Articles

Ex-soldada israelense que postou fotos com palestinos vendados pede desculpas

In Conflitos, Geopolítica, Terrorismo on 17/08/2010 by E.M.Pinto Marcado: , ,

Imagens mostram militar de Israel posando com homens palestinos vendados e de mãos amarradas na Cisjordânia

A ex-soldada israelense que postou suas fotos juntamente com prisioneiros palestinos vendados e algemados pediu desculpas nesta terça-feira e afirmou que “não tinha intenção de ofender ninguém”, depois que as fotos, consideradas humilhantes, desataram uma onda de indignação em Israel e no mundo.

Eden Abergil, de 22 anos, mora na cidade de Ashdod, no sul de Israel, e concluiu o serviço militar obrigatório há um ano. Ao publicar suas fotos, sorrindo ao lado de prisioneiros palestinos com olhos vendados e mãos algemadas, em sua página do Facebook, a ex-soldada também escreveu que o período que passou no Exército foi “o mais bonito da sua vida”.

Imagem postada originalmente no Facebook e reproduzida por blog israelense sachim.tumblr.com mostra Eden Arbejil com presos palestinos

Durante os dois anos que serviu no Exército, Abarjil esteve posicionada no comando do sul do país, na fronteira da Faixa de Gaza, região de tensão permanente.

Ameaças de morte

A ex-soldada relatou ao site de noticias do jornal Maariv que, desde a publicação das fotos nos grandes veículos de comunicação, tem recebido ameaças de morte e “não entende como um ato inocente se transformou numa história tão grande”.

Leia também:

Aberjil disse que tinha postado as fotos para compartilhar suas experiências no Exército com suas amigas. “Peço desculpas, não tinha intenção de ofender ninguém… levei comida e bebida para aqueles prisioneiros”, acrescentou.

Ela também reclamou da atitude do Exército desde que a história foi divulgada e disse que foi tratada de maneira “nojenta” pelos militares. “Fui uma soldada modelo, estava disposta a morrer pelo Exército, sofria mais de 20 Kassam (foguetes lançados contra o sul de Israel a partir da Faixa de Gaza) por dia e me tratam dessa maneira?”, se queixou.

‘Ato grosseiro’

O porta-voz do Exército disse que o ato de Abarjil foi “grosseiro e vergonhoso” e que o assunto será investigado. O grupo de soldados da reserva Breaking the Silence (Quebrando o Silêncio) disse ao jornal Haaretz que os atos de Abarjil “são apenas mais um sintoma da doença que os israelenses tentam recalcar”.

“Em vez de ficar surpresa a cada vez que isso acontece, a sociedade israelense deveria entender que esse tipo de foto é resultado da ocupação”, afirmou o grupo. De acordo com Ishai Menuhin, presidente da Comissão Pública contra a Tortura, “as duras fotos expressam uma norma de tratamento dos palestinos como se fossem objetos e não seres humanos”.

O departamento de comunicação da Autoridade Palestina declarou que as fotos de Abarjil “demonstram a mentalidade do ocupante, que se orgulha de humilhar os palestinos”.

Fonte: BBC Brasil via Último Segundo

Anúncios

11 Respostas to “Ex-soldada israelense que postou fotos com palestinos vendados pede desculpas”

  1. Ela disse que “não entende como um ato inocente se transformou numa história tão grande”, cada a inocencia nisso de publica essas fotos.

  2. Hummm safadinha heim…

  3. Essa aí é burra que da gosto…
    Não é surpresa se um dia destes ela for morta por um franco atirador, o ato desta “jumenta de tetas” é pra envergonhar não só o exercito, mas toda a sociedade israelense. São essas pragas no exercito que fazem Israel se odiado pelo mundo o exercito deveria usá-la com exemplo e puni-la com rigor, mas isso não vai acontecer porque tanto o alto comando militar como o político estão contaminados por esses canalhas nazistas!

  4. Marvada ou marvadinha.Se fossem a publico todos os videos que existem de tortura de subjugação Internet a fora.Quando é da parte deles so vazando mas dos outros é constatação.Fora toda a doutrina midialitica que domina mentes globais como Hipinose em grupo.

  5. “”Você se sente como um garoto infantil com uma magnifica lente de aumento(sob o sol) a mirar as formigas e a queima-las”

    -(Depoimento de soldado israelense que participou da operação ‘Chumbo Endurecido’ contra Gaza, em 2008/2009)

    “Este e 54 outros depoimentos de soldados israelenses participantes da Operação Chumbo Endurecido encontram-se no folheto “Breaking the Silence” . Eles revelam o fosso entre os relatos do governo nazi-sionista e os acontecimentos reais: a destruição desnecessária de casas; as bombas de fósforo em áreas populosas e uma atmosfera que encorajava a disparar sobre tudo e todos.”

  6. Nunca fez nexo mulher nas frentes de linha a nao ser como enfermeiras
    um bando de homen desmpregado e mulher fazendo trabalho de homen
    nao faz nexo

  7. Essa é aralidade dos Palestinos, nas mãos dos ianvasores SSioniSStras, abusos e humilhões, dentro das suas terras, da sua pátria, invadidas por esses criminosos, até as mulheres SSioniSStras são engajadas.Dizer + o q ? Pergunmta-se: Onde está essa tal ONU , CS o quarteto (fantasma)e o TPI ?

  8. o negocio eh usar photoshop, fazer estas fotos ficarem bem picantes e dai se ela reclamar, dizer que foi uma brincadeira inocente :-)

  9. KLM :
    Nunca fez nexo mulher nas frentes de linha a nao ser como enfermeiras
    um bando de homen desmpregado e mulher fazendo trabalho de homen
    nao faz nexo

    Claro que faz nexo elas são a alegria da tropa.Fazem pulsar o bravo coração,enchem de luz os olhos de guerreiros.Uma baixinha,atarracada,feiozinha,analfabeta,aparecia na frente da tropa e todos diziam:É a Virgem,Deus esta conosco”.E assim libertarão a França dominada pelo jugo Anglo e sob regio Delfim devasso que depois de coroado a vendeu aos Ingleses.

  10. Cadê o Josevanildesluiz p explicar a condição pacifica dos SSioniSStras?Sumiu?!?!

  11. Que interessante o BRASIL…

    Sem querer defender a soldada.

    Mas aqui mesmo neste País, todo fim de semana, tem briga e mortes entre torcidas, depredação do meio e bens públicos e a gente vai condenar à morte esta soldada?

    Ela merece sim ser punida mas e os marginais que assassinam pessoas aqui no Brasil a cada fim de jogo do “Curinthians”, do “parmeras” e do vasco e do “framengo” vamos fazer o que?

    Quem dera que aqui as torcidas “apenas” tirassem fotos também.

    Ainda assim mereceria punição!
    Imagina depredando, destruindo, incitando à violência e assassinando não é não?

    Engraçado, não vejo ninguém indignado no Brasil em suas guerras…
    A gente vive num paraíso humanista…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: