Articles

Exclusivo: O cenário para o nascimento de uma Águia

In Aérea, Aviões de Combate, Curiosidades, Defesa, História, Outras, Plano Brasil on 29/08/2010 by Carcará Marcado: , , , , ,

https://i2.wp.com/www.ferozhouse.hpg.com.br/mig25foto2.jpg

Autor: Carcará

Plano Brasil

Ao se encerrar a década de 50, a aviação militar definitivamente entrara na era do jato e também na era supersônica. Um caça para obter a superioridade aérea não podia mais ser somente um jato e a utilização de mísseis ar-ar já podia se ver como uma realidade próxima.

A União Soviética se via já no fim dos anos 50 com a dura realidade de não somente ter de defender o vasto território e espaço aéreo soviético, bem como o de seus aliados na Europa, como lidar com as costumeiras violações de espaço aéreo e ter de ser capaz de se defender da força de bombardeiros ocidentais e ainda se proteger de aeronaves de reconhecimento/espionagem americanas.

https://i1.wp.com/cache.gawkerassets.com/assets/images/4/2007/09/a12.jpg

As Forças de Defesa Aérea Soviéticas rapidamente chegaram a conclusão da necessidade de um vetor que pudesse lidar com as novas ameaças americanas: um interceptador de grande altura e velocidade, o A-12, e, um bombardeiro de grande velocidade (mach 3) o XB-70.
Embora ambos os projetos tenham posteriormente fracassado os soviéticos triunfaram em sua escolha defensiva.

https://i1.wp.com/www.avioesemusicas.com/blog/wp-content/uploads/2009/08/XB-70Valkyrie.jpg

Assim nasceu o Mig-25 (designação da Otan: FOXBAT), um vetor que surgiu originalmente para ser um interceptador de grande altura e velocidade, podendo alcançar velocidades próximas ou superiores à Mach 3 e ainda transportar mísseis de médio/longo alcance para interceptação de alvos, além de por sua natureza operacional demonstrar talento nato para vôos de reconhecimento.

Ainda em 1964 o Mig-25 fez seu primeiro vôo, e em 1965 o FOXBAT apareceu em parada militar sobre Moscou, demonstrando ser uma realidade, quebrando o recorde de velocidade do F-4 Phantom II para aeronaves de combate e superando sua altitude operacional.
O Mig-25 seria então, ao menos em teoria, capaz de interceptar qualquer bombardeiro norte-americano e ainda ser mais rápido que o então caça de superioridade aérea americano, e ainda colocar em risco vôos de reconhecimento/espionagem em território soviético.

A inteligência norte-americana via desta forma e ainda temia que o Mig-25 fosse utilizado também como caça de superioridade aérea, tarefa a qual ele não se destinava porém isso só seria percebido anos depois.

A necessidade de um programa F-X era crescente, não só pela ameaça do Mig-25 como também pelos resultados obtidos pelos F-4 Phatom II no Vietnã, pois os Phantom’s diante de adversários menores, mais leves e menos sofisticados enfrentavam tarefa difícil, fossem pelas doutrinas de combate da USAF (que a princípio primava pela identificação do alvo antes do disparo de mísseis) ou até mesmo pela ausência de canhões nas primeiras versões do F-4.

https://i0.wp.com/upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/f/f0/1997_F-4_Heritage_Flight_over_Florida-edit_1.jpg

Ainda em 1961 o programa TFX foi um rumo proposto pelo então secretário de Defesa Norte-Americano, Robert McNamara, para uma aeronave de combate comum à Força Aérea, USAF, e Marinha, USN, e que pudesse ainda receber versões para executar diversas missões. Essa proposta levou ao desenvolvimento do F-111A e do F-111B.

https://i1.wp.com/steeljawscribe.com/wordpress/wp-content/uploads/image/818N-1.jpg

A Marinha rejeitou o projeto e decidiu seguir com seu próprio VFX (que culminaria no F-14) nesse quadro a USAF rejeitou o projeto VFX e também o TFX e assim seguiu com o F-X que foi acelerado com o surgimento do Mig-25 e demais aeronaves soviéticas em desenvolvimento como a família Flogger e o possível risco da superioridade aérea americana.

https://i0.wp.com/steeljawscribe.com/wordpress/wp-content/uploads/image/GD-TFX.jpg

Surgia assim o programa F-X da USAF com os seguintes requisitos:
– Aeronave monoplace
– Capacidade de operação em qualquer tempo
– Peso máximo de decolagem de 40.000 libras
– Velocidade máxima de mach 2.5
– Relação peso potência próxima à 1 em peso de missão

Quatro empresas se candidataram, General Dynamics, Fairchild Republic, North American Rockwell e McDonnell Douglas, porém logo no início do programa a General Dynamics foi cortada, sendo passados assim os contratos para as três restantes.

E assim surgia um mito da história da aviação militar de combate…

Anúncios

22 Respostas to “Exclusivo: O cenário para o nascimento de uma Águia”

  1. O MiG-25 inspirou, pelo seu design, o caça F-15 Eagle, pelo sei. Interessante notar que, a partir da déc 1960, os soviéticos começaram a ditar regras sobre o desenho das aeronaves civis e militares.

    Quanto ao programa F-111, li em algum lugar que foi um programa caro, havia muita expectativa sobre essa caça-bombadeiro, mas que se mostrou abaixo das expectativas de projeto.

  2. Prezado Atônio: acho que nem uma coisa nem outra. EUA e URSS mantiveram um longo histórico de espionagem mútua com a CIA e demais agências de um lado e a GRU soviética de outro. O que facilitava o trabalho soviético é que os EUA eram muito mais livres e assim ele puderam subtrair muito mais segredos militares do que os Ianques…No etanto, logo que chegavam as novs tecnologias os soviéticos geralmente alcançavam patamares bem elevados…

  3. Mas e hoje, quem tem as melhores tecnologias avançadas, Russia ou EUA?

  4. Dá-se que o desenho de cauda dupla, foi primeiro concebido pelos soviéticos. Aliás, os americanos receberam os estudos do bureau MiG, de um engenheiro dissidente cujo nome não me recordo, em um dos raros caso de sucesso da CIA em território soviético. No entanto, a infiltração soviética na CIA, iria levar o dissidente ao encontro com uma munição 9mm na nuca…

    Esta é a história, mas… Independente dos estudos soviéticos, a configuração dupla era cogitada pelos engenheiros norte-americanos… É aquela velha história: requerimentos semelhantes, soluções idênticas.

  5. D3lta :
    Mas e hoje, quem tem as melhores tecnologias avançadas, Russia ou EUA?

    Na minha ótica são os Rússos,os soviéticos plantaramuma grandevariedades de pesquisas em mt campos,éissopossibilitou aos Rússos,os herdeiros,+ conhecimentos em mt áreas ;inclisive a militar. Sds.

  6. Não sabia que chegaram a ser feitas tantas unidades do A-12, uma surpresa.

  7. F 15 pode ate ser chamado de EAGLE mais quem mais tem aver com ese nome ea familia Su sem duvida

  8. Rússia está longe dos EUA em matéria militar.

  9. anticomunista :Rússia está longe dos EUA em matéria militar.

    Não digo assim tão longe, mas concordo que o EUA estão um pouco á frente na maior parte das tecnologias, embora há áreas que os Russos dominam melhores que os americanos. Em tecnologia de ponta basta ver o que eles (EUA) têm feito por aí e isso com factos não há argumentos.

  10. É a Rússia está longe dos EUA…

    É a segunda nação a produzir uma aeronave “Stealth”…
    Possui o melhor sistema de defesa aérea do mundo: S-400.
    O melhor sistema de defesa aérea dedicado para médias altitudes: TOR M-2.

    Detém dentre os ICBM’s, o mais mortal: TOPOL-M…

    É… Os Russos são fraquíssimos…

  11. Levem em consideração que os vietnamitas capturaram um F-111 durante a guerra (um escritor brasileiro fotografou um exemplar em um museu em Hanói) pode ser um dos motivos para cancelarem o F-111 como uma plataforma comum de combate da USN e USAF (ficou somente a versão de bombardeio e guerra-eletrônica). Vamos ter que rever muitos fatos e histórias contadas de livros e revistas ocidentais.

  12. Ilya Ehrenburg :É a Rússia está longe dos EUA…
    É a segunda nação a produzir uma aeronave “Stealth”…Possui o melhor sistema de defesa aérea do mundo: S-400.O melhor sistema de defesa aérea dedicado para médias altitudes: TOR M-2.
    Detém dentre os ICBM’s, o mais mortal: TOPOL-M…
    É… Os Russos são fraquíssimos…

    Poderá ser esses os pontos onde a Rússia pode estar á frente, mas dizer que é melhor sem nunca ter operado em teatro de guerra… teoria não é a mesma coisa que prática; há uma diferença… houve já equipamento americano que teve no teatro de guerra e provou quanto vale.
    É melhor eu deixar esse ponto para quem percebe mais da material, apenas fico pela não certeza…

  13. anticomunista :Rússia está longe dos EUA em matéria militar.

    Os americanos perderam as últimas guerras em que se envolveram para combatentes usando armaentos predominantemente russos e soviéticos..Não concordo com a sua tese, nem de longe..

  14. André,
    Realmente o histórico de espionagem foi muito longo, inclusive com muitos pontos críticos, como a “Joseph 1″…

    Ilya,
    Requisições semelhantes e soluções muito próximas, ainda acho que as soluções soviéticas eram muito peculiares em relação as soluções americanas, independente de quem desenvolvesse o objeto primeiro. O mais correto hoje é comparar o Eagle ao Su-27 e mesmo com toda a mítica da Família Flanker (da qual sou também fã) é duríssimo determinar qual seria “melhor” justamente pelas peculiaridades de cada um… Mas sem dúvida as semelhanças por vezes assombram.

    Renato,
    Salvo não me engano nesta foto estão 10 do A-12 e inclusive uma versão biplace, o mais incrível é que ele chegou a realizar missões não foi somente um protótipo e tão incrível quanto à meu ver seria acreditar em um vetor deste tamanho como interceptador!
    Como o mundo era peculiar nos idos da Guerra Fria!

  15. Mig-25
    Sabiam que os pilotos eram desencorajados a atingir Mach3…ahah

    Mas com certeza uma bela máquina, Russos e Americanos se copiavam mutuamente!

    Anticomunista, o pentágono não acha isso dos Borey e seus Bulavas.

  16. Ilya Ehrenburg :
    É a Rússia está longe dos EUA…
    É a segunda nação a produzir uma aeronave “Stealth”…
    Possui o melhor sistema de defesa aérea do mundo: S-400.
    O melhor sistema de defesa aérea dedicado para médias altitudes: TOR M-2.
    Detém dentre os ICBM’s, o mais mortal: TOPOL-M…
    É… Os Russos são fraquíssimos…

    O fato de estar longe de outro não significa que é fraco.

  17. Carcará :
    André,
    Realmente o histórico de espionagem foi muito longo, inclusive com muitos pontos críticos, como a “Joseph 1″…
    Ilya,
    Requisições semelhantes e soluções muito próximas, ainda acho que as soluções soviéticas eram muito peculiares em relação as soluções americanas, independente de quem desenvolvesse o objeto primeiro. O mais correto hoje é comparar o Eagle ao Su-27 e mesmo com toda a mítica da Família Flanker (da qual sou também fã) é duríssimo determinar qual seria “melhor” justamente pelas peculiaridades de cada um… Mas sem dúvida as semelhanças por vezes assombram.
    Renato,
    Salvo não me engano nesta foto estão 10 do A-12 e inclusive uma versão biplace, o mais incrível é que ele chegou a realizar missões não foi somente um protótipo e tão incrível quanto à meu ver seria acreditar em um vetor deste tamanho como interceptador!
    Como o mundo era peculiar nos idos da Guerra Fria!

    Por favor, cite as guerras que eles perderam e quais eram os armamentos russo empregados.

  18. A pergunta é quem derrubou mais quem, isto é que demonstra claramente quem tem a melhor tecnologia. Os Mig’s e Sukhois já foram massacrados diversas vezes pelos F’s. O F-15 tem 104 vitórias e nenhuma perda em combate, já derrubou caças russos de todos os fabricantes e também já colocou no chão alguns Mirages F-1.

  19. O fato de terem sido batidos de maneira arrasadora (mig’s e os sukhoi) deve-se mais ao fato do treinamento infinitamente superior e melhor capacidade de C4ISR, quando comparados aos operadores dos avioes de procedência soviética (normalmente países de terceiro mundo ou sem doutrina militar apreciável), é só utilizar tabelas comparativas de desempenho de armamentos e aviônicos que isso se torna claro.
    Durante um combate moderno de qualquer espécie, existem muito mais condicionantes do resultado final que a maioria imagina….

  20. Além de tudo, não dá para confiar na Rússia quando a questão é entrega de equipamentos e assistência.

  21. anticomunista :

    Carcará :André,Realmente o histórico de espionagem foi muito longo, inclusive com muitos pontos críticos, como a “Joseph 1″…Ilya,Requisições semelhantes e soluções muito próximas, ainda acho que as soluções soviéticas eram muito peculiares em relação as soluções americanas, independente de quem desenvolvesse o objeto primeiro. O mais correto hoje é comparar o Eagle ao Su-27 e mesmo com toda a mítica da Família Flanker (da qual sou também fã) é duríssimo determinar qual seria “melhor” justamente pelas peculiaridades de cada um… Mas sem dúvida as semelhanças por vezes assombram.Renato,Salvo não me engano nesta foto estão 10 do A-12 e inclusive uma versão biplace, o mais incrível é que ele chegou a realizar missões não foi somente um protótipo e tão incrível quanto à meu ver seria acreditar em um vetor deste tamanho como interceptador!Como o mundo era peculiar nos idos da Guerra Fria!

    Por favor, cite as guerras que eles perderam e quais eram os armamentos russo empregados.

    Vai lá

    1- Guerra da Coréia ( um empate com sabor bem amargo )
    http://en.wikipedia.org/wiki/Vietnam_war
    http://en.wikipedia.org/wiki/People's_Volunteer_Army
    http://www.rt66.com/~korteng/SmallArms/PrincipalWeapons.htm

    2- Guerra do Vietnam
    http://en.wikipedia.org/wiki/North_Vietnam_Army
    http://en.wikipedia.org/wiki/Vietnam_war
    http://en.wikipedia.org/wiki/Weapons_of_the_Vietnam_War

    3- Guerra do Iraque ( que ele dizem que ganharam, mas só eles acreditam nisso )
    http://en.wikipedia.org/wiki/Iraq_war
    http://www.weeklystandard.com/Content/Public/Articles/000/000/013/956wspet.asp
    http://en.wikipedia.org/wiki/Iraqi_insurgency

    4- Invasão do Afeganistão( que ele juram que ganharão )
    http://en.wikipedia.org/wiki/Taliban_insurgency
    http://wiki.answers.com/Q/Can_you_list_the_weapons_that_the_Taliban_currently_use

    5 – fora outras pequenas intervenções mal sucedidas:
    http://en.wikipedia.org/wiki/Battle_of_Mogadishu_(1993)

    AGORA ME DIGA QUAL CONFLITO ARMADO OS EUA VENCERAM SOZINHOS FORA AS INVASÕES DE GRANADA E PANAMÁ E DE UMA SÉRIE DE REPUBLIQUETAS MAL ARMADAS…

    SEGUE A LISTA DAS GLORIOSAS INTERVENÇÕES NORTE AMERICANAS EM TODO O MUNDO..http://www.redportiamerica.com/invasoes_americanas_no_mundo.html

    Eu não sou contra os EUA, sou contra o imperialismo deles..Cada um no seu quadrado…

  22. Desculpe André Oliveira discordar da sua opinião, mas a historia não é tão simples assim. Pois primeiro se você olhar as baixas nas guerras que os americanos se meteram as sua baixas foram muito menores que ato seus adversários. Como a Coréia, os americanos perderam o que uns 50 mil soldados, e os chineses perderam um milhão, sem falar que os EUA poderia ter dominado toda a Coréia se isso não resultasse em um ataque nuclear soviético contra eles. No Vietnam então, para cada americano morto outros 100 vietnamitas morriam, sem falar que o exercito do Vietnam do Norte nunca ganharam uma grande batalha, a derrota no Vietnam foi muito mais política que militar. Bem sem mais delongas, não só pró EUA, mas tem certas coisa que não são tão simples assim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: