Articles

Prazo para saída americana do Afeganistão incentiva Talebã, diz general

In Conflitos, Geopolítica, História on 25/08/2010 by E.M.Pinto Marcado: , ,

https://pbrasil.files.wordpress.com/2010/08/taliban_waits_for_you_by_latuff2.jpg?w=300Sugestão: Rodrigo Couto

O comandante dos fuzileiros navais dos Estados Unidos no Afeganistão disse que o fato de o governo americano ter estabelecido um prazo para a retirada de seus soldados do país asiático, em julho de 2011, é um incentivo para os insurgentes do Talebã.

“Interceptamos comunicações (do Talebã) que diziam ‘ei, nós temos que segurar apenas por algum tempo’”, disse o general James Conway.

Conway afirmou acreditar os fuzileiros continuarão a operar no sul do Afeganistão, a área mais violenta do país, mesmo após a data estabelecida para a retirada americana.

“Embora eu acredite que algumas unidades americanas no Afeganistão vão passar o controle da segurança para tropas afegãs em 2011, não creio que serão os fuzileiros”, disse Conway.

“As adjacências de Helmand e Candahar (províncias do sul afegão) são o berço do Talebã. Acredito realmente que demorará alguns anos antes que este tipo de transferência seja possível.”

Permanência

O general afirmou também que a eventual permanência dos soldados americanos na área, mesmo com o anúncio do governo, pode ser um duro golpe na insurgência.

“Se os insurgentes acreditarem que nós vamos embora no meio do próximo ano e, durante o segundo semestre, continuarmos a bombardeá-los como temos feito, o que dirá o inimigo?”, pergunta.

“O que eles (os insurgentes) dirão a seus homens, que vão manter suas lideranças fora do país porque é muito perigoso lá?”

Conway disse reconhecer que “nosso país está cada vez mais cansado da guerra, mas lembro que a última parte dos 30 mil soldados chegou apenas este mês”, disse ele.

O general se referiu ao reforço nas tropas no Afeganistão, anunciado pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em 2009.

Nesta semana, o general americano David Petraeus, comandante da força militar internacional liderada pela Otan no Afeganistão, disse que, se achar que a data para a retirada das tropas americanas do país é muito arriscada, avisará o presidente americano, Barack Obama.

Fonte: BBC Brasil

Anúncios

6 Respostas to “Prazo para saída americana do Afeganistão incentiva Talebã, diz general”

  1. A charge emt significativa,os telebans sempre a espreitar e esperar o melhor momento .e é o q vai realmenrte ocorrer,os ianks saem por um lado eles entram por outro,e tenho pena dos ianks dentro e fora de suas terras,o próximo atentado será com uma arma nuclear de grande poder destruidor.Quem viver verá.

  2. Cade elezinho o inimigo publico numero 1 da humanidade.Aonde esta esse elevado Q.I. do mal?Ele esta morto a tempos.Estava tuberculoso em avançado estagio e infurmado em cavernas sem poder ter um tratamento adequado foi pulverizado com as bolas de fogo que perfuram pedras e fazem TCHUMMM.Os EUA com certesa sabem disso mas usar o fantasma do defunto lhes serve para justificarem muitas ingerencias mundo afora.De tanto o envocarem ele acabara incomodado no inferno e se materializara de forma mais perigosa e letal.Olhem na cupula do disco voador e verão um magrelinho barbudo com um pano de chão enrolado na cuca,”É ele é o Osama”.

  3. Os EUA,foi,viu e voltou!
    Coitado dos afegans e da região do Oriente Médio,o que vai ter hordas de talibãs com o moral nas nuvens,serão insuportaveis.

    Será a reprise do levante dos mouros na Europa ?

  4. Sobre os talebãs, esta foto, histórica! É muito significativa:
    …………….

    Ronald Reagan, presidente dos EUA, no recinto da Casa Branca, ano de 1985.
    .

    FOTO-LEGENDA _”The tragedy of Afghanistan continues as the valiant and courageous Afghan freedom fighters persevere in standing up against the brutal power of invasion and occupation. The Afghan people are struggling to reclaim their freedom. These gentlemen are the moral equivalents of America’s founding fathers”. Ronald Reagan, USA president.

    Ou seja, para o então presidente Reagan, “o povo afegão está lutando para recuperar a sua liberdade”.

    E a suprema classificação presidencial: “Estes cavalheiros são o equivalente moral dos pais fundadores da América”.

    Hoje, a mídia afirma que eles não passam de impiedosos “decepadores de narizes femininos”, e que por isso os EUA devem fazer como os soviéticos, nas décadas de 70 e 80: ocupar, matar, saquear e permanecer de forma missionária no território, como exemplo moral e cultural aos incivilizados.

    Como fica, então, o conceito sobre o talibã?

    (texto do Diário Gauche)
    …………………………….

    A foto do link acima foi extraída deste vídeo:

  5. Na verdade, o Taleban foi inicialmente criado pelos incentivos e organização dos serviços de inteligencia estadunidenses….

  6. Caro WI,

    você mostrou bem,parabéns!

    Como o governo americano é hipócrita e mesquinho;e o povo, o trabalhador americano, que muitas vezes é ignorante em assunto externo;até porque a mídia de lá como a daqui é manipulada pela elite dominante e não permite que eles saibam da verdade;quando vem a tona,já é tarde de mais e então, morrem muitos sem nem saber porque morreram.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: