Articles

Mar de tesouros

In Ciência, Defesa, Geopolítica on 15/08/2010 by E.M.Pinto Marcado: , ,

https://pbrasil.files.wordpress.com/2010/08/amazonia_azul.jpg?w=300

Sugestão: Roberto Correia de Matos

Apelidada de “Amazônia Azul”, a faixa de água de 3,5 milhões de km² de nosso litoral esconde riquezas que vão muito além do petróleo. Entenda por que a Marinha está de olho nelas

Wilson Aquino

A Marinha brasileira tem frequentado o noticiário por conta de suas intenções bélicas, que incluem a fabricação de um submarino com propulsão nuclear já em desenvolvimento pelo Programa Nuclear da Marinha (PNM), no qual já foi investido mais de US$ 1 bilhão. No entanto, a instituição quer cravar sua marca em outro tipo de trabalho: as pesquisas sobre as nossas riquezas em águas profundas. Se, por um lado, a Marinha quer cercar de sigilo o projeto nuclear, por outro, está ávida por compartilhar com a sociedade civil as descobertas – e principalmente os custos – das suas investigações oceanográficas. A ponto de a falta de engajamento da iniciativa privada no desenvolvimento de pesquisas mari­nhas virar alvo de queixas dos militares.

Não por acaso, na última reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), no final de julho, o contra-almirante Marcos José de Carvalho Ferreira, coordenador da Comissão Interministerial de Recursos do Mar (CIRM), reclamou maior comprometimento do setor produtivo brasileiro. “As empresas preferem manter os pés na terra, em vez de ir para o mar, que não é para amadores e oferece riscos que precisam ser enfrentados”, afirmou o militar. É uma convocação e tanto. O Brasil tem cerca de oito mil quilômetros de litoral e uma zona econômica exclusiva de espaço marítimo que mede em torno de 3,5 milhões de quilômetros quadrados. Mas, com exceção da prospecção petrolífera, campo no qual somos líderes mundiais de exploração em águas profundas, pouca coisa se aproveita desse imenso território já apelidado de “Amazônia Azul”, por causa de sua biodiversidade.

Até a atividade pesqueira nacional é ínfima quando levamos em conta a dimensão do nosso mar. O Brasil tem capacidade para produzir 20 toneladas anuais de pescado, mas chega a pouco mais de um milhão por ano. As pesquisas coordenadas pela Marinha na identificação de jazidas minerais submarinas e no estudo da biodiversidade esbarram na formação incipiente de pesquisadores das ciências do mar e, acima de tudo, na falta de verbas para estudos sobre a potencialidade de nossas águas. Daí a estratégia da Marinha de estimular a participação da iniciativa privada nas pesquisas.

A comissão coordenada pelo contra-almirante Marcos José de Carvalho Ferreira já identificou jazidas de ouro, diamante, cobre, prata e zinco no fundo do mar, minerais que podem ser extraídos, contanto que sejam tomadas as precauções ambientais devidas. Isso sem citar os recursos agregados, como areia e cascalho, próprios para a construção civil. Nas áreas medicinal e farmacológica, os pesquisadores têm dedicado seus esforços em estudos sobre esponjas, algas e anêmonas com forte potencial para o tratamento de doenças, como úlceras, mau funcionamento dos sistemas nervoso central e cardiovascular e dores crônicas. “O calcário marinho também é um componente importante na produção de adubo e ração animal”, completa o oceanógrafo David Zee, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro.

Mas as pesquisas andam a passo de tartaruga em consequência da falta de dinheiro. O professor de oceanografia Fábio Hazin, da Universidade Federal de Pernambuco, concorda com os militares, mas vê a administração da coisa pública como grande empecilho entre a pesquisa e a iniciativa privada. “A interação entre as empresas e as universidades no Brasil é extremamente tímida e esbarra na burocracia. A gente fica refém dos recursos oficiais”, afirma Hazin. O pesquisador desenvolve, com apoio da Marinha, um programa de piscicultura batizado de Cação de Escama, nome popular do beijupirá, um pescado nobre, bem aceito no mercado e de grande potencial gastronômico, mas que não é encontrado com facilidade na costa brasileira.

A Marinha mantém estações científicas em alto-mar para basear pesquisadores em busca de conhecimento sobre o potencial estratégico e econômico do oceano. Uma das mais importantes está localizada no inóspito arquipélago São Pedro e São Paulo, distante 1.100 quilômetros do litoral do Rio Grande do Norte, onde são desenvolvidas pesquisas oceanográficas e meteorológicas. Também no Nordeste fica a reserva biológica do Atol das Rocas, um verdadeiro manancial de substâncias que podem ser utilizadas na indústria farmacêutica, de alimentos e de cosméticos. “Na Alemanha, as empresas fazem convênios com as universidades em campos de seu interesse. Noventa por cento dos financiamentos de pesquisas das universidades são bancados pela iniciativa privada. No Brasil, esse índice não chega a 2%”, afirma o gaúcho Danilo Koetz Calazans, professor da Universidade Federal do Rio Grande (Furg). Que o exemplo alemão seja seguido.

Fonte: BCA Financial Business

Anúncios

15 Respostas to “Mar de tesouros”

  1. O que falta-nos para que realmente tomemos posse do que é nosso,ocupemos de forma sustentavel e extrategica nossas Amazonias (Azul e Verde)antes que outros o façam.As iniciativas sempre partem das esferas Militares e Universitarias.Nossas riquesas escorrem pelo ralo do descaso politico e pelo contrabando.Organismos Internacionais e determinados governos atravez do anseio de dias limpos buscam formas com embassamentos legais nos foruns Internacionais para tirarem o que nos pertencem.Este Gigante Adormecido somente desperta quando a sociedade se conscientiza e reivindica.”Examinai a tudo que se apresenta diante de vos e tende bom animo em discernir o que é bom e edifica retendo em ti” ( baseado nas exortações de Paulo ).

  2. Esse é um assunto de amplo conteúdo. Quando li esse texto pensei justamente o que o maluquinho comentou (será que também estou ficando maluco por pensar como um maluquinho? rsrsrs): “antes que outros o façam”, ainda mais lendo o texto em questão. O descaso não é apenas político, que por si só ja é lamentável, mas social e cultural. A sociedade não se interessa por esse assunto, tanto que criticaram o lançamento do João Cândido achando que ja deveria ter sido inaugurado (usei esse exemplo como amostra do que é a mentalidade marítima brasileira em relação ao navio, que tem tudo á ver com o mar, e com petróleo), não tem conhecimento da importância do mar para o Brasil, criticam ao submarino nuclear que tem justamente o dever de dissuadir qualquer violação da soberania braileira no mar, não se ouve ninguém comentando o assunto e a mídia mal fala do tema ou se fala é de forma incompleta ou crítica. Um exemplo é a record ter noticiado a necessidade da apliação da frota submarina visando defender APENAS as reservas de petróleo. Claro, é um objetivo vital (defesa do petróleo) mas não é o único, como o próprio tema aborda. A globo também não fica atrás quando consultou um membro do greenpeace para discutir sobre o submarino nuclear, tentanto infuenciar a opinião pública contra essa tecnologia vital para o submarino, ainda mais se tratando de sua potencialidade frente ao imenso litoral brasileiro.

    A cultura marítima brasileira é pouco difundida e empregada no país resultando nas consequências que o texto apresenta, como a falta de incentivo em pesquisa oceanográfica, atividade pesqueira ínfima, navegação de cabotagem desencorajada, falta de competitividade em contrução naval (inclusive perdendo o posto de segundo maior construtor naval do mundo) entre outras negligências, por não termos uma cultura pelo mar, o conhecimento marítimo. Como o Brasil é o país dos contrastes é estranho sermos descobertos pelo mar; termos uma movimentação de carga via marítima que responde por 95% do que é comercializado com outros países; termos toda essa riquesa mineiral, animal e petrolífera no mar que se equipara com a biodiversidade amazônica (ou até superior ja que não é explorado/ na verdade até a própria Amazônia é pouco explorada) e ainda assim com todos esses recursos marítimos á nossa disposição darmos as contas para a importância que o mar tem para o Brasil.

    É na educação primária que deveríamos começar a aprender o que é o mar para o Brasil, assim as crianças ja se desenvolveriam com a mentalidade marítima, sabendo por exemplo que o território brasileiro não é de apenas de 8,5 milhões de quilômetros quadrados só que muito mais, tendo contato educacional voltado para o mar consultada justamente nos livros didáticos. Isso sem falar de esportes e passeios náuticos.

    Felizmente o governdo federal, atravéz da Marinha, vem resgatando a consciência de proteção ao mar, não apenas pelo trabalho do contra-almirante Marcos José de Carvalho, mas pelo PEAMB e outras medidas nesse sentido. Outra cultura errada do brasileiro é de só sabem cobrar mas não sabem reconhecer o que é feito pelo governo, ainda que pouco, achando que tem só direitos e não deveres. Nem tudo está perdido, mas ainda falta muito á se fazer em se tratando de visibilidade social para esse Mar de tesouros brasileiro.

  3. Os EUA já reconheceram as 200 milhas nauticas que defendemos como parte de nosso território ???

  4. Aliás não tinha um projeto para serem 300 milhas nauticas ??? Dado que a plataforma continental era mais extensa que o anteriormente conhecido …?

  5. Voces acham que as 200 milhas foram criadas ao acaso e as reservas naturais tambem?No decada de 70 satelites Americanos mapearam todo nosso territorio e nossas riquesas e algum governo interceptou isso e nos repassou essa informação.Quem deve ter sido heim?E então criamos as 200 milhas e as reservas naturais,ambas estão assentadas encima de areas de riquesas incalculaveis.

  6. Dentro em breve surgira o Greenpeace,WWF e outros dizendo-nos,”não toquem nas anemonas elas são patrimonio da humanidade e habitat natural do peixe-palhaço.Vejam o que pregam pelo mundo sobre nossa Amazonia verde http://www.youtube.com/watch?v=3h8pQyyKbR4&feature=related Eles acham que a nossa Amazonia é jardim botanico e zoologico deles e usam o orgumento da preservação hambiental para mascarar seus reais objetivos ou voces acham que se eles grenciassem a mesma não extrairiam suas riquesas?So falta agora criarem nos foruns internacionais organismos para nos castrarem de explorar-mos o pré-sal e outras riquesas no mar.Estão nos cercando com bases no continente e uma notavel base movel no Atlantico Sul.Um dia um homem foi chamado a juntar-se a seu povo para lutar pela sobrevivencia e ele alegou ser de paz.Seu lider lhe disse:”Es neto e filho de escravos e acostumastes a submissão,se não lutares seras morto assim como teus filhos e suas filhas e esposa usadas por ele.Quando sairiam para a batalha perguntaram:”Quem ira nos liderar?” e o lider respondeu:”Ele”.Indagaram “mas ele o Oseas é covarde” e o lider respondeu “Ele não se chama mais Oseas mas Josué”E eles lutaram por suas sobrevivencias e essa foi a primeira de muitas vitorias.Pensem em nosso povo,nossa gente sofrida,pacifica,amante da paz e na ganancia daqueles que não consideram nem seus proprios filhos.Sera que estamos acostumados a sermos subjugados ou nossa liberdade e integridade Nacional é mais importante a um povo que apenas quer evoluir tratando a todos como iguais como sempre fizemos.Querem nos tomar o que é nosso pois que venham e ungiremos de gloria nossa terra com nosso bravo sangue.Brasil acima de tudo.Selva.

  7. GRINGO VEJA E OUÇA O QUE NOSSO COMANDANTE ENCHEFE DE NOSSAS FORÇAS ARMADAS E LIDER DE NOSSO POVO DIZ : http://www.youtube.com/watch?v=N11SgkZileo&feature=related O DONO DA AMAZONIA È O POVO BRASILEIRO

  8. 1maluquinho :
    Um dia um homem foi chamado a juntar-se a seu povo para lutar pela sobrevivencia e ele alegou ser de paz.Seu lider lhe disse:”Es neto e filho de escravos e acostumastes a submissão,se não lutares seras morto assim como teus filhos e suas filhas e esposa usadas por ele.Quando sairiam para a batalha perguntaram:”Quem ira nos liderar?” e o lider respondeu:”Ele”.Indagaram “mas ele o Oseas é covarde” e o lider respondeu “Ele não se chama mais Oseas mas Josué”E eles lutaram por suas sobrevivencias e essa foi a primeira de muitas vitorias.Pensem em nosso povo,nossa gente sofrida,pacifica,amante da paz e na ganancia daqueles que não consideram nem seus proprios filhos.Sera que estamos acostumados a sermos subjugados ou nossa liberdade e integridade Nacional é mais importante a um povo que apenas quer evoluir tratando a todos como iguais como sempre fizemos.Querem nos tomar o que é nosso pois que venham e ungiremos de gloria nossa terra com nosso bravo sangue.Brasil acima de tudo.Selva.

    deve estar fazendo curso para virar bispo evangélico… meu deus… rsrsrs

  9. Negativo XTREME…A meu ver religião torna o homem ortodoxo,intransigente e extremista.O proprio Jesus foi vitima disto e muitos outros tambem.Mas a Bliblia é sinonimo de espiritualidade e contem resposta pra tudo.Depende de como a olhemos.Se a olhamos como religiosos nos tornamos supersticiosos.Ela é o maior acervo de contatos com seres não terrestres e Roma esconde isso..A America é o continente mais Cristão e suas exortações servem para unirmos e acreditarmos ser possivel derrotar o Imperador Vampiro o verdadeiro Anti-Cristo.Ela diz que o povo escolhido perderia sua promessa e viria a conhecer Deus atravez de um povo extrangeiro.Ate mesmo a cronologia da criação da vida é semelhante a teoria cientifica moderna do surgimento do universo e da vida se entendermos que um dia de Deus não são 24hs como um dia humano…Apaz.

  10. concordo biblia é a mãe de todos os horóscopos… rsrs

    realmente o Erich von Däniken esta certo… divindade o kct .. ETs.

    ingreja católica … matou mais que muitas guerras … e ainda tem a cara de pau de se dizer santa.

    Stephen Hawking … é o cara .. “nosso código genético ainda carrega os instintos egoístas e agressivos que garantiram nossa sobrevivência no passado” … “Nossa única chance de sobrevivência não é permanecer aqui no planeta Terra, mas sim nos espalharmos pelo espaço.”.. “Nós fizemos muitos progressos nos últimos 100 anos, mas se quisermos continuar além dos próximos 100 anos, nosso futuro é no espaço.”

    bom documentário para se ver … Stephen Hawking’s Universe ;)

  11. ^nao temos a nmenor condiçõesa de cuirar do q é nosso, onde está n MB? e seus novos subs?O Sampa está passando por reparos…tá maus.

  12. xtreme :
    “Nossa única chance de sobrevivência não é permanecer aqui no planeta Terra, mas sim nos espalharmos pelo espaço.”.. “Nós fizemos muitos progressos nos últimos 100 anos, mas se quisermos continuar além dos próximos 100 anos, nosso futuro é no espaço.”
    bom documentário para se ver … Stephen Hawking’s Universe

    Concertesa vou olhar esse documentario….Bom se refletirmos no teu raciocineo que nossa unica chance é no espaço estamos ferrados ja que a unica probabilidade de poder habitarmos algo mais proimo é um planeta na constelação de Andromeda e sabe quando vamos chegar la?Nunca!Estamos longe de possuirmos essa tecnologia.Gosto de literatura inteligente ex Biblia,Vedas e por ai vai.Pesquise sobre Nibiru e sobre um profeta Sumeriano desconhecido que o descreveu.Seus calculos matematicos e fisicos se aproximm com exatidão a nosssos conhecimentos atuais.E como ele chegou neles?Foi instruido por esses seres dos quais nós descendemos.Desculpem-me sair do topico…Vamos la minha Cobrada vamos fazer mine submarinos não tripulados para guarnecer nossa Amazonia verde…Carlos vamos cuidar do que é nosso nem que seja de botes inflaveis mais vamos,o Brasil é dos Brasileiros…Bordunada neles.

  13. Tá certo, bordunada neles.

  14. O Sul do Atlantico é deposito sedimentar.Estamos no meio de uma enorme placa tectonica que se desloca 1cm pra Asia por ano.Quero ver quem vai descer a mais de dez mil metros cavar mais uns 8 a 10 e extrair o Petroleo.O sul do Atlantico e pensasse que Antartica tambem.Mas no Sul do Atlantico esta a maior reserva de Petroleo e Gaz.

  15. A melhor prospecção é a nossa e para nós nos basta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: