Articles

Patroller en ensaios operacionais para segurança civil

In Aérea, Defesa, tecnologia, VANT on 15/08/2010 by E.M.Pinto Marcado: , , ,

https://i1.wp.com/www.segurancaedefesa.com/Patroller.jpg

O VANT Patroller, da Sagem, foi escolhido pela Divisão de Segurança Civil do Ministério do Interior da França para conduzir ensaios operacionais, durante os quais a aeronave fornecerá vigilância por imagens de uma ampla região do sul da França, em apoio a missões de segurança civil.

O Patroller será equipado com um casulo optrônico giro-estabilizado Euroflir, dotado de sensores para uso diurno e noturno. Operado remotamente a partir de uma estação de terra através de um enlace em tempo real, o Euroflir permitirá a detecção e localização precisa de princípios de incêndio.

O Patroller operará no modo “drone” a partir do aeroporto de Cannes-Mandelieu, embora vá haver um piloto a bordo para possibilitar seu uso no espaço aéreo civil, como exigido pelos atuais regulamentos.

O Patroller é um “drone” de média altitude e grande autonomia (MALE) da classe de 1t, com operação tripulada opcional (foto: Wodka-Gallien/Sagem), baseado na aeronave S-15, construída pela Stemme (Alemanha) e certificada pela Agência Européia de Segurança de Aviação (EASA).

Pode realizar missões de até 25 ou 30 horas, a uma altitude máxima de 25.000 pés.

Fonte: Segurança&Defesa

Anúncios

6 Respostas to “Patroller en ensaios operacionais para segurança civil”

  1. Tá demorando para a Embraer criar uma divisão de UCAVs. Se desejam se preparar para o futuro, o ideal é montar uma joint venture com alguma empresa do ramo e começar a trabalhar. O mercado de UAVs é enorme e vai dos sensoriamento remoto, mapas de lavouras e geomapeamento de cidades… Além de segurança, só não vê quem não quer o nicho de negócios ligado aos UAVs.m

  2. No Brasilo o negocio de uav’s e da Avibras que esta trabalhando com os militares.

  3. Corrigindo:No Brasil o…

  4. Wolfpack, não faz muito tempo, mas o PB postou uma noticia sobre os VANTs que estão sendo construidos no brasil. Se você não se lembra, vai o link abaixo:

    https://pbrasil.wordpress.com/2010/08/11/aviao-espiao-a-nova-arma-tecnologica/

  5. Olá Samuka, sim, eu tinha visto assim como os estudos do CTA. No meu ponto de vista, estes são estudos quase acadêmicos, nada além de protótipos. Acredito que se a Embraer desejar pode explorar este mercado de forma eficiente e produtiva. Fazer dinheiro que hoje vai para empresas de Israel/África do Sul e Estados Unidos. Digo, a Embraer poderia fazer mais em Engenharia Avançada, pois tira muita grana do BNDES. Um dos campos de negócio que poderia explorar seria do VANTs com aplicações múltiplas civil e militar. É apenas o que eu acho, mas claro que a Embraer têm um eficiente corpo diretor que pensa melhor no seu futuro do que eu.
    [ ]s

  6. Jakson Almeida :
    No Brasilo o negocio de uav’s e da Avibras que esta trabalhando com os militares.

    Temos de entrar de cabeças no ramos dos Submarinos teleguiados; é com pressa , esse é o novo nicho p exploração em negocios de guerra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: