Articles

Reforço no policiamento vai chegar pelo alto

In Helicópteros, Segurança Pública on 26/09/2010 by E.M.Pinto

https://i0.wp.com/www.malaysiandefence.com/wp-content/uploads/2008/10/blackhawk_small.jpg

Sugestão: Darkman

PM ganhará 16 helicópteros para vigiar o Rio. Primeira aeronave chega em janeiro.

Rio – A partir de janeiro, o Rio ganhará proteção dos céus. De olho na Copa do Mundo de 2014 e na Olimpíada de 2016, uma frota de helicópteros comuns e blindados, já em processo de compra, vai reforçar o patrulhamento aéreo da Região Metropolitana da cidade. O projeto prevê a aquisição para o Grupamento Aéreo e Marítimo (GAM) da Polícia Militar de 16 aeronaves, que vão permitir vigiar as vias expressas, bairros e favelas.

“O uso do helicóptero no patrulhamento permite baixar os índices de violência, já que a presença dele inibe a ação de criminosos. Sem contar que este recurso como apoio permite a redistribuição das viaturas, aumentando a área de atuação e a eficácia do policiamento”, define o comandante do GAM, tenente-coronel Eduardo Ribeiro.

Semana passada, O DIA acompanhou uma manhã de patrulhamento do GAM nas zonas Norte e Oeste e no Centro. Saindo da base do grupamento, em Niterói, a aeronave modelo Esquilo chegou à Avenida Brasil em poucos segundos. Em apenas dois minutos, já sobrevoava Bangu e, na sequência, foi para o Méier checar informação recebida pelo rádio sobre o bloqueio numa rua onde ocorria manifestação.

Pendurados nas laterais do helicóptero, que transporta até seis passageiros, PMs armados com fuzis ficavam atentos à movimentação lá embaixo. “Passamos próximos para ter melhor visualização e compreensão do que se passa. Dá para ver as pessoas, as casas, a movimentação nas ruas e carros, tudo”, frisou um dos sargentos que monitoram a cidade do alto.

Semana passada, O DIA acompanhou uma manhã de patrulhamento do GAM nas zonas Norte e Oeste e no Centro. Saindo da base do grupamento, em Niterói, a aeronave modelo Esquilo chegou à Avenida Brasil em poucos segundos. Em apenas dois minutos, já sobrevoava Bangu e, na sequência, foi para o Méier checar informação recebida pelo rádio sobre o bloqueio numa rua onde ocorria manifestação.

Pendurados nas laterais do helicóptero, que transporta até seis passageiros, PMs armados com fuzis ficavam atentos à movimentação lá embaixo. “Passamos próximos para ter melhor visualização e compreensão do que se passa. Dá para ver as pessoas, as casas, a movimentação nas ruas e carros, tudo”, frisou um dos sargentos que monitoram a cidade do alto.

Outra novidade atende pelo nome de ‘PMCop’. Serão aeronaves equipadas com câmeras de alta definição, capazes de monitorar vários pontos da cidade. A ideia é que esses helicópteros façam uma espécie de ‘Big Brother’ aéreo, captando imagens para identificar, ainda mais rápido, os crimes ocorridos. Os aparelhos também são blindados.

https://i0.wp.com/odia.terra.com.br/portal/rio/fotos/10/09/26_helicop_info_575.jpg “Com esse recurso, poderemos analisar o que está acontece e definir a melhor ação a ser desempenhada. Os policiais já chegarão na ocorrência com a noção exata do que se passa e do que ele deve fazer. Até 2013, estaremos operando”, disse Ribeiro. As câmeras conseguem filmar, com precisão, pessoas armadas e até placas de carros.

A parte marítima da unidade também vai reformular o patrulhamento, feito hoje com sete lanchas para evitar que bandidos utilizem a Baía de Guanabara. “Estudamos a aquisição de embarcações, mais leves, rápidas, com manutenção mais simples, para agilizar o patrulhamento até 2016”, disse o major Rodrigo Sanglard.

Imagens geradas para Central de Inteligência

Na futura sede do GAM, dentro do Centro de Operações Especiais (Ceop), em Ramos, as imagens captadas pelas aeronaves serão analisadas, em tempo real, por profissionais do novo Centro de Comando e Controle da PM. Nesse núcleo, o setor de Inteligência da corporação terá acesso aos vídeos, por meio de modernos programas de computador, permitindo que a cúpula da segurança acompanhe as ações da polícia e defina o andamento delas.

No quartel, também será montada uma nova sala de rádio para apoiar as aeronaves de patrulhamento. A PM quer voltar a sintonizar na mesma frequência todos os batalhões, para melhorar a comunicação entre as unidades. Do alto, quando avistarem um crime, os pilotos poderão acionar por rádio as viaturas mais próximas do local.

Nota do Editor

O Black Hawk não transporta 30 pessoas.

E.M.Pinto

Fonte: O Dia

23 Respostas to “Reforço no policiamento vai chegar pelo alto”

  1. porque nao usar o ec725 que o brasil ira fabricar?

  2. Acho que ele é muito grande Leonardo. Até mesmo o Black Hawk é muito grande! Não sei pra que se não vão infiltrar tropas em meios as favelas! A PM de São Paulo tem 20 helicópteros Esquilo, e esta adquirindo mais 2, e funcionam perfeitamente bem, sendo muito mais baratos tanto na aquisição quanto na manutenção. Não vi nenhuma “infiltração de comandos” praticada pela policia do RJ que justifique a aquisição desses helicópteros. Esse negócio de se for alvejado consegue continuar voando, bem, não acredito que a PM do RJ exponha seus helicópteros tão somente para atrair a AA dos traficantes. Se a operação for conjunta, certamente serão os helicópteros no céu, e os “caveirinhas” por terra, acompanhandos de artilharia, farta artilharia dos milicianos! Bom, sei lá… abraço.

  3. Pra mim qualquer veículo de segurança sem blindagem é nada. E helicoptero tem de ter blindagem até pra .308, e também capacidade de acoplar armamento, como metralhadora 20mm e foguetes 70mm. O volume de dinheiro envolvido em 2014 será bastante alto. Com certeza o tráfico vai pensar nisto, e investir pesado, para assegurar seus investimentos com os gringos.

  4. Black Hawk é caro pra se manter. A presidencia da Argentina quer vender o heli presidencial devido a manutenção ser cara e toda modernização que o heli venha a ter, é preciso ter autorização do pentagono, devido o heli ter configurações militares e não civil.

  5. Jonnas

    A munição que vc citou é própria pra guerra onde não existe preocupação com vitimas inocentes, onde geralmente imagina-se que esse tipo armamento é usado em campo aberto, em cidades não da pra usar foguetes sem matar muitas inocentes, quanto à metralhadora imagino que podia se 7,62x51mm de grande cadencia.

    Abraço

  6. Black Hawk, e joga dinheiro fora

  7. Qual e o Valor do Black Hawk

  8. carl94fn, é.. sua idéia é o ideal mesmo. Racionei com machado, inves de espada. Mas foi também porque penso que as milícias não perderão esta bocada por nada.. Imagino armamento pesado na mão deles.

    vlw

  9. O ideal é o modelo usado pela PC do Rio
    É razoavelmente blindado, barato para adquirir e manter.
    Mas creio que o número de aeronaves pleiteados é um exagero.
    Interessante é usar também aviões não tripulados para inteligência e os heli apenas em apoio, isso garantiria custos muito menores.
    Sei como funciona as instituições de segurança, na verdade os oficiais querem um monte de helis para abrir vagas para oficiais aviadores, comandar as tropas em terra que é bom nada!

  10. Seria interessante o Brasil criar uma guarda aérea e operar equipamentos da FAB por concessão(empréstimo).

  11. daniel rosa :
    Acho que ele é muito grande Leonardo. Até mesmo o Black Hawk é muito grande! Não sei pra que se não vão infiltrar tropas em meios as favelas! A PM de São Paulo tem 20 helicópteros Esquilo, e esta adquirindo mais 2, e funcionam perfeitamente bem, sendo muito mais baratos tanto na aquisição quanto na manutenção. Não vi nenhuma “infiltração de comandos” praticada pela policia do RJ que justifique a aquisição desses helicópteros. Esse negócio de se for alvejado consegue continuar voando, bem, não acredito que a PM do RJ exponha seus helicópteros tão somente para atrair a AA dos traficantes. Se a operação for conjunta, certamente serão os helicópteros no céu, e os “caveirinhas” por terra, acompanhandos de artilharia, farta artilharia dos milicianos! Bom, sei lá… abraço.

    vc tem razao daniel, e acho que nao so pelo peso do helicoptero mais tb pelo gasto que ele vai ter para o estado e municipio do rio de janeiro.

  12. porem sera que so os esquilos podem dar conta do que a policia do rio precisa agora?

  13. esquilos e bell?

  14. se eles forem comprar black hawks é porque com certeza querem ter capacidade de infiltrar tropas em em pontos estratégicos durante os confrontos.Exelente ideia, tudo que é bom é caro, no rio de janeiro a situação é de guerra, o equipamento deve ser pesado mesmo.

  15. Amigo Jonnas, nao creio que a milicia ira se envolver nisso, aqui a milicia ta quase extinta se comparada com o poder que os traficantes detêm. Acho um erro usar o Black Hawk para operações policiais em favelas, aqui no complexo por exemplo, é quase certo que será derrubado igual a um helic. esquilo no morro dos macacos a um tempo atrás e foram os traficantes daqui que o derrubaram. Acho eu que seria melhor usar um helicpetero de menor proporções e com maior agilidade para facilitar e dar uma porcetagem maior de chances para a conclusao da missao. Um helicpetero rapido se movimentando de um lado pro outro na favela irá dificultar muito a vida dos traficantes, deixando assim a subida dos blindados mais faceis e sem resistencia para passar dar barricadas, acho que seria o ideal nao só 1 helicopetero, mais uns 20!

    abraços.

  16. O Bell huey é usada pela PC, aparentemente é um bom helicopetero e conta com uma blindagem, mais também nao é o ideal, os policiais ficam 50% expostos, no morro do Adeus (Com.Ale) por exemplo, um policial da civil levou um tiro na cabeça dentro do helicopetero e já vi um esquilo fazendo pouso de emergencia porque tinha sido alvejado na parte traseira. Sem uma boa blindagem, o uso de helicopetero em algumas favelas fica bastante prejudicado e quase em eficiencia, blindagem pra calibre 7,62 acho muito pouco, .30 e .50 arregada de munição é oque nao falta por aqui, considero até negligencia deixar policias sobrevoarem favelas sem uma proteção ideal, é como mandar o cara dar um vôo no inferno.

  17. Diego, acho a idéia do jakson e do carl94fn muito boas! usar por concessão helicopteros das fas, e com metralhadora 7,62 de elevada cadência.

    vlw!

  18. Black Hawk para PMRJ aham já to até vendo, quem teve essa ideia “doente” será que eles nunca assistiram Falcão Negro em Perigo, e olha que a história ali num é ficção, os modelos Black Hawk’s são de uso em ambiente totalmente diferente da cidade, Falcão num é pra esse tipo de coisas que eles tão querendo não.
    Minha opinião: Huey 2 mas acima deste Esquilão mesmo pq tá na medida e ainda incentiva a industria nacional por meio da Helibras.

  19. Em ‘urban Warfare’ o Black Hawk já foi considerado ruim, os que cairam na somalia que o digam, eles são muito grandes, difíceis de manobrar.

  20. Ricardo :
    Black Hawk, e joga dinheiro fora

    Ricardo :
    Qual e o Valor do Black Hawk

    Desculpa, mas eu ri, eu crente que tú sabia pelo 1° comentário, e depois me vem ó “quanto custa?’ haha..
    Anyway.. Segundo o site globalsecurity.org, a versão MH-60G custa aproximadamente 10 Milhões e meio de dolares, a versão UH-60L, quase 6 milhões de dolares.

  21. eles deverião incluir uns surper tucano + gps na bota ou coca rsrsrsrs…

  22. helicópteros do mal esses aí hein?

  23. jnpnhr :
    eles deverião incluir uns surper tucano + gps na bota ou coca rsrsrsrs…

    João Silva :
    helicópteros do mal esses aí hein?

    Espero a as mazelas nossas tbm sejam sanadas ou até resolvidas,melhores sálarios,infraestrutura, tranpostes coletivos,coisas assim , q tornam o nossas vidas menos cansativas e torturadas. Sds.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: