Articles

OTAN ‘não comenta’ acordo de caças russos com a Islândia

In Defesa, Exercícios Militares, Geopolítica on 05/09/2010 by E.M.Pinto Marcado: , ,


https://pbrasil.files.wordpress.com/2010/09/su3012.jpg?w=300

A OTAN não quis comentar nessa semana a reportagem que dizia que poderia ser utilizada uma base aérea na Islândia para treinamento de pilotos militares em caças Su-27 Flankers fabricados na Rússia.

O Financial Times divulgou a informação, que pode ser lida aqui, onde na segunda-feira, dia 30 de agosto, o governo da Islândia estaria em negociação para alugar uma base aérea para uma companhia privada, a ECA, que informou estar adquirindo cerca de US$ 1,5 bilhão em caças Sukhoi Su-27 da Bielorússia para serem utilizados como aeronaves inimigas em exercícios de treinamento militar ao estilo “Top Gun”.

O documento dizia que a EAC concordava em adquirir até 14 caças Su-27 da BelTechExport, uma companhia exportadora de armas da Bielorússia, com uma opção para compra de adicionais 18 aeronaves.

“Nós temos estudado esse relatório interessante, mas não podemos comentar pois nós não temos ainda a informação oficial dessa questão em nossas mãos,” disse um oficial da sede da OTAN em Bruxelas que solicitou o anonimato.

Um especialista russo no comércio de armas russa desmentiu a reportagem do Financial Times, dizendo que o plano da OTAN de adquirir os caças Su-27 em Belarus é uma “fraude”.

“Julgando pelas figuras citadas e pela natureza sem precedentes do contrato em questão, posso assumir que isso foi feito para criar matéria, o qual é feito para promover a companhia ECA,” disses Igor Korotchenko, chefe de um órgão de pesquisa sobre negociações internacionais de armas com sede em Moscou.

O programa ECA informou que já possui um contrato assinado com cinco forças aéreas para terem seus pilotos e jatos usados contra “aeronaves muito comuns voadas pelas forças militares chinesas e russas.”

A BelTechExport negou o conhecimento do acordo dessa semana, tendo anteriormente confirmado o negócio para o Financial Times.

Nota do Editor:

Depois da crise eu havia dito que o futuro da Islândia estava em jogo pelo poder e dominação econômica exterior, como sempre fui criticado pelos ciclopes( mesmo quando querem são incapazes de ter outro ponto de vista) o fato é que o maior credor da Islândia é a Rússia, o mesmo para muitas nações européias.

Tá ai a resposta,para os ciclops, apesar do acordo ser hora confirmado hora negado o fato é que algo tenebroso para os islandeses vem por ai, nestas horas a opinião pessoal e ideologia de nada servem. Bem vindo ao mundo da geopolítica e economia global…

E.M.Pinto

Fonte: RIANovosti – Tradução: Cavok

Anúncios

11 Respostas to “OTAN ‘não comenta’ acordo de caças russos com a Islândia”

  1. Grande Edílson!!

    é aq

  2. Grande Edílson!!

    li aqui no blog certa vez que o comandante -em-chefe da OTAN disse que as preocupações da Russia em relação á OTAN eram infundadas, e em seguida aparece isso…

    essa do ciclope foi tirada da cartola!rss

    “Jedi” grande amigo…

  3. … eh o momento de expansao geopolitica dos BRIC.

  4. rodrigo :… eh o momento de expansao geopolitica dos BRIC.

    Concordo, mas acho um tanto quanto perigoso…

  5. O texto é muito claro ao citar a otan e não a russia como operadora do treinamento,mesmo porque a Islândia é quintal americano desta a segunda guerra sendo considerada extremamente estratégica pra otan e para os americanos.Se a otan poder obter esses caças da Bielorussia eles não vão perder a oportunidade, assim como a Russia adquiriu caças F-14 do Irã.

  6. HAHAHAHHAHAHAAH f 14 do IRAN
    seria tremendo back to back
    quando SU DERROTO O FAMOSO EAGLE(f15) DENTRO DA CASA DELE numa competicao Amistosa
    os RUSSOS virao quanta perda de tempo faz o marketing YANK

  7. Acho essas noticias esparças e não muito claras. No entanto, fixando a vista nas entrelinhas (que sempre existe nestes temas), considero muito verossimil a posssibilidade de aquisição para exercícios de combate aéreos com os flankers, pois há muito a Otan os considera seus páreos mais poderosos. Os russos sempre foram pragmáticos ao busar conseguir divisas econômicas. Seus líderes vendem de tudo, de segredos militares a caviar e perfumes. Quem não se lembra de, na época do governo Boris Ieltsin, o general Medvedv, que chegou a ser ministro da defesa, informar ao ocidente da existência de armas táticas portateis, as famosas maletas nucleares. Sambemos também que vender equipamentos militares através de terceiros também é tradição por aquelas bandas.

  8. humm…

    mode back door russo .. ?… rs

  9. RENT,FORCE.

    Uma empresa privada irá comprar uns caças supersônicos e os alocar na Islândia,em uma base privada?
    Ótimo,amanhã será um submarino nuclear,uma divisão e quem sabe uma bombinha dessas radioativa.
    Se fosse em outro continente como : África,Ásia,America Latina,tidos pelos europeus como 3º mundo,eu não estranharia. Heheheh…
    Os cara estão vendendo até a mãe !

  10. Deve ter algum eBay na Russia oferencendo/arrendando submarino nuclear a India, Su27 a Islândia, S300 ao Iran, quem dá mais? O negócio de armas é igual a milênios…

  11. lucena :
    RENT,FORCE.
    Uma empresa privada irá comprar uns caças supersônicos e os alocar na Islândia,em uma base privada?
    Ótimo,amanhã será um submarino nuclear,uma divisão e quem sabe uma bombinha dessas radioativa.
    Se fosse em outro continente como : África,Ásia,America Latina,tidos pelos europeus como 3º mundo,eu não estranharia. Heheheh…
    Os cara estão vendendo até a mãe !

    Pode o BRASIL um dos melhores dos BRICs, comprar a mãe deles? pode ser ?!?! Eu vou ficar mt feliz.Sds.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: