Articles

Irã considera fim do enriquecimento de urânio

In Conflitos, Energia, Geopolítica on 25/09/2010 by E.M.Pinto

https://i1.wp.com/www.cbsnews.com/i/tim//2010/04/02/image4206482x.jpg

Ahmadinejad insiste em culpar os EUA pelo 11/9, e Obama reage, taxando comentários de odiosos e imperdoáveis

NOVA YORK e VIENA. Adotando um tom mais ameno diante de dezenas de repórteres que se espremiam para ouví-lo em um hotel de Nova York, o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, afirmou ontem que Teerã poderia suspender o processo de enriquecimento de urânio caso recebesse do Ocidente combustível nuclear para alimentar seu reator de pesquisas médicas.

Um dia após um discurso incendiário na ONU — no qual acusou os próprios Estados Unidos pelos atentados de 11 de setembro — Ahmadinejad reiterou a acusação e defendeu uma comissão para investigar os ataques.

Numa verdadeira batalha verbal, o presidente americano, Barack Obama, classificou — em entrevista à BBC em persa — as palavras do líder iraniano como odiosas e imperdoáveis

Em Viena, AIEA barra resolução anti-Israel O bate-boca indireto entre Obama e Ahmadinejad marcou o fim da Assembleia Geral da ONU — já esvaziada pela ausência de diversas lideranças mundias e pelas dúvidas quanto à eficiência do gigantesco órgão de 192 países quando, na realidade, as discussões globais mais relevantes se concentram no seleto grupo de membros do Conselho de Segurança.

Ahmadinejad garantiu estar disposto a retomar as negociações acerca de seu programa nuclear “provavelmente em outubro” e afirmou que a pressão internacional é contraprodutiva, “um insulto às nações e boa apenas para caubóis e retardados”.

— Não estamos interessados em continuar enriquecendo urânio a 20%. Eles (os EUA) politizaram a questão. Fomos obrigados a fazê-lo para dar apoio a nossos pacientes. Podemos considerar a suspensão do enriquecimento quando nos fornecerem combustível nuclear.

Mas, questionado sobre seu controverso discurso responsabilizando os EUA pelo 11 de setembro, Ahmadinejad retomou a retórica combativa e criticou as guerras no Iraque e Afeganistão como reações exageradas.

— Vocês não acham que chegou a hora de estabelecer uma comissão de investigação (sobre os ataques)? — disparou, ironicamente. — Os americanos não deveriam ocupar o Oriente Médio inteiro, bombardear festas de casamento, aniquilar vilas inteiras porque um terrorista está escondido lá.

Antes mesmo de Ahmadinejad reafirmar seus comentários, o presidente Barack Obama deu sua resposta em uma entrevista ao canal persa da rede BBC. Tentando demonstrar simpatia à audiência iraniana, Obama condenou a atitude do presidente.

— Foi ofensivo. Foi odioso.

Particularmente por fazer essas declarações apenas um pouco ao norte do Marco Zero, onde famílias perderam entes queridos.

Fazer aquele comentário foi imperdoável — afirmou Obama. — Isso só mostra mais uma vez a diferença em como a liderança iraniana e a maioria do povo iraniano, que pensa e é respeitoso, pensam essas questões.

Entre as promessas de americanos e iranianos — de que a porta do diálogo ainda está aberta — e trocas de farpas, a verborragia irritou o secretáriogeral da ONU, Ban Ki-moon.

Apesar de evitar qualquer menção direta ao discurso de Ahmadinejad e à reação de Obama, Ban alertou contra a demonização das diferenças entre o Ocidente e o mundo islâmico: — Deixe-nos compreender que vivemos num mundo em que um pequeno grupo pode causar grande estrago. Esse estrago pode ser multiplicado pela linguagem solta na política.

O clima polêmico, no entanto, se estendeu a Viena. Por 46 votos a favor, 51 contra e 23 abstenções, a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) rejeitou ontem uma proposta de resolução dos países árabes pressionando Israel a aderir ao Tratado de Não Proliferação Nuclear (TNP) — causando a indignação do Irã e dos países-membros da Liga Árabe

Fonte: O Globo via CCOMSEX

7 Respostas to “Irã considera fim do enriquecimento de urânio”

  1. Gente muito séria nos EUA, patriotas reconhecidos, também tem sérias dúvidas sobre a culpabilidade de autoridades americanas no atentado..Os documentário são desconcertantes e muito instigantes..

  2. André Oliveira :
    Gente muito séria nos EUA, patriotas reconhecidos, também tem sérias dúvidas sobre a culpabilidade de autoridades americanas no atentado..Os documentário são desconcertantes e muito instigantes..

    Eu até acho q poderiam enriquecer o urânio deles no limite do TNP, sobre observação direta da AIEA, os olhos e ouvidos do CS.Sds.

  3. Nao vao permitir acesso irrestrito as suas instalaçoes secretas que tem fins militares. Se nao tivessem esse objetivo já o teriam feito. Se fosse absolutamente civil e para produçao de energia nem precisaria a Rússia administrar Bushehr. Só querem ganhar mais tempo para atingir seus objetivos nefastos.

  4. se nao tem nada a esconder que facam uma comissao mista internacional… e incluam pesquisadores do BRICs na comissao.. senao… tao escondendo…

  5. OBAMA, GANHOU O PREMIO DE CINISMO DO ANO.

    Fico imaginando que para os americanos bombardear campos de concentração de civis no Afeganistão,seria para eles um simples engano,e chamar todas as vítimas entre crianças e mulheres de terroristas,um mal entendido.
    Matar a sangue frio,presos e supostos terrorista por esporte,banalizando a morte naquele país,de um mero incidente cometidos por poucos.
    Tendo uma agencia governamental(CIA), que recebe carta branca do governo americano para seqüestrar,torturar e matar;todo tipo de bandidagem como assunto de estado.
    Que moral uma pessoa que até um tempo atrás,recebeu o premio nóbel da paz,que mente até para seus concidadãos tem para falar de ofensivo e odioso.
    Então negão,coloque junto ao seu premio da paz esse outro de maior cinco do planeta.

  6. Esse Mahmoud tem peito,ele conseguiu tira o foco das atenções sobe o problema nuclear Irã e tocou na cerne de uma verdade inconveniente dentro do própio território americano.Ele conseguiu Abilmente usar a imprensa ocidental ao seu favor.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: