Articles

Segundo marechal indiano, novo caça indiano será dos EUA, França ou Suécia

In Aviões de Combate, Defesa on 14/09/2010 by E.M.Pinto Marcado: ,

https://i0.wp.com/www.areamilitar.net/analise/images%5CFX2_480.jpg

Sugestão: Darkman

Um marechal da Força Aérea da Índia disse hoje que a escolha das 126 novas aeronaves de combate multi-missão (MMRCA) será tomada dentro de um ano.

“Nós estamos nos estágios finais para colocar o pedido de aquisição das 126 aeronaves de combate dos EUA, França ou Suécia dentro de um ano,” disse o Marechal Anil Chopra a jornalistas durante sua visita na Escola Sainik, em Kapurthala.

As aeronaves leves de combate (LCA) também deverão ser adicionadas na força aérea em breve, ele disse.

Fonte: DNA – Tradução: Cavok

Nota do Editor.

Eu aposto as minhas fichas no F 18 Super Hornet, por no razões uma delas é que os indianos querem mesmo é o coração do Hornet. não deste que participa no Plano Brasil, mas sim do Vespão americano pois o seu motor cabe muito bem no seu futuro programa MCA.

E.M.Pinto

Anúncios

61 Respostas to “Segundo marechal indiano, novo caça indiano será dos EUA, França ou Suécia”

  1. Alguem me diga por gentileza o que há de errado com o su-35 e mig-35!!?

  2. Eu já aposto nos Rafas pra India … juntamente com o Brasil !!!

  3. Uau, seria a exclamação para essa notícia, se for confirmada. Gripen, F-18 e Rafale aqui e lá…

    Só não sei se o resultado do FX-2 está esperando pelo do MMRCA, ou o contrário.

    PS 1 – 246 aeronaves em comum, para Brasil e Índia, garantiria a sobrevida tanto do Rafale quanto do Gripen.

    PS 2 – Será que é isso que fomos foi acordar na Índia? Será?!?!?!

  4. Acho que os caças Russos excelentes mas o que pesa contra e a manutenção nas aeronaves.Um exemplo recente sobre um lote de Migs com defeito, acho eu que foi a Romênia corrija se eu estiver errado, o lote foi trocado por outros equipamentos.

  5. concordo plenamente com o edu muitissimo estranho essa tamanha coincidencia….lobby brasileiro?acho que acordamos mesmo…O DESPERTAR DO GIGANTE!

  6. Jonnas :
    Alguem me diga por gentileza o que há de errado com o su-35 e mig-35!!?

    Essa pgt procede, o q está ocorrendo com o melhor caça do planeta?ou os ìndianos estão querendo fazer engenharia reversa no caça ianks? Afinal o q está realmente ocorrendo ?Sds.

  7. aposto no Rafale mas depende dos EUA!!!!
    duvido que de o gripen
    pois utilizar o mesmo motor e quantidade por vetor que o f-16 do Paquistão
    e meio que força a sorte.
    o mesmo motivo que dificulta o F-18 ,emborra seja bimotor, mas dependendo da tecnologia oferecida pelos EUA possa ser uma escolha viavel.

  8. carlos argus :

    Jonnas :
    Alguem me diga por gentileza o que há de errado com o su-35 e mig-35!!?

    Essa pgt procede, o q está ocorrendo com o melhor caça do planeta?ou os ìndianos estão querendo fazer engenharia reversa no caça ianks? Afinal o q está realmente ocorrendo ?Sds.

    Parece bem óbvio: o problema com o Mig-35 é o atraso e o aumento bilionário no preço do porta-aviões que a Rússia está fazendo para a Índia. Apesar dos muitos projetos conjuntos dos indianos com os russos, essa foi uma boa oportunidade para dar o troco nos russos por conta das idiossincrasias nos contratos militares. A Índia quis mostrar para a Rússia que não está nas mãos deles completamente.

  9. Querem apostar quanto que vai ser o mesmo que o nosso (supondo que saia)?

  10. Henrique
    TOMARAAA!!!!
    seria a melhor noticia para a FAB em decadas.

  11. A Índia esta interessada em aviões de Inteligência da Embraer e em treinadores(se considerarmos o super tucano)Esses aviões utilizam turbinas e outros componentes americanos, somando a isso o descontentamento do governo com a França(caso iraniano)e o interesse indiano em uma aproximação com os americanos chegamos a uma conclusão muito realista de que o super hornet leva muita vantagem tanto na Índia como no Brasil

  12. carlos argus :

    Jonnas :Alguem me diga por gentileza o que há de errado com o su-35 e mig-35!!?

    Essa pgt procede, o q está ocorrendo com o melhor caça do planeta?ou os ìndianos estão querendo fazer engenharia reversa no caça ianks? Afinal o q está realmente ocorrendo ?Sds.

    Pois é, dificil de entender, talvez os unicos problemas do su-35 ou mig-35 sejam a origem e nome…. se fosse F-35 Tomcat ou F-135 Raptor ja tinham atravessado todas as competicoes. Sds.

  13. Será o Rafale, o suporte atual ao desenvolvimento dos reatores do HAL Tejas é da Snecma e sem contar a ajudinha que os Franceses da DCNS está dando na construção dos Scorpenes. E tem gente que acreditou na nota sobre a derrota do Rafale nos EAU.
    Imagine a cara das gripetes quando cairem na real que o peso pulga só entrará em linha de montagem se for na Revell… [ ]s

  14. o SU-35 não está disputando! e o Mig-35 não deve ter toda a tecnologia que Rafale, SH e a promessa NG… além do mais só um irá levar… logo o Mig-35, realmente estará perdendo apenas para o vencedor! não existe, neste caso, segundo colocado! outra coisa: a India tem como usa principal arma de defesa aérea o Su-30MKI, que foi encomendado em mais unidades para a IAF! este certamente serão modernizados em meados da nova década… vetores de “peso” são a primeira linha de defesa!

    sds!

  15. Bom os Indianos não se importam de pagar mais por um caça, já que estão modernizando os M-2000, e compraram mais 42 Su-30 com um aumentaço no preço.
    Visto isso aposto no Rafale.

  16. Jurava que o su-35 iria para a final (parece até campeonato de futebol)
    Coincidencias entre os finalistas do MMRCA e do FX-2 ou compra digamos que ”conjunta”??
    ——————————————————————————
    Joguem: http://www.erepublik.com/en/referrer/William+C.F

  17. Hhahahaha, os três se encontram de novo, não sei porque mas algo me soa muito engraçado nisso

  18. Se esta notícia for verdade o Gripen també está fora. A própria SAAB já está sua vendas para outros mercados e com o C/D, portanto o NG, não vai sair do papel.

    A Fra~ça leva vantagem no processo, pois já forneceu o Mirage para a india, mas o tio SAM corre por fora e tem força.

  19. Tomara se chegasse a uma parceria com a Índia para negociar conjuntamente com a Dassault ou com os russos, eu pedi várias vezes essa parceria aqui desde o blog.
    +1vez: a Índia é nosso aliado natural desque também está fora do `clube`.

  20. Nossa, gente, por quê acham que os aviões russos tem problemas, se esta matéria, e muitas outras postadas aqui mesmo, indicam a disposição indiana de diversificar equipamentos e fornecedores? Muitos países já fazem isso há muito tempo. Nosso país também esta fazendo o mesmo e isso é benéfico pois permite estudar e conhecer as tecnologias empregadas. Até onde eu saiba, até há pouquissimo tempo não tinhamos nenhum equipamento russo importante no inventário das nossas FAs. Agora já temos até heli de combate.

  21. Rafales na India e Brasil !!!

  22. Que conversa mais fiada. O General nao falou absolutamente nada novo.

    Senhor E.M.Pinto

    Na sua nota do Editor voce menciona “nao deste que participa do Plano Brasil mas do Vespao americano” O que esta sendo oferecido ao Brasil e o Vespao Americano, nao?

    A aproximacao da India e os EUA nos ultimos tempos indica que o SH estao no pareo e podem ganhar. O custo unitario e custo/hora do Rafale nao ajuda. Muitos ja o consideram ultrapssado.

  23. Vai dar o F-18. Mas se for o Gripen muita gente vai cair de boca no chão.

  24. Bom…eles definiram o shortlist. Coincidência ou não é exatamente a mesma daqui….rsssss

    Gripen NG -> melhor custo-benefício; menor peso político, e certa superposição com o Tejas MK2.

    F-18 E SH-> radar operacional, e como disse o edilson, o GE-414 seria o motor ideal para o Tejas MK2, custo benefício razoável. ; contra: provável desconfiança de alguns setores da Política Indiana,

    Rafale ->Transferência irrestrita de tecnologia lá também??; contra, o pior custo-benefício.

    Minha opinião bate com o do Edilson: F-18 E é favorito disparado.

    Quanto ao FX-2 tupiniquim, seria bom afinar a escolha com os Indianos seja qual for o caça a ser escolhido, por motivos óbvios.

    []’s

  25. Srs.

    Ainda não entendo tanbem, porque deixamos de lado os caças russos.
    Sempre foram excelentes, e tem historia de combate.Não era nada demais fazermos uma experiencia, e vermos o comportamento logistico da Russia para conosco

  26. E. M. Pinto,

    não tenho nada contra a India querer meu coração, aliás, se a Índia em questão for essa aqui (abaixo), está ótimo (hehe):

    http://www.zappinternet.com/video/zapTdeJfaS/Anoushka-Shankar-Your-eyes

    Eu sempre tratei o Ravi Shankar de sogro mesmo, então está tudo em casa…hehehe

    Mas falando sobre o MMRCA: creio, como vc, no Super Hornet com maiores chances e Rafale correndo por fora.

    O que pode acontecer também é o seguinte: decisão da India se ajustar a do Brasil, aí Rafale ganha nos dois.

    não boto fé no NG na India devido ao Tejas e também à dificuldade para TT (a SAAB paga o preço de não deter pontos centrais do seu caça, isso dificulta, independente de embargos, os negócios que encolvam TT).

    mas é só palpite (exceto o caso da Anoushka, que é vero…hehehe)

    abração

  27. Eu ja iria perguntar por que os indianos quis nenhum caça russo mais parece q ja fui respondido:
    Parece bem óbvio: o problema com o Mig-35 é o atraso e o aumento bilionário no preço do porta-aviões que a Rússia está fazendo para a Índia. Apesar dos muitos projetos conjuntos dos indianos com os russos, essa foi uma boa oportunidade para dar o troco nos russos por conta das idiossincrasias nos contratos militares. A Índia quis mostrar para a Rússia que não está nas mãos deles completamente.

  28. É Rafale ou SH tanto pelos motores (lembrando que o novo motor do Rafale de se pouco inferior ao do SH, mas mais leve e menor) tanto pela possibilidade de usar pela marinha deles. Mas concordo quem vencer aqui terá algo como 80% de ganhar lá.

  29. A minha aposta é que Brasil e India vão com o mesmo caça não importa qual. Os dois juntos devem garantir a venda de umas 240 aeronaves.

  30. Hummm….Forças ocultas atuam aqui e la rsrsrs

  31. Carlos os angões ofereceidos são os Mesmos FA 18 S.Hornet .
    A brincadeira que fiz quanto ao hornet e não ao SUper Hornet foi para o leitor Hornet que acaba de responder a minha provocação, volte lá e leia as respostas e vais entender.
    sds
    E.M.Pinto

  32. William o Su 35 não está no MMRCA, esta sconfundindo com o Mig 35 outra aeronave.
    sds
    E.M.Pinto

  33. Aposto no SH na India. Acho que eles estão tentando diversificar fornecedores.

  34. Wolfpack :
    Será o Rafale, o suporte atual ao desenvolvimento dos reatores do HAL Tejas é da Snecma e sem contar a ajudinha que os Franceses da DCNS está dando na construção dos Scorpenes. E tem gente que acreditou na nota sobre a derrota do Rafale nos EAU.
    Imagine a cara das gripetes quando cairem na real que o peso pulga só entrará em linha de montagem se for na Revell… [ ]s

    Você esta se enganando, os indianos não gostaram da proposta da Snecma que basicamente era a venda da turbina sem nenhuma TT por isso prefiriram a GE F 404 e estão interessados na GE F-414 pra uso no Tejas mk2

  35. É, estão certos mesmo. Está certo que a guerra é a continuação da política por outros meios, mas não quer dizer que tenham de virar políticos. Pra mim é uma palhaçada. O Su-35 dá de lambada nestes 3 caças. E esta sintonia das escolhas, para com a índia também, me soa estranho. O Brics aeh.. se quiserem vetar por exemplo o fornecimento de material, já desestabilizam dois países militarmente, que estão em forte expansão.

  36. É bem provável q os russos tenham aumentado o preço de seus aviões, motivo pelo qual os indianos estejam buscando outras alternativas.

  37. Eduardo Wanderley, mas o custo-benefício não compensaria não?

  38. Algumas elocubrações:

    SH + Gripen p/ o Brasil: comporiam um mix Hi-Low, tendo em comum a mesma turbina, os mesmos aviônicos e os mesmos armamentos. Algo como 96 Gripen E/F e 48 Super Hornet p/ a FAB, e mais 48 F-18 para a MB, num total de 96 Gripen E/F e 96 F/A-18 Super Hornet.

    SH + Gripen p/ Brasil e Índia: não vejo os motivos da Índia se interessar por um mono-turbina como o Gripen se estão desenvolvendo seu Tejas, que possivelmente será equipado com turbinas GE-F414. Bem, pelo menos, há comunalidade no motor, e poderia também haver nos aviônicos.

    Rafale p/ o Brasil: mesmo caça tanto para a FAB quanto para a MB (120/150 FAB + 48 MB = 168 a 198 aparelhos).

    Rafale p/ Brasil e Índia: 120/150 FX-2 + 126 MMRCA + 48 (MB) + 72 (Índia) para as marinhas, num total de 366 a 396 aeronaves.

    Super Hornet p/ o Brasil: 120/150 unidades da FAB + 48/72 unidades da MB = 168 a 198 aeronaves.

    Super Hornet p/ Brasil e Índia: 126 MMRCA + 120/150 FX-2 + 48 embarcados (MB) + 72 embarcados (marinha indiana) = 366 a 396 aeronaves.

    Pelos números acima, e lembrando que as Marinhas de ambos os países esperam operar os mesmos aparelhos escolhidos nessas concorrências, e lembrando também que a MB pretende construir dois novos NAe’s e a Marinha Indiana, três novos NAe’s, podemos prever que, ganhando tanto o Rafale quanto o F-18 seriam quase 400 aeronaves de 1ª linha para ambas as forças aéreas e marinhas.

    Vejam o ganho de escala que teríamos com quase 400 aeronaves somente nesses dois países, sem falar a possibilidade de realização de exercícios em conjunto…

    PS 1 – O Brasil deveria ter no mínimo quatro frotas: três baseadas em navios-aeródromos (Norte/Nordeste, Sudeste e Sul) e uma em LHD (dos quatro que pretendemos), costeando toda a África, patrulhando o Atlântico Sul e projetando poder.

    PS 2 – Imaginem que beleza termos seis esquadrões de caças de última geração embarcados até 2030? Imaginem as 30 escoltas e os 50 navios de patrulha sendo entregues até 2030? Imaginem também que os três novos NAe’s (A-13, A-14 e A-15) fossem entregues até 2030 e, até o mesmo ano, já dispuséssemos de pelo menos 8 dos 15 S-BR e pelo menos 3 dos 6 SN-BR pretendidos?

    Ah, sonho meu…

  39. Acho que a India fez uma bem em descartar os russos. Uma potência deste calibre não pode depender de um único fornecedor.

  40. Márcio, por isto que diversificam… mas e quanto à escolha entre os 3 expostos? De qualquer forma, dependerão de um único fornecedor na escolha. O mais independente é o gripen, que a suécia conseguiu nao fazer parte da OTAN. Mas qualquer dos outros dois.. os acordões da OTAN podem vetar. Enquanto que a russia apoia china.. venezuela.. países “independentes” de qualquer organização, mas que pretendem ter um vetor de superioridade aérea. Ou seja, se for pra vetar, que seja vetar o melhor, e não um ocidental “democratico”.

  41. galera sigam meu raciocinio: o brasil de uma hora pra outra compra helis da rússia e assinamacordos de defesa,a india resolve comprar turboelices,sendotalvezfavorito o super tucano e quem sabe avioes de inteligencia da embraer, a china vem e assina acordos de cooperaçao em defesa com o brasil,a india rsolve colocar na short-list os mesmos avioes da short-list do fx-2.quemsabenao sai o mesmo vencedor dos dois programas… pensem comigo nao estaria o bric se tornando tambéum uma aliança militar como a otan?nao seria nada ruim…

  42. olá… deem uma olhada nisso

    França diz que “Europa não é lixão” de produtos do Mercosul

    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/09/14/economia,i=212949/FRANCA+DIZ+QUE+EUROPA+NAO+E+LIXAO+DE+PRODUTOS+DO+MERCOSUL.shtml

  43. jakson almeida :

    Wolfpack :Será o Rafale, o suporte atual ao desenvolvimento dos reatores do HAL Tejas é da Snecma e sem contar a ajudinha que os Franceses da DCNS está dando na construção dos Scorpenes. E tem gente que acreditou na nota sobre a derrota do Rafale nos EAU.Imagine a cara das gripetes quando cairem na real que o peso pulga só entrará em linha de montagem se for na Revell… [ ]s

    Você esta se enganando, os indianos não gostaram da proposta da Snecma que basicamente era a venda da turbina sem nenhuma TT por isso prefiriram a GE F 404 e estão interessados na GE F-414 pra uso no Tejas mk2

    Por favor leia a integra do texto abaixo:

    “On May 03, 2010, about 1880 hrs of engine test had been completed on various prototypes of Kaveri Engine. A total of eight Kaveri Engines and four core engines have been manufactured, assembled and tested. High Altitude testing on core engine has been completed successfully. [16]
    In June 2010, the Kaveri engine based on Snecma’s new core, an uprated derivative of the M88-2 engine that powers the French Rafale fighter, providing 83-85 Kilonewtons (KN) of maximum thrust is being considered an option by DRDO.[17]
    In July 2010, according to Vinayak shetty, Tejas aircraft will be Integrated with Kaveri engine and will be flying on board a Tejas Air frame by early 2011 or some time later in the year.[18]”
    http://en.wikipedia.org/wiki/GTRE_GTX-35VS_Kaveri
    O Kaveri é basedo no M88-2 da Snecma meu caro. Leia o texto acima.

  44. jakson almeida :

    Wolfpack :Será o Rafale, o suporte atual ao desenvolvimento dos reatores do HAL Tejas é da Snecma e sem contar a ajudinha que os Franceses da DCNS está dando na construção dos Scorpenes. E tem gente que acreditou na nota sobre a derrota do Rafale nos EAU.Imagine a cara das gripetes quando cairem na real que o peso pulga só entrará em linha de montagem se for na Revell… [ ]s

    Você esta se enganando, os indianos não gostaram da proposta da Snecma que basicamente era a venda da turbina sem nenhuma TT por isso prefiriram a GE F 404 e estão interessados na GE F-414 pra uso no Tejas mk2

    Leia o texto abaixo e verá que o Kaveri tem baseado seu desenvolvimento no Scnema M88-2.
    http://en.wikipedia.org/wiki/GTRE_GTX-35VS_Kaveri

  45. Só para apimentar as especulações: é sabido que uma delegação da India veio conversar com a FAB e o Jobim, salvo engano em junho (ou julho, já não me lembro mais). O que conversaram? bem, segundo consta, os indianos disseram que o Rafale foi o caça que tecnicamente melhor se saiu nos testes feitos pela IAF, e que o Super Hornet e o MIG-35 não se sairam tão bem.

    Vamos supor que nesta conversa dos indianos com os brasileiros tenha ficado acordado alguns pontos, entre eles, a utilização da mesma plataforma…aí acho que o Rafale leva nos dois países, o que seria uma ótima para o Brasil e também para a Índia.

    e especulando um pouco mais, será que a India não pode ser um parceiro futuro do Brasil? Digamos, tanto nos projetos da Embraer como no PAK-FA? Pode ser, por que não?!!!

    abraços a todos

  46. Acho que tudo leva a crer que o F-18 vai levar esta, os americanos estão investindo muito para ganhar o contrato com os indianos. Se a EAU também for de F-18 o Super Vespão vai ir a quase 700 unidades. Muito, muito mesmo. Lembrando que o Japão e Inglaterra também estão de olho no avião da Boeing.

    Gripen Ng, corre por fora mas pode ser que surpreenda, pequeno, bom preço, turbina boa, aviônica eficiente, data link e NW de primeira. É um peso médio que pode surpreender no final

    Rafale. Tá fora, os franceses estão queimando feio seu filme com os países emergentes com suas políticas comerciais na OMC, Indianos inclusive. Querem ver uma boa:França diz que “Europa não é lixão” de produtos do Mercosul(http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/09

    Se a política é importante os franceses estão queimando o filme deles aqui no D.F.

  47. Hornet :
    E. M. Pinto,

    http://www.zappinternet.com/video/zapTdeJfaS/Anoushka-Shankar-Your-eyes

    musiquinha chataaaaaaaaaaaaaa… qdo eu tiver insonia já tenho um dopante natural acustico ..hahahahah

    ps. a Musicista ta convidada para tocar lá em casa..hehehe

  48. mais.. para que ficar discutindo os porques e quais.. os indianos vão adquirir… ???

    voto no F-18 por motivos afetivos..ops.. políticos .. eita.. quis dizer tecnológicos …rsrsrs

  49. xtreme,

    hehe…eu sei que não é fácil entender a música indiana, eu também estou apanhando um bocado pra entender os ciclos ritmicos das talas e ragas…até porque a música na Índia é coisa séria, não tem essa de pop, “rei do pop” e essas chatices todas (até tem, e é um horror como todo pop, mas na India ainda existe musica de verdade, música como arte sublime e não como conta bancária)…mas a idéia era só apresentar a Anouschka mesmo…hehehe

    abração

  50. robert :
    olá… deem uma olhada nisso
    França diz que “Europa não é lixão” de produtos do Mercosul
    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/09/14/economia,i=212949/FRANCA+DIZ+QUE+EUROPA+NAO+E+LIXAO+DE+PRODUTOS+DO+MERCOSUL.shtml

    Lixo é o Rafale q não conseguem vender pra nenhum país.

  51. Um produto que vende mal, não que dizer que é ruim, pode dizer que é caro, agora ruim não.

    Eduardo Wanderley :

    robert :
    olá… deem uma olhada nisso
    França diz que “Europa não é lixão” de produtos do Mercosul
    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/09/14/economia,i=212949/FRANCA+DIZ+QUE+EUROPA+NAO+E+LIXAO+DE+PRODUTOS+DO+MERCOSUL.shtml

    Lixo é o Rafale q não conseguem vender pra nenhum país.

  52. Pessoal,

    minha opinião é que eles estão esperando o desfecho do FX-2 brasileiro. Recentemente o ministra da defesa da Índica visitou o Brasil parar tratar de assuntos estratégicos. Quem sabe não esteja rolando uma parceria estratégica para desenvolvimento de um caça bi-nacional?

  53. Hummm sera que Brasil e India ressuscitarão o Defunto Rafale ou ousarão de Gripen…Isso tudo ta me cheirando a figurinha marcada.Os bastidores dos Americanos estão convencendo os emergentes.A India que teme a China e tambem a Russia e nós querendo nos firmarmos como xerifes do cone sul.

  54. Grande Hornet..andas sumido do outro lado….
    La na India não é diferente do Brasil…já falam que será no ano que vem….

  55. Caro Hornet, para o Ravi, que tem uma filha Nora (??), a Anouska ta mandando bem. Creio que nenhum filho do DEMO (aquele Engripado) pode me acusar de abordar assunto off topic, pois as beldades sao indianas e 2 baita avioes !!

  56. Uma noticia que pode vir a ser relevante, foi uma informação do comandante da MB dizendo que o futuro vetor de caça será uma variante do escolhido pela FAB, por isso podemos atentar para analisar que o short list da FAB foi feito já contemplando esta hipótese, isto pode ser o verdadeiro motivo da não escolha do SU-35 para este short list, quanto ao Gripen NG, o estudo de sua versão Naval data de antes desta definição. Como é critério especifico FAB determinou que o caça esteja em uso pelas FA do país vendedor temos então apenas 02 opções(Rafale e S.Hornet) e destas duas opções somente o Rafale tem possibilidades de ser utilizado no atual NAe, mesmo que falem que ele será substituido(lá pelos idos de 2025), analisando estas noticias vemos que a escolha do governo pelo Rafale começa a fazer sentido, mesmo tendo a possibilidade de se desenvolver o Gripen NG/N aqui, mas se esta for a opção teriamos um vetor com menor capacidade de projetar poder do que nossos vizinhos mais complicados(Venezuela e seus partners), então não seria novidade nenhuma se viesemos a definir o nosso FX-2 pelo Rafale F-3(na verdade uma versão denominada BR com algumas particularidades bem superiores ao F-3, sendo algo tipo um F-4+) e os Indianos nos acompanhando nesta escolha inclusive para a sua marinha também. Se pararmos para analisarmos a quantidade de vetores nos 03 paises usuarios,teremos o seguinte: França algo próximo a 250 unds, Brasil(FAB 136 total + MB 36(03 esq.) 172, Índia algo próximo a 210 unds(FA e Marinha), totalizando algo próximo a 632 cels. Se esta for a linha de pensamento dos militares e políticos daqui e da Índia estas quantidades são reais. Pergunto aos que defendem o Gripen, quantos cels foram vendidas ?

  57. Há mais um pequeno pormenor… já há um componente feito na índia para o SH…
    Será um pronuncio de algo que está para vir… ou melhor; ir para os lados da índia… ?

  58. 1maluquinho :Hummm sera que Brasil e India ressuscitarão o Defunto Rafale ou ousarão de Gripen…Isso tudo ta me cheirando a figurinha marcada.Os bastidores dos Americanos estão convencendo os emergentes.A India que teme a China e tambem a Russia e nós querendo nos firmarmos como xerifes do cone sul.

    Maluquinho, depois da declaração da França de que “a Europa não é lixão para produtos do Mercosul”, espero que coração que o Rafale apodreça dentro do território francês!

  59. Daniel :

    1maluquinho :Hummm sera que Brasil e India ressuscitarão o Defunto Rafale ou ousarão de Gripen…Isso tudo ta me cheirando a figurinha marcada.Os bastidores dos Americanos estão convencendo os emergentes.A India que teme a China e tambem a Russia e nós querendo nos firmarmos como xerifes do cone sul.

    Maluquinho, depois da declaração da França de que “a Europa não é lixão para produtos do Mercosul”, espero que coração que o Rafale apodreça dentro do território francês!

    Eu tambem amigão e que o F16 fique tambem nos EUA e os Gripen na Suecia…Eu estou começando a pensar que eiste algo grande por traz disso tudo.Assim que Lula assumiu a Presidencia disse que se empenharia em aproximar o Brasil com a India,China e Africa do Sul.Não sei não mas essa visitinha Chinesa no 7 de setembro passando antes na Colombia para despistar ta me cheirando a alguma coisa grande e a India tambem pode estar nessa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: