWagner Gomes*

PEQUIM e SÃO PAULO

Enquanto os países desenvolvidos ainda sofrem para se reerguer após a crise financeira internacional de 2008/2009, a China não tirou o pé do acelerador e deve crescer mais de 9% este ano, previu ontem Yi Gang, vicepresidente do Banco do Povo (o banco central chinês). Yi surpreendeu analistas ao garantir, ainda, que seu país já é hoje a segunda maior economia mundial, superando o Japão, marca que só se previa ser comemorada pelos chineses no fim deste ano.

— A China já é agora, de fato, a segunda maior economia do mundo — disse Yi ontem sem, no entanto, detalhar cifras ou explicar como chegou a essa conclusão.

No primeiro semestre, a China cresceu 11,1% em relação ao mesmo período de 2009. O Japão não divulgou ainda o resultado de seu Produto Interno Bruto (PIB, conjunto de bens e serviços produzidos no país) no primeiro semestre, mas, na previsão de analistas, a afirmação de Yi será confirmada.

Afinal, o Japão amarga baixíssimas taxas de crescimento desde a década de 90 e, este ano, pelas previsões do Fundo Monetário Internacional (FMI), deve avançar só 2,4%.

Liderança pode ser alcançada em 2025

O PIB chinês, que somou US$ 2,55 trilhões no primeiro semestre de 2010, segundo o Escritório Nacional de Estatísticas, deve fechar o ano em US$ 5,365 trilhões, pelas previsões do FMI. O PIB americano, maior do mundo, chegará ao fim deste ano em quase o triplo disso: US$ 14,8 trilhões.

O japonês ficará na terceira posição, com US$ 5,273 trilhões. Neste ranking, o Brasil aparece em oitavo lugar, com um PIB previsto de US$ 1,91 trilhão no fim do ano.

E, depois de ultrapassar a França em 2005, a Alemanha em 2007 e o Japão agora, a China caminha para tirar a liderança dos EUA entre as maiores economias mundiais por volta de 2025, segundo projeções de organismos internacionais, como Banco Mundial, e de instituições do mercado, como Goldman Sachs.

Desde 1978, quando realizou reformas econômicas e começou seu processo de abertura, a China vem registrando uma expansão média anual acima de 9,5%, destacou Yi ontem, alertando, porém, para as restrições ambientais que o país enfrenta.

Charles Tang, presidente da Câmara Brasil-China de Comércio, destaca que a prioridade da China é crescer economicamente e a qualquer custo. Um dos problemas é a desigualdade social e a falta de compromisso ambiental.

O coordenador da Global Academy, da Fundação Getulio Vargas (FGV), Yan Duzert, lembra que o Japão perdeu competitividade nos últimos anos. Enquanto a China apresenta maior dinamismo econômico, população jovem, mão de obra barata e potencial para exportação, o Japão tem uma população envelhecida, que sofreu intensamente os efeitos da crise econômica.

— A China tem sido nos últimos 20 anos um acelerador do crescimento.

Conseguiu se tornar produtiva, uma fábrica do mundo, enquanto o Japão não se adaptou a uma sociedade rápida e moderna — diz Duzert.

Para Duzert, o grande desafio chinês para será o desenvolvimento humano. Ele lembra que apenas 10% da população têm educação em nível superior, contra 80% no Japão e 50% nos EUA. Isso significa que o país precisa investir em educação, saúde e meio ambiente.

— Não devemos avaliar o desenvolvimento de um país apenas pelo que ele produz, mas pela qualidade de vida da população — afirma.

Para Luís Afonso Lima, presidente da Sociedade Brasileira de Estudos de Empresas Transnacionais e da Globalização Econômica (Sobeet), um dos maiores problemas é que o nível de renda chinês ainda é muito baixo.

Apesar de o crescimento recente ter tirado milhões de chineses da pobreza, a renda per capita anual do país é de US$ 3.677, muito inferior à de Japão (US$ 39.731) e EUA (US$ 46.380).

— A China tem um modelo voltado para a exportação que traz incertezas sobre o crescimento sustentável.

Fonte: o Globo via CCOMSEX

Anúncios

8 Respostas to “China supera Japão e já é 2ª maior economia mundial, só atrás dos EUA”

  1. Ti cuida tio sam os chinese taõ cegando comtudo ne plodutos made in chinaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  2. Há mais de um ano eu li uma reportagem que afirmava exatamente isso: que a China ultrapassaria o Japão como segunda maior economia mundial já na metade de 2010.

    Bem, espero que eles realmente possam crescer, distribuir renda, melhorar a qualidade de vida de sua enorme população, com o compromisso de não degradar mais ainda o meio ambiente.

    Se a China criar um país classe média com níveis de consumo parecidos com os do ocidente, faltarão recursos no planeta para todos… Isso poderá levar a um enorme conflito no futuro.

    Se cuida Brasil, o dragão está com fome…

  3. Coitadinho do brasil que tem pena de gastar para se proteger Edu inacio Se a China criar um país classe média com níveis de consumo parecidos com os do ocidente, faltarão recursos no planeta para todos… Isso poderá levar a um enorme conflito no futuro.

    Se cuida Brasil, o dragão está com fome…

  4. Essa notícia de ascenção da China chega num momento em que é divulgado que o asiático em questão é o que mais mata no mundo por pena de morte (fonte yahoo.com). Assim como nessa notícia do Plano Brasil, em que avaliar o desenvolvimento de um país apenas pelo que ele produz não é suficiente para considerá-lo como uma grande economia mundial, mas também pela qualidade de vida de sua população, a notícia sobre a pena de morte chinês comprova de maneira macabra o outro lado do dragão.

    Que adianta ser grande econômicamente se tal superioridade não é compartilhada com seu povo, onde a morte é considerada uma punição? Que qualidade de vida é essa por parte do Estado á seus cidadãos se considerando Deus? Decide quem vive e quem morre julgando estar fazendo justiça? A morte não é punição, é apenas o fim da vida. Acho que o Brasil não deve ter medo desse e de outros países Edu, pelo menos a Constituição Brasileira não permite que a vida seja banalizada dessa maneira como nos países citados.

  5. Tá muito longe de se tornar um Japão como um todo. Qualidade de vida não existe nesse país…

  6. Andre a midia agora so vai mostrar o monstro China o devorador do milenio.Preparem-se pois surigira a terceira cruzada pois a segunda ja esta decretada e é contra os antigos Anti_Cristos os Arabes e Palestinos…

  7. Tdlevaacrêr q+10anos serão a 1econ|ômia doplaneta.

  8. E o Brasil deve tomar cuidado, não apenas no plano militar, más também no econômico, no sentido de não criar uma nova dependência,agora com a China, como foi no passado com Europa e EUA, quando nosso comercio era quase todo com este dois.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: