Articles

Veja principais momentos da história recente do Afeganistão

In Conflitos, Geopolítica, História on 19/09/2010 by konner7 Marcado: , ,

https://i2.wp.com/upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/4/45/Afghan_topo_en.jpg

EFE  — A história deste país esteve marcada por um período de monarquia (1919 a 1973), a ocupação soviética (de 1979 a 1989), a chegada e queda do regime talibã (1996 a 2001) e a conseguinte invasão americana a partir deste último ano na busca de Osama bin Laden, supostamente escondido nas montanhas afegãs.

O último período foi inaugurado em dezembro de 2001, com a chegada de acesso de Hamid Karzai à Presidência do país, cargo que renovou nas eleições presidenciais de 2005 e 2009.

https://i1.wp.com/vote08.freedomblogging.com/files/2008/12/afghanistan-flag.gif

Bandeira nacional do Afeganistão

Estas são as datas mais relevantes na história do país:.

1919.- Afeganistão consegue a plena independência da Grã-Bretanha.

1919-1973.- Período de monarquia.

1973.- Golpe de estado perpetrado pelo príncipe Mohammed Dawoud derruba seu primo, o rei Zahir, e a república é proclamada.

1978.- Dawoud é derrubado e assassinado, e o país passa a ser governado por um Conselho Nacional Revolucionário presidido pelo líder do Partido Comunista, Mohammed Taraki, que assina um tratado militar com a UNião Soviética. É implantado um regime marxista, que é rejeitado pelo Exército e começa um conflito civil.

1979.- Surge o movimento mujahedin (um Exército irregular com laços islâmicos treinado e financiado por Arábia Saudita, Estados Unidos, Paquistão e outras nações muçulmanas) que combate o regime comunista afegão.

1979.- URSS invade o Afeganistão diante do medo de uma islamização de suas fronteiras, após a intensificação dos combates entre rebeldes (mujahedins) e tropas governamentais. Babrak Karmal, também comunista, assume a Presidência afegã com o apoio soviético.

1986.- Karmal é substituído por Mohammed Najibullah à frente do regime afegão, apoiado pela URSS.

1988.- Afeganistão, URSS e EUA assinam acordo de paz e começa a retirada da tropas soviéticas.

1989.- Os mujahedins combatem para derrubar Najibullah. No dia 15 de fevereiro do mesmo ano, termina a retirada das tropas soviéticas.

1992.- Movimento de resistência derruba Najibullah.

1993.- Mujahedins acertam a formação de um Governo presidido por Burhanuddin Rabbani e reconhecido por Otan e EUA. O regime comunista deixou um país em guerra civil e no qual as facções “mujahedins” brigam para assumir o poder.

1996.- Surge o movimento talibã, com o mulá Omar na liderança, integrado por jovens estudantes fundamentalistas formados em escolas corânicas, que sustentados pelo Paquistão, tomam Cabul. Cai o regime de Rabbani.

1997.- Talibãs já dominam 90% do país, enquanto Arábia Saudita e Paquistão reconhecem o regime talibã.

1998.- Em agosto, EUA bombardeiam supostos campos de treinamento no Afeganistão em resposta aos atentados contra suas embaixadas na África. Bin Laden, supostamente escondido nas montanhas afegãs, é apontado como responsável pelos ataques.

1999.- ONU impõe sanções contra o Afeganistão para que entregue Bin Laden.

2001.- Em 7 de outubro, depois dos atentados contra Nova York e Washington, os EUA, apoiados pelos Reino Unido, iniciam a chamada Operação “Liberdade Duradoura”, com ataques aéreos contra o Afeganistão, depois de o talibã se negar a entregar a Bin Laden.

Em novembro, forças opositoras tomam Mazar al-Sherif e pouco depois entram em Cabul e outras importantes cidades do país, o que representaria o fim do regime talibã e o desaparecimento do mulá Omar do panorama político.

No dia 5 dezembro, na Conferência de Bonn, Hamid Karzai é escolhido presidente interino, com o mandato de redigir uma Constituição e convocar eleições.

Em 7 dezembro, os talibãs entregam seu último reduto, Kandahar, mas nem Bin Laden nem o mulá Omar são capturados.

2002.- Em janeiro, chegam as primeiras forças de paz internacionais. Em junho o grande conselho afegão elege Karzai como chefe de Estado interino até 2004.

2003.- Durante todo o ano acontecem combates entre os talibãs e tropas governamentais. A Otan toma o controle da segurança em Cabul, em sua primeira missão fora de território europeu.

2004.- Em outubro, Karzai é eleito presidente após os primeiros pleito presidenciais democráticos.

2005.- Em setembro, os “senhores da guerra” se impõem nas primeiras eleições legislativas por voto universal.

2006-2007.- Aumenta a violência. Cerca de 4.400 mortos em 2006, e mais de 6.300 em 2007.

2008.- Durante este ano morrem 2.228 civis.

2009.- Violência custa a vida de 2.412 pessoas. No dia 10 novembro, Karzai renova seu mandato como presidente, após um polêmico processo eleitoral. Em dezembro, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anuncia o envio de 30 mil soldados a mais ao Afeganistão e o início da retirada para 2011.

Fonte: Terra

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: