Articles

Iraque não está pronto para retirada americana, diz general

In Conflitos, Defesa, Geopolítica, Terrorismo on 12/08/2010 by E.M.Pinto Marcado: , , ,

https://i2.wp.com/www.armytimes.com/xml/news/2008/09/army_2009rotations_093008w/093008at_iraq_deployments_800.JPG

O mais graduado oficial do Exército iraquiano afirmou nesta quinta-feira que a retirada militar americana do país, planejada para o fim do ano que vem, é prematura.

O general Babaker Zebari alertou que o Exército iraquiano poderá não estar pronto para assumir a segurança do país por mais uma década.

Os Estados Unidos afirmam que cumprirão o cronograma para pôr fim às operações de combate no país até o fim deste mês, e para a retirada de todas as tropas até o fim do ano que vem.

Os EUA mantêm 64 mil soldados no Iraque. Cerca de 50 mil permanecerão no país até o fim de 2011 para treinar as forças iraquianas e proteger os interesses americanos.

Zerbari fez o alerta poucos dias depois de o ex-ministro do Exterior de Saddam Hussein Tariq Aziz ter dito que os americanos estão “deixando o Iraque para os lobos”.

A Casa Branca afirma que o presidente Barack Obama está satisfeito com os progressos no Iraque, que, segundo ele, vão permitir às tropas americanas transferir a segurança para as forças locais, conforme planejado.

‘Vácuo’ de segurança

O general Zerbari disse em uma coletiva de imprensa em Bagdá que o Exército iraquiano não conseguirá garantir a segurança no país até 2020 e que os Estados Unidos deveriam manter suas tropas no Iraque até esta data.

Neste momento, a retirada (das forças americanas) vai bem, porque eles ainda estão aqui, mas o problema vai começar depois de 2011”, disse ele.

“Os políticos precisam encontrar outras maneiras de preencher o vácuo até 2011… se me perguntassem sobre a retirada, eu diria aos políticos: os Estados Unidos têm que ficar até o Exército estar totalmente pronto, em 2020.”

A violência no Iraque diminuiu desde o auge da guerra sectária entre 2006 e 2007, mas o número de civis mortos em bombardeios, tiroteios e outros ataques diários aumentou agudamente em julho.

Os comentários do general contradizem a política do governo – de se ater ao Acordo do Estado das Forças (Sofa, na sigla em inglês), que determina o cronograma para a retirada americana, afirma o correspondente da BBC em Bagdá Hugh Sykes.

Os iraquianos temem que o governo americano esteja acelerando a retirada porque o Partido Democrata, de Obama, estaria com medo de perder votos nas eleições legislativas de novembro, afirma Sykes.

O general estaria particularmente preocupado com a segurança nas fronteiras iraquianas por causa da entrada de insurgentes, diz o correspondente da BBC.

Na quarta-feira, oito soldados iraquianos foram mortos depois de serem atraídos para uma casa cheia de explosivos em uma cidade ao norte de Bagdá, onde a al-Qaeda é ativa.

O grupo também foi responsabilizado por um atentado triplo contra um mercado em Basra, no sábado.

‘Melhoras significativas’

Na quarta-feira, o porta-voz da Casa Branca Robert Gibbs atribuiu o recente aumento no número de ataques ao mês sagrado do Ramadã, que no passado já coincidiu com picos de atividade dos insurgentes.

“Continuamos a antecipar… um tradicional aumento da violência na época do Ramadã e que esses (insurgentes) que restaram tentem chamar a atenção”, disse ele em Washington.

Gibbs avaliou positivamente a situação no Iraque, com base em relatos do general Ray Odierno, comandante americano no país, ao presidente Barack Obama.

“Já retiramos mais de 80 mil soldados do Iraque desde que Obama assumiu o governo”, disse Gibbs.

O general Odierno também afirmou que a situação de segurança mantém as melhorias significativas alcançadas nos últimos dois anos, e que as forças de segurança iraquianas estão totalmente preparadas para assumir a liderança quando terminarmos nossa missão de combate no fim deste mês.”

Só em agosto, mais de 100 pessoas morreram em ataques no país. Julho foi o mês com o maior número de vítimas fatais desde 2008.

O Iraque também se arrasta com um impasse político de cinco meses, depois que a eleição parlamentar de março não apontou um claro vencedor.

Apesar dos desafios, o congressista democrata Adam Smith, membro do Comitê das Forças Armadas Americanas, disse que os EUA estão certos em se retirar.

“O Iraque não vai ficar 100% estável por um bom tempo, mas uma presença militar estrangeira dos Estados Unidos não vai forçar a estabilidade sobre os iraquianos. Eles terão que se levantar e reclamá-la por si mesmos.”

Ele disse ainda que sempre haverá riscos, independentemente de quando as tropas americanas se retirarem do Iraque.

Fonte: BBC Brasil

Anúncios

23 Respostas to “Iraque não está pronto para retirada americana, diz general”

  1. Invadiram um país, violando as leis internacionais, destruiran a infraestrutura do Irak, mutilaram milhares, mataram milhares, vc se trona etenamente responsável por aquilo q vc domina; ou será dominado.Paguem o preço,é qdo sairem , a ONU tem de ir atrás dos aSSaSSinos q perpetrram esses crimes.Obrigação moral, já era p estarem presos, bush,tonyblair e mt outros..

  2. Ou parceiro estás sonhando, desde qd ONU vai intervir nas atrocidades Yanks.estás viajando camarada, é mais facil a tal organização fazer o Iraque pagar um percentual das vendas do seu petroleo aos USA por o tal ter gasto bilhões em dolares para o saquearem e destruilos. esse é o mundo em que vivemos essa é a organização que se diz conciliadora das nãções. Faz me riiiiii.

  3. Ou parceiro estás sonhando, desde qd ONU vai intervir nas atrocidades Yanks.estás viajando camarada, é mais facil a tal organização fazer o Iraque pagar um percentual das vendas do seu petroleo aos USA por o tal ter gasto bilhões em dolares para o saquearem e destruilos. esse é o mundo em que vivemos essa é a organização que se diz conciliadora das nãções. Faz me riiiiii.Ah qt as prisões destes senhores espera deitado, quem sabe no proximo secúlo seram indiciados por crime de guerra.

  4. Desculpe a caca acima. comentario repetido em parte.

  5. bem… os americanos poderiam dizer: “hei, desculpe, invadimos, roubamos seu petroleo, matamos civis, nao achamos armas de destruicao em massa, derrubamos o seu governo, nao troxemos melhorias significativas para a qualidade de vida de vcs, e temos que ir agora.. desejamos que vcs tenham sorte na sua evolucao… seus barbaros do oriente medio…”

  6. Calheiros, fazes a ideia de que país é o maior operador de petroleo no Iraque?
    (A ganância do lucro não é só do lado americano)

    Tenho que concordar que depois de mutilar o país que invadiram… terão pelo menos fazer muito para ajudar, embora há danos que são irreparáveis.
    Sobre o futuro do Iraque… poderá haver instabilidade… Estive a ler alguns artigos que apontam que poderá haver uma guerra civil.
    Mas aqui há um pormenor… as tropas não vão sair na totalidade, ficará sempre um força menor para dar apoio ás forças iraquianas.
    Acho muito importante que os Iraquianos tomem a segurança do país… devia ser mais cedo… acho que vão determinar muito o futuro daquele país e espero que corra tudo bem.

  7. Nem Força Áere eles tem…q fiquem p levar tiros dos insurgentes, q estão certos, eu seria um deles; são os culpados.Então, q paguem por seus crimes tendo os seus jovens mortos ou mutilados tbm.Mt bom.

  8. Argus, esse ódio que tens pelos EUA fica-te muito mal…
    Se queres ver o teu Brasil como uma super potencia… não é com este tipo de mentalidade… esta forma de ser torna as pessoas piores do que aquilo que odeiam. A critica é saudável pois é um forma de debate mas não dessa forma.
    Agora imagina toda a gente do Brasil com o teu tipo de comentário. achas que o Brasil teria algum futuro como essa maneira de ser… penso que não. A potência emergente que se encontra actualmente o Brasil deve-se a um conjunto de factores e muito está nas trocas comerciais que tem com os EUA e a sua proximidade. Um exemplo, a Embraer… vende muito bem para os EUA e tirou vantagem de tal situação pois o mercado americano é super importante. Penso e acho não estar de dizer asneira que a posição que ocupa deve muito ao que vendeu para o mercado dos EUA, talvez nem faças ideia de quantas aeronaves foi vendido para aquele país, foi dinheiro que entrou.
    Os EUA tem muitos acordos com o Brasil porque os políticos, empresários, cientistas brasileiros sabem a sua importância.
    Era péssimo que todos tivessem essa maneira de pensar…
    É que tu podes ter uma crítica a nível de politica de um determinado país, mas há que ver a parte económica da coisa; esse afastamento e querer o mal de alguém é prejudicial a todos os níveis… mas cada um é aquilo que quer ser… cada acto tem a sua consequência.

  9. Em relação a força aere Iraquina:
    Parece com vão ter F-16.
    E já agora como estão os ST que poderiam se vendidos ao Iraque? Alguém sabe…

    Calheiros, já sabes a resposta?

  10. Iraquina= Iraquiana
    Desp. do erro

  11. karlus, é como sempre digo, Brasil não é diferente dos EUA, ninguem é. Todos agem em função dos interesses. Brasil tem sua própria guerra, aqui dentro mesmo.

  12. Karlus,

    Diga-me então, que tipo de pensamento devemos ter? Ou melhor, qual o pensamento que EUA usam? E não me venha com a velha ladainha de “liberdade”, pois sabemos que as coisas por lá não são bem como eles pregão. Eu mesmo respondo pra vc: NÃO! Os EUA, desde sua criação, sempre tiveram as piores intenções em relação aos outros países, em especial os países latinos. Eu acho que vc já escutou a nefasta frase: “América para os Americanos”, do também nefasto “Destino Manifesto”, o qual, expressa a crença de que o povo dos Estados Unidos é eleito por Deus para comandar o mundo, e por isso o expansionismo americano é apenas o cumprimento da vontade Divina. Os defensores do Destino Manifesto acreditaram que o povo da america latina devem ser seus escravos pois estão no mesmo continente, e por a maioria dos paises latino americanos serem subdesenvolvidos, desenvolveram o chamado “Be strong while having slaves” frase de propaganda política do século XIX que usava sua cultura para que pessoas de outros países achassem que os U.S.A. seja o melhor pais do mundo , virando essas pessoas ate contra seu pais de origem. Esse pensamento deu origem ao processo de expansão dos EUA. E o que dizer da Grande Frota Branca – Great White Fleet- uma esquadra de combate nucleada em couraçados “pré-dreadnought”, da Marinha dos Estados Unidos, e que circunavegou o planeta em 1907, o qual queria demonstrar sua capacidade militar e falar – estamos chegando. Agora eu lhe pergunto, COMO SÃO GENTIS ESSES ESTADUNIDENSES E SEUS PENSAMENTOS, NÃO É MESMO?!

    “A potência emergente que se encontra actualmente o Brasil deve-se a um conjunto de factores e muito está nas trocas comerciais que tem com os EUA e a sua proximidade. Um exemplo, a Embraer… vende muito bem para os EUA e tirou vantagem de tal situação pois o mercado americano é super importante. Penso e acho não estar de dizer asneira que a posição que ocupa deve muito ao que vendeu para o mercado dos EUA”.

    Bom, como profissional do comércio exterior, garanto que vc falou asneiras! Hoje o Brasil é sim uma potência emergente e com um grande potencial para brilhar entre as cinco maiores economias do mundo. Isso graças a um conjunto de fatores (como vc mesmo disse), porem, esses fatores não dependem exclusivamente, ou por causa de grande participação dos Eua em nossa economia. Uma vez, que as exportações brasileira representam + ou – 13% à 14% (estou meio desatualiza, mais é por ai)do PIB, e desses 14% são dos Eua, apesar de ser o 1º ele já não tem mais o importância que tinha no passado. Prova disso é a atual crise, pois saímos praticamente ilesos, melhor, o país teve que aumentar os juros para conter uma eventual inflação, dado o tamanho poder de consumo do povo brasileiro. Enquanto isso, o mundo se contorcia. Então não confunda, BRASIL não é México. Quanto a Embraer, apesar de ser um exemplo de empresa exportadora, não diria que fosse o melhor exemplo para a questão, uma vez, que boa aparte dos seus equipamentos e peças são oriundas de outros países, em especial Eua. Sem contar as suas ações que são comercializadas nas maiores bolsas do mundo, e isso tudo significa que a Embraer não mais uma empresa exclusivamente brasileira, mais sim uma empresa transnacional apoiada por empresas multinacionais com investimentos multinacionais.

    “Os EUA tem muitos acordos com o Brasil porque os políticos, empresários, cientistas brasileiros sabem a sua importância.
    Era péssimo que todos tivessem essa maneira de pensar…
    É que tu podes ter uma crítica a nível de politica de um determinado país, mas há que ver a parte económica da coisa; esse afastamento e querer o mal de alguém é prejudicial a todos os níveis… mas cada um é aquilo que quer ser… cada acto tem a sua conseqüência”.

    Diga isso para os produtores agrícola do BRASIL! Tenho certeza vão “ver a parte econômica da coisa”. Uma vez que, os lobbies agrícolas, particularmente nos Estados Unidos da América, Europa e Japão, são responsáveis pela inclusão de regras nos tratados de comércio internacional, cujo objetivo é a adoção de medidas protecionistas para bens de origem agrícola. Por outro lado, o Brasil, um grande e eficiente produtor agrícola, vem atuando para eliminar parte destas barreiras.
    Outra coisa. É no minimo deselegante, para não usar outra palavra, uma pessoa que nem brasileiro é, vim palpitar na opinião de um brasileiro sobre um país que desde seu fundamento prega o desigualdade econômica, politica e social, acrescentando a isso o preconceito e o desdém cultral ao seus “vizinhos” LATINO-AMERICANOS. E isso tudo, já estamos cansados de estudar desde o ensino fundamental até as universidades. Então, um pouco de respeito pela opinião do colega acima, pois como brasileiro sei o sentimento de indignação do colega Carlos Argus.

    P.S.: Apagaio de pirata é o que não falta no Brasil! Infelizmente!

  13. Karlus: boa noite, isto se tiveres no Brasil,quanto a tua pergunta não sei se entendi o correto, mas acredito e não tenho certeza que o maoir operador de petroleo hoje seja a Inglaterra seguido dos USA;Enquanto fomos entre os anos de 1974 até 2007 o maior comprador, pois epoca que mantinhamos um forte acordo bilateral, pois compravamos petroleo e eles compravam serviços,alimentos e armas tipo os lançadores de foguetes ASTROS e outras coisa mais que não é o caso de expôlos.Se estou errado me corrija serei agradecido pela informação.Abraços

  14. Tupi-Guarani:
    Vou repetir supri aquilo que escrevi… não defendo os EUA, eu levanto questões… sei muito bem a porcaria que eles fazer pelo mundo.
    Dei um exemplo da Embraer para mostrar que os EUA são muito importantes para o Brasil e vice-versa. Se estás ligado a área económica faz um levantamento em relação ao volume de negócios com os EUA e depois analisa se nada fosse vendido para aquele país, se a Embraer teria aquela posição que ocupa hoje, mesmo que o material não seja de origem brasileira… produto final é Brasileiro e isso é o fim da linha.
    Ando já cansado de explicar uma coisa… é que uma coisa é criticar os temas de uma forma fundamentada e com lógica outra é usar o ódio para justificar alguma coisa… a maior parte do pessoal vê logo uma coisa, eu sou um fervoroso defensor dos EUA… PORRA… ESSA NÃO É A MINHA MENSAGEM… VEJAM SE PERCEBEM O MEU PORTUGUÊS QUE NÃO É ASSIM TÃO DIFERENTE DO VOSSO… Certo! Esta foi uma mensagem para o Argus… porque é isso que ele se farta de escrever.… como alguém já se referiu… só mesmo na net para ler estas coisas… a causa maior é pura ignorância do mundo que nos rodeia e só querem ver um lado…
    No teu caso, nada tenho a dizer, pois além de baseares em factos históricos, fundamentas e argumentas nesse sentido, claro que tens razão.
    Claro que o Brasil não depende só dos EUA, claro que não… e sei disso, se dei entender as minhas desculpas, não tinha esse sentido.
    Tupi o problema de produtores agrícolas é geral todo mundo diz isso, seja americanos, franceses… colombianos, etc etc… todos se queixam deste mercado aberto… agora sei que uns países são mais proteccionistas aos seus produtos do que outros. Ficaríamos aqui semanas a ver e rever os nossos pontos de vista, porque muito poderíamos escrever. A minha forma de abordar os assuntos é de um a forma mais genérica… é raro aprofundar, daí muitas vezes haver uma falsa compreensão da minha opinião, penso que isto que está a acontecer.

    Calheiros:
    Deste-me algumas novidades em relação ao passado que não sabia, valeu.
    Em relação ao maior operador ou explorador de petróleo do Iraque;
    E para verem que o saqueadores do petróleo do Iraque não é só americanos, pois é essa ideia que muita gente tem
    Aquilo neste momento está assim:
    A partir deste ano o consórcio liderado pela companhia chinesa CNPC, associada com a britânica BP tem a exploração do maior campo petrolífero do Iraque. A CNPC é accionista do consórcio em 37%, a BP tem 38% e o governo iraquiano 25%. Acordo para exploração nos próximos 20 anos com hipótese de aumentar mais 5. Em Agosto de 2008, a mesma empresa chinesa obteve os direitos de exploração do campo de Al Ahdab, perto de Kut, 220 km ao sul de Bagdá, com reservas estimadas em um bilhão de barris. Esta e mais algumas empresas estão a concorrer para mais de 10 campos de petróleo.
    Ou seja a china é actualmente a maior explorar… seguido pela Inglaterra. Claro que os EUA também tiram seus dividendos, mas não são os grandes ganhadores nesse sector, e como eu disse quando se fala em dinheiros… as historia de direitos humanos e bla blá bá é superada pela ganância do lucro.
    O Brasil quando vendeu material ao Iraque se preocupou com os Curdos por exemplo? Claro que não… condenou mas a parte económica ficou de lado. É assim que o mundo funciona… queiramos ou não. Aconteceu o memso com Portugal… também ganhou uns trocos na tempo do Saddam… mas sempre condenou a posição desse homem.

  15. Karlus, produto final de um determinado país não quer dizer que o capital irá entrar ou ficar neste país. Ainda mas se tratando da Embraer. Isso é fato, então, fim de linha. E cuidado ao falar que todo o mundo tem problema com os produtos agrícola. Pois, existem problemas e PROBLEMAS, e os problemas agrícolas dos países subdesenvolvidos e em desenvolvimento – África, Ásia e America Latina – são muito mais sérios que os problemas dos países desenvolvidos, e em muitos dos casos os problemas chegam a ser a extrema miséria para milhares de famílias ou no mínimo a falta de expectativa de um futuro melhor, principalmente se tratando da África, pois boa parte da culpa parte dos malditos embargos. E sei que vc sabe disso. Então, não seja genérico, pois passa a impressão que vc não quer explicar corretamente. Seria melhor se vc aprofundasse ou no mínimo fosse específico e não genérico.

  16. Tupi-Guarani, seguirei esse raciocino de especificar mais o assunto… para não cometer más interpretações.
    Tens razão, porque os problemas agrícolas divergem de país para país.
    Em relação á Embraer estava a tentar publicar com vários dados que eu tinhas… mas são tão contraditório com aqueles que a acabei de receber que nem vou publicar para não dizer asneira. És economista e percebes do assunto e em sentido de brincadeira não me vou meter mais contigo.
    Abraço

    Off toppic. (ajuda) estou a aproveitar a situação por causa de um trabalho.
    Tupi, diz-me uma coisa o Brasil teve o maior crescimento de todo continente americano, estou correcto? Posso dizer ou estou errado que está no top 5 a nível mundial a crescer nesta ultima década?
    O desemprego do Brasil decresceu muito este ano. Podes confirmar se tenho razão.
    Obrigado

  17. Karlus, não vou me aprofundar no assunto, pois em dia de semana os sites e blogs de minha preferência servem mais para me atualizar. Então vou direto aos dados.
    Bom, apesar de esta muito cedo para falar sobre o crescimento do Brasil em relação ao resto do continente – pois o ano ainda não acabou. O Brasil apresentou o segundo maior crescimento mundial, algo na casa dos 12,5%, sendo assim superior a China (11%) e abaixo da Índia (13,5%), isso tudo levando em conta o mesmo período. Apesar dessa incrível taxa, as estimativas indicam que o ritmo ira diminuir no ultimo trimestre. Com essa freada, a projeção para o ano todo deve ficar na entre 6,5% a 7,5%. Pois o Brasil não consegue sustentar uma taxa superior a 5%.

    Em relação ao Top 5, gostaria que estivéssemos errados, em conversas com colegas, a posição quase sempre é de ceticismo (bem econômico), apesar de querer, não creio que o país chegue a quinta posição entre as maiores economias até o fim dessa década. O certo é apostar a partir da próxima década (2020) e chegando a década de 30 não somente entre os cinco maiores PIB, mas com um dos melhores PIB/per capita, próximo ao europeu nos dias de hoje. Pô cara, muita água vai rolar e isso tudo são apenas previsões dos institutos financeiros, e tudo isso pode mudar pra melhor ou pior da noite pro dia (como em 2008) ou daqui com 5, 10, 20anos. Quem realmente sabe a verdadeira resposta? Enquanto isso vamos apostando.

    Crescimento anual do PIB
    2000 4,3%
    2001 1,3%
    2002 2,7%
    2003 1,1%
    2004 5.7%
    2005 3.2%
    2006 3.7%
    2007 5.4%
    2008 4.8%
    2009 -0,2% a 1.9% (dependendo da fonte)
    2010 6,5% a 7,5% (dep. da fonte)

    Taxa de Desemprego nas principais regiões metropolitanas 2010.
    Jan 7,2%
    Fev 7,4%
    Mar 7,6%
    Abr 7,3%
    Mai 7,5%
    Jun 7,0%
    As expectativas são que o indice se estabilize abaixo do índice de 2009 (14,2%). A fontes que indicam 6,8% para o ano de 2009.

    Se vc quiser se aprofundar no assunto veja também:
    BACEN
    Ministerio da Fazenda
    Ministério do Trabalho
    IBGE
    Folha Invest
    Valor Econômico

    Abraço

  18. Eu n tenho ódio pelos ianks, tenho tristeza mt grande pelos crimes q cometem, se vc usar de empatia , irá perceber , q a reação contra tais atos pessa pela morter de seus jovens, infelizmente, se eles tem de morrer, p q eles , os ianks , paralizem essas atrocidades, então q morram.É pura empatia, se eles ñ tem , qp eu , a vítima, teria q ter?
    Sdfs.

  19. Karlus, eu seria um dos mt a ir pa as ruas protestar contra o meu país, caso assumisse essa postura de predador. O q ñ é o caso do ianks, eles q elegem esses loucos q por lá proliferam; somos uma potência Herbíbora.Sds.

  20. Valeu Tupi-Guarani, estou a cruzar informação e bate nos que referes. Muito obrigado.
    Argus, se te critico é apenas pela posição que tens em relação aos EUA… vês como um todo e nada mais… lá que devemos criticar o modo como os EUA agem pelo mundo isso não tenho duvida… até eu condeno.
    Os EUA não só fazem “porcaria” têm muita coisas boa… infelizmente o que é colocado aqui no blog é apenas a parte negativa dos EUA… tens muita informação do eles fazem de bem pelo mundo inteiro. Recentemente na cheias do Paquistão… as aeronaves (helis) que muita missão de guerra têm feito… estão a ser usados para dar uma ajuda humanitária a esses povos, um dos maiores barcos hospitais do mundo está neste momento em Timor-leste a ajudar a população. Haveria um monte de coisas que poderia escrever para mostrar que o bem também faz parte da América nem sempre a ganância. Dentro dos EUA também á uma critica forte em relação a esses actos, Não podem ver todos americanos como um só, percebes. Os jovens soldados americanos vão para a guerra convictos que estão a fazer o bem… porque é a sua mentalidade… ninguém é forçado porque aquele exército é profissional, são voluntários. Eles têm o seu modo de ser… têm a sua maneira de agir… se vivesses nos EUA talvez irias perceber o modo de vida americana, como eles chamam American way of life.. São assim porque é uma potência, infelizmente cometem aquelas atrocidades que todos nós conhecemos. Daí as vezes parecer que defendo os EUA… eu não julgo um como um todo e se há uma coisas que sei é; eles também têm muito coisa boa… infelizmente a noticia é a parte sempre a parte má.

  21. ..e a parte má q sempre conta, tanto p eu qto p vc.Pq ser bom e obrigação, posar de humanismo e hipocrisia,e os ianks são cínicos e hipócritas .Falou meu nobre xará Karlus 73, sds.

  22. Um dia quando os EUA caírem acho que muita gente vai ter saudade.
    No meu país, no teu e em todo lado é gente da pior especie… não é por isso que detesto o meu país ou o teu, pelo contrário, adoro este 2 países.
    Sds

  23. Para não haver duvidas… adoro Portugal e Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: