Articles

Sete Lições Sobre as Interpretações do Brasil

In Geopolítica, Opinião on 27/08/2010 by E.M.Pinto

https://i2.wp.com/www.sedrez.com/images/Bras_Indios_1a.jpg

Afinal de contas, o que é o Brasil? Por que ele é assim? Existe um pensamento social brasileiro? Esses e outros questionamentos não se limitam ao meio acadêmico. Pelo contrário, conhecer –mesmo que minimamente– tais interpretações é cada vez mais exigido daqueles que lidam, de alguma forma, com a realidade brasileira.

É dessa necessidade de se conhecer os meandros do pensamento social e político brasileiro que surge a ideia do cientista político Bernardo Ricupero de organizar, em “Sete Lições Sobre as Interpretações do Brasil” as ideias centrais dos principais “pensadores do Brasil”, autores que a partir de diferentes perspectivas sociológicas, históricas e políticas, procuraram entender o país.

Bernardo Ricupero explica a importância e relevância atual de cada um desses pensadores e de suas teorias: o conceito de “cordialidade” do brasileiro, de Sérgio Buarque de Holanda; a distinção do brasileiro em relação a outros povos, de Oliveira Vianna; a miscigenação racial e o Estado patriarcal de Gilberto Freyre; a discussão quanto ao nosso passado colonial, de Caio Prado Júnior; a análise de Raymundo Faoro quanto ao peso do Estado sobre a nação; e a tese de Florestan Fernandes de que a revolução burguesa no Brasil não se deu como um episódio histórico, mas sim, um fenômeno estrutural.

Qualquer tentativa de se entender o Brasil passa, mesmo que indiretamente, esses pensadores. Aí reside a grande importância de “Sete Lições Sobre as Interpretações do Brasil”: apresentar de forma clara e sucinta um pensamento rico e vasto, permitindo que estudantes do ensino médio e universitário e interessados em entender o Brasil o tomem como um excelente guia no percurso de conhecer livros que são fundamentais na formação cultural e política de todos os brasileiros.

FONTE: LIVRARIA DA FOLHA

Anúncios

10 Respostas to “Sete Lições Sobre as Interpretações do Brasil”

  1. Só pensadores de elevado valor. Grande dica…

  2. André Oliveira :
    Só pensadores de elevado valor. Grande dica…

    É, vou a um sebo. Sds.

  3. A quem interessar, recomendo a leitura de “Rebeliões na Senzala” de Clóvis Moura, “Raízes do Brasil” de Sérgio Burque de Olanda, “Formação Econômica do Brasil” de Celso Furtado e “Os Dnonos do Poder” de Raymundo Faoro.

  4. Carlos :A quem interessar, recomendo a leitura de “Rebeliões na Senzala” de Clóvis Moura, “Raízes do Brasil” de Sérgio Burque de Olanda, “Formação Econômica do Brasil” de Celso Furtado e “Os Dnonos do Poder” de Raymundo Faoro.

    Perfeito Carlo!
    Eu só acrescentaria a esta incrível lista a obra “Casa-Grande & Senzala” de Gilberto Freyre, como já citado no texto acima, mas não explicitado.
    Abraços

  5. Perdão, Carlosssss…. rsrsr foi mal.

  6. Tupi-Guarani :

    Carlos :A quem interessar, recomendo a leitura de “Rebeliões na Senzala” de Clóvis Moura, “Raízes do Brasil” de Sérgio Burque de Olanda, “Formação Econômica do Brasil” de Celso Furtado e “Os Dnonos do Poder” de Raymundo Faoro.

    Perfeito Carlo!
    Eu só acrescentaria a esta incrível lista a obra “Casa-Grande & Senzala” de Gilberto Freyre, como já citado no texto acima, mas não explicitado.
    Abraços

    Tupi-Guarani :
    Perdão, Carlosssss…. rsrsr foi mal.

    + essa eu já li, é ñ se preocupe, eu sou negro de pele clara, olhos verde e filhos iguais…ah! a espôsa e filha de italianos.é por aê…Valeu…

  7. correção: olhos verdes tem os meus filhos; eu tenhos olhos castanhos claros..

  8. É muito bom quando nós brasileiros nos redescobrimos;vendo as nossa falhas como nação e assim entenderemos a nossa sociedade brasileira,mista de raça,credo e abrindo o caminho para a inclusão social de uma maneira justa e democrática.
    será uma boa leitura para os fins de semana.

  9. Olá pessoal, agradeço os comentários e interesse na leituras destas obras, existem outros pensadores do Brasil igualmente importantes. Gostaria de ressaltar uma coisa: com relação ao Gilberto Freire, esclareço que suas teses exposta em “Casa Grande e Senzala” nos anos 40 foi objeto de grandes polêmicas nos meios acadêmicos nacionais, em particular nas áreas de história e sociologia, e hoje com rarissimas exceções encontramos quem o defenda.

  10. Eu sempre quis entender esse país… sempre quis entender o porque de em outras colônias que hoje são grandes países, como Nova Zelândia, Austrália, Canadá, EUA e o Brasil não. Não direi que é porque eles foram dominados por Ingleses e não por Portugueses. Não colocarei a culpa em Portugal (como muitos ignorantes fazem). Um país com tantos recursos não está como devería estar. Injustiça, corrupção, analfabetismo, um povo que faz nada para mudar, espera o Governo, esperam as autoridades. Será que devemos recomeçar? Reestruturar as bases políticas e sociais??? Será que convém? Ou é melhor esperar o Governo…?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: