Articles

China convida Brasil para exercícios militares conjuntos em 2011

In Defesa, Exercícios Militares, Geopolítica on 08/09/2010 by E.M.Pinto Marcado: , ,

https://pbrasil.files.wordpress.com/2010/09/jobim001fd04c63060c6c156014.jpg?w=300

Sugestão: Francoorp

Rio de Janeiro, 8 set (EFE).- O ministro da Defesa da China, general Liang Guanglie (foto), que hoje iniciou uma visita oficial de três dias ao Brasil, convidou o Exército brasileiro a realizar exercícios militares conjuntos com o de seu país a partir de 2011, e manifestou o desejo chinês de aumentar a cooperação bilateral na área militar.

A proposta do ministro chinês, que inclui também exercícios conjuntos para as forças aéreas dos dois países, foi divulgada em comunicado conjunto após a reunião que ele teve hoje em Brasília com o ministro da Defesa brasileiro, Nelson Jobim.

“A parte chinesa manifestou interesse em realizar um treino conjunto entre os dois Exércitos na China em 2011 e entre pilotos das duas Forças Aéreas”, destaca o comunicado.

A China está também interessada em enviar paraquedistas para treinar no Brasil, bem como que membros das Forças Armadas chinesas recebam cursos de português no Brasil.

Os dois ministros manifestaram o desejo de reforçar a cooperação bilateral na formação e treinamento de militares, que até agora se limitou à troca de delegações de oficiais para alguns cursos.

Os dois países também se comprometeram a intensificar a troca e a cooperação nas áreas de tecnologias de Defesa, assim como “na observação da paz internacional, controle aeronáutico e segurança da aviação”.

Brasil e China também se propuseram a intensificar a troca de visitas de delegações militares de alto nível para aumentar “o conhecimento e a confiança mútua” e aprofundar as ações do Comitê Conjunto China-Brasil de Intercâmbio e Cooperação entre os Ministérios de Defesa, cuja segunda reunião está prevista para o ano que vem no Brasil.

Jobim e Liang Guanglie consideram a cooperação militar entre os dois países como essencial para enfrentar “novos desafios globais que se delineiam no horizonte”.

Para ambos, a aproximação militar entre Brasil e China é especialmente importante para “salvaguardar os interesses comuns de países em desenvolvimento, e a paz e a estabilidade regional e global”.

Eles também ressaltam que as relações entre as Forças Armadas de Brasil e China são um componente importante que “enriquece” a associação estratégica estipulada entre os dois países e promovem um melhor desenvolvimento das relações bilaterais.

O ministro chinês, que chegou ontem à noite a Brasília com uma delegação que inclui uma dezena de altos oficiais, concluirá na próxima sexta-feira uma viagem de “boa vontade” pela América Latina.

Fonte: Uol

Anúncios

68 Respostas to “China convida Brasil para exercícios militares conjuntos em 2011”

  1. sei não…

  2. E nada de direitos humanos, Tibet, etc, etc. Nosso pais tem buscado tao boa companhia…

  3. “A China está também interessada em enviar paraquedistas para treinar no Brasil, bem como que membros das Forças Armadas chinesas recebam cursos de português no Brasil.”

    Qual o verdadeito interesse da china em propor tal medida?

    Deixo essa pra você responder Francoorp

  4. eles me parecem mais confiaveis q os americanos

  5. Jobim e Liang Guanglie consideram a cooperação militar entre os dois países como essencial para enfrentar “novos desafios globais que se delineiam no horizonte”.

    Oque eles quiseram dizer? com isso?

  6. Jose Vanildes Luiz :
    E nada de direitos humanos, Tibet, etc, etc. Nosso pais tem buscado tao boa companhia…

    Guilherme :
    eles me parecem mais confiaveis q os americanos

    NÓS NÂO ESTAMOS NEM AI…Se eles são carrascos e escravizadores do proprio povo ate um Panda sabe disso.Problema deles,vamos vender-lhes e absorver-mos deles o que tiverem de melhor….CONFIAVEIS…Rs rs rs é mais facil confiar na estatua do Buda,ela não pode fazer-nos nenhum mal….

  7. Eles querem nossa ESPECIALIZAÇÂO EM SELVA…Deveriam pagar um valor muito alto para te-la.

  8. Não entendo vocês, em um tópico vocês metem o pau no EUA, em outro na Rússia, em outro na CHINA..
    Afinal, de que lado vocês estão?

    Sou mais a China que os EUA, só espero que não surja retaliações econômicas deles, se aceitarmos o convite.

  9. A onça pediu ao gato que lhe ensinasse a pular, porque o maior mestre de pulos que há no mundo é o gato. O gato ensinou uma, duas, três, dez, vinte qualidades de pulos. A onça aprendeu todos com a maior rapidez e depois convidou o gato para irem juntos ao bebedouro, isto é, ao lugar no rio onde os animais descem para beber.

    Lá viram um lagarto dormindo em cima duma pedra.
    — Compadre gato — disse a onça — vamos ver quem dum pulo pega aquele lagarto.
    — Pois vamos — respondeu o gato.
    — Então comece.
    O gato saltou em cima do lagarto e a onça saltou em cima do gato — mas este deu um

    pulo de banda e se livrou da onça.
    A onça ficou muito desapontada.
    — Como é isso, compadre gato? Esse pulo você não me ensinou…
    — Ah, ah, ah! — fez o gato de longe.
    — Isto é cá segredo meu que não ensino a ninguém. Chama-se o “pulo do gato”
    — meu, só meu. Os mestres que ensinam tudo quanto sabem não passam duns tolos.
    Adeus, comadre! — e lá se foi.
    ——————————-

    ps.Pode colocar o tigre chinês no lugar da onça ;)

  10. Eles querem nossa ESPECIALIZAÇÂO EM SELVA…Deveriam pagar um valor muito alto para te-la……(((“salvaguardar os interesses comuns de países em desenvolvimento, e a paz e a estabilidade regional e global”…Jobim e Liang Guanglie consideram a cooperação militar entre os dois países como essencial para enfrentar “novos desafios globais que se delineiam no horizonte”.))) HUUUMMMMMM…….

  11. Fernando Augusto :
    Não entendo vocês, em um tópico vocês metem o pau no EUA, em outro na Rússia, em outro na CHINA..
    Afinal, de que lado vocês estão?
    Sou mais a China que os EUA, só espero que não surja retaliações econômicas deles, se aceitarmos o convite.

    EU UNICAMENTE,ESTRITAMENTE,EM NENHUM CONDICIONAMENTO ESTOU SOMENTE DO LADO DO BRASIL E DE SEUS INTERESSES E CONTRA TUDO O MAIS QUE SAIR DESSA OTICA…Brasil…Acima de tudo…Liberdade.

  12. Guilherme, nenhum país no mundo é confiável, o que todo país tem são interesses, e a China, Brasil, França, Suécia, Rússia, EUA, ninguém é confiável.

    Resta saber, o que a China quer com isso, que por sinal, vindo da onde vem não me parece boa coisas, porém, todavia, entretando, ganhamos o que ensinando tudo isto?

    Grande Abraço, Lucasu.

  13. Eu não sei, acho que os paises chamados de BRICS, deveriam fazer um eixo, como contra peso aos EUA, OTAN e aliados (Japão, Australia, Nova Zelandia..)

  14. 1maluquinho :

    Jose Vanildes Luiz :E nada de direitos humanos, Tibet, etc, etc. Nosso pais tem buscado tao boa companhia…

    Guilherme :eles me parecem mais confiaveis q os americanos

    NÓS NÂO ESTAMOS NEM AI…Se eles são carrascos e escravizadores do proprio povo ate um Panda sabe disso.Problema deles,vamos vender-lhes e absorver-mos deles o que tiverem de melhor….CONFIAVEIS…Rs rs rs é mais facil confiar na estatua do Buda,ela não pode fazer-nos nenhum mal….

    Boa!! kkkk!!!
    …até um PANDA sabe disso. kkkkkkk!!!! e concordo com vc, estou somente do lado do Brasil!

    Abraço

  15. China parecem mais confiáveis que americanos?

    OMG… esse mundo tá fu.. mesmo.. KKKK

  16. Jose Vanildes Luiz :E nada de direitos humanos, Tibet, etc, etc. Nosso pais tem buscado tao boa companhia…

    Meu caro Vanildes, essa história de Tibet é coisa de tio sam, pois os dito defesores do direitos humanos são os primeiros a não respeitá-los. Não vejo problema de nos aproximarmos do dragão, desde que com altives.

  17. Como eles querem fazer treinamento com a FAB, se o FX-2 não saiu ainda e nem vai sair?

  18. Eles tao eh querendo uma area de influencia em pleno quintal americano isso sim.
    Enfim se for benefico para o brasil… sem problemas

  19. Hermano :
    Como eles querem fazer treinamento com a FAB, se o FX-2 não saiu ainda e nem vai sair?

    Querem usar nosso Mirrage 2000 e F5 como alvo, já são uma sucata mesmo caindo aos pedaços.
    E sim, a China é mais confiável SE COMPARADO aos EUA, pelo menos, nunca ouvi falar deles retaliando, fazendo sanções nos outros por vontade própria(Taiwan e Tibet não contam, afinal eles tem todo o direito de re-vindicar aquelas áreas, da mesma forma que a Argentina re-vindicou as Malvinas).
    E pobre daquele que só está do lado do Brasil, sem alianças, sem parcerias (que beneficiem igualmente ambos os lados, logicamente), não se vai a lugar nenhum, se para no tempo como Cuba e Coreia do Norte com aquele sistema comunista de merda.

  20. Como vai a questão dos direitos humanos no Egito e na Arábia Saudita,duas ditaduras apoiadas pelos EUA??????????????????????

  21. Agora é possível perceber que os gringos pra diminuírem a influencia da China e da Russia na américa latina considerariam o Brasil como seu parceiro estratégico,mas o anti-americanismo míope não permite ver isso.

  22. Eureka, Fernando Augusto você descobriu que nós gostamos é de meter o Pau. Ahahahaha…

  23. Temos que aprender é a COPIAR, como eles fazem direitinho. Pegar o vencedor do FX2 e começar a fazer engenharia reversa aprendendo com os chineses. E o mundo está cada vez mais perigoso mesmo, tem águia, urso panda, urso preto, toda a bicharada. Será que a onça vai se sair bem dessa? Ou melhor dizendo, se sair vitoriosa com menos ferimentos?

  24. jakson almeida calma amigo,é interessante esses exercicios para o Brasil,pois entra em contato com a doutrina militar de outra nação e a tb de filosofia,pois nossos tradicionais contatos,sempre foram com nações ocidentais,e conhecer a doutrina chinesa seria interesante,tb nossos caças e pilotos contra os J-10 deles,eu sou favorável.
    Nada de anti-americanismo e sim de espertesa.

  25. Jonnas :Temos que aprender é a COPIAR, como eles fazem direitinho. Pegar o vencedor do FX2 e começar a fazer engenharia reversa aprendendo com os chineses.

    A parada do FX2 já não envolve transferência de tecnologia?

    jakson almeida :Agora é possível perceber que os gringos pra diminuírem a influencia da China e da Russia na américa latina considerariam o Brasil como seu parceiro estratégico,mas o anti-americanismo míope não permite ver isso.

    De onde você tirou que eles consideram o Brasil pra tal coisa?

  26. Qual outra super potencia oriental,nos daria essa chance,claro que eles tem interesses e nós tb temos que ser espertos e buscarmos os nossos.

    Façamos uso dessa celebre frase de Bismarck,ao melhor estilo do meu amigo maluquinho,dedico essa a vc amig…rsr.

    “Os tolos dizem que aprendem com os seus próprios erros; eu prefiro aprender com os erros dos outros.”

    Vamos aprender com os erros e acertos deles!

  27. Sim Rafael, mas ao meu ver, uma coisa é lermos um livro e nos darem as interpretações, outra é ensinarem como que tais interpretações são descobertas. O nome disto é engenharia reversa, tem toda uma técnica por detrás dela. Eu chego acho graça dos aparatos chineses, não pelo poderio e complexidade, que não se discute na maioria dos casos, mas sim das semelhantes muitas vezes gritantes com outros modelos já existentes.

  28. “A China está também interessada em enviar paraquedistas para treinar no Brasil, bem como que membros das Forças Armadas chinesas recebam cursos de português no Brasil.”

    é, assim eles conhecem a geografia do país, recebem treinamento na selva, e ainda de brinde, aprendem português para nos espionar mais facilmente…

  29. Temos de deixar de ser provincianos… quem almeja a condição de ator global tem que se abrir as necessárias relações de intercambio internacional com os mais diversos atores e Estados. Isso é da política. Não adianta querer continuar um “macunaima” e sonhar em ter força de dissuasão capaz de defender a soberania. Tem de passar da condição de país “pobre coitado” para uma política mundial ativa e encarar os compromissos e riscos, em suma, abandonar de vez o complexo de inferioridade. Foi isso que o Presidente assumiu como desafio no governo e está fazendo a sua parte com políticas de distribuição de renda para acabar com a pobreza, promover o desenvolvimento industrial e teconológico do país para acabar com a dependência na importação de produtos manufaturados de alto valor agregado como máquinas, remédios, microeletrônica de circuitos integrados, nanotecnologia e quimica avançada. O crescimento econômico sustentado de longo prazo mas estes instrumentos de política industrial e de planejamento estratégico é que vão dar as condições para que tenhamos as condições necessárias para o fortalecimento e capacitação das nossas forças armadas. Paralelamente, a tudo isso vem somar as relações estratégicas de futuro com outras potências emergentes. A China optou por esse caminho no final dos anos 60 e acertou ao sair da dependência soviética e construir relações estratégicas de longo prazo com os Eua. Vejam o que ela era antes disso e o que ela representa hoje no cenário mundial. Mas não pensemos que só a China se beneficiou disso, os Eua também. Sem o grande novo mercado chines de mão de obra barata e projeção de consumo, podem ter certeza, os soviéticos teriam suplantados economica e militarmente os americanos. Para ficar apenas num exemplo, basta lembrarmos dos efeitos da crise do petróleo de 1973, que afetou profundamente o mundo ocidental, para vermos o quanto os soviéticos avançaram em capacidade militar na década de 70. Contudo, a atuação intensiva nos mercados asiáticos, incluindo o chinês, permitiu aos Eua dar a volta por cima nos anos 80 e 90, ao passoa que a Urss deixou de existir.

  30. Uma nação, seja ela a maior potência do planeta,ou a mais pobre, não tem amizades. Tem interesses.
    Cabe então aos líderes de uma nação, no contexto geopolítico, analisar o que lhes é oferecido e o que lhes é cobrado, por outras nações “amigas”, suas vantagens, desvantagens e consequencias, para então tomar a melhor decisão visando sempre o
    futuro desse pais e o bem estar do seu povo.
    No caso do Brasil, a nossa política externa é uma caixa preta, e, talvez assim tenha que ser. Porém, face ao nosso passado remoto e não tão remoto assim, qualquer decisão ou tendencia na política externa por parte de nossos líderes,
    gera uma grande desconfiança no povo, ao menos os mais informados.

  31. ISSO NÃO PRESTA , ACHO Q É MELHOR CADA UM CUIDAR DO Q É SEU E SEM ESSA DE NEGOS VIM AQ FUSSAR EM NOSSO TERRITÓRIO P/ FAZER COOPERAÇÃO DISSO E DE AQUILO ETC E ATÉ UNS ANOS ATAS NINGUEM NOS OFERECIA TAL EXERCICIOS , PORQ NÃO VAÕ LÁ NOS EEUU OU NA EUROPA FAZER TAL ACORDO, NÓS TEMOS É Q C PREPARAR O MAX E DE TODAS AS FORMAS P/ C DEFENDER DE QUALQUER TIPO DE ATAQUE CONTRA NOSSO TERRITÓRIO E SEJA LÁ DE QUEM FOR, O BRASIL PRECISA É DE ARMAMENTOS DE PONTA E PRINCIPALMENTE DE SUPER ARMAS (NUC) AI NINGUÉM VAI PENSAR EM VIR AQ P/ NOS ENCHER O SACO, VEJA POR EX: PAQUISTÃO POIS NINGUÉM VAI LÁ PERTUBALOS POIS ELES TEM O Q O MUNDO RESPEITA . OH BRASIL PSIU A C O R D A ! VC NÃO PRECISA MAIS DE NINGUÉM , E O MUNDO TODO JA ESTA SABENDO DISSO , E POR ISSO FICA BEIRANDO A GENTE.

  32. Podemos/devemos aceitar intercâmbios na área militar militar com qualquer grande potência, EXCETO os que envolvam exercícios conjuntos em nosso território.NA ÁREA DO COMANDO MILITAR DA AMAZÔNIA então nem pensar, posto que esta deve ser tirânicamente preservada da simples presença de militares,inimigos em potencial cujos países não permitem a presença de nossos cientistas em suas instalações nucleares. Fazê-lo seria demonstrar que “não acreditamos” na opção a que fomos obrigados a fazer, quando assinamos o “TNP”,e,sem nenhuma consideração para com o soldado brasileiro, optamos pela “estratégia da resistência”, QUE NOS CONDENA A LUTAR AO INVÉS DE DISSUADIR!

  33. A China vem do nada pedir coperação MILITAR?
    Suspeito.

  34. Informo que para estudo da língua portuguesa, temos membros deste fórum como Professores universitários leitores de Língua Portuguesa em Pequim, qualificados e de elevadíssimo potencial. Bastaria se dirigir ao leitorado de universidade de Pequim, pois está lá prestando todo apoio a este intercâmbio.

  35. Vai vê que eles estão de olho na gente que estamos no time dos emergêntes e quer testar nosso poder militar para na hora certa vir o golpe nas nossas riquesas vivemos no mundo anti-cristão e de olho neles.

  36. Para alguns que só fazem leitura das coisas miúdas, daquelas de que somos auto-suficiemes, que no nosso quintal ninguém canta, lembro algumas cositas relevantes: Satélites militares próprios e exclusivos que permitem vigiar e monitorar forças e instalações de qualquer país ou região do planeta nós não temos; Sistemas de armas aéreas, navais e terrestres, misseis, aviões, radares e veiculos de combate avançados de fabriação própria não temos: Adestramento de tropas, copiamos e reproduzimos quase tudo dos americanos; Preparação de guerra na selva tanto falado não é exclusividade nossa, a amazonia não é a unica a dar essa possibilidade. Os americanos, soviéticos, franceses, ingleses conhecem as principais florestas tropicais na Asia e Africa, com a vantagem de já terem experiência de combate real nesses teatros. Sejamos realistas ainda temos que aprender e provar muitas coisas em termos de poder.

  37. Fernando Augusto :

    Hermano :
    Como eles querem fazer treinamento com a FAB, se o FX-2 não saiu ainda e nem vai sair?

    Querem usar nosso Mirrage 2000 e F5 como alvo, já são uma sucata mesmo caindo aos pedaços.
    E sim, a China é mais confiável SE COMPARADO aos EUA, pelo menos, nunca ouvi falar deles retaliando, fazendo sanções nos outros por vontade própria(Taiwan e Tibet não contam, afinal eles tem todo o direito de re-vindicar aquelas áreas, da mesma forma que a Argentina re-vindicou as Malvinas).
    E pobre daquele que só está do lado do Brasil, sem alianças, sem parcerias (que beneficiem igualmente ambos os lados, logicamente), não se vai a lugar nenhum, se para no tempo como Cuba e Coreia do Norte com aquele sistema comunista de merda.

    ou talvez a FAB queira usar os J-7 como alvo para os F-5M e Mirage-2000.

    A China nunca fará sanções ao Brasil porque eles dependem de nós, dependem de nossos recursos naturais e dependem de exportar seus produtos para nós, eles não têm condições de fazer sanções. Tomando o exemplo do setor de Tecnologia de “ponta” – Computadors, aparelhos de medição, Radares, etc. – os chineses sabem montar um processador de computador e vender a preço de banana, agora projetar um com tecnologia comparável à dos processadores Intel israelenses ainda está longe. Por isso sofremos sanções nessa área, não desenvolvemos e não temos vendedores alternativos, mesmo tendo sofreríamos mais sanções ainda ¬¬

  38. A verdade é uma só sempre criticamos o imperialismo americano em relação ao Brasil e outros países da américa latina, eu sou um deles. Aproximar-se da China é uma demonstração de maturidade e de liberdade de nosso país, somos um país livre e acessivel a todos que queiram estreitar laços de amizade e cooperação para um futuro melhor. Sabe aquela coisa do ensino fundamental quando se arrumava um amigo fortão para não levar surra dos valentões, este acordo parece mais ou menos isso. A China tem seus problemas é verdade quem sabe possa aprender um pouco mais de tolerância com as diferenças conhecendo a cultura amistosa dos brasileiros?

  39. Acho bom o Brasil tomar cuidado com a China, pois ela está louca atrás de recursos, e não me venham com esse papo de ela depende de nós, de que a China precisa do nosso mercado consumidor, de nosso produtos como a soja, o ferro, etc. a China pode muito bem fazer sanções contra o Brasil, ela importa muita coisa do Brasil, mas ela não é depende do Brasil como muita gente acha. Pois existe outros mercados para a China vender os seus produtos, a própria Ásia, e muito outros países para comprar commodities. A China pode compara alimentos da Argentina que também é uma grande produtora, não tanto como o Brasil, pode comprar minérios da Russia ou de qualquer outro produtor. No setor de tecnologia a China ainda está atrasada, mas se desenvolve mais rápido que outro país. Por todo o cuidado é pouco, porque não existe isso de “nação amiga”, todos são amigos de seus interesses.

  40. Pelo que entendi os exercicios seriam feitos na china, e nao na amazonia. e outra, é muito bom ter esses exercicios, afinal de contas, os dois lados aprendem…

  41. A China querendo aprender com o Brasil? Os EUA não são confiáveis, mas estes chineses eu acho que são piores, melhor mesmo é eles lá na terrinha deles, pra que apreender português? Pra que treinar na selva? Melhor esses bananas na Ásia. O que o Brasil vai ganhar com isso, eis a grande questão. Começa a surgir uma grande nação(China) de gafanhotos. Sr. Lula só trouxe abacaxi para o Brasil, diga-se de passagem, abacaxi ananás.

  42. @Paulo Henrique,

    Sanções geralmente se aplicam a bens de valor agregado. Quem compra commodities, é porque geralmente precisa deles (e sabe-se como a China precisa deles). Mas quem compra bens industrializados, geralmente pode trocar de vendedor se assim o quiser. Portanto, enquanto a balança comercial do Brasil com a China continuar assim – com a China comprando mais commodities do que bens capitais -, não vejo o Brasil caindo numa relação de dependência em relação a esse país.

    Seria interessante se a China e o Brasil assinassem um pacto militar. Espero que esses exercícios sejam uma abertura para a negociação de um algo assim. Sabe-se que os EUA evitam vender certos tipos tecnologia do setor aeroespacial ao Brasil por medo de que o país o utilize para fins militares. Talvez com a China o Brasil consiga isso.

  43. Não me conformo com o simismo de alguns usuarios que aqui estaõ, se o pais é comunista não podem fazer nada(já pensou em governar um pais de 1,5 bilhão de pessoas? e ter nives de sesenvolvimento tão bom como o Chines? eles precisam preservar a ordem se não seria a mesma zona qie a India é, e os EUA ~sao grandes respeitadores dos direitos humanos e também parceiros do Brasil, leia a quarta parte das reflexões sobre a defesa nacional: Defesa do mar territorial e zona econômica exclusiva ai vocês me dizem em quem devemos confiar

  44. Bom inicialmente, e pelo que pude entender do texto, os exercícios militares serão realizados em território chinês, como parte do início de um programa de cooperação bilateral tecnológica e científica com ênfase no segmento bélico. A questão passa pelo mesmo intercãmbio de doutrinas operacionais e estratégias de campo, realizadas pelo brasil há anos com as forças de diversos países ocidentais, e que inclusive, foram reforçadas com o recente acordo brasil-eua.

    Essa faz parte do planejameto nacional na sua diversificação de parcerias internacionais, tanto na área comercial quanto política e tecnológica, que visa acessar os equipamentos, os meios de organização e mesmo o aprofundamento de material e estratégias que sejam provenientes de outras fontes nacionais, nesse interim, baseadas na estrutura oriental-asiática, até o presente momento com muito pouca informação específica e conhecimento das capacidades de combate por parte da falta de articulação brasileira em exercícios conjuntos que, dada a importância e peso no cenário geopolítico internacional, tanto deles quanto nossa deveriam há algum tempo terem realmente exercícios conjuntos multifacetados.

    Isso porque nesse presente quadro de interesses econômicos e financeiros globais, que regem a diplomacia de diversas nações, e dado as pretensões futuras de projeção como players militares e espaço nas mesas de negociação, é no mínimo interessante que participemos e interagirmos em teatros de operação logística como as próximas à Ásia, para dotarmos nossas forças de experiência expedicionária, e choque de idiossincrasias necessárias para a formação de doutrinas flexíveis.
    E principalmente, até mesmo para desenvolver prudência e criar dissuasão com parcerias estrangeiras.

    Abraços

  45. A PARANÓIA DE SEMPRE … agora contra os Chinas…rsrsrs.. para fazer comércio abrem as per.. ops.. braços…a casa.. e tudo mais.. falou em operação militar surtam…rsrsrs.

    ou se garante ou vira avestruz (apesar de ser uma mentira a história da cabeça no buraco..etc)

    resumindo … a gente cresce do lado de quem pode mais.. óbvio.

    PS- e desde quando tigre precisa aprender algo com gato… na cadeia militar ..ops .. alimentar.. tigre sempre vai comer gato.. com pulo ou sem .. rsrsrs

    texto em homenagem aos escapistas de plantão do PB… rsrsrs

    http://protopia.wikispaces.com/nao.ao.escapismo

  46. Wi :A onça pediu ao gato que lhe ensinasse a pular, porque o maior mestre de pulos que há no mundo é o gato. O gato ensinou uma, duas, três, dez, vinte qualidades de pulos. A onça aprendeu todos com a maior rapidez e depois convidou o gato para irem juntos ao bebedouro, isto é, ao lugar no rio onde os animais descem para beber.
    Lá viram um lagarto dormindo em cima duma pedra.— Compadre gato — disse a onça — vamos ver quem dum pulo pega aquele lagarto.— Pois vamos — respondeu o gato.— Então comece.O gato saltou em cima do lagarto e a onça saltou em cima do gato — mas este deu um
    pulo de banda e se livrou da onça.A onça ficou muito desapontada.— Como é isso, compadre gato? Esse pulo você não me ensinou…— Ah, ah, ah! — fez o gato de longe.— Isto é cá segredo meu que não ensino a ninguém. Chama-se o “pulo do gato”— meu, só meu. Os mestres que ensinam tudo quanto sabem não passam duns tolos.Adeus, comadre! — e lá se foi.——————————-
    ps.Pode colocar o tigre chinês no lugar da onça

    A China não é onça, é um Poderoso dragão que acorda cedento de sangue, acho melhor entrarmos no Jogo politico, no xadrez global, não existem amigos só aliados, porem é bom não ter a China como inimiga, temos que manter equilibrio entre as nações !..

  47. xtreme,

    não seja infantil/simplista, quem pensa de forma estratégica sempre vai tentar enxergar quais são os possíveis riscos e ameaças em cada situação em que for se envolver. E se precavendo dentro do possível…

    O que não quer dizer, deixar de fazer as coisas por causa dos riscos, a não ser que sejam muito grandes e que os benefícios não compensem os riscos, simples questão de custo/beneficio.

    Más sem o cuidado , a preocupação, que de forma alguma é “paranoia”, como avaliar os riscos e beneficios?

    Aliás! isto é uma norma básica na vida em geral…

  48. E avestruz é aquele que acha que enfiando cabeça dentro do buraco, estará seguro, a própria imagem da alienação imprudente…

    Jehann,

    “A China não é onça…”

    para bom entendedor meia palavra basta…

    Mas esta é uma característica das fábulas, cada um entende o que bem quiser, só não coloque o seu entendimento, como sendo o meu…

  49. ??? oras mais o q. eu afinal falei .. rsrsrs… reengenharia reversa sobre meu texto..hahaha…

    avestruzinha do papo amarelo..rsrsrs

  50. Fernando Augusto :

    Hermano :
    Como eles querem fazer treinamento com a FAB, se o FX-2 não saiu ainda e nem vai sair?

    Querem usar nosso Mirrage 2000 e F5 como alvo, já são uma sucata mesmo caindo aos pedaços.
    E sim, a China é mais confiável SE COMPARADO aos EUA, pelo menos, nunca ouvi falar deles retaliando, fazendo sanções nos outros por vontade própria(Taiwan e Tibet não contam, afinal eles tem todo o direito de re-vindicar aquelas áreas, da mesma forma que a Argentina re-vindicou as Malvinas).
    E pobre daquele que só está do lado do Brasil, sem alianças, sem parcerias (que beneficiem igualmente ambos os lados, logicamente), não se vai a lugar nenhum, se para no tempo como Cuba e Coreia do Norte com aquele sistema comunista de merda.

    Falou e disse, e esse convite reflete o lado “aliado” n com eles. Sds.

  51. A China está também interessada em enviar paraquedistas para treinar no Brasil, bem como que membros das Forças Armadas chinesas recebam cursos de português no Brasil.

    INTERESSE EM ANGOLA OU NA AMAZÔNIA MESMO???

  52. Boa Francisco, aprender português no Brasil. Interesse em Angola ou na Amazônia? Uma destas duas opções eles devem ter, mas qual?

  53. Na duvida, melhor eles longe do Brasil.

  54. Francisco :
    A China está também interessada em enviar paraquedistas para treinar no Brasil, bem como que membros das Forças Armadas chinesas recebam cursos de português no Brasil.
    INTERESSE EM ANGOLA OU NA AMAZÔNIA MESMO???

    Nem uma coisa nem outra, e q nós temos os melhores soldados de selva do planeta, só isso.

    Tupi-Guarani :

    1maluquinho :

    Jose Vanildes Luiz :E nada de direitos humanos, Tibet, etc, etc. Nosso pais tem buscado tao boa companhia…

    Guilherme :eles me parecem mais confiaveis q os americanos

    NÓS NÂO ESTAMOS NEM AI…Se eles são carrascos e escravizadores do proprio povo ate um Panda sabe disso.Problema deles,vamos vender-lhes e absorver-mos deles o que tiverem de melhor….CONFIAVEIS…Rs rs rs é mais facil confiar na estatua do Buda,ela não pode fazer-nos nenhum mal….

    Boa!! kkkk!!!
    …até um PANDA sabe disso. kkkkkkk!!!! e concordo com vc, estou somente do lado do Brasil!
    Abraço

    Somos amigos dos SSioniSStras, é olha q eles massacram os Palestinos td os dias, q tbm são n amigos. Sds.

  55. Turma se eles vem aqui aprender a pular e pára-quedas nossos soldados vão pra lá também não é? Então por que tanto receio, sei que não são confiáveis, mas quem vcs acham que são EUA, Suécia ou a França nenhum deles é, temos que nos aproveitar deles assim como eles querem se aproveitar de nós. Se vamos da treinamento também vamos receber. Além do mais só existem três nações no comando de projetos de caças de quinta geração e são eles China, EUA e Rússia. A aproximação com a China é benéfica.

    Antes a China como um aliado que como um neutro ou mesmo um inimigo…

  56. Otimo o Brasil faz parte do BRIC nada mais que natural fazerem treinamento juntos, aliaz acho inclusive que deveriam fazer com a Russia e India tb, seria uma otima troca de experiencias, certamente só o “Grande Irmão” do Norte talves não goste mais se somos uma Nação soberana que assim o seja e só um detalhe dos 04 Paises membros só o Brasil não possui armas nucleares.

  57. Prezados amigos… Tenho uma teoria… A China não tem poderio tático nem adestramento para treinar paraquedistas, nem sua força área com táticas da OTAN apreendidas de longa data pelo Brasil… Além do mais o Brasil é um importante mercado para compra e venda de armas…

  58. Isso aí seus malucos…..
    A China é traíra em todos sentidos, e vocês acham que é o Tio San o satã..ahahha

  59. O Brasil,quer tudo, e no fim fica sem nada, pois se aprixima dos americanos, para fazer acordo militar,depois vem os russos, agora china,india,,, nofim fica sem nada, pois cada pais tem medo de vender tecnologiapara ao brasil
    ficam achando que o brasil,vai pasar está tecnologia, para o outro lado.
    até de paises com ditadura o brasil, su alia, e nós que sempre lutamos pela democracia,, isto e que da ter o pt no poder, ditadura numca mais,,,,,abre o olho brasil

  60. PSG 1:
    “Eles tao eh querendo uma area de influencia em pleno quintal americano isso sim.
    Enfim se for benefico para o brasil… sem problemas”

    Essa síndrome de cachorro vira-latas tá duro de sair do pensamento de alguns brasileiros…
    Patriotismo que se expressa de cabeça baixa é dose.

  61. Oia nois.. huahuahauaua
    Seria um privelegio para qualquer pais treinar com um exercito tão disciplinado..

  62. FERNANDO AUGUSTO….A China é o maior opositor a entrada do Brasil no Conselho de Segurança…Ela tambem é nosso maior competidor comercial,em exportações e por mercados.Por enquanto necessitam muito de nosssas materias e energeticos…mas…quando começarem a precisar menos,quando ja tiverem uma enorme e sofisticada esquadra…acreditem…vão começar a por as garrinhas do Trigre e a soltar as labaredas do Dragão.

  63. Sinceramente, acredito que não deveríamos desprezar qualquer aproximação com um país como a China potencia economica e grande parceira comercial do Brasil. Me parece que há um acordo de desenvolvimento do nosso reator para o sub nuclear e certamente outros acordos deverão ser traçados a partir deste trabalho conjunto.

    O Brasil foi o unico País a se dispor a ser base de treinamento para aviação embarcada da China, e nesse contexto o que ela deseperadamente necessita é de know how de operacao de Navios Aerodromos. Quanto as outras posições politicas de apoio ao Brasil não podemos exigir pois como o Brasil a China tem sua soberania e decide como lhe convier. Em fim toda parceria com potências como a China deverá ser bem vinda a partir do momento que cada parte tire o maior proveito disto.

    Quero dizer, que a china usa o mesmo approach que os EUA no longo prazo não temos a menor duvida, mais raciocinemos um instante, somos um player completamente diferente de a vinte anos atrás, aprendemos muito e a duras custas,não vamos confundir alhos com bugalhos, os nosso técnicos militares são muito bons e sabem muito bem o terreno em que estão pisando. E mesmo aí é bom ressaltar que o Brasil conduz com a China um vitorioso projeto de desenvolvimento conjunto de satélites e até lá nossos irmãos portugueses plantaram suas sementes.

    A China nao faz isso porque è incapaz ou retrasada ao Brasil, alias me parece muito a frente em ambiçao ao Brasil e tambem tecnologicamente, ela quer simplesmente acelerar o processo de algo que com certeza conseguiria obter sozinha mas com maior perda de tempo.

    Enquanto a Russia,forneceu muito “KNOW HOW ” ,como muitos chamam, atè demais e os chineses aproveitaram foram alem de onde estabeleciam os acordos para produçao em serie em terra chines dos lotes Sukhoi, produzindo excedentes fora dos limites e dos acordos. Os russos estao sò tentando pegar mais tempo,depois que deram mais do que deviam , virao o potencial e acelerada chines, freiar o avanço militar -algo inevitavel- chines para equilibar os pesos na regiao(INDIA contro-peso natural a qual a Russia fornece apoio tambem.O PAK FA è so uma das pedrinhas ).A Marinha russa està desfasada nao è interesse dela apoiar e acelerar o crecimento da aliada/rival chines.

    E dado o jogo geopolítico, é prudente e producente que o Brasil mantenha um bom relacionamento com todas as nações, em todos os continentes. O simples ato de fazer acordos com uns, não exclui a possibilidade de fazê-los com outros, tal qual as alianças entre diversas nações ocidentais e orientais que já construímos.

    Grande Abraço

  64. “””O ANTI-CRISTO VEM DO ORIENTE”””….Eles não acreditam em Deus e nem na existencia do Espirito…Quem é o potencial Anti-Cristo?O Arabe que cre em um unico Deus e tem sua fé originada e fundamentada da nossa ou o Ling Ling exterminador de xaninhas???

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: