Articles

China detecta falha em avião E-190

In Acidentes e Catástrofes, Geopolítica, Negócios e serviços on 27/08/2010 by Lucasu Marcado: , ,

https://i1.wp.com/www.tolerance.ca/image/photo_1282674591188-11-0_94995_G.jpg

A Aviação Civil da China detectou há alguns meses falhas técnicas em aviões Embraer E-190, mesmo modelo que aquele que se acidentou na última terça-feira, 24, no nordeste do país, causando a morte de 42 pessoas e deixando 54 feridos, informou nesta quinta-feira, 26, a agência oficial Xinhua.

De acordo com a fonte estatal, tinham sido detectados problemas técnicos em um dos 30 aparelhos deste modelo que operam na China (cinco da Henan Airlines, à qual pertencia o avião acidentado, e 25 da Tianjin Airlines). Ainda não se sabe, porém, se o acidente foi causado por falha técnica ou humana.

As investigações preliminares mostram que o avião aterrissou longe da pista, causando a destruição da cabine e uma pequena explosão que incendiou parte do aparelho.

De acordo com a Xinhua, a Aviação Civil chinesa realizou em junho uma reunião para discutir os problemas, entre eles fendas em placas das turbinas e informações erradas nos sistemas de controle de voo.

Horas depois de receber informações sobre o acidente, a Embraer enviou uma equipe de especialistas a Yichun, a localidade do nordeste da China onde o avião se acidentou, para ajudar a investigar o fato.

Enquanto isso, a Henan Airlines, que só conta com aviões do modelo da Embraer em sua frota, suspendeu temporariamente todos seus voos, entre eles o que faz a rota entre Harbin e Yichun (iniciado há apenas duas semanas).

O aeroporto de Lindu, nos arredores de Yichun e onde aconteceu o acidente, foi reaberto nesta quinta-feira, um dia antes de ser completado um ano de sua inauguração, segundo a Xinhua.

O diretor-geral da companhia aérea, Li Qiang, foi destituído e substituído pelo chefe de pilotos da Shenzhen Airlines, empresa proprietária da Henan.

A imprensa local chinesa mostrou dúvidas sobre a capacidade do aeroporto de Yichun, inaugurado em 2009, para realizar voos noturnos, assim como o local do aeroporto, aparentemente rodeado de massas florestais (o próprio nome da instalação, Lindu, significa “Capital da Floresta”).

Os investigadores também destacaram, por outra parte, que por enquanto há sinais de uma possível sabotagem.

O acidente põe fim a uma sequência de quase seis anos sem acidentes na aviação civil chinesa. O último tinha acontecido em novembro de 2004, quando um Bombardier CRJ-200 da China Eastern Airlines caiu pouco depois de decolar na cidade de Baotou, da região autônoma da Mongólia Interior, causando 55 mortes.

Por conta do acidente desta semana, grandes companhias aéreas nacionais como a China Eastern e sua concorrente China Southern organizaram reuniões de emergência para revisar as medidas de segurança de seus aparelhos.

Muitos dos feridos no acidente continuam recebendo tratamento, e, segundo os médicos, cinco crianças que viajavam no avião se encontram em estado “crítico”.

Quatro delas sofreram queimaduras em seu aparelho respiratório e estão em situação muito grave, segundo o médico Wang Yongchen, subdiretor do hospital onde estão sendo tratadas, em Harbim.

Outros 10 feridos estão em situação grave, entre eles um vice-ministro do Governo chinês que viajava no aparelho, cujo nome não foi revelado, por enquanto.

Fonte: Estadão


Nota do Editor:

Alguma coisa esta mal contada nesta história, sabotagem em uma aeronave de passageiros civil??

Quem estaria interessado na queda deste aparelho??

Lucasu.

Anúncios

6 Respostas to “China detecta falha em avião E-190”

  1. Estranho, o mesmo problema nao deveria tambem ser detectado em outros aparelhos ao redor do mundo.
    Argentina, Reino Unido,USA, alias este ultimo país tem umas das leis do setor mais duras do mundo, o mesmo problema não deveria ser detectado por lá.
    Isto está cheirando a propaganda contraria.

  2. FERNANDO :
    Estranho, o mesmo problema nao deveria tambem ser detectado em outros aparelhos ao redor do mundo.
    Argentina, Reino Unido,USA, alias este ultimo país tem umas das leis do setor mais duras do mundo, o mesmo problema não deveria ser detectado por lá.
    Isto está cheirando a propaganda contraria.

    Parece até um concorrente avaliando o produto doseu rival.Mt estranho. Sds.

  3. Quantos Airbus, Boeings, Antonovs, Iliushins, Bombardiers já se precipitaram dos céus vitimando centenas de pessoas??? Nem por isso são aviões ruins. Claro que a concorrência pode querer usar isto contra a Embraer, mas eu a vejo como uma empresa sólida, de capacidade inquestionável… não vai ser a queda de um avião que irá abalar seus alicerces! Vamos aguardar o resultado da investigação… os chineses queriam contruir a série 170/190 em seu território, a exemplo do que foi feito com o 145, mas a Embraer não concordou… não quero dizer nada com isto mas… vamos esperar!
    Abraço

  4. Acho que esta “CHINA” quer levar vantagens em cima de um acidente causado provavelmente pelo piloto.
    Antes de mais nada deve ser observado se o piloto estava de olhos abertos ou serrados….uhauhauhauhauha, se o piloto tinha estatura suficiente para exergar a estrada uhauhauha, se o nome dele era Takavara naboka ou Kuxai xangue uhauhauha.
    O certo é que eles vão querer matar a Embraer na Asia em causa própria.

  5. Realmente muito estranha esta notícia.
    Um dos principais pontos aqui sem olhar para a marca aeronave em questão é, se foi detectada anomalias em várias aeronaves, porque estas ainda estavam a voar. Neste caso culpa é dos chineses deixarem as aeronaves a voar. Foi contactado técnicos da Embraer e foi relatado os problemas? Foi divulgada a informação ás entidades competentes para que todos os utilizadores deste determinado modelo tomassem providencias?
    Os aviões foram fabricados onde?
    Estes procedimentos são efectuados quando se detecta um problema, Embora a noticia não seja detalhada há muitas duvidas que tiro daqui… é realmente muito estranha a noticia.
    Problemas qualquer fabricante tem, seja ele qual for… já aconteceu no passado e esse problemas foram executados do modo como descrevi. Lembro-me de um caso, a uns anos atrás de problemas no 747 nos tanques de combustíveis que tiverem de alterar o depósito e o sistema.
    Agora também não sei se essa informação ficou apenas com a Aviação Civil chinesa; faço este reparo por saber que havia 30 aviões com problemas.
    Não é por isto que a Embraer ficará mal vista, este casos “são normais” e esta empresa goza de um grande prestígio pelo mundo fora.

  6. Como toda coisa que um compra na vida; aviao, carro, bicicleta..se a manutencao nao segue o caderno, equipamento quebra. Esta cedo para a China ligar este acidente como falhas tecnicas. Se existiu problemas tecnicos com os 190’s nao vejo nenhuma noticia de algum boletim da Embraer comunicando o problema as operadoras. Algum problema tecnico e a FAA nao diz nada? duvido!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: