Articles

China e Brasil chegam a acordo para aumentar cooperação militar

In Defesa, Exercícios Militares, Geopolítica, História on 17/11/2009 by E.M.Pinto

PEQUIM – Os ministros de Defesa do Brasil, Nelson Jobim, e da China, Liang Guanglie, chegaram a um acordo para aumentar a cooperação militar bilateral em temas como a formação de oficiais ou as missões de paz, na reunião mantida entre ambos em Pequim, informou a agência oficial “Xinhua”.

Os dois titulares de defesa pactuaram também aumentar a cooperação em indústria militar, ciência e tecnologia, assim como criar uma comissão conjunta dos dois ministérios para aumentar os intercâmbios e a cooperação.

Jobim, citado por “Xinhua”, destacou que o Brasil espera aprofundar sua cooperação pragmática com as Forças Armadas chinesas, no marco da relação estratégica das duas nações emergentes.

Já Liang ressaltou que as relações entre Pequim e Brasília “entraram em uma nova fase de completo desenvolvimento”, a que se iniciou após 2004, ano no qual o presidente da China (Hu Jintao) visitou o Brasil e seu colega brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, fez o mesmo na China.

Fonte: Último Segundo

About these ads

2 Respostas to “China e Brasil chegam a acordo para aumentar cooperação militar”

  1. Boas falas, assim q age um país q pretende ser global, nada de por os ovos em só cesto…e a china tem mt aferecer…eles repassam tecnológia? Então adelante.

  2. O Brasil e a China anunciaram que aprofundarão suas trocas e cooperação militares.

    Em matéria de defesa, Xi – possível sucessor do atual presidente, Hu Jintao – disse que “as trocas e a cooperação militar contribuem para fortalecer a confiança mútua e a associação estratégica entre os dois países”.

    Jobim disse que Brasil e China cooperaram de forma estreita em assuntos internacionais, e que — agora espera que também reforcem a coordenação entre seus respectivos Exércitos, — “a fim de criar uma nova ordem internacional política e econômica”.

    — Além disso, os dois países preveem exercícios militares conjuntos com mais de 8 mil efetivos das forças de terra, mar e ar.

    Durante sua visita à China, o ministro brasileiro se reuniu também com o vice-presidente da Comissão Militar Central (principal órgão militar), Xu Caihou, e com o vice-ministro de Indústria e Informação, Chen Qiufa.

    Fonte: http://www.google.com/hostednews/epa/article/ALeqM5jJapGEhNsrkPkXTNccYjnMj_3MOw

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 289 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: