Articles

Por que o KC-390, da Embraer, desperta tanto interesse de outros países

In Aérea, Aviões de Combate, Aviões de Transporte, Negócios e serviços, Opinião on 22/09/2010 by E.M.Pinto

https://pbrasil.files.wordpress.com/2010/08/kc390_planobrasil_juniopinheiro.png

Sugestão:Leandro Santos

Beatriz Olivon , de EXAME.com

Dentre as 54 intenções de compra do modelo, há pedidos no Brasil, Chile, Colômbia, Portugal e República Tcheca

São Paulo – Nas últimas semanas, o mercado acompanhou uma série de comunicados da Embraer sobre países interessados em comprar o modelo KC-390 – que ainda nem foi concluído. Para especialistas em aviação e defesa ouvidos pelo site EXAME, há motivos para tanto interesse. O cargueiro da Embraer é a maior novidade em transporte militar desde os anos 50, quando foi lançado o americano Hércules C-130.

Assim como os automóveis de passeio são divididos por tipos, como sedã e hatch, os aviões também são classificados por modelo. No jargão do setor, KC é toda aeronave capaz de abastecer outras em pleno vôo (função representada pela letra K) e transportar tropas e equipamentos militares (representada pela letra C).

O KC-390 é o chamado avião de assalto, que deve ser capaz de pousar no campo de batalha, em pistas mal-preparadas, colocando tropas e carros de combate perto da zona de conflito. Além de ser um avião de transporte de carga, ele pode reabastecer aviões de combate durante o vôo. “É uma janela de oportunidades detectada pela Embraer, de desenvolver uma aeronave com essas características mais modernas. O KC-390 vem ocupar esse nicho de mercado”, diz Richard Lucht, diretor nacional de pós graduação da ESPM e professor colaborador do ITA.

Já faz alguns anos que a espinha dorsal das principais forças aéreas do mundo para transporte de cargas de médio porte é o C-130 (Hércules C-130), segundo Lucht. “Desde a década de 50, as fabricantes de aeronaves tentam um substituto para o Hércules, e o KC 390 pode ocupar essa função”, diz o especialista em aviação Paulo Bittencourt, da Multiplan Consultores Aeronáuticos.

Entre as características do KC-390 que o destacam em comparação ao Hércules C-130 está o motor a jato, que permite melhor desempenho em pousos e decolagens, segundo Lucht – uma qualidade importante em um avião que precisa aterrissar no meio de uma floresta ou em um campo de batalha, por exemplo. “O conjunto da solução é mais moderno”, diz. Outra vantagem seria a maior capacidade de carga (23 toneladas).

Brasileiro versus herói grego

Dentre as 54 intenções de compra do KC-390, há pedidos no Brasil (28), Chile (6), Colômbia (12), Portugal (6) e República Tcheca (2). Não existe ainda um preço divulgado para a aeronave. Os comunicados recentes referem-se a acordos no âmbito governamental, ou seja, o governo do país tem intenção de adquirir o KC-390, se sua indústria participar do programa de desenvolvimento da aeronave.

“O KC-390 tem potencial para atender forças aéreas do mundo todo, inclusive países desenvolvidos, mas uma substituição completa nunca vai acontecer nesses países, até por um questão de soberania”, diz Lucht. Já Bittencourt não acredita que o avião vá substituir o Hércules nos Estados Unidos. “Os congressistas americanos criam muitos problemas para a força aérea comprar aviões fora do país”, afirma.

Para o especialista, é importante vender nos países em desenvolvimento, porque eles compram pouco em quantidade, mas dão visibilidade ao produto. “Acredito na venda para países de primeiro mundo também. A França está interessadíssima, e se ela comprar, a OTAN poderia comprar. A OTAN cria padrões, e os países compram dentro do padrão”, diz Bittencourt, referindo-se à Organização do Tratado do Atlântico Norte, aliança militar mantida pelos Estados Unidos e pelos países europeus.

Luis Adônis Batista Pinheiro, ex-chefe do DAC – e ex-piloto e instrutor no Hércules C-130 – não acredita que países como os Estados Unidos, França e Inglaterra venham a usar o modelo brasileiro. Mas ele aposta em vendas para a América do Sul, Ásia e Oriente Médio. “O KC-390 vai ser melhor que o Hércules”, diz.

Cenário positivo

O valor total do contrato entre o Comando da Aeronáutica e a Embraer para o desenvolvimento monta a 3,028 bilhões de reais. Já o cronograma de desembolsos estipulado no contrato é confidencial e não é comentado pela empresa.

O programa está agora em sua segunda fase, chamada de definições iniciais, em que uma das principais atividades é justamente a procura e seleção dos fornecedores. Por essa razão, os fornecedores não estão ainda definidos, segundo a Embraer. O primeiro protótipo deverá voar em meados de 2014, e as primeiras aeronaves de série deverão começar a ser entregues no final de 2015.

O mercado de defesa já é a segunda maior fonte de receitas da Embraer, atrás apenas da aviação comercial. No primeiro semestre, a receita do segmento militar totalizou 655 milhões de reais – 15,5% do total. No relatório que acompanha as demonstrações financeiras, a empresa destacou “um cenário favorável de crescimento” para este setor, puxado não apenas pelo KC-390, mas também por programas como o AMX. Resta saber se o avião brasileiro conseguirá, mesmo, superar o mitológico Hércules.

Fonte: Portal EXAME

29 Respostas to “Por que o KC-390, da Embraer, desperta tanto interesse de outros países”

  1. Parabens a FAB e a Embraer,e que o processo de admistração do KC-390 passe a ser usado no FX-2.

  2. Agora é só a Embraer e a fab renovarem a ousadia a cada ano para não ficarem para trás, neste mercado ultra competitivo.

  3. Eu creio que ele tem de tudo para se dar bem. Os produtos da Embraer são mundialmente conhecidos, e comprovados. Produto por produto, ele é tão bom, e em alguns pontos, melhor que o C-130. Mas como peso politico influencia, e muito, na hora de aquisição de equipamentos, acho que ele não suplantará o Hercules em numeros totais vendidos. É certo que o Hercules, como familia, já tem 50 anos de idade, e o KC-390 está nascendo ainda! De qualquer forma, acredito no sucesso do nosso avião. Espero que a FAB não fique só nos 28 aviões.

  4. “Espero que a FAB não fique só nos 28 aviões”

    Na verdade, as necessidades da FAB para o futuro que vislumbramos, seria de umas 60 unidades no mínimo… Lembre-se que ela também terá que apoiar as ações da MB e do EB.

    Somam-se aos KC-390 umas duas dezenas de cargueiros de 50/70 toneladas e uma dúzia de cargueiros de 100+ toneladas e estaremos bem servidos por um tempo.

    Ah, se houvesse essa seriedade com a aviação de caça…

  5. Edu Nicácio
    concordo com vc, mas o mas provavel
    que tenhamos junto com o KC-390
    apenas uma outra categoria + pessada.

    tomarra que modelo seja o antonov 124 :-)!!!

  6. Edu Nicácio :“Espero que a FAB não fique só nos 28 aviões”
    Na verdade, as necessidades da FAB para o futuro que vislumbramos, seria de umas 60 unidades no mínimo… Lembre-se que ela também terá que apoiar as ações da MB e do EB.
    Somam-se aos KC-390 umas duas dezenas de cargueiros de 50/70 toneladas e uma dúzia de cargueiros de 100+ toneladas e estaremos bem servidos por um tempo.
    Ah, se houvesse essa seriedade com a aviação de caça…

    Não sejamos tão cobiçosos, Edu. Tudo a seu tempo…

  7. A FAB so comprar 28 unidades e brincadeira ne, 64 e um n´mero bom para a FAB.

  8. Júlio, esta é aencomenda inicial, já reportei aqui no blog algumas vezes que as pretenções são de 70 aviões aproximadamente.
    abraço
    E.M.Pinto

  9. Porque é robusto,multi-funcional e tem tecnologia made in EMBRAER…Voa Condor..Os teremos de muitas formas e a forma de fortaleza voadora entre outras é a que mais me chama a atenção.

  10. Fico extremamente entusiasmado com este tipo de notícia…

    Espero que esse cargueiro seja um sucesso de vendas, e que o Brasil atinja plena capacidade tecnológica para produzir muitos outros.

    Fica ai um sinal… se a OTAN realmente comprar, seria a senha que faltava para confirmar realmente a superioridade frente aos demais cargueiros (principalmente o Hércules C-130).

  11. jaksonalmeida :
    Parabens a FAB e a Embraer,e que o processo de admistração do KC-390 passe a ser usado no FX-2.

    Daniel Rosa :
    Eu creio que ele tem de tudo para se dar bem. Os produtos da Embraer são mundialmente conhecidos, e comprovados. Produto por produto, ele é tão bom, e em alguns pontos, melhor que o C-130. Mas como peso politico influencia, e muito, na hora de aquisição de equipamentos, acho que ele não suplantará o Hercules em numeros totais vendidos. É certo que o Hercules, como familia, já tem 50 anos de idade, e o KC-390 está nascendo ainda! De qualquer forma, acredito no sucesso do nosso avião. Espero que a FAB não fique só nos 28 aviões.

    1maluquinho :
    Porque é robusto,multi-funcional e tem tecnologia made in EMBRAER…Voa Condor..Os teremos de muitas formas e a forma de fortaleza voadora entre outras é a que mais me chama a atenção.

    1maluquinho :
    Porque é robusto,multi-funcional e tem tecnologia made in EMBRAER…Voa Condor..Os teremos de muitas formas e a forma de fortaleza voadora entre outras é a que mais me chama a atenção.

    Falar + o quê, disseram tudo.parabéns a EMBRAER, nem nasceu é já é um sucesso. Só ñ pode deixar a peteca cair,falta o caça tupiniquim, Sds.

  12. Fico muito feliz e orgulhoso em ler esse tipo de notícia.Em ver esse projeto crescer a cada dia e que já conta com a confiança e interesse de outros países nesse novo projeto.Como brasileiro me sinto orgulhoso e otimista em um projeto nacional ganhar o mercado que possivelmente será lider no seguimento.O C-130 foi um avião fantástico,robusto e confiável mas já chegou ao final de sua vida útil.Foi projetado pelo lendário Kelly Johnson não precisa dizer mais nada.
    Estou muito confiante que o nosso Kc-390 será um grande sucesso,que possiblitará a EMBRAER alçar voos mais altos e ganhar mais respeito no mercado mundial.

  13. carlos argus 22/09/2010 às 21:16 | #11 Citar jaksonalmeida :
    Parabens a FAB e a Embraer,e que o processo de admistração do KC-390 passe a ser usado no FX-2.

    Daniel Rosa :
    Eu creio que ele tem de tudo para se dar bem. Os produtos da Embraer são mundialmente conhecidos, e comprovados. Produto por produto, ele é tão bom, e em alguns pontos, melhor que o C-130. Mas como peso politico influencia, e muito, na hora de aquisição de equipamentos, acho que ele não suplantará o Hercules em numeros totais vendidos. É certo que o Hercules, como familia, já tem 50 anos de idade, e o KC-390 está nascendo ainda! De qualquer forma, acredito no sucesso do nosso avião. Espero que a FAB não fique só nos 28 aviões.

    1maluquinho :
    Porque é robusto,multi-funcional e tem tecnologia made in EMBRAER…Voa Condor..Os teremos de muitas formas e a forma de fortaleza voadora entre outras é a que mais me chama a atenção.

    1maluquinho :
    Porque é robusto,multi-funcional e tem tecnologia made in EMBRAER…Voa Condor..Os teremos de muitas formas e a forma de fortaleza voadora entre outras é a que mais me chama a atenção.

    Falar + o quê, disseram tudo.parabéns a EMBRAER, nem nasceu é já é um sucesso. Só ñ pode deixar a peteca cair,falta o caça tupiniquim
    fALAR O QUER,VC ESTÁ CERTICIMO CARLOS ARGUS,NOS VAMOS VENDER PARA O MERCADO INTERNACIONAL MAIS DE 100 UNIDADES ACREDITEMMMM…VIVA BRASIL…VIVA KC390….

  14. Yes French.

    But KC-390 is better, and better, and better….

  15. Caro Frenchdude,

    Quem sabe? Tem tamanhos e especificações parecidas, mas acredito na capacidade da Embraer entregar um produto superior, e a custo competitivo.

    []’s

  16. Correção:
    O dor de cotovelo do francesinho ,o kc-390 desperta interesse mundo afora, enquanto aquela jaca francesa é descartada mundo afora.

  17. Jackson os Franceses não tem dor de cotovelo, uma vez que querem ingressar no programa KC 390 e para tanto está Thales, a Sagen e a Safran entre outras oferecendo-se para participar com motores, fly by wire sistemas de bordo, sondas de reabastecimento, entre inúmeros outros ítens.
    Para França e para o senhor ai é mais interessante que a EMBRAER saia vitoriosa e os ocncorrentes já que lá terão muito menos chance de ingressar no programa MTA.
    Agora comentário pessoal meu, esta tua posição contra tudo o que é francês além de ridícula é infantil, os aviões da EMBRAER voam entre milhares de sistemas de mesma proveniência, com motores franceses e sistemas franceses, motores que seu país e o meu nem capacidade de fazer tem, por isso eu me colocaria no devido lugar antes de criticar pois se o deles é ruim nós nem temos o ruim pra comparar.
    Sds
    E.M.Pinto

  18. E.M.Pinto:
    Mas temos capacidade de fazê-lo, olhe a polaris e a turbina experimental, o pro-alcool e o bio-diesel são alguns exemplos de que podemos fazê-lo se o governo se dedicasse mais e não cortasse as verbas dos programas de defesa.

  19. É Jakson, temos capacidade, mas falta muito fejão ainda, enquanto que a França já faz isso desde a década de 50 tempo que nem EMBRAER existia.
    E mais uma coisa, mil turbinas certificadas e que competem com as mais modernas do mundo a décadas, não se comparam a projetos de desenvolvimento.
    Sds
    E.M.Pinto

  20. E.M.Pinto:
    Mas porque é que eu vou colocar feijão branco na minha feijoada,cruz credo.
    PS:A Carla Bruni tudo bem.

  21. Quais será os intens nacíonais que as empresas de defesa nacíonal vao ofereçer?
    será que terá intes de altissima técnologia, como as extrangeiras?
    ou realmente será como disse um executivo da EMBRAER & DCTA ? que as empresas Brasileiras estão capacitadas á oferecer intes de FUSELAGEM,TREM DE POUSO & AVIÔNICOS COM TÉCNOLOGIA ISRAELENSE.
    Esse KC-390 é um projeto muito importante para termos apenas técnologias periféricas nele, temos que nos capacitar á oferecer intens de altissimo valor agregado, tanto financeiro quanto técnologicio.

  22. “…motores que seu país e o meu nem capacidade de fazer tem…”
    E.M.Pinto, você não é brasileiro???

  23. E em breve será anunciado que a África do Sul também está interessada na compra e na participação no desenvolvimento do KC-390 da Embraer. As negociações já começaram e estão apenas esperando definir os pontos principais para divulgar para imprensa. A fonte veio de um membro do consulado da África do Sul em São Paulo.

    Abraço,

    Fernando Valduga
    Editor Cavok Brasil

  24. Nick :Caro Frenchdude,
    Quem sabe? Tem tamanhos e especificações parecidas, mas acredito na capacidade da Embraer entregar um produto superior, e a custo competitivo.
    []‘s

    Isso aí, esse francês tá é com inveja kkkkkkkkk.
    Além do mais, podemos estar só começando, mas já fazemos um belo sucesso no mercado mundial: brasileiros sabem fazer tecnologias de ponta sim, basta que nos deem recursos para isso.

  25. Sim Carlos sou Brasileiro de Belém do Pará.
    Sds
    E.M.Pinto

  26. Jakson Almeida :E.M.Pinto:Mas porque é que eu vou colocar feijão branco na minha feijoada,cruz credo.PS:A Carla Bruni tudo bem.

    Tú não é nada besta heim Jakson! Essa ai até atolada na lama, hahahahaha!
    ´Não gostei da atitude da França, de citar o KC-390 como “carrinho de mão”! Enaltecer o A-400, que quando maduro será um excelente avião, mas por enquanto sorve dinheiro público como um camelo quando encontra àgua depois de uma semana sem beber, e dizer que a Embraer não sabe fazer um avião cargueiro é pura besteira.
    Eu já disse isso antes, a Embraer não chegou onde esta fabricando aviãozinho de papel e jogando ao sabor do vento! Mas até entendo o ataque. Sempre que vc encontra alguem que possa se tornar um futuro adversário, e a altura, vc tenta desmoralizá-lo. Acho que é isso que tentaram fazer.
    Pois nosso “carrinho de mão” será um dos “carrinhos de mão” de maior sucesso da industria aeronáutica mundial.
    Abraço

  27. Boa Noite,

    Estou divulgando uma ótima oportunidade para você ganhar dinheiro através de seu blog. Cursos On-Line.

    Se você tem um Site ou Blog, saiba que é possível Ganhar Dinheiro divulgando nossos Cursos Online. Basta Cadastrar seu Site ou Blog no nosso sistema de Afiliados e começar a ganhar.
    http://www.cursos24horas.com.br/parceiro.asp?cod=promocao15898&id=16208&url=afiliados

    Abs,
    Silvano

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: