Articles

Confiabilidade do caça Lockheed F-35B está gerando preocupações

In Aviões de Combate, Defesa, Negócios e serviços on 02/09/2010 by E.M.Pinto Marcado: , ,

A versão de decolagem curta e pouso vertical (STOVL) do caça Lockheed F-35B. (Foto: Lockheed Martin)

A Flightglobal divulgou que preoupações sobre a confiabilidade do modelo F-35B STOVL (Decolagem Curta e Pouso Vertical) da Lockheed Martin pode ter que voltar atrás no programa de teste novamente.

A reportagem diz que o Chefe Executivo da Lockheed Martin Robert Stevens relatou recentes esforços para melhorar a confiabilidade do F-35B “que ficou aquém das expectativas” com problemas encontrados nos fans de resfriamento térmico da aeronave, nas portas atuadoras e nos interruptores do sistema de potência. “Tenho certeza que vamos ver uma re-introdução progressiva do programa de testes de voo STOVL para reconhecer o desempenho atual até o momento,” disse ele aos jornalistas.

Parece que o programa de testes do F-35B não conseguiu manter o ritmo do conjunto metas no início deste ano devido a um déficit grande de horas de testes do ano passado. Originalmente estavam sendo exigidos 1.200 horas de testes em voo em todo programa do F-35 em 2010, mas isso foi reduzido para apenas 394.

Enquanto isso a Lockheed Martin produziu um vídeo com a atualização do programa no segundo trimestre de 2010, o qual pode ser visto aqui.

Fonte: Cavok

Anúncios

19 Respostas to “Confiabilidade do caça Lockheed F-35B está gerando preocupações”

  1. Se tão falando disso, é porque tem problemas mesmo. Bom, dinheiro pra arrumar, eles tem.

  2. Quando eles mesmos (LM) dizem isso, é porque essa versão do F-35 tem sérios problemas. Existe um debate que dizem que a Royal Navy já desistiu desse vetor em favor do F-35 C.

    []’s

  3. Nick :Quando eles mesmos (LM) dizem isso, é porque essa versão do F-35 tem sérios problemas. Existe um debate que dizem que a Royal Navy já desistiu desse vetor em favor do F-35 C.
    []‘s

    Isso faz conversa em vários fóruns do Reino Unido.
    Há informação que dá conta que pilotos da RN foram para os EUA para treinar com os F18SH, abrindo aqui mais uma especulação que a Royal Navy tinha como opção o Super Hornet mais os F-35C que fizeste referencia. O número de F-35C seria menor ao que se esperava não pelos problemas da versão B mas também pela tal crise que muitas nações estão a passar e querem fazer cortes orçamentais.
    Em relação ao problema na minha opinião não são assim tão sério, porque caso fosse a LM estaria caladinha e não era por ela que saberíamos o que se passava. Ver e espera o que vai dar…

  4. Karlus, eu diria que a LM tenta calar-se mas o próprio Gates não deixa, o F 35 enfrenta graves problemas, li num forum que não em recordo onde que por exemplo para embarcar todos os sistemas necessários o caça teria que ter seu peso aumentado em 1,5 ton, o que ta dando dor de cabeça, vai haver redução do raio de ação e isto os clientes não concordam, há problemas logísticos e o disparo dos custos associado ao atraso.
    A Marinha dos EUA querem um biturbina e há outros porém.. Acho que o F 35 será vendido para muitos países sim, mais um starfighter F 104.
    Note, ninguém fala disso, mas a USNavy programou para 2025 a entrada do seu FXX o no stealth da Boeing isto significa que?
    significa que o F 35 estaria no auge de suas entregas por esta altura, sim, mas a Marinha quer o F XX então? como fica a situação? pra que diabos a USNavy quer o FXX? se por esta altura o F 35 estará entrando na marinha (Note 2018 se não houver atrasos) ou seja apenas 7 anos de intervalo?
    Alguém está se equivocando ai, ou eu, ou a boeing ou a USNavy… ou pior, todos os potenciais clientes do caça.
    sds
    E.M.Pinto

  5. E.M.Pinto :
    Karlus, eu diria que a LM tenta calar-se mas o próprio Gates não deixa, o F 35 enfrenta graves problemas, li num forum que não em recordo onde que por exemplo para embarcar todos os sistemas necessários o caça teria que ter seu peso aumentado em 1,5 ton, o que ta dando dor de cabeça, vai haver redução do raio de ação e isto os clientes não concordam, há problemas logísticos e o disparo dos custos associado ao atraso.
    A Marinha dos EUA querem um biturbina e há outros porém.. Acho que o F 35 será vendido para muitos países sim, mais um starfighter F 104.
    Note, ninguém fala disso, mas a USNavy programou para 2025 a entrada do seu FXX o no stealth da Boeing isto significa que?
    significa que o F 35 estaria no auge de suas entregas por esta altura, sim, mas a Marinha quer o F XX então? como fica a situação? pra que diabos a USNavy quer o FXX? se por esta altura o F 35 estará entrando na marinha (Note 2018 se não houver atrasos) ou seja apenas 7 anos de intervalo?
    Alguém está se equivocando ai, ou eu, ou a boeing ou a USNavy… ou pior, todos os potenciais clientes do caça.
    sds
    E.M.Pinto

    Peçam ajuda dos Rússos, os pais do Yak 141…sabem mt de caças Vstol.Tá indo p o ralo = ao f22, já vai tarde. Sds.

  6. E.M.Pinto :Karlus, eu diria que a LM tenta calar-se mas o próprio Gates não deixa, o F 35 enfrenta graves problemas, li num forum que não em recordo onde que por exemplo para embarcar todos os sistemas necessários o caça teria que ter seu peso aumentado em 1,5 ton, o que ta dando dor de cabeça, vai haver redução do raio de ação e isto os clientes não concordam, há problemas logísticos e o disparo dos custos associado ao atraso.A Marinha dos EUA querem um biturbina e há outros porém.. Acho que o F 35 será vendido para muitos países sim, mais um starfighter F 104.Note, ninguém fala disso, mas a USNavy programou para 2025 a entrada do seu FXX o no stealth da Boeing isto significa que?significa que o F 35 estaria no auge de suas entregas por esta altura, sim, mas a Marinha quer o F XX então? como fica a situação? pra que diabos a USNavy quer o FXX? se por esta altura o F 35 estará entrando na marinha (Note 2018 se não houver atrasos) ou seja apenas 7 anos de intervalo?Alguém está se equivocando ai, ou eu, ou a boeing ou a USNavy… ou pior, todos os potenciais clientes do caça.sdsE.M.Pinto

    Pois esse raciocínio está correcto, de facto tem lógica.
    Será que a LM está a criar um monstro? Falo da versão naval… a versão A, não creio…
    Aliás sempre foi de opinião que qualquer versão embarcada tem de ser biturbina, isto por muitas razões. Eu vejo o F35 como um avião para operar em pistas terrestres, apenas isso… também não creio que vinge como versão naval, e o B muito menos.

    “…Peçam ajuda dos Rússos, os pais do Yak 141…sabem mt de caças Vstol.Tá indo p o ralo = ao f22, já vai tarde. Sds…”
    Argus, não creio que o russos possam ajudar a LM e que nem eles deram conta do recado.

  7. O programa F-35 JSF pode superar os 380 bilhões de dólares em seu desenvolvimento. Eu não vejo base de comparação alguma com relação ao programa PAK FA que desenvolvera uma aeronave pesada de alto desempenho e terá um custo aproximado de apenas 20 bilhões de dólares, ou seja, são quase 20 vezes a mais. Temos que levar em consideração que o F-35 terá 3 versões, oque não justifica um provável custo de desenvolvimento de quase 20 vezes a mais. Isto sem contar os constantes atrasos do programa…
    Eu fico imaginando as pretensões iniciais de superar o numero de vendas do F-16…
    Um grande abraço a todos…

  8. SE O F35 ESTÁ COM ESSES PROBLEMAS TODOS, COMO SERÁ QUE ANDA O PODEROSO F22?

  9. Leamartine Pinheiro de Souza :Ou seja, os EUA não estão sequer conseguindo imitar a tecnologia do Sea Harrier !!!

    Não concordo contigo caro amigo, não têm nada a haver um com o outro… só mesmo a maneira de descolar, só ser for isso de que resto não se aproxima da “imitação”.
    Mais uma informação para o Carlos Argus, yak-141 projecto abandonado em 1991, dizem que os Russo começaram a desenvolver aviões VTOL no inicio dos anos 50.
    Os russos fizeram o seu primeiro VTOL nos anos 60 pelo piloto Valentin Mukhin com o Yak-36, depois com o yak-38, ambos como protótipos. O 141 iria fazer parte da marinha mas depois com grandes problemas e acidentes foi abandonado.
    Os ingleses por sua vez com o The Hawker Siddeley P.1154, teve o seu desenvolvimento no fim dos anos 50 e princípio dos anos 60, também foi abandonado a meio dessa década.
    Os americanos também tiveram a sua experiencia nesses anos 50/60, também nada deu, tecnologia que era muito difícil de superar e operar pois representava muitos riscos para qualquer país que quisesse desenvolver. Um dos protótipos foi o Lockheed XV-4 Hummingbird.
    Não se podem esquecer os franceses com o Dassault Balzac V, também nesses anos.
    Isto aqui ninguém foi superior a ninguém todos eles têm é que aprender um com os outros. Houve outras máquinas que também tentaram voar ou voaram nos inícios dos anos 50/60/70 de vários países. Por isso não concordo com a tua afirmação que os russos são assim tão dominadores nessa tecnologia, até pelo contrário agora não sabem nada pois não estão a desenvolver nada. Não podes comparar a altura do Yak-141 com o F-35, não têm nada em comum; a tecnologia é completamente diferente.
    O 141 foi no meu ver o que mais se aproximou dessa tecnologia no passado., daí muita gente se referir ao mesmo, mas falhou como prova a história.
    Welington Mendes, não acredito que o desenvolvimento do Pak ficque pelos 20 bilioes, será muito acima desse valor. Concordo que não será vendido como o F16, terá muito menos vendas e aposto na versão A aquele que vai ter sucesso,

  10. Concordo que não será vendido como o F16, terá muito menos vendas e aposto na versão A aquele que vai ter sucesso. Referencia ao F35

  11. Quanto mais prejuízos estes gringos levarem melhor, pois eles se acham os mais espertos do mundo, KKKK.

  12. Leamartine Pinheiro de Souza :
    Ou seja, os EUA não estão sequer conseguindo imitar a tecnologia do Sea Harrier !!!

    Falou é disse, é isso aê, Sds.

  13. O f-35 não é igual ao F-22 ou PAK FA, pois o F-22 é um avião de uso exclusivo dos EUA por isso o preço elevado. Já o Pak FA é um projeto de caça invisível mais barato mais mas menos invisível a radares que o F-22 e o F-35. Já o F-35, é bom o pessoal tomar cuidado pois ter um ou outro problema não significa que ele será descartado, afinal o que importa é ele cumpra bem a sua missão, e o f-35 tem tudo para dar certo afinal o que não falta para os gringos é dinheiro.

  14. Welington Mendes :O programa F-35 JSF pode superar os 380 bilhões de dólares em seu desenvolvimento. Eu não vejo base de comparação alguma com relação ao programa PAK FA que desenvolvera uma aeronave pesada de alto desempenho e terá um custo aproximado de apenas 20 bilhões de dólares, ou seja, são quase 20 vezes a mais. Temos que levar em consideração que o F-35 terá 3 versões, oque não justifica um provável custo de desenvolvimento de quase 20 vezes a mais. Isto sem contar os constantes atrasos do programa…Eu fico imaginando as pretensões iniciais de superar o numero de vendas do F-16…Um grande abraço a todos…

    Ess tipo de constatação que me faz ter um certo receio do Gripen NG. Um projeto complexo, normalmente aumenta de complexidade e custo quanto mais o tempo passa..

  15. Welington,

    Há uma diferença… por isso os valores altos do F-35…

    Um tinha a máquina de impressão e o outro não…

    Sem contar que as festas do primeiro eram muito, mas muito, mais caras (deixaria até os políticos brasileiros envergonhados). Muita mulheres de vestido curto, muitos e muitos carros de luxo, jatinhos, helicópteros… A comida… haha, as melhores, acompanhados de vinhos de mais de seis dígitos a garrafa… Mas no final, que festa!

  16. Porém, não existe almoço grátis…

  17. “Há uma diferença… por isso os valores altos do F-35…” ACREDITO eu, não posso afirmar, decorrente do próprio sistema norte americano e NÃO da empresa LM.

  18. E há pessoal que ainda teima em comparar aviões de diferentes épocas… nada a fazer…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: