Articles

Direita e Esquerda: para onde vai esse debate nos EUA

In Opinião on 18/09/2010 by konner7 Marcado:

https://i1.wp.com/giseleh.com/wp-content/uploads/2007/12/bifurcacao1.jpg

A classe média trabalhadora nos Estados Unidos está sendo destruída pela Grande Recessão. Quinze milhões de pessoas estão sem trabalho; outras 9 milhões de trabalhadores só podem encontrar trabalho de meio expediente e outros milhões abandonaram toda esperança e deixaram de buscar trabalho. Os que têm a sorte de conservar seu emprego é improvável que experimentem aumentos salariais substanciais durante anos.

Milhões de proprietários de casas enfrentam agora a perda de seus lares, e mais de 10 milhões estão na inadimplentes com suas hipotecas. O grosso da turma da geração baby boom se aproxima da idade de aposentadoria com pouca coisa além do que a Previdência Social para o seu retiro, agora que o colapso da bolha imobiliário destruiu seu patrimônio em bens imóveis e boa parte do resto de suas economias.

Os danos se tornaram indignantes por duas razões. Primeiro, tratou-se de um desastre sob todos os aspectos previsíveis. A bolha imobiliária era fácil de ver. Os economistas competentes tinham alertado para os seus perigos há muito.

A segunda razão por que os danos resultaram indignantes é que sabemos como tirar a economia da catástrofe. Só precisamos estimular a demanda. Isso pode se fazer ou com mais estímulos públicos e uma política monetária mais agressiva do que a do FED, ou desvalorizando o dólar para estimular as exportações.

Se o desastre era previsível e se sabíamos como sair dele, porque nossos dirigentes não puseram o freio antes de que superviessem? Por que não tomam agora as medidas necessárias para que a economia volte a se pôr em marcha?

As respostas a essas perguntas é clara: os políticos trabalham por outra conta. No dia das eleições, os políticos precisam dos nossos votos, mas não conseguirão afirmar-se como concorrentes com possibilidades, a menos que consigam as contribuições financeiras necessárias para a sua campanha de parte da canalha dos muito endinheirados. E a elite endinheirada vem se servindo de seu controle do processo político para assegurar-se de que uma parcela cada vez maior do Produto Interno Bruto se redistribui para cima, em seu benefício.

A razão por que houve pouco interesse em desinflar a bolha imobiliária é que o Goldman Sachs, o Citigroup e o resto estavam fazendo uma fortuna com as fraudes financeiras que alimantava a bolha. O antigo secretário do Tesouro, Robert Rubin embolsou pessoalmente mais de 100 milhões de dólares nesta farra. Por que haveriam de querer que o Estado se metesse nos seus narizes?

Nem precisa dizer que, quando a bolha finalmente estourou, ameaçando os bancos com a bancarrota, a canalha de Wall Street correu para pedir ajuda ao Estado. E receberam bilhões de dólares em empréstimos e em garantias que se convertiriam em vítimas da crise que eles mesmos tinham criado. Agora que se recuperaram e que os lucros e os bônus de Wall Street voltam a bater recordes, não vêem razão para ocupar-se das medidas necessárias para pôr o resto da economia nos trilhos, nossa economia.

Depois de tudo, os passos necessários para revitalizar a economia poderia chegar a trazer consigo certa inflação. Isso reduziria o valor da dívida em poder dos credores ricos. E os ricos não vêem razão para arriscarem nada de sua riqueza só pelo bem da economia.

Temos um longo caminho pela frente, para restaurar uma economia que funcione para a grande maioria, mas o primeiro passo é saber onde estamos. A redistribuição para cima das últimas três décadas não têm nada a ver com o mercado e com a fé no “fundamentalismo de mercado”. Tratou-se de um processo pelo qual o rico e poderoso reescreveu as regras para se tornarem mais ricos e mais poderosos.

Escreveram, por exemplo, regras de comércio concebidas para pressionar a baixa dos salários do grosso da força de trabalho estadunidense, pondo os trabalhadores da indústria em competição direta com os trabalhadores mal pagos na China e em outros países em vias de desenvolvimento. Isso não tem nada a ver com uma crença no “livre comércio”. Não buscaram submeter os advogados, os médicos ou outros trabalhadores com elevadas remunerações ao mesmo tipo de competição internacional. Só queriam competição internacional para pressionar a baixa de salários dos trabalhadores das classes médias e baixa, não aos de cima…

Essa elite instituiu um sistema de governança empresarial que permite aos altos executivos saquear as companhias às expensas de seus acionistas e de seus trabalhadores. Os altos executivos só estão submetidos à supervisão de um conselho de diretores que devem suas benesses aos executivos que supostamente devem controlar. E, deve-se dizê-lo, dá-se licença aos barões de Wall Street para apostas de alto risco com a implícita promessa de que o governo pagará a conta quando eles perderem.

Nenhum movimento de esquerda fará o menor progresso até que entenda a batalha que estamos travando. Nossa renda é um custo para os ricos. Eles tratarão de cortar tudo o que possam e onde possam, sejam salários dos trabalhadores do setor privado, pensões dos funcionários ou seguridade social dos aposentados. Esse é o seu objetivo.

Na luta em resposta a isso temos de nos servir da mesma lógica. Sua renda é nosso custo: os bônus multimilionários para os assistentes de Wall Street é uma drenagem direta praticada na economia. O mesmo vale para as remunerações infladas com cheques de altos executivos e de seus conselhos de diretores lacaios. A esquerda tem de se preparar para usar as mesmas táticas, a fim de trazer para o lado de cá a renda dos ricos e dos poderosos, as mesmas táticas que eles usaram para reduzir a renda dos demais.

Isso significa reestruturar as regras da governança empresarial, para pressionar a baixa da remuneração dos altos executivos. Os trabalhadores melhor pagos (médicos, advogados e economistas) têm de se submeter à mesma competição internacional a que os trabalhadores da indústria estão submetidos. E deveríamos limitar drasticamente o alcance das proteções de patentes e copyrights exploradas pela grande indústria farmacêutica e pelo setor de entretenimento e software.

Temos de chamar a atenção sobre as vias por meio das quais os ricos alteraram as regras do jogo e pôr isso no centro do debate político. A batalha de três décadas em torno das isenções fiscais para os ricos é importante, mas no final das contas é secundário. Se os deixamos roubar todo o dinheiro desde o princípio, não tem demasiada importância que terminem nos deixando fiscalizar-los um pouquinho mais.

(*) Dean Baker é codiretor do Center for Economic and Policy Research (CEPR). É autor de Plunder and Blunder: The Rise and Fall of the Bubble Economy, e de False Profits: Recoverying From the Bubble Economy.

Tradução: Katarina Peixoto

Fonte:Carta Maior

Anúncios

21 Respostas to “Direita e Esquerda: para onde vai esse debate nos EUA”

  1. O Norte Americano, como o Brasileiro, é um alienado das questões políticas e econômicas do País. Se fosse na França ou Inglaterra, Países Ocidentais que tem história, em termos de lutas sociais, a coisas jamais teria chegado a este ponto. Quero ver agora derrotarem o monstro depois de o terem deixado chegar a este tamanho…

    E nos EUA ainda é pior do que aqui, porque o governo Federal tem pouca influência nos governos estaduais, basicamente autonomos. Estão nas mãos das mega-corporações como Boeing e Lookeehd e reféns da blackwater, atual “Xe” e outras “corporações privadas de segurança” (leias-se bandidos e assassinos legalizados).

  2. Intruder, existem varias linhas que indicam que o governo esta na mão desses caras a decadas, o único que não aceitou o jogo deles levou um tiro em passeata presidencial, leia o que esse presidente falava em seus discursos.

    Ja se sabe da classe que aporesenta aos EUA um grupo de caras aos quais eles podem escolher 1 para presidente ou seja é um jogo de cartas marcadas onde quem mais lucra são os banqueiros e nada da mais lucro a eles que as guerras.

    Minah dica para quem que enteder a merda toda, vai no google e escreve “video zeitgeist” assista e depois “zeitgeist adedum” sua vida vai mudar, vc vai ver o mundo com outros olhos, vai partir a entender por que Lula não quer a guerra do Irã muito menos a que vem depois a da Venezuela, que como ja podemos ver ja tentão associar a imagem da Venezuala a de um pais que busca bomba Nuclear.

  3. Ja se sabe da classe que apresenta aos EUA um grupo de caras aos quais eles podem escolher 1

  4. Somente algumas ideais de como funciona o sistema politico local (Os EUA neste caso).Aqui cheguei em 1976 como estudante e aqui estou ate hoje.
    Exitem dois vieis politicos e a conduta da economia e totalmente diferente, no que acarreta em situacoes como a que vemos hoje em dia. Na politica internacional tanto Republicanos, o GOP, e os Democrats a conduzem quase que praticamnte iguais.
    E na politica interna que esta o X da questao sobre o poderio americano como unica superpotencia, e neste filao a Economia.

    Na minha opiniao a insanidade economica e causada por politicas Republicanas. O GOP so tem 2 simples plano de governo..Somente 2 e todas as eleicoes desde Reagan eles so usam estes 2 simples plano:
    .. Corte de Impostos aos Ricos, muitos ricos e os bilionarios.(tax Cuts)Esta implicado ai Tax Cuts para Corporacoes e pequenas empresas tbem.A ideia e so existe uma ideia, e que estes milionarios vao usar as economias dos impostos e criarem trabalhos para os robots da classe media..o tal do Trickle Down Economics. Voce enche o bolso dos ricos de dinheiro na esperance que algum dia uma sobra da mesa caia as classes mais baixas. Ou como diz uma persoanlidade do radio, Limbaugh, “voce levanta os barcos ricos e estes levantam dos demais”(lIFTING ALL BOATS)

    … Desregularizacao dos Mercados de Wall Street.. sao a favor de um mercado selvagem onde a selvageria e controlada por eles mesmo. Imaginem um Casino, que se chama Wall Street, regulamentando suas propias regras. Deu no que deu..DESASTRE.

    Bush II o Filho entrou com saldo positivo orcamentario legado de Clinton..em 2000 $480 bi no Black.
    Primeiro ato de BushII; tax cut aos ricos e corporacoes. Nos seus 8 anos de governo $ 900 bilhoes de dolares foram transferidos da classe media aos mais ricos mas em vez de criarem trabalhos de qualidade a maioria simplesmente dobrou seu patrimonio e nao crio nada. As corporacoes criaram milhares de empregos bons, so que na China e India. Fecharam o setor manufatura o pais em 8 anos de lambanca de Bush.

    Segundo ato..desregularizar Wall Street.. No absurdo de tudo o setor imobiliario foi aos ceus e a bolha se tornou gigantesca. Minha casa de 250 m2 chegou a valer $ 600 mil dolares. Claro quem vendeu a sua e comprou outra por $1 milhao hoje ja perdeu as duas.Hoje tem milhoes de casas abandonadas no pais sem compradores porque uma enorme maioria nao tem mais credito.

    No meio desta safadeza em Wall Street, Bush comeca duas guerras ao mesmo tempo. Sem dinheiro para pagar, devido aos cortes de impostos, o pais e obrigado a pedir emprestado a China, japao, Alemanha o dinheiro das guerras e para fechar buraco orcamentario.Na epoca de Bush ele nem inclui os gastos com guerras como parte do orcamento. Era um dinheiro que vivia no ceu, acho eu. De um deficit orcamentario de $ 500 bi em 2008 ao ano passou a $1.3 tri quando o Obama jogou tudo no limpo e a vista do povo.
    No mes que Obama chegou a Casa Branca o pais perdeu 750 mil empregos em um mes e Bush ja havia iniciado a Operacao Salvacao de Wall Street com os primeiros $ 750 bilhoes de dolares. Dinheiro emprestado e fabicado ali mesmo na Casa Da moeda.

    Hoje o pais cria somente 80 a 100 mil empregos ao mes. Precisa criar 280 mil para baixar o desemprego em dois anos.

    Se O GOP voltar ao poder no senado em 2010 voces nao viram nada ainda. Se conhecerem os candidatos republicanos um apostaria no fim dos EUA.

  5. pode se fazer ou com mais estímulos públicos e uma política monetária mais agressiva do que a do FED, ou desvalorizando o dólar para estimular as exportações

    Em 2009, Obama injetou um estímulo de uns 800 bi de dólares para estimular a economia. E neste ano ele está querendo fazer isso de novo com um pacote de 50 bi. Estímulos públicos não tem funcionado, e são impopulares entre o povo americano – um povo que tem, sim, uma fé dogmática na habilidade do livre mercado para reparar todas as deficiências econômicas do país.

    Um sociólogo americano, Immanuel Wallerstein, diz que, desde os anos 70, a economia americana tem crescido com base, não do aumento de produção, mas principalmente de atividade especulatória e bancária. Se isso é verdade, então já estava mesmo hora de a bolha financeira estourar. Penso que, com o tempo, a economia americana vai se adaptar a uma situação em que o setor financeiro não desempenhe um papel tão grande na economia do país. Até lá, creio que a economia deles vai ficar mais ou menos estagnada.

  6. A plutocracia iank está levando o país deles p o buraco, esquerda ou direita, ñ importa,com uma população de + de 335 milhoes de pessoas, onde + 14,3% estão desempregads, e duro, onde está o sonho ianks?Louco o BRASUCA q se dirije p o pseudoEldorado iank .Qdo os Chineses de desfazer dos dólares ianks,vai ser mt dramatico p os mesmos.Temos de manter-nos antenados e olhando atentamente p os mesmo; poderemos estar em perigo, o último fôlego da potência.Pela demonstração de poder, mt bombas acumuladas.Afinal, eles ñ cumprem c o TNP proposto por eles msm.Espero estar mt errdo p o bem de todos.Sds.
    t

  7. Claudecir essa estoria do zeitgeist é uma puta de uma mentira tipico de quem não sabe interpretar biblia ou que gosta de acha chifre em cabeça de cavalo.

  8. Interpretar uma mentira? Cara acorda, um cara no ceu? Que te ama? Que tem 10 regras? que se vc não as segue? Vc vai para o inferno onde ferve queima e sofre? Mas ele te ama????

    Eu acordei para a realidade desse planeta faz tempo, e sei que em uma sociedade do conhecimento não tem espaço para as loucuras das religiões da idade do bronze, evoluímos ou andamos em círculos.

    Se acreditamos nas besteiras das religiões podemos ser facilmente manipulados por qualquer um, ja que qualquer loucura que te contam mais que uma vez se torna verdade na sua cabeça.

    Não vejo espaço para evoluirmos como sociedade se nos prendermos a padrões antigos que ja tiveram sua utilidade, mas, que hoje mais atrapalha que ajuda.

  9. Claudecir, onde eu assino? Perfeito…

  10. Concordo com o Claudecir …

    deus.. céu ..inferno.. religião..dogmas… pode reunir tudo e jogar no lixo.. só trouxeram desgraça a humanidade…

  11. Meu caro:
    1-Já percebeu que esses filmes são sempre pra falar mau da Igreja.
    2-Você sabe quem fez a biblia, por que, quanto tempo levou e pra quem?
    3-Você quer que Deus coloque no mesmo lugar uma pessoa que respeitou oa outros e uma pessoa egoista?Me desculpe mas ele é muito justo por fazer isso.
    4-Você acredita mesmo que uma sociedade do conhecimento vai gerar justiça social,não porque nós temos hoje tanto canhecimento e muita diferença social.
    5-loucura, só na sua cabeça leia o livro que voce chama de mentira em 1Cor 1,17-31 e aí você verá o que é loucura.
    6-Besteira? Realmente deve ser uma besteira a Igreja converter os povos barbaros da europa.Quem sabe se eles tivessem se matado tivesse sido melhor pra nós hoje.Ou se ela não tivesse inventado as Universidades por exemplo.
    7-Se a religião não tem mais utilidade vai lá no Iran dizer isso ou aqui em casa e você vai ve quem é o inutil.

    Sobre quem criou a biblia acesse:www.padrepauloricardo.org/audio/por-que-nao-ha-biblia-sem-igreja/
    Assim quem sabe vai entender porque existem tantas lorotas desse tipo ha mais uma coisa é uma palestra não homilia então poderá ouvir tanquilamente ver seu nivel de conhecimento sobre a mesma, ceio eu que ouvira pois voce parece estar interessado em buscar a verdade só espero que não seja um desses que ouve qualquer coisa e sai falando que é vedade.
    Edilson me desculpe por coloca isso pois seu blog não é pra isso mas já que ele veio com essa…

  12. Ainda meu caro te dou um site http://www.veretatis.com.br vamos ver se você é imparcial afinal um juiz sempre ouve acusadores e acusados.

  13. Claudecir

    Eu sou cristão e me senti ofendido com seu comentário,se você não acredita em Deus,tudo bem,mas não tente convencer outras pessoas de que religião é uma besteira.

    Passar bem.

  14. Para os ricos, dinheiro, poder e conhecimento científico, para os pobres, religião.

  15. Michel, você criticou o vídeo que apresentei, mas, não assistiu, esse vídeo não fala mal da igreja (Como você fala no primeiro item), ele prova que a alegoria religiosa apresentada na bíblia não passa de plagio a varias religiões antigas, um ponto de vista extremamente bem argumentado e provado (Qualquer coisa procura na internet cada item apresentado), assista o vídeo todo, e vai descobrir que a função do vídeo como dessa discussão não é discutir religião, mas, apresentar provas que existem a tempos forças que manipulam a sociedade humana a séculos.

    Ulisses, vivemos em um pais Laico, e não estava respondendo diretamente a você, mas, sim a contra argumentação de outro usuário que tentou contra argumentar de forma negativa sobre o vídeo que apresentei, mas, sem nem nem assistir ao vídeo.

    Você assistiu, Ulisses? Tente ver esse vídeo, não como o de alguém que tenta te atacar ou ferir seus sentimentos religiosos, que como os meus foram colocados na minha cabeça desde que era muito jovem e sem capacidade de contra argumentar qualquer coisa que me falassem. Ulisses esse vídeo fala sobre como nossa sociedade é controlada a séculos, e do ponto de vista dos criadores não havia espaço para fazer ele sem que antes se falar sobre historias religiosas que nos são apresentadas desde cedo. Veja o vídeo até o fim, se não gostar da primeira parte que é religiosa blz, mas, com certeza você vai ver coisas na segunda e terceira(Que não falam sobre religião), que vão mexer com o seu modo de ver o mundo e o que aconteceu no 11 setembro.

    Dêem uma chance ao vídeo vejam até o fim. Se são religiosos e acreditam, não vai ser a primeira parte que vai mudar sua visão sobre ela.

    Aproveitem e vejam o segundo, zeitgeist adedum, esse que me lembre nem fala de religião.

    Os videos estão online basta colocar nome deles no google e adicionar português ao fim para ver com legendas…

  16. engraçado Ulisses, por que os religiosos tem o abito de mostrar e tentar evangelizar as pessoas, porem o inverso não pode ser feito!
    vcs não perceberam q esse sistema de fé atual no mundo ocidental vai sumir como todas as religiões do passado!
    acreditar em seres imaginários até onde eu sei é loucura!
    procurem um psicologo!

  17. Cara aonde assino, hauhaua. Muito bem colocado.

    1maluquinho :
    Basta mais um kadikinhu de tempo para esles começarem a se degladiarem internamente.A midia não mostra cidadãos Americanos esmolando nos sinais luminosos de Washington…A ai vem a questão…Numa possivel reviravolta interna quem assumiria o poder deles?A maioria Americana que quer a paz,viver tranquila e prosperar ou a insandecida classe dominante radical VAMPIRA???Creio que a amior parte das Nações desejam viver em harmonia mas enquanto tivermos o radicalismo Americano,a segregação Europea e o fascismo Judeu o mundo não tera PAZ.

  18. Artigo interessante para reflexão sobre as relações entre Brasil, Wall Street em ótica da economia clássica:

    http://resistir.info/crise/hudson_div_brasil.html

  19. Caro Claudecir, assim como o hardware não é nada sem o software, a materia sem conhecimento (leia-se espírito ou consciência) não é nada, o contrário também é válido; Ulisses, o conhecimento deturpado ou usado por uma ideologia contrária ao próprio ensinamento acaba sendo pior que não te-lo (vide cruzadas, guerra santa etc)… em suma, há uma guerra declarada entre a matéria e a consciência para ver quem afinal vai mandar… aí está o alicerce e o começo de tudo… não adianta ficarmos analisando a superfície dos problemas e não adentrarmos em seu âmago… Deus (super-ego) e o diabo (id) estão é dentro de nós… quem vai mandar somos nós que irá decidir… hoje as pessoas só vivem o ter e esquecem de ser… daí os resultados que vemos nessa matéria… enquanto alguns tem em excesso outros não tem nada ou são escravisados para manter o “status quo” do grupo dominante (igualzinho no país das bananas…rsrsrsrs)… sei que o que escrevo foge um pouco do contexto, mais é mais um desabafo filosófico… saudações…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: