Articles

Papel do Brasil no processo de paz está em apoiar os ‘árabes moderados’, diz Israel

In Geopolítica, Opinião on 22/08/2010 by E.M.Pinto Marcado: ,

http://t1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQgq21VHcOlauayeNOrxKf93I3dM2IK5ci2L4pYX7U8E_Vj6y4&t=1&usg=__9cuTWMPCgxeDglOH-2gMyAGqpd8=

Sugestão: Gérsio Mutti

O papel que cabe ao Brasil nos processos de negociação da convivência no Oriente Médio está em apoiar os setores árabes “moderados” para favorecer o clima de diálogo, afirmou ao UOL Notícias o embaixador israelense no Brasil, Giora Becher.

O diplomata explicou que a questão da paz entre as diversas forças na região é um tema que esteve presente nas visitas feitas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelo chanceler Celso Amorim a Israel.

“A posição nossa [de Israel] é que Brasil tem um papel importante em apoiar países moderados do mundo árabe”, afirmou Becher. “Brasil é um país amigo de Israel, mas também amigo dos palestinos. É muito importante que o presidente Lula e o chanceler Amorim dialoguem com os palestinos para dar impulso aos setores da sociedade palestina que querem conviver com o Estado de Israel”.

De acordo com o embaixador, os setores “moderados” aos quais ele se refere são “os países que aceitam o conceito de paz” e “que aceitam a existência de um país como Israel” no Oriente Médio.

Nesta sexta-feira, a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, convidou o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, a uma reunião no dia 2 de setembro para relançar o diálogo direto de paz, suspenso desde a ofensiva militar israelense em Gaza, no final de 2008.

Pouco depois do convite dos EUA, o Quarteto para a Paz no Oriente Médio emitiu um comunicado apoiando as negociações e um acordo que termine com a “ocupação” que começou em 1967 e resulte na proclamação de um Estado palestino independente, democrático e viável, que conviva em paz e segurança com Israel e seus outros vizinhos.

Netanyahu aceitou imediatamente o convite dos EUA e explicou que negociará “com o desejo genuíno de alcançar a paz entre os dois povos”, ponderando que preservaria “os interesses nacionais de Israel, sendo o principal deles sua segurança”.

Yasser Abed Rabbo, representante da Organização da Libertação da Palestina (OLP) também anunciou aceitar o convite americano, após a reunião do Comitê Executivo, em Ramallah, na Cisjordânia.

O embaixador Becher comemorou os avanços. “Não é fácil para Israel e não é fácil para os palestinos”, afirmou o embaixador. “Mas acreditamos que não temos outro caminho. Caminho de guerra, caminho de conflito militar não é caminho que resulte em algo positivo”.

Fonte: UOL

Anúncios

7 Respostas to “Papel do Brasil no processo de paz está em apoiar os ‘árabes moderados’, diz Israel”

  1. O que o Brasil tem que fazer é o seguinte: Dizer: Esta P… não é minha não, vcs que tem o r… enfiado no petróleo que se entendam rsrsrsrsrs. É que nosso Líder vive dando exemplos de como fazer uma declaração de Estadista rsrsrsrsrs.
    [ ]s

  2. Td bem, + quem vai dizer-lhes p agirem tbm de forma moderada e aceitando o “outro” , no caso os Palestinos?

  3. Como não poderia deixar de ser, o grande complicador dessa história “recente” entre os árabes e os judeus é o domínio da Inglaterra, no período de 1923 a 1948 quando os mesmos tiraram os judeus e colocaram os palestinos na terra de Israel.

    http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/israel/historia-de-israel-2.php

    Israel aqui, também é vitima. E os ingleses continuam aprontando mundo afora, hó turminha do barulho!

  4. Ou seja,querem que nos juntemos aos submissos…AS TRES PRAGAS DO MUNDO::: EUA<ISRAEL E UK…Pode demorar ou ate ser breve,vão arder,porque todo aquele que faz mal recebe mal.

  5. PENSEM…Porque sairam com sua etnia do meio de seu povo ja que habitavam terras férteis e migraram pra imensidão do deserto?Foi Deus quem mandou né!Ou forão banidos.E de la pra ca,so guerras,invasões.Ninguem se toca nisso?EU ESTOU CONVENCIDO QUE NUNCA ANTES NA HISTORIA DA HUMANIDADE UM FASCINORA ASSASSINO TINHA RAZÃO E DEVERIA TER EXTERMINADO-OS MESMO PORQUE SÃO NOCIVOS A HUMANIDADE.

  6. -DESCANSE EM PAZ,DONA POMBA.

    Atualmente vejo cenas mundial,que relembra-me de outra aqui no Brasil.
    Quantas vezes já ouvimos falar de políticos desalmados,que durante velório utilizam o defunto como plataforma eleitoral.
    No caso palestina/israel,como chacais carniceiros,aparecem como lideres que se importam com a paz e o sofrimento dos palestino, então você é forçado a ver um misto de hipocresia com mentiras.
    Para eles está em jogo não é as vidas de milhares de inocentes e sim as suas vidas políticas,pois sabemos que este conflito rende muitos votos em tempos eleitoral,D.Hillary Clinton que o diga,o resto nada mais é que massa de manobra.

  7. Fica cada vez mais claro a postura prepotente e extremista das lideranças israelense nas questões da paz no oriente médio. As atitudes arrogantes e unilaterais estão presentes nas falas de seu diplomata no Brasil. É ridículo o sujeito dizer que só cabe ao Brasil fazer gestões aos setores moderado arabes. De tudo que visto e lido sobre o oriente médio nos últimos vinte anos, eu diria que a questão deve ser invertida: acho que o investimento diplomático brasileiro deveria mesmo incidir sobre o fortalecimentos dos setores moderados, democráticos e pacifistas israelenses. Os arabes já estão moderados há muito tempo pela tolerãncia às agressões continuas e subjugação do povo palestino.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: