Articles

Exército Colombiano busca blindados

In Carros de combate, Defesa, Negócios e serviços, Sistemas de Armas, Terrestre, Veículos blindados leves on 23/08/2010 by E.M.Pinto Marcado: , , , ,

https://i2.wp.com/defense-update.com/images_large3/merkava4_trophy.jpg

Pot Victor M. S. Barreira

O Exército Colombiano recebeu todos os 39 veículos blindados sobre rodas APC (Armored Personnel Carrier) adquiridos em dezembro de 2009 por um valor de US$ 45.6 milhões à empresa Textron Marine & Land Systems.  O contrato negociado através do FMS (Foreign Military Sales) incluiu ainda o apoio logístico à frota, constituída por 37 unidades 4X4 na versão de transporte de tropas e por duas configuradas como posto de comando; todas dotadas com uma estação manualmente operada para uma metralhadora pesada de 12.7mm. Os veículos estão também dotados com protecção adicional. Segundo T&D apurou, é muito provável que o governo colombiano esteja negociando a aquisição de unidades suplementares. Uma fonte da empresa recusou adiantar um número concreto mas referiu que seria uma quantidade de dois dígitos.

Os APCs vêm assim reforçar um parque blindado principalmente constituído por veículos sobre rodas EE-11 Urutu, EE-9 Cascavel e alguns RG-31 Nyala, além de veículos sobre lagartas M113A3 (designados de TPM-113). O APC tem um peso de 15.921 kg, uma velocidade de cerca de 105km/h e uma autonomia de 644 quilômetros.  Pode transportar 10 soldados totalmente equipados, incluindo o comandante e o condutor. Seu motor é um Cummins Inc 6CTA8.3 de 280 cavalos de potência, e a transmissão automática de seis velocidades é da Allison Transmission.

https://i0.wp.com/www.tecnodefesa.com.br/images/stories/blindadoscolombia1.jpg

O Exército Colombiano tem recebido novos sistemas de armas como as 13 peças rebocadas de 155mm (SIAC), da General Dynamics European Land Systems-Santa Bárbara Sistemas e ainda 20 peças de 105mm LG-1 MkIII, da Nexter Systems.  Depois que o governo espanhol tse recusou a transferir algumas unidades do carro de combate AMX-30EM2 a Colômbia decidiu procurar no mercado internacional carros de combate usados tendo considerado adquirir alguns Leclerc, do Exército Francês. Outra possibilidade passaria pela aquisição de M60 para posteriormente serem modernizados. Sabe-se que militares da Colômbia foram este ano à Turquia e viram o M60T  do Comando das Forças Terrestres Turcas (Turk Kara Kuvvetleri Komutanligi).


https://i1.wp.com/www.tecnodefesa.com.br/images/stories/blindadoscolombia2.jpgA Turquia modernizou 170 dos seus M60A1/A3 para o padrão M60T com um contrato de cerca de US$ 700 celebrado em 2002 com a Israel Military Industries Ltd. Esse processo, conduzido nas instalações do 2º Centro de Manutenção, em Kayseri, na Turquia ,abrangeu a adoção de um canhão de 120mm fabricado localmente, um sistema de estabilização israelense, blindagem adicional, sensores optrônicos, 881Ka 501 da MTU e a transmissão automática RENK AG RK 304.

Fora a Turquia que dispõe de M60A1 e M60A3 não modernizados, Portugal poderia ser uma solução para os colombianos, visto que este país procura vender os seus M60A3 TTS para financiar a compra de mais Leopard 2.  Uma possível venda permitiria obter unidades que completariam os 37 Leopard 2A6 (assim como um Leopard 2A4 de formação) adquiridos à Holanda para equipar a Brigada Mecanizada (BrigMec), do Exército Português. Por outro lado, Israel demonstrou recentemente que poderia vender carros de combate Merkava Mk.4 a clientes estrangeiros. Israel também mantém em operação grandes quantidades de carros de combate Magach 7 (M60 modernizado localmente) que, com a introdução do Merkava Mk.4, poderão ser retirados do serviço  e alguns disponibilizados para exportação.

Fonte: Tecnologia&Defesa

Anúncios

3 Respostas to “Exército Colombiano busca blindados”

  1. EE-11 Urutu, EE-9 Cascavel.. Bons tempos o/

  2. Td a AS está índo as compras,se n indústria bélica estivessecomo a 5 do planeta ,possívelmente ficariamos com uns 15% dessascompras,fazer o quê?

  3. Amigo CARLOS e TIAGO, quero comunicar que os APC não é tudo isso que mostra, ele tem seu problema que na hora do desembarque da tropa, suas portas de saida são do LADO DIREITO E ESQUERDO.
    Na hora que oS tiros que vem vindo de frente ou de lado, quero ver os soladados correr, e pra onde?
    Os nossos saudoso Charrua e querido Urutu seque a linha dos M113, porta na atrais, onde o soldado pula cai e rola, tendo oportunidade de ficar atrais do veiculo em movimento.
    Prefiro o Pandur ou piranha III OU V.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: