Articles

Iraque recebe oferta de novos caças F-16 com mísseis velhos

In Aérea, Aviões de Combate, concorrências, Defesa, Geopolítica, Mísseis, Negócios e serviços, Sistemas de Armas on 25/09/2010 by Carcará Marcado: , , , , , , ,

https://i1.wp.com/media.kfbb.com/images/MANG%20F-16%20above%20Iraq.JPG

Por Stephen Trimble

O Iraque pode receber 18 Lockheed Martin F-16s em valor de até US$ 4,2 bilhões e equipados com mísseis e radares de geração anterior, de acordo com o governo dos EUA.

A Defense Security Cooperation Agency definiu as configurações dos F-16IQ habilitados para exportação para o Iraque em um comunicado publicado em 24 de Setembro.

DSCA diz que o Iraque tem um pedido para uma “eventual venda” do F-16, embora a decisão final não tenha sido feita.

O governo dos EUA no Iraque está oferecendo um modelo do F-16 que não inclui mísseis de última geração, como o Raytheon AMRAAM AIM-120D ou Sidewinder AIM-9X, nem radar de varredura eletrônica ativa (AESA).

Em vez disso, ao Iraque seria oferecida a AIM-9L/M-8/9 Sidewinder míssil de curto alcance, a Raytheon AIM-7M-F1 / H Sparrow mísseis de médio alcance além da Raytheon AGM-65D/G/H/K Maverick mísseis ar-terra.

Os EUA também permitiriam que a Northrop Grumman para suprir radar APG-68(V)9 de escaneamento-mecânico.

Os F-16s também iriam com uma gama de sistemas de guerra electrônica, reconhecimento e identificação de alvos. Os jatos também podem ser propulsados por motores Pratt & Whitney F100-PW-229 ou General Electric F110-GE-129.

A Lockheed tem trabalhado para vender mais F-16s para manter o caça em produção tempo o suficiente para vencer uma possível encomenda da Índia de até 126 caças. O F-16 é um dos seis caças na disputa pelo contrato da Índia.

Em agosto, Omã, também solicitadou uma possível venda de 18 Lockheed F-16 Block 50/52s em um acordo avaliado em até US $ 3,5 bilhões.

Fonte: FlightGlobal

Nota do Editor: Esse valor do negócio me fez pensar que no final, os valores do F-X2 para caças com transferência de tecnologia são verdadeiras “pechinhas”, dado que falamos do dobro de aeronaves e com equipamentos modernos.

Att, Carcará do Cerrado

21 Respostas to “Iraque recebe oferta de novos caças F-16 com mísseis velhos”

  1. Bom negócio para os Iraquianos!

    Mas Carcará, eu andei vendo gente fazendo contas dos valores do F-X2 e só para complementar aí se não me engano a proposta mais cara, que é a do Rafale ficou em 10bi de doletas, logo e cortasse tudo pela metade, dava 5 bi de doletas, por um avião mais novo, com equipamentos novos, modernos e armamento…
    Me pergunto, o F-16 é uma máquina mortal assim com Sparrow e Sidewinder L para custar tanto?!

    E depois tem gente que fala que estamos pagando caro na brincadeira…

  2. Olha pra começar devo dizer que antes de tudo adoro o F-16.Mais tenho que admitir que essa notícia é uma grande piada.Vejam só nosso grande irmão do norte inventa uma guerra contra o malvado Sadan,diz que ele tem armas químicas,armas de destruição em massa e deu abrigo ao nefasto Osama(que foi cria deles).Depois destruiram o país levaram sua infraestrutura para a idade da pedra,assassinarão o malvado Sadan,Matão a população iraquiana das mais terríveis formas.E pra finalizar vendem um F-16 MEIA BOCA ao pobre país.Que vergonha!!!

  3. No fim o FX2 não vai custar tanto assim… o dobro de aeronaves com transferência de tecnologias modernas… vai ficar barato demais em relação e esta “compra” Iraquiana.

    No fim a guerra para libertar o Iraque custou caro, agora este país tem o bom gosto de comprar coisas velhas por preços altos… é o mínimo a se pagar pela liberdade… mas escolher o caça que querem nem pensar, os Yankees sabem o que é melhor para o Iraque, então deixemos que eles pensem para eles, tem o povo iraquiano assim tão dentro do coração! :twisted:

  4. O brasil vai de f18 em troca eua compram super tucano kc390

  5. Quero ver agora o que o pessoal do lado negro da força irá dizer…

  6. Eu penso que deve ser o pacote completo, toda a logística e tudo o que rodeia o caça para mantê-lo a voar… penso eu, pois não tenho o negocio em concreto.
    Os aviões que poderão ser vendidos á Índia numa suposta vitoria do F16, nada mas mesmo nada tem a haver com este vector que vai ser vendido ao Iraque, tal com os da Omã.
    Em primeiro lugar os EUA não correriam um risco tão grande em entregar armas do melhor para o Iraque, jogada de inteligência… pois caso o Iraque caísse nas mãos dos inimigos dos americanos seria muito mau, pois teriam mais problemas para reconquistar aquela zona.
    Segundo, pelo que já li e pelo tipo de armamento vendido além de ser um pouco obsoleto; mas capaz de dar dores de cabeça a um inimigo, vejo este fornecimento de caças mais num sentido para que o Iraque tenha capacidade de defesa do que atacar.
    Terceiro esse provavelmente será a entrega do primeiro lote de caças, pois de certeza será um número maior mais para futuro.

  7. O valor de US$ 4,2 bi será se forem exercidas todas as opções, levando o total de aviões até 100 exemplares. De toda sorte oferecer Sparrow no lugar do AMRAAM é dureza. Isso deve ser decorrência de algum tipo de pressão de sauditas ou israelenses. Por outro lado tem efeito positivo de não criar tensões desnecessárias com o Irã. Agora qualquer comparação com o FX-2, ou melhor, a “generosa” proposta francesa é descabida. Até porque a tal Transferência de tecnologia é um mito.

  8. apesar de ultrapassados, são muitos armamentos…..

  9. Seria interessante também o Brasil oferecer ao Iraque uns 100 Super Tucanos, pra cobrir o buraco que ficou a defesa desse Pais, claro se não houver veto.

  10. Novobrasuk :
    Olha pra começar devo dizer que antes de tudo adoro o F-16.Mais tenho que admitir que essa notícia é uma grande piada.Vejam só nosso grande irmão do norte inventa uma guerra contra o malvado Sadan,diz que ele tem armas químicas,armas de destruição em massa e deu abrigo ao nefasto Osama(que foi cria deles).Depois destruiram o país levaram sua infraestrutura para a idade da pedra,assassinarão o malvado Sadan,Matão a população iraquiana das mais terríveis formas.E pra finalizar vendem um F-16 MEIA BOCA ao pobre país.Que vergonha!!!

    Aí dos vencidos, vão pagar por caças meia-boca, se são indepêndentes q venham a público e digam q ñ querem essses vestutos caças, esses ianks são uns bucaneiros, onde estão os 9 bilhões de dólares da venda de petróleo Irakianos reconstruir o país? Quem meteu essa peqna soma? Onde está essa tal de ONU p investigar o desparecimento dessa grana toda? Sds.

  11. hms tireless,
    acreditamos naquilo que queremos não é?
    os espanhóis acreditavam na invencível armada,
    os iraquianos acreditavam neles mesmos no “IrãXIraque”, agora acreditarão em sparrow,
    você não acredita na França,
    E eu não acredito que 4,2 bilhões sejam para uma compra de F-16 capado e defasado é um absurdo mesmo que seja imaginando um aumento no pedido, o fato concreto aqui é que são 4,2 Bi por esse pacote (quer consta completo aqui: http://www.dsca.mil/PressReleases/36-b/2010/iraq_10-23.pdf) é ainda muito caro…

    A comparação, bem, considero que seja válida dada que vários dos comentaristas sobre o F-X2 se limitam a considerar o fator custo da questão portanto quis alcançar a este cerne que atinge a cabeça de alguns, que não é seu caso eu sei.
    Óbvio que F-X2 vai muito além de custos e sabemos bem disso, porém outros que apreciam a nobre mídia nacional (que pouco ou quase nada sabe do assunto) se limitam ao custo e ponto.

    E com certeza a Sparrow é fruto de pressões, mas para quem hoje não tem nada… melhor caçar com gato do que com rato… rs.

    Sds,
    Carcará do Cerrado

  12. Os mísseis são velhos mas a máquina ainda impõe respeito. O F-16 já ganhou até do Rafale em concorrências internacionais e sempre fez bonito.

    Não existe possibilidade nenhuma do FX-2 sair barato com qualquer um. Mas, certamente com o Rafale vai sair bem caro do que com os outros.

  13. Carcará :
    hms tireless,
    acreditamos naquilo que queremos não é?
    os espanhóis acreditavam na invencível armada,
    os iraquianos acreditavam neles mesmos no “IrãXIraque”, agora acreditarão em sparrow,
    você não acredita na França,
    E eu não acredito que 4,2 bilhões sejam para uma compra de F-16 capado e defasado é um absurdo mesmo que seja imaginando um aumento no pedido, o fato concreto aqui é que são 4,2 Bi por esse pacote (quer consta completo aqui: http://www.dsca.mil/PressReleases/36-b/2010/iraq_10-23.pdf) é ainda muito caro…
    A comparação, bem, considero que seja válida dada que vários dos comentaristas sobre o F-X2 se limitam a considerar o fator custo da questão portanto quis alcançar a este cerne que atinge a cabeça de alguns, que não é seu caso eu sei.
    Óbvio que F-X2 vai muito além de custos e sabemos bem disso, porém outros que apreciam a nobre mídia nacional (que pouco ou quase nada sabe do assunto) se limitam ao custo e ponto.
    E com certeza a Sparrow é fruto de pressões, mas para quem hoje não tem nada… melhor caçar com gato do que com rato… rs.
    Sds,
    Carcará do Cerrado

    Falaste tudo amigo Carcará! eu não acredito na França. Por que? por saber que eles são tão ou mais traiçoeiros que o que costumam atribuir aos Americanos. E o que é pior: Os Franceses se prostituem por muito pouco…

  14. Porcaria!! 18 F-16B por 4,2 bi de dólares já ta muito ruim aí se fala do amamento e fica pior…

    O Iraque não é mais a terra do Sadan e merece armamento de alguma qualidade e por esse preço!! Tinha que se F-16C com AIM-9X e AIM-120C7, me desculpem, mas com esses aviões e essas armas o Iraque não se defende de ninguém nem das “piadas” rsrs…

    E se os americanos estão desconfiados que façam a defesa aérea do Iraque, mas está obvio que estão mesmo é se livrando de lixo inútil, até nossos velhos F-5M com os DERBY são mais ameaçares que esses F-16B e seus mísseis, ao menos não são apenas 18.

  15. Imagina a frança vendendo Matra super 530 para os Emirados Árabes unidos? tinha gente aqui dando cria.
    Mas o Sparow é a arma do futuro e os amigos e aliados americanos são a melhor opção.
    Perca tempo lendo, não vale a pena.
    sds
    E.M.Pinto

  16. Nelson :Seria interessante também o Brasil oferecer ao Iraque uns 100 Super Tucanos, pra cobrir o buraco que ficou a defesa desse Pais, claro se não houver veto.

    No futuro e quando o Iraque criar os seus próprios pilotos aí está uma solução.
    Isso já tem ser jogo do Brasil… convencer para poder vender, ter influencia e saber aproveitar oportunidades.
    Acho e muito bem este fornecimento deste tipo de armamento, mas a prioridade nesta fase deveria ser a população, pelos mesmo nesta primeira fase, que os EUA assumissem essa ajuda.

  17. E.M.Pinto :
    Imagina a frança vendendo Matra super 530 para os Emirados Árabes unidos? tinha gente aqui dando cria.
    Mas o Sparow é a arma do futuro e os amigos e aliados americanos são a melhor opção.
    Perca tempo lendo, não vale a pena.
    sds
    E.M.Pinto<

    Amigo E.M!

    Ainda existe muita desconfiança acerca do futuro do Iraque pós-ocupação. Talvez por esse motivo os EUA tenha optado por fornecer o Sparrow e não um míssil sofisticado como o AMRAAM. Mas não se esqueça que a proposta do SUper Hornet no FX-2 inclui o AMRAAM, e recentemente o Chile comprou 100 deles, e ainda na versão mais recente, a C7, que é muito superior ao MICA que virá no Rafale se este for o escolhido no FX-2

  18. Tireless meu amigo.
    Sem dúvida que eu não venderia o AMRRAM para o Iraq depois do conflito, e a razão é que como tudo o que se passa quando se trata de defesa há um motivo, exatamente como você justificou. O problema é que se esquecem disso quando convém.
    Por exemplo a Argentina foi boicotada pela França no conflito de 82 e todos põe a corneta para tocar acusando a França de traição, esquecem-se intencionalmente de que quem deu posições dos radares modos de operação e imagens de satélites aos britânicos foram os EUA, porque? tinha um motivo claro, os EUA forneceram até mesmo os mais modernos Sidwinders se não estou enganado o L, negados a Argentina, porque? havia um motivo. Só quem não tinha motivo eram os Franceses, os traidores de toda história.
    Neste caso Iraquiano o pacote parece um pouco salgado tal como anunciou o Carcará, alguém questionou? o pacote oferecido pela França para o Brasil é o mais caro porém inclui 36 caças e armamentos mais modernos como o Meteor, e segundo alguns gênios metidos a entendedores, que pegaram a calculadora e dividiram por 36, ficaram estarrecidos pelo brilhante valor de 147 milhões por Rafale, mas não fazeram a mesma conta para os demais para ver que assim o F 18 e o Gripen não custariam 55 e 50 milhões cada um.
    Para mim uma campanha estúpida e infantil de desqualificação, que antes era perpetuada para os equipamentos russos, vi isto acontecer ainda quando o Su 35 estava no páreo do FX, e que não leva a nada pois a decisão sobre os caças não será influenciada pela matemática de buteco.
    Deveriam é enaltecer as qualidades dos adversários e de seus preferidos, que tem muitas e que seria bem mais frutífero para as discussões, mas não adianta, vão tocar as vuvuzelas na certeza que mudam o resultado.
    Paciência…
    Pergunte aos participantes deste blog quem saberia explicar o custo des 4.6 bilhões por 16 F 16, garanto que não sabem responder, mas também não aparecem ai os gênios butequeiros para fazer a conta e para explicar.
    Todos sabem que se dependesse de mim, nem gripen NG nem Rafale nem F 18 estariam no Shortlist, sempre defendia o SU-35/PAK FA pois sabia que jamais os EUA forneceriam F 15 K ou SE para nós, acho que os critérios da escolha do caça estão equivocados, mas pronto, não sou especialista no assunto, só não entendo porque qualquer país da nossa dimensão opta por dois modelos Hi Lo aqui somos exóticos.
    Não morro de amores pela política francesa em relação a defesa, apenas chamo a atenção que quando convém descem a lenha.
    Sds
    E.M.Pinto

  19. Obrigado senhor E.M.Pinto,

    Foi dito pelo editor tudo o que eu gostaria de falar mas estou ficando “cansado”…

    “segundo alguns gênios metidos a entendedores, que pegaram a calculadora e dividiram por 36, ficaram estarrecidos pelo brilhante valor de 147 milhões por Rafale, mas não fazeram a mesma conta para os demais para ver que assim o F 18 e o Gripen não custariam 55 e 50 milhões cada um.
    Para mim uma campanha estúpida e infantil de desqualificação, que antes era perpetuada para os equipamentos russos, vi isto acontecer ainda quando o Su 35 estava no páreo do FX, e que não leva a nada pois a decisão sobre os caças não será influenciada pela matemática de buteco.”

    Permita-me EMOLDURAR, simplesmente entrei em êxtase nesta parte!

    Uma pena que os “do lado negro da força” não a lerão. Pois teriam que se “convencer” de que contra este argumento não há “factóides”.

    Brilhante e obrigado!

  20. E.M.Pinto :
    Tireless meu amigo.
    Sem dúvida que eu não venderia o AMRRAM para o Iraq depois do conflito, e a razão é que como tudo o que se passa quando se trata de defesa há um motivo, exatamente como você justificou. O problema é que se esquecem disso quando convém.
    Por exemplo a Argentina foi boicotada pela França no conflito de 82 e todos põe a corneta para tocar acusando a França de traição, esquecem-se intencionalmente de que quem deu posições dos radares modos de operação e imagens de satélites aos britânicos foram os EUA, porque? tinha um motivo claro, os EUA forneceram até mesmo os mais modernos Sidwinders se não estou enganado o L, negados a Argentina, porque? havia um motivo. Só quem não tinha motivo eram os Franceses, os traidores de toda história.
    Neste caso Iraquiano o pacote parece um pouco salgado tal como anunciou o Carcará, alguém questionou? o pacote oferecido pela França para o Brasil é o mais caro porém inclui 36 caças e armamentos mais modernos como o Meteor, e segundo alguns gênios metidos a entendedores, que pegaram a calculadora e dividiram por 36, ficaram estarrecidos pelo brilhante valor de 147 milhões por Rafale, mas não fazeram a mesma conta para os demais para ver que assim o F 18 e o Gripen não custariam 55 e 50 milhões cada um.
    Para mim uma campanha estúpida e infantil de desqualificação, que antes era perpetuada para os equipamentos russos, vi isto acontecer ainda quando o Su 35 estava no páreo do FX, e que não leva a nada pois a decisão sobre os caças não será influenciada pela matemática de buteco.
    Deveriam é enaltecer as qualidades dos adversários e de seus preferidos, que tem muitas e que seria bem mais frutífero para as discussões, mas não adianta, vão tocar as vuvuzelas na certeza que mudam o resultado.
    Paciência…
    Pergunte aos participantes deste blog quem saberia explicar o custo des 4.6 bilhões por 16 F 16, garanto que não sabem responder, mas também não aparecem ai os gênios butequeiros para fazer a conta e para explicar.
    Todos sabem que se dependesse de mim, nem gripen NG nem Rafale nem F 18 estariam no Shortlist, sempre defendia o SU-35/PAK FA pois sabia que jamais os EUA forneceriam F 15 K ou SE para nós, acho que os critérios da escolha do caça estão equivocados, mas pronto, não sou especialista no assunto, só não entendo porque qualquer país da nossa dimensão opta por dois modelos Hi Lo aqui somos exóticos.
    Não morro de amores pela política francesa em relação a defesa, apenas chamo a atenção que quando convém descem a lenha.
    Sds
    E.M.Pinto

    Amigo E.M!

    As minhas restrições com a França não nem tem a ver com o episódio das Falklands afinal, eles não podiam correr o risco de criar um incidente diplomático com os Ingleses. Minhas restrições tem mais a ver cm o embargo decretado por De Gaulle contra ISrael após a guerra dos seis dias pois esse certamente foi o embargo de armas mais criminosos da história já que oss franceses desenvolveram o mirage 5 com tecnologia e conhecimento israelenses, embargaram a entrega e depois venderm muitos deles para os inimigos de Israel como Líbia e Egito.

  21. Países ñ tem amigos, tem interese, a França dá provas disto.

    Novobrasuk :
    Olha pra começar devo dizer que antes de tudo adoro o F-16.Mais tenho que admitir que essa notícia é uma grande piada.Vejam só nosso grande irmão do norte inventa uma guerra contra o malvado Sadan,diz que ele tem armas químicas,armas de destruição em massa e deu abrigo ao nefasto Osama(que foi cria deles).Depois destruiram o país levaram sua infraestrutura para a idade da pedra,assassinarão o malvado Sadan,Matão a população iraquiana das mais terríveis formas.E pra finalizar vendem um F-16 MEIA BOCA ao pobre país.Que vergonha!!!

    São os vencidos. tem q se submeterem ao seus senhores conquistadores. Sds.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: