Articles

‘Pré-sal’ do minério em MT ainda não tem potencial confirmado

In Geopolítica, Negócios e serviços on 02/09/2010 by E.M.Pinto Marcado: ,

https://i0.wp.com/si.wsj.net/public/resources/images/MK-BA625_RIOTIN_G_20100114181347.jpg

Governador anunciou mina de ferro equivalente a mais de duas Carajás e outra gigante de fosfato, mas agência federal nega previsão.

Danilo Fariello, enviado especial a Cuiabá |

O anúncio da descoberta de um “pré-sal” da mineração no Mato Grosso, feito ontem pelo governador Silval Barbosa, ainda não é confirmado pelas autoridades federais responsáveis pela verificação do potencial das jazidas. Segundo Barbosa, o Estado teria minas imensas, com 11,5 bilhões de toneladas de ferro e 450 milhões de toneladas de fosfato. O relatório final sobre o potencial exploratório das jazidas, porém, só ficará pronto em dezembro. O Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), por meio de sua assessoria de imprensa, confirma que o relatório final sobre as jazidas não foi apresentado ainda, ratificando o potencial informado ontem. Barbosa é candidato à eleição para governador do Estado, vaga que assumiu em março após a saída de Blairo Maggi para se candidatar a uma vaga no Senado.

Pesquisadores no Mato Grosso do Serviço Geológico do Brasil, conhecido como CPRM, informaram ao iG que as reservas têm, de fato, um grande potencial, mas ainda são necessárias muitas novas pesquisas para que se chegue a uma estimativa mais precisa sobre o seu potencial. Segundo o governo do MT, apenas a jazida de ferro tem potencial quase três vezes maior do que a mina de Carajás (PA), a principal da Vale.

Com o gigantesco potencial da mina de ferro em Mirassol D’Oeste, na Serra do Caeté, serão necessários grandes investimentos em infraestrutura para sua exploração. Para o secretário adjunto de Transporte do Mato Grosso, Eziquiel Lara, será necessária pelo menos uma grande ferrovia para escoar o minério de ferro. “Mas também pode ser aproveitada a hidrovia Paraguai-Paraná, a partir do município de Cáceres”, diz. “Esperamos a chegada de grandes empresas para essa exploração.”

Fosfato é alento para agropecuária

Já para o fosfato, um relatório preliminar mostra uma área de 43 quilômetros quadrados com potencial de exploração. Com consumo de 610 mil toneladas de fosfato por ano, principalmente para a produção de grãos e para pastagem, o MT pode ser autossuficiente no mineral e até exportá-los. No Mato Grosso, está em curso o Projeto Fosfato Brasil, em parceria com o governo federal, para descobrir novas jazidas do minério no país. “Esse fosfato vai ser a salvação da lavoura do Mato Grosso”, diz Lara.

Os agricultores da região, porém, têm de ter reservas com a expectativa da queda do preço do fosfato, porque, como o petróleo, a sua venda no país segue o preço internacional. Mas eles podem lucrar com a queda do custo do frete do fosfato. O Brasil importa atualmente a maior parte do fosfato consumido e vê suas últimas minas em operação perto da escassez. Segundo o governo do Mato Grosso, os custos de produção com a descoberta podem cair em cerca de R$ 400 milhões por ano no Estado.

Mas, com uma mina gigantesca de fosfato, o Brasil também poderia passar a ter papel importante no oligopólio internacional de produção do mineral, que dita o preço da commodity. Atualmente, Canadá e Rússia, principalmente, são acusados de agir para arbitrar a oferta e o preço do produto para o resto do mundo.

Fonte: Economia-Último Segundo

Anúncios

9 Respostas to “‘Pré-sal’ do minério em MT ainda não tem potencial confirmado”

  1. Em época eleitoreira sempre é bom desconfiar.

  2. Henrique :
    Em época eleitoreira sempre é bom desconfiar.

    Totalmente certo, dizem e propaganda visando o eleitores. Veremos.Sds.

  3. ahahaha, se isso for mesmo verdade,espero que os governates de Mirassol não deixe que a mão de obra seja trazida de fora e que a populaçao possa usufluir dessa descoberta.
    abram o olho populçao mirassolense essa é a oportunidade da cidade crescer.

  4. EM ÉPOCA DE ELEIÇÃO VÃO ENCONTRAR FERRO ATÉ NA LUA!

  5. E vamos la pessoal!!! Abrir a porta para as gigantes estrangeiras vir limpar nosso solo! E o que nos ganhamos com isso ? Assim como A VALE: MILHARES DE EMPREGOS , TUDO “BOIAS FRIA” E LA SE VAO AS RIQUEZAS DO NOSSO BRASIL ! SEGURA PIAO , COMO DIZEM .

  6. Olha, na Colombia, o sálario mínimo tem duas x + poder aquisitivo , dentro da realidade econômica deles, q o nosso mínimo.Aqui tem mais meses q dinheiro, mt fome, mt dívida, e toma jogo de cintura. e ñ é pra frente e pra trás ñ, e rebolado mesmo, tem q se virar nos 30.Vale até vender a mãe, melhor se for de outros.Mt triste.Se eles nos trazerem + em sálario p nostros hermanos Brasucas, ótimo.Vamos ficar de olhos neles. O resto é o resto.Sds.

  7. carlos argus :
    Olha, na Colombia, o sálario mínimo tem duas x + poder aquisitivo , dentro da realidade econômica deles, q o nosso mínimo.Aqui tem mais meses q dinheiro, mt fome, mt dívida, e toma jogo de cintura. e ñ é pra frente e pra trás ñ, e rebolado mesmo, tem q se virar nos 30.Vale até vender a mãe, melhor se for de outros.Mt triste.Se eles nos trazerem + em sálario p nostros hermanos Brasucas, ótimo.Vamos ficar de olhos neles. O resto é o resto.Sds.

    ???????

  8. Se isso for realmente verdadeiro teremos a liderança no agronegócio mundial pelos próximo 50 anos, aliado a isso, se vingar da forma como se planeja a cooperação entre Brasil e Africa para a produção de alimentos na savana africana, teremos muitos resultados positivos.

  9. Meu caro André num intendi,que tem a descoberta de uma jazida de minério de ferro com o agronegocio, como diz o velho deitado uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, a não ser que queiras dizer uma liderança em agronegócia e em produtos não agregados.Abç

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: