Articles

Líder do Talebã afirma que vitória no Afeganistão está próxima

In Conflitos, Defesa, Geopolítica on 09/09/2010 by E.M.Pinto Marcado: , ,

https://i0.wp.com/tammybruce.com/wp-content/uploads/2010/05/omar.jpgO líder do Talebã deposto pelos Estados Unidos em 2001, mulá Omar, afirmou que seus combatentes estão vencendo a guerra no Afeganistão, e que a campanha liderada pela Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) foi um “fracasso completo”.

Em uma rara declaração divulgada nesta quarta-feira, o líder do Talebã exigiu que o presidente americano, Barack Obama, retire suas tropas “de forma incondicional e o mais rápido possível” do Afeganistão.

A declaração do mulá Omar, que marcou o fim do mês santo do Ramadã, foi divulgada por páginas de movimentos islâmicos na internet.

“A vitória de nossa nação islâmica sobre os invasores infiéis agora é iminente e a força por trás disto é a crença na ajuda de Alá e a união entre nós”, afirmou o mulá Omar.

“Nos tempos que virão, vamos tentar estabelecer um sistema islâmico, independente, perfeito e forte”, acrescentou.

O líder do Talebã alega que os responsáveis pela invasão do Afeganistão em 2001, que tirou o grupo do poder, “já admitiram que todas as suas estratégias são nada além de um fracasso completo”.

O mulá Omar também pediu que seus comandados sigam o código de conduta do Talebã e evitem ferir civis durante combates.

Líder espiritual

O mulá Omar ainda é considerado o líder espiritual do Talebã no Afeganistão, mas outros integrantes liderariam o grupo de insurgentes de fato.

Ele não foi visto em público nos últimos anos e acredita-se que esteja escondido no Paquistão.

O presidente americano, Barack Obama, ordenou o envio de mais 30 mil soldados americanos para o Afeganistão em dezembro de 2009, depois de uma avaliação da situação no país.

O general David Petraeus, comandante das forças dos Estados Unidos e da Otan no Afeganistão, afirmou em agosto que observou “áreas de progresso” na guerra. Petraeus afirma que conquistar os civis afegãos é parte crucial de sua estratégia para derrotar o Talebã.

No entanto, o presidente afegão, Hamid Karzai, afirmou que os casos de civis atingidos durante confrontos ou em ataques estão prejudicando as operações contra os insurgentes no país.

A Otan, por sua vez, aumentou a presença no Afeganistão para 150 mil soldados, para tentar derrotar os militantes. Apesar do anúncio da Otan, os Estados Unidos já estabeleceram o prazo de julho de 2011 para iniciar sua retirada, caso as condições do país permitam.

Críticos afirmam que este anúncio dos Estados Unidos estimulou o Talebã. E o próprio Karzai já afirmou que o plano de retirada dos Estados Unidos deu ao Talebã um “estímulo moral”.

Fonte: BBC Brasil

Anúncios

26 Respostas to “Líder do Talebã afirma que vitória no Afeganistão está próxima”

  1. Se eu fosse o ali khamenei colacaria minhas barbas de molho.Os ianks saíram do Iraque e vão sair do Afeganistão.Isso soa como tambores de guerra contra o irãn,estão concentrando forças e recursos para um grande ataque de saturação contra as defesas do irãn.Juntando os ianks mais os Sionistas acho que ficaria difícil qualquer chance de defesa convencionais.

  2. Alguém duvida da vitória Taliban??? :wink:

    No fim voltaram ao poder e ao comando do país. Existirão os velhos problemas mas pelo menos eu como ocidental e pai sei que teremos também soluções, e a maior delas será a redução ou até mesmo o fim da produção de ópio, e a exportação ao resto do mundo.

    Como pai isso me faz dormir um pouco mais tranqüilo, mas tem as outras drogas ainda por ai, principalmente na guerra infinita da Colômbia, onde mais uma vez os Yankees produtores, refinadores, exportadores e também consumidores de droga estão empenhados a décadas para se conseguir o monopólio na produção de tais drogas. E pode ser que fiquem muito mais agressivos no mercado internacional de drogas tendo perdido o controle sobre a produção afegã… veremos no vai dar.

  3. Para que tanta tecnologia se eles não conseguem vencer os cabeça de trapos com umas ak 47 e uns RPJ

  4. As forças da OTAN não vão sair assim tão cedo… vai ser aquelas guerras que nunca mais acaba, uma guerra assimétrica difícil de vencer mas não impossível.
    Para vencer esta guerra tem de ser feita mais pelas palavras do que pelas bombas e extremistas fora do baralho.
    A única vitoria que os Talibães conseguem é a moral (opinião publica) que do resto… é carne contra o canhão.
    A não ser que os iluminados por um deus que aquelas criaturas se apoiam dizendo que as mulheres não têm direito ao ensino, estejam a ver batalhas ganhas no terreno, conquistas de terreno e as forças da OTAN a segurar a linhas de defesa nas fronteiras do Paquistão.
    É minha visão militar do assunto.
    Sds

  5. Perda de tempo, vão acabar criando um sistema onde eles mandão o resto escuta, o que tem ser feito é o mundo mudar de uma sociedade econômica para de produção, vivemos em um mundo onde 90% da produção pode ser feita por maquinas, podemos tirar nossas populações da fabricação para a edução de qualidade, acabar com os governos, os roubos diminuiriam drasticamente após alguns anos, pois, dinheiro não existira mais.

    Nos falam durante nossas vidas em formas de governança dos tipos mais diversos, e o resultado sempre é o mesmo, merda.

    Leamartine Pinheiro de Souza :
    Talvez este seja o momento para que o mundo comece a pensar em fazer, nas cercanias de Jerusalém, um novo pentágono, com o pomposo título de ORU – ORGANIZAÇÃO DAS RELIGIÕES UNIDAS, em que cada lado seja representado pelas religiões básicas hoje existentes, em ordem alfabética: Budismo, Cristianismo, Espritualismo, Islamismo e Judaísmo, tendo, ao centro, o prédio da OTU – ORGANIZAÇÃO TEOSÓFICA UNIVERSAL, na qual, todas as religiões se reuniriam para esquadrilharem suas origens, seus objetivos e, sobretudo, a essência do que consideram como a entidade primordial.
    Afinal, só com o respeito mútuo entre as diversas religiões é que teremos o respeito ao próximo colocado no topo das relações humanas, pondo fim ao radicalismo e ao conflito religioso que tanto já prejudicou a humanidade em seus valores quantitativos e qualitativos.

  6. Ja existe este lugar onde as religiões se unem, chama-se Pirâmide da Paz, está na cidade de Astana, Casaquistão.

  7. Francoorp :
    Alguém duvida da vitória Taliban???
    No fim voltaram ao poder e ao comando do país. Existirão os velhos problemas mas pelo menos eu como ocidental e pai sei que teremos também soluções, e a maior delas será a redução ou até mesmo o fim da produção de ópio, e a exportação ao resto do mundo.
    Como pai isso me faz dormir um pouco mais tranqüilo, mas tem as outras drogas ainda por ai, principalmente na guerra infinita da Colômbia, onde mais uma vez os Yankees produtores, refinadores, exportadores e também consumidores de droga estão empenhados a décadas para se conseguir o monopólio na produção de tais drogas. E pode ser que fiquem muito mais agressivos no mercado internacional de drogas tendo perdido o controle sobre a produção afegã… veremos no vai dar.

    Novobrasuk :
    Se eu fosse o ali khamenei colacaria minhas barbas de molho.Os ianks saíram do Iraque e vão sair do Afeganistão.Isso soa como tambores de guerra contra o irãn,estão concentrando forças e recursos para um grande ataque de saturação contra as defesas do irãn.Juntando os ianks mais os Sionistas acho que ficaria difícil qualquer chance de defesa convencionais.

    karlus73 :
    As forças da OTAN não vão sair assim tão cedo… vai ser aquelas guerras que nunca mais acaba, uma guerra assimétrica difícil de vencer mas não impossível.
    Para vencer esta guerra tem de ser feita mais pelas palavras do que pelas bombas e extremistas fora do baralho.
    A única vitoria que os Talibães conseguem é a moral (opinião publica) que do resto… é carne contra o canhão.
    A não ser que os iluminados por um deus que aquelas criaturas se apoiam dizendo que as mulheres não têm direito ao ensino, estejam a ver batalhas ganhas no terreno, conquistas de terreno e as forças da OTAN a segurar a linhas de defesa nas fronteiras do Paquistão.
    É minha visão militar do assunto.
    Sds

    Eu acredito q os ianks e SSioniSStras estão concentrando forças p um inimigo mt > o Persa, e q os ianks estão sendo derrotados, isso ñ deixa nenhuma dúvidas, e + p vencerem essa guerra de guerrilha assímetrica, só cuidando od IDH , pela tabela GINI dos Afegões, mostrar e melhorar a qualidade de vidas dos mesmos; então, aê sim . a OTAN será a grande vitoriosa. E eu torço p q a OTAN faça assim, isso pelas maiores vítimas dos telebans, as lindas mulheres Afegãs. Sds.

  8. Os EUA gastaram o que tinham e o que não tinham nesta guerra infame, e seu pais esta com a infraestrutura compremetida pela falta de recursos, parece-me que o americanos não teram dinheiro para uma nova empreeitada no Irã, a nova Roma começa a ruir.

  9. Tecnologia não é sinônimo de vitoria.
    A alguns anos atrás, os EUA lutaram contra uns ‘roupas de trapos’ e vocês sabem no que deu.

  10. Francoorp :
    Alguém duvida da vitória Taliban???
    No fim voltaram ao poder e ao comando do país. Existirão os velhos problemas mas pelo menos eu como ocidental e pai sei que teremos também soluções, e a maior delas será a redução ou até mesmo o fim da produção de ópio, e a exportação ao resto do mundo.
    Como pai isso me faz dormir um pouco mais tranqüilo, mas tem as outras drogas ainda por ai, principalmente na guerra infinita da Colômbia, onde mais uma vez os Yankees produtores, refinadores, exportadores e também consumidores de droga estão empenhados a décadas para se conseguir o monopólio na produção de tais drogas. E pode ser que fiquem muito mais agressivos no mercado internacional de drogas tendo perdido o controle sobre a produção afegã… veremos no vai dar.

    Amigão,assim como você,eu também sou pai;
    Eu tenho as drogas e qualquer traficante como inimigos naturais,que devem ser exterminados do planeta.
    Também creio que tais drogas produzidas no Afeganistão,não deixarão de ser produzidas por causa deles,para algumas coisas,eles fazem vistas grossas.
    Como o amigo acha com que dinheiro os talibãs compram armas ?

  11. Carlus Argus, vou acrescentar mais uns pontos. A qualidade de vida… eles nem sabem bem o que é… só piorou com a guerra. É de obrigação dos países que estão intervir nesta guerra que contribuem muito para o futuro mas com a o mínimo de liberdade porque se há um fundamento para a vida é a liberdade… pois se há coisas que eu não suporto é saber que neste século há povos a agir como tivéssemos em 2010 mas Antes de Cristo; referi-mo a atitudes pré-históricas que nada de moral tem. Este recado também para os ditos civilizados que também se portem como “animais” pré-históricos.
    Acredito no modelo da nossa sociedade civilizada mas não tolero por exemplo determinadas “religiões” ou modelos políticos que evoquem seja o que for para rebaixar o ser humano, tal como o Talibãs tendem a fazer, mesmo que seja os seus costumes… não tolero.
    O mundo dito civilizado também comete os seus crimes mas não os faz com seu próprio povo só por estarem contra ao “sistema”, exemplo e mais uma vez os Talibãs. Só para dar um exemplo, um atentado nesse meus numa escola de mulheres, invocaram que o atentado é para mostrar que elas não têm direito ao ensino, não consigo compreender esta atitude.
    Desta guerra é o única réstia de argumento que vejo para ver as tropas da OTAN no terreno… muito tem de trabalhar e como disse; no terreno mais com o dialogo do que a bombas.

  12. É a história se repetindo novamente. Mais uma vez um exército poderoso só conseguiu mesmo é destruir a estrutura material e de governo de um país da Asia sem coneguir um vitória militar incontestável. Os russos, na época soviética, não conseguiram porque Ronald Reagan davam todo o tipo de armas novas inventadas para os mudjahedin lutarem. Por sua vez, agora os russos tiram a forra, fornecendo nos subterrâneos, as armas que garante a sobrevivência dos talebans frente a poderosa Otan. Justificar uma guerra em cima de mentiras, aliada a crença em uma capacidade militar e moral superior, está se transformando num vitória de pirro. Em suma, moral da história, o Afegansitão aos afegãos. Que eles assumam o seu próprio destino.

  13. Mas que Mular Omar que nada…

    Ali já virou o inferno a tempos… São vários grupos insurgentes com lideranças diversas, uns contra os outros e todos contra a coalizão… Nem o capeta tem controle de absolutamamente nada por aquelas bandas… Em última hipótese se faz uma área de segurança na fronteira do Paquistão para garantir a segurança dos nukes e se preparar para montar novamente, uma vergonhosa área para auxílio de refugiados de guerra…

  14. humm… sexy kkkkkk

  15. lucena:

    Antes desta guerra quem plantasse droga no Afeganistão os taliban contavam a mão, reincidindo, cortavam a outra mão junto com o Braço, e reincidindo ainda se cortava o pescoço.

    Estes elementos fanáticos religiosos não estão nem ai para as drogas, alias as odeiam e veja as regiões sob controle dos Taliban o cultivo de droga quase não existe… tudo o que vem plantado e exportado do Afeganistão vai para o lucro dos Yankees, é assim, já falamos muito sobre isso aqui.Tem muito material em outros tópicos que falam de Afeganistão aqui no sitio, é so procurar um pouco.

    As armas, remédios e outros vêm de todo o mundo árabe e principalmente do Irã. Não é como ter uma potência apoiando como foi o caso dos Yankees quando os apoiaram nos asnos 80, mas já é alguma coisa.

    Valeu!!

  16. Taliban, o mesmo grupo de fanaticos que destruiu todos os museus do Afghanistan, as estatuas a ordem social do pais, julgando e matando quem quer se seja por nada. Obrigaram as mulheres a praticamente viverem em escravitude. Uma pena dque uma Paveway nao acerou esse idiota na sua cabeca.

  17. O NOSSO AFEGANISTÃO É NA FRONTEIRA.

    Olhamos para a Ásia,onde vemos;Afeganistão,alquaeda, talibãs,ópio,….
    Já temos o nosso Haiti,que são as periferia das grandes e média cidades brasileira;e o nosso Afeganistão é a nossa fronteira,onde temos os talibãs (farc’s,pcc,cv,sendero luminoso,…),mulas(os barões das drogas;cocainas),etc.
    O nosso governo,tem condições na região do cone sul,de colocar na pauta com os demais governos dessa região,o combate efetivo às drogas;sem viés ideológico ou qualquer atitude hipócrita.
    Para começar,devem combate-la na corrupção de suas instituições de segurança e de justiça,tornando transparente para a sociedade civil tal combate,sem mentiras e falcatruas.
    Alguns olham para bem longe para ver o Afeganistão da Europa e dos EUA,e não ver o seu, bem debaixo de suas “barbas”.

  18. Francoorp :
    lucena:
    Antes desta guerra quem plantasse droga no Afeganistão os taliban contavam a mão, reincidindo, cortavam a outra mão junto com o Braço, e reincidindo ainda se cortava o pescoço.
    Estes elementos fanáticos religiosos não estão nem ai para as drogas, alias as odeiam e veja as regiões sob controle dos Taliban o cultivo de droga quase não existe… tudo o que vem plantado e exportado do Afeganistão vai para o lucro dos Yankees, é assim, já falamos muito sobre isso aqui.Tem muito material em outros tópicos que falam de Afeganistão aqui no sitio, é so procurar um pouco.
    As armas, remédios e outros vêm de todo o mundo árabe e principalmente do Irã. Não é como ter uma potência apoiando como foi o caso dos Yankees quando os apoiaram nos asnos 80, mas já é alguma coisa.
    Valeu!!

    Obrigado pelo esclarescimento.
    Valeu amigão!

  19. lucena :

    Francoorp :
    lucena:
    Antes desta guerra quem plantasse droga no Afeganistão os taliban contavam a mão, reincidindo, cortavam a outra mão junto com o Braço, e reincidindo ainda se cortava o pescoço.
    Estes elementos fanáticos religiosos não estão nem ai para as drogas, alias as odeiam e veja as regiões sob controle dos Taliban o cultivo de droga quase não existe… tudo o que vem plantado e exportado do Afeganistão vai para o lucro dos Yankees, é assim, já falamos muito sobre isso aqui.Tem muito material em outros tópicos que falam de Afeganistão aqui no sitio, é so procurar um pouco.
    As armas, remédios e outros vêm de todo o mundo árabe e principalmente do Irã. Não é como ter uma potência apoiando como foi o caso dos Yankees quando os apoiaram nos asnos 80, mas já é alguma coisa.
    Valeu!!

    Obrigado pelo esclarescimento.
    Valeu amigão!

    O cara sabe das coisas, sds.

  20. O único modo de se acabar com o Talebam é tirando o povo afegão da escuridão de ignorância e fanatismo religioso… os estadunidenses estão destruindo com tudo o que resta naquele pobre país. É imperativo que se busque alternativas econômicas, algo que possam produzir extrair e exportar levando dinheiro novo para a economia local e fazer a partilha desta com o povo. Povo ignorante, com fome e sem perspectiva é prato cheio para fundamentalistas… Se os EUA tivessem investido 1/3 do que investiram até o momento na gerra já teriam alcançado a Paz há muito tempo e até com apoio do Talebam.

  21. Dando uma reparada,

    No passado, o Taliban foi contra as drogas, mandava cortar mãos e tudo mais, agora eles apoiam o plantiu, pois o atual governo junto com a OTAN reprime este tipo de produção. Então o Taliban tenta conquistar os agricultores apoiando o tal plantiu e subvertendo parte do que ganham para se financiar em armas.
    Eu vejo a OTAN demorando muito mais para sair do afegnistão, e ficaria tranquilo se eles ficassem lá por mais 20 anos…. =D

  22. Leamartine Pinheiro de Souza :
    E, de grão em grão, os EUA vão se tornando a nação mais odiada e a potencia militar mais ridicularizada da face da terra, cujo medo estarrece os olhos do mundo com a reação vista quando um religioso norte-americano declarou que irá queimar o alcorão e que só não o fará se a Casa Branca se rebaixar para pedir-lhe que não o faça.
    Ou seja, não há força que consiga derrubar as convicções de um povo, principalmente, quando o instrumento utilizado for a coerção armada, que só comprova a lei da física na sociologia, ou seja: “A toda ação, corresponde uma reação de igual intensidade e sentido contrário” !!!
    Resumindo, só a diplomacia e a argumentação loquaz é que pode mudar os costumes de uma nação, enquanto, a violência, só faz radicalizar os costumes combatidos.

    hehehe

    http://www.avaxhome.ws/magazines/economics_business_finances/Macleans-20-September-2010.html

  23. D3lta :
    Dando uma reparada,
    No passado, o Taliban foi contra as drogas, mandava cortar mãos e tudo mais, agora eles apoiam o plantiu, pois o atual governo junto com a OTAN reprime este tipo de produção. Então o Taliban tenta conquistar os agricultores apoiando o tal plantiu e subvertendo parte do que ganham para se financiar em armas.
    Eu vejo a OTAN demorando muito mais para sair do afegnistão, e ficaria tranquilo se eles ficassem lá por mais 20 anos…. =D

    Em especial os ianks, e tendo mt, mt, deficits. Mt bom.Sds.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: